História Mensagens Para Meu Amor - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Chenle, Doyoung, Haechan, Hansol, Jaehyun, Jaemin, Jeno, Jisung, Johnny, Kun, Mark, Personagens Originais, RenJun, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Yuta
Tags Cantadas, Chensung, Doeil, Jaeje, Jaeyong, Johnten, Kunsol, Markchan, Markhyuck, Texting, Woolu, Yuwin
Visualizações 480
Palavras 2.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Este aqui tá comprido
Thanks for the 152 favorites! ♡_♡
Quando eu só boa em inglês
Com "boa" eu quis dizer que eu usei o Google tradutor.
Eu demorei um bocado pra escrever essa coisa, então dêem amor.

Capítulo 48 - A circunferência do Jaehyun


Bom, lembram da última festa do pijama que o hyung deu? Então, aconteceu várias coisas, mas a que eu lembro muito bem foi na hora que o Jisung me desafiou a beijar o Haechan, e pelo amor de Deus, eu estava no céu.

 Continuando, vai dar merda, eu sei que falei isso na outra, mas eu repito, vai dar merda. O que o Jisung pode fazer? Também tem o Kun e Jaehyun que sabem do meu segredo das mensagens, porque parece que todo mundo sabe que eu gosto do Haechan, mas o próprio não. Por que eu não desisto dele?

 O que pode ser mais lento do que o Donghyuck? Uma tartaruga? Não... O Windows? Acho que o Haechan supera. Não sei se tem uma coisa que supera ele.

 Vamos me preparar para uma noite com 19 trogloditas! Hey! Sintam a ironia. Pasito, pasito, suave, suavecito... Para! Okay, essa música vicia. Poquito, poquito. Desgraça!  

 O que eu preciso levar? A que tal uma escova de dentes? Porra Mark Lee, que pergunta. Obvio.

 - Filho! Você já tá pronto? - minha mãe grita (novidade) da cozinha.

 - Sim mãe! - pego minha mochila e vou para sala.

 - Entra logo no carro, tenho que sair. 

 - Serio?

 - Claro. Alguém tem que ir no mercado comprar as coisas.

 - Ata. - disse e entrei no carro, minha mãe entrou em seguida.

 - Então... - minha mãe começou. - Você não me disse o que aconteceu na outra festa do pijama.

 Se eu corei na hora? Eu fiquei parecendo um pimentão. 

 - N-Nada mãe, foi tudo normal. 

 - Pela sua cara, não sei não em Mark.

 - Ah mãe, não aconteceu nada... Olha, chegamos! Tchau! - desço do carro e corro para a porta.

 - Chegou, finalmente. - TY fala enquanto abre a porta.

 - Eu fui o último a chegar desta vez? - pergunto.

 - Não, falta o Ten e o Johnny. - Jaehyun responde.

 - Hello bitches! - Ten chega cantando estilo CL.

 - Qualquer coisa, eu não conheço ele e nós não namoramos. - Johnny fala entrando em seguida.

 - O que Johnny? Se você não pode passar mico ao meu lado, é melhor darmos um tempo. - Ten diz dramático como sempre e vai para cozinha.

 - Ten, volta aqui. - Johnny corre atrás dele.

 - Parece que alguém se ferrou. - diz Haechan.

 - Parece mesmo. - digo e sento ao lado dele.

 - Olha, o OTP lado a lado. - Jisung fala e faz um coração com as mãos. 

 - Vocês ainda não me disseram o que é OTP. - Haechan reclama fazendo bico, e que fofo, respira Mark, respira.

 - OTP significa one true paring, que é a combinação única de dois personagens da história, assim fazendo o casal perfeito. - diz Lucas, sério, já sentiram vontade de bater em alguém mas não poder?

 - Ah! - diz Haechan. - Como você sabe disso?

 - Tá aqui. - fala mostrando seu celular aberto em uma página. 

 - Mas tipo, que casal o Jisung estava se referindo?

