História Mensagens - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Personagens Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Matthew Espinosa, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson
Tags Matthew Espinosa, Mensagens, Texting
Visualizações 160
Palavras 764
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 54 - Matthew


Quando eu estacionei o carro na frente do prédio que Summer me indicou senti um embrulho na boca do meu estomago. Eu estava nervoso. Não é como se eu nunca tivesse saído com uma garota antes, mas a Sum é diferente. Eu não sei porque e também não sei como, mas ela conseguiu me conquistar com simples mensagens. Sendo apenas ela. 

Mandei uma mensagem dizendo que tinha chegado e ela logo respondeu que estava descendo. Sai do carro e dei a volta parando encostado no mesmo de frente para o prédio do outro lado da rua. Em poucos minutos a minha garota saiu de lá. Ela estava incrivelmente linda, como sempre.  

A medida em que Summer ia caminhando na minha direção eu sentia meu coração acelerar. Isso era novo pra mim.  

— Oi Matt – ela disse tímida. 

— Oi anjo – falei a abraçando - você esta linda demais – sussurrei em seu ouvido. 

Abri a porta do carro pra ela entrar e depois dei a volta entrando no lado do motorista e acelerando.  

— Então, onde nós vamos? - ela perguntou curiosa. 

— O primeiro lugar que eu vou te levar é surpresa. 

— Vamos a mais de um? - ela perguntou me encarando. 

— Vamos a dois, temos tempo antes de ir encontrar o pessoal na boate. 

— E qual é o segundo? 

— Um dos meus restaurantes preferidos em LA – a encarei rapidamente e ela sorriu pra mim. 

Engatamos uma conversa sobre Los Angeles durante todo o caminho. Ela queria saber como era morar aqui e apesar de eu não morar oficialmente, passo mais tempo aqui do que em casa, então... 

Estacionei perto do parque e vi os olhos da Sum brilharem ao olhar pra ele enquanto caminhávamos até a sorveteria. Entramos no local que era extremamente fofo, decorado em azul e rosa bebe. 

— Que lugar mais fofo, meu Deus – ela disse sorrindo. 

Ri e nós fomos até o balcão. Montamos nossos sorvetes com bolas de diversos sabores, caldas e alguns doces por cima.  

— Isso ta enorme – Summer disse encarando seu sorvete. 

— Mas você não pode comer ainda. 

— Porque não? 

— Porque esse não é o lugar que eu queria te levar. 

— Mas vai derreter – ela disse fazendo biquinho e eu tive que segurar minha vontade de morder. 

— Prometo que a gente ta perto – falei e ela assentiu. 

Paguei nossos sorvetes e então saímos da sorveteria indo até o parque que ficava em frente. Contornei a entrada do parque e entramos em uma subida estreita cheia de arvores em volta. 

— Pra onde você esta me levando Matthew? – ela disse parando e respirando fundo pelo cansaço.  

Eu sabia que era um pouco de maldade falei ela subir aquele morro no nosso primeiro encontro, mas valeria a pena. 

— Já estamos chegando, anjo. Vem – segurei sua mão e a puxei.  

Depois de poucos minutos caminhando chegamos no local que eu queria. Tínhamos a total visão do parque e de boa parte da cidade. Não era muito alto, mas não dava pra nos verem direito lá de baixo. Por sorte calculei certinho o horário e o sol estava começando a se por deixando a vista ainda mais linda. Summer encarava tudo com os lábios entreabertos e um brilho nos olhos. 

— Gostou? - perguntei a puxando pra se sentar comigo no banco. 

— Lindo demais aqui – ela me encarou e eu sorri.  

— Agora você pode comer o seu sorvete. 

— Ele derreteu um pouco – ela disse encarando o pote a sua frente. 

— Na volta eu compro outro se você quiser. 

— Esse esta ótimo. Tudo aqui ta ótimo – ela disse olhando nos meus olhos e eu senti um frio subir pela minha barriga. 

Tomamos sorvete observando o por do sol e conversando sobre um milhão de coisas. Demos boas risadas e eu senti o frio percorrer minha barriga mais algumas vezes. Até que era uma boa sensação apesar de ser completamente desconhecida por mim. 

Estávamos lado a lado olhando as luzes da cidade. O sol já tinha se posto e eu não sabia dizer quanto tempo estávamos ali. 

— Essa cidade é tão linda, eu queria morar aqui – ela disse. 

— E você vai – falei virando meu rosto na sua direção e ela fez o mesmo. 

Senti sua respiração de misturar com a minha enquanto percebia a proximidade que estávamos. Meu olhar foi imediatamente para a sua boca e eu me aproximei mais ainda dela. Levei minha mão até o seu rosto e fiz carinho na sua bochecha. Senti que sua respiração estava acelerada assim como a minha. Pus minha mão em sua nuca a puxando pra mais perto e fazendo com que os nossos lábios se tocassem iniciando um beijo calmo. 


Notas Finais


Rolou beeeeeeijo gente ♥
Comentem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...