 - O Mark e...

 - Gente. - Taeyong interrompeu Lucas. - Como da última vez a gente jogou verdade e desafio, ferramos o Mark, bom, ele diz isso, só acho que ajudamos...

 - Vai logo ao ponto. - diz Jaehyun. 

 - Okay, que tal jogarmos de novo?

 - Eu topo! - fala Jisung, aposto que é pra ferrar minha vida.

 - Também! - diz Jaehyun.

 - Eu quero! - Kun diz.

 Esses três armaram, só pode.

 - Então... - Taeyong olha para os lados. - Chenle, vai buscar uma garrafa.

 Chenle vai correndo buscar uma garrafa, tadinho, todos se aproveitam da bondade do garoto. Pera... Que bondade?

 - Aqui. 

 - Ótimo. Agora formem um círculo, estão esperando o que? - Taeyong senta ao lado de Jaehyun. 

 - O correto seria circunferência, porque se fosse um círculo teria que ter gente no meio. - Jaehyun fala.

 - Olha, da na mesma. - Taeyong responde. 

 - O Jaehyun deu uma de professor de matemática e você nem aí pra ele? Que namorado. - Doyoung diz.

 - Parabéns Jaehyunie. - Taeyong beija a bochecha do mesmo. - Feliz agora? - refere-se a Doyoung. 

 - Sim. 

 Agora vou falar detalhadamente como que ficou o círculo, digo, a circunferência do Jaehyun. Vamos começar indo pra direita. Jaehyun, Taeyong, Renjun, Kun, Hansol, Kwan, Ten, Chenle, Jeno, Lucas, Taeil, Johnny, Doyoung, Jisung, Jungwoo, Jaemin, Yuta, eu, Haechan e WinWin. 

 Oloco bicho, tem muita gente. 

 - Eu giro a garrafa! - Jisung fala, ele vai lançar alguma praga pra cair em mim.

 Mas hoje não! A garrafa parou no WinWin e no Jeno. 

 - Verdade ou desafio?

 - Desafio. - Jeno responde. 

 - Desafio você dar um selinho no... - olha a roda. - Só pra causar, da um selinho no Jaehyun. 

 - Oi? - Taeyong quase levanta. - O Jaehyun é meu. 

 - E ele ainda vai continuar a ser seu, é apenas um selinho. - Win responde. 

 - Como se fosse só um selinho, você vai ver Dong Sicheng. 

 - Vish! Falou o nome completo, se fudeu. - Jisung fala. 

 - Jisung! Olha a boca! Eu não te criei assim. - digo. 

 - Você não é meu pai.

 - Você quer que eu rasgue seus posters do Suho? 

 - Calma, pra que agressividade?

 - Gente, cadê o beijo? - Ten se pronuncia.

 Jeno se levanta e fica na frente do Jaehyun e encosta sua boca na dele. Ah! Shippo! Eles não são shippaveis juntos? Jeno volta pro seu lugar. 

 Win gira a garrafa caindo no Kun e no Lucas. 

 - Verdade ou desafio?

 - Verdade. - Lucas responde.

 - Verdade que você gosta de alguém dessa roda? 

 - Verdade. 

 - Opa! Quem é? - Kun pergunta. 

 - Uma pergunta por vez.

 - Aish! Que sem graça. - Kun gira a garrafa parando no Taeyong e no Doyoung. 

 - Verdade ou desafio?

 - Desafio...? - soou mais como uma pergunta o que Doyoung disse.

 - Olha, desculpas, mas te desafio a beijar o Yuta. - Doyoung arregala os olhos.

 - Como? 

 - Você escutou.

 - Taeyong... Eu não acredito. - Win diz.

 - Vingança. 

 - E eu tenho que estar no meio? - Doyoung fala.

 - Tem, ninguém mandou a garrafa parar em você. Agora anda logo.

 Doyoung levanta e vai até Yuta e da um beijo nele, sem língua é óbvio, só vi a cara de maldade do Taeyong e o WinWin encarando os dois, também o Taeil com uma pontada de ciúmes. 

 Taeyong gira a garrafa parando no Jaehyun e no Haechan. 

 - Verdade ou desafio? - Jae pergunta. 

 - Desafio. 

 Jaehyun lança um sorriso malicioso e sussurra alguma coisa no ouvido do Taeyong, Tae levanta e vai para o quarto dele. 

 - Eu te desafio a colocar uma fantasia de empregada. 

 - Onde eu vou arranjar isso? 

 - Aqui. - Taeyong volta e mostra uma fantasia rosa para o Haechan. 

 - Por que você tem isso? - Haechan pergunta na maior inocência. 

 - Não queira saber. - Taeyong fala.

 - Coloca logo a roupa. - Jaehyun fala.

 - Mas...

 - Foi um desafio. - responde Taeyong.

  Haechan levanta e vai até o banheiro. 

 - Ele tá demorando muito. - Jaemin fala. - Jisung, prepara o celular.

 - É pra já. - Jisung pega o celular e espera Haechan sair do banheiro. 

 - Haechan! Sai logo desse banheiro. Eu quero ver como ficou. - Jaehyun fala.

 - Tá uma merda. Eu tô ridículo, não vou sair assim! - Haechan grita.

 - Não deve tá tão assim. Eu já usei isso é fiquei lindo, anda logo! - Jaehyun fala... Espera! Ele falou que já usou isso? Gente... Não quero nem pensar...  

 - Anda logo, tem alguém doidinho querendo te ver. - Jisung fala e olha pra mim. Viado. 

 Haechan sai do banheiro e Jisung comeca a tirar um monte de fotos, eu acho que meu coração parou. Aí desgraça. Eu não tô bem. E ele ainda tava usando aqueles arquinhos. 

 - Da pra parar de tirar fotos? - Haechan diz segurando a saia.

 - Não. - Jisung diz.

 - Mark, você tá bem? - Kwan pergunta. 

 - E-Eu? Eu tô, claro! Tim, vivo, oi. Não, eu não tô bem.

 - Você quer um copo d'água? - Renjun pergunta.

 - Não precisa. Vamos continuar jogando.

 - Mark, você tá suando. - Jungwoo fala.

 - E também tá vermelho. - Jeno fala. 

- Eu aceito o copo d'água. - falo e Renjun busca. - Obrigado. - entrego o copo vazio pra ele.

- Vamos continuar a jogar? - Yuta fala.

- Vamos.

 Jaehyun gira a garrafa parando no Jungwoo e no Chenle.

- Verdade ou desafio?

- Verdade. - Chenle responde.

- Eu não sei o que falar. - Jisung sussurra algo no ouvido dele. - Ah! É verdade que você ama o Jisung com todas as suas forças?

 - Verdade.

- Ownt. - Jisung vai até ele é da um selinho no Chenle. 

Jungwoo gira a garrafa parando no Hansol e no Renjun. 

- Verdade ou...

 - Desafio. -  Renjun interrompe.

- Okay né,  te desafio a... Eu não quero causar discórdia como certas pessoas, então te desafio a dar uma de passivo e deixar o Kwan te dar um chupão no pescoço, enquanto você fica sentado no colo dele.

Só uma coisa, eita. 

- Minha dignidade! - Renjun grita.

- Dane-se sua dignidade!  Anda. - Jisung fala segurando o celular apontado para Kwan.

- Eu me arrependo de ter escolhido desafio.

- Você se arrepende? Olha meu estado. - Haechan diz.

- É. Você tá pior. - Renjun levanta e vai até Kwan sentando em seu colo colocando suas mãos atrás do pescoço do mesmo. - Eu não acredito nisso. Eu só quero que fique claro, eu ainda vou continuar sendo o ativo depois disso.

- Meu amor, ainda nem tivemos e você acha que é o ativo? Apenas aproveite. - Kwan sussurra a última parte -mas eu ouvi- e "beija" o pescoço do Renjun deixando uma marca roxa e fazendo o mesmo dar um gemido baixo, o Kwan começou a dar pequenas apertadas na cintura do Jun e o mesmo começou a rebolar no seu colo. QUE VENHA O LEMON!

E o Jisung encontrava-se tirando fotos.

- Depois fala que é o ativo.

- Pode parar essa putaria! - Taeil fala, também, os dois estavam quase se comendo. - Que isso gente? Tem quarto pra que?

- Opa! Opa! Opa! Ninguém vai fazer nada em um dos meus quartos, só se lavar o lençol depois. - Taeyong fala.

- Tá legal! - Yuta interrompe. - Vamos continuar o jogo.

Yuta gira a garrafa parando no Kwan e no Johnny. 

- Verdade ou desafio?

- Desafio. - Johnny responde.

- Já que o Ten tá puto com você, te ddesafio a dar um beijo nele.

- Nem vem que eu quero beijar ele. - Ten se pronuncia.

- Desculpas, ele escolheu desafio vai ter que cumprir. - Taeyong fala.

Johnny vai até Ten dando um leve selinho nele.

- Não pense que eu gostei, eu odiei. - Ten age como o dramático que ele é. 

- Sei. - Johnny fala e senta novamente no seu lugar. 

Chenle roda a garrafa que parou no Taeil e no Yuta.

- Verdade ou desafio?

- Verdade.

- Só porque eu gosto de treta. É verdade que você não quer ter filhos com o WinWin?

- Verdade. - Yuta responde.

- Como Nakamoto Yuta? Vou morar sozinho com o Chenle e o Renjun agora, fico triste em saber em que eles vão crescer sem o pai.

- Como? - Renjun diz.

- Olha, você já mora sozinho. - Yuta diz.

- Eu não quero mais conversa. - WinWin levanta e sai da circunferência. 

- Aproveita e pede pizza! - grita Taeyong. 

Taeil gira a garrafa parando no Jaemin e no Ten.

- Verdade ou desafio?

- Verdade.

- Verdade que você gostou do beijo que o Johnny te deu? - Jaemin pergunta.

- Verdade. 

- Sabia. - diz Jaemin e gira a  garrafa parando no Taeyong e no Haechan.

- Verdade ou desafio? - Taeyong pergunta.

- Desafio.

- Esse tem coragem. - Jaemin fala.

- Desafio você ficar com essa roupa até amanhã. 

- Eu quero verdade.

- Já foi. - Jae fala e a garrafa para no Jisung e em mim. Por que? Por que eu?

- Desafio ou desafio? 

- Opa! Eu quero verdade.

- Certeza Mark? - ele me olha com aquela cara que vai contar alguma coisa pra alguém.

- Não, eu quero desafio.

-  Bom mesmo, te desafio a dar um beijo no seu crush. E eu sei quem é ele, não adianta trocar.

- Jisung!  Eu vou rasgar seus posters do Suho!

- Não tem problema, o Chenle compra outros pra mim.

- Como? - Chenle diz.

- Vai logo Mark.

Ok,  respira, ele tá do meu lado, viro meu rosto pro lado que o Haechan está, seguro suas bochechas e dou um selinho nele.

- Glória Sehun! - grita Jisung.


Notas Finais


Deu o maior trampo pra escrever esse verdade ou desafio.
Advinha quem escreveu mais dois one-shot de nct! Fui eu!! Mas eu só vou postar quando eu conseguir escrever uma Kunsol e uma Jungwoo+Lucas (eu não sei o nome do otp), se eu conseguir escrever, se não, posto do mesmo jeito.
Mais uma coisa, essa fic tá chegando a duzentos favs, só falta 48. Quando chegar em 200, eu faço um especial, que nem eu fiz quando chegou a cem favs. Eu não sei direito como vai ser o especial, pode ser como o de 100, mas eu tenho outra idéia na cabeça.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...