História Mensagens/2° temporada - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jasmine Villegas, Justin Bieber
Personagens Jasmine Villegas, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Justin Bieber
Visualizações 54
Palavras 1.332
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello ❤ vai ter hot nesse ksjsjks
Sim,a Ronnie ainda era virgem e tem 18 anos hahahha

Capítulo 9 - My first time 🙂😏


   Ronnie

     Após almoçar Justin pagou a conta e saímos do restaurante, Justin suspirou meio que agradecendo por não ter nenhum paparazzi ali em frente lhe esperando.

     - Vamos ao parque de diversões? - pediu enquanto abria a porta do carro pra mim.

     - Sim - respondi com um pouco de entusiasmo.

    Vamos falar a verdade,eu estava meio triste por ter apenas esse dia para aproveitar com Justin,logo agora que nos damos bem de novo ele terá que viajar,eu sei que é a Purpose mas sei lá, eu queria ele aqui comigo mas eu não posso fazer nada.

      - Está bem? - perguntou ligando o carro.

      - Estou sim - Respondi simples.

     - Tem certeza? - perguntou de novo - Olha eu sei o que você está pensando.

     - E o que estou pensando,Justin? -Perguntei curiosa pra ver se ele sabia mesmo,se ele sabia por que fingia que não ia viajar?

     - Sobre a minha viagem. - ele suspirou - Olha,eu sei que isso aqui é um despedida,mas eu não estou indo embora pra sempre,é só pra fazer a turnê, é só mais esses meses e já está acabado com a turnê.

     Não falei nada,apenas o fiquei encarando com uma feição triste,ele aproveitou que eu não falei nada e continuou.

     - Eu só te peço um coisa - ele pôs sua mão sobre a minha que estava em cima da minha coxa - Eu quero que você esqueça isso por hoje,eu quero aproveitar esse dia com você.

      - Não tem como PENSAR - Meio que gritei a palavra "pensar",não gritei tão alto,mas falei alto para ele entender - Não tem como pensar que você vai ficar meses fora,eu não quero ficar longe de você e logo agora que ficamos bem.

     - Eu sei,mas por favor,faça isso por mim,por você, por nós dois - ele pediu apertando minha mão.

     - Tudo bem - respondi triste e me soltei de sua mão olhando para fora.

     - Não tem outro jeito além de ligar para alguém que faça isso por mim.

     Justin estacionou o carro,olhei para ele confusa mas ele nem deu bola apenas pegou seu celular o desbloqueando. Ele procurou um número nos contatos,não consegui ver pra quem ele estava ligando.

     - Alô? - disse assim que a pessoa atendeu - Chaz? Você e os meninos estão ocupados agora? - perguntou,eu estava ainda mais confusa quando ouvi o nome do Chaz,o que ele tava fazendo? - OK então, quero que vocês vão ao parque de diversões comigo e com a Ronnie - Eu só escutei um "O que ela tem? " - Ela está desanimada e eu não sei como fazer isso,então preciso de vocês - ele disse ao Chaz - OK esperamos vocês lá.

      Ele encerrou a chamada e olhou para mim,ele deu uma piscadela e ligou o carro novamente dirigindo de volta. Dei uma risada e balanço a cabeça negativamente ainda rindo dele,ele chamou os meninos só para me alegrar. E falando nisso,após ficar encarando Justin falar ao telefone com Chaz eu acabei esquecendo isso por um minuto e vou tentar esquecer isso,Justin tem razão tenho que esquecer isso pelo menos por hoje.

        - Me desculpe - sussurrei alto para que ele escutasse.

       - Pelo quê? - ele perguntou confuso.

        - Por antes ali  - balancei  as mãos sei lá só balancei em um gesto tentando fazer ele entender o que eu quis dizer.

      - Não precisa pedir - ele pôs novamente sua mão sobre a minha - Só faça o que eu te pedi,esquece isso só por agora.

      - É o que eu vou fazer - e foi a única coisa que falei.

       Percebi que ia demorar pra chegar então decidi ligar o rádio, tocava uma música do Justin,Cold Water. Comecei a cantar junto com a música,ela terminou bem quando a gente chegou no parque.

      Vimos que os garotos não estavam ali fora mas Justin conheceu o carro de Chaz e Ryan.  Entramos no local e o mesmo estava cheio de pessoas,avistamos os três em uma barraca de jogo ao alvo. Fomos até eles.

      - Hey,meninos,achamos vocês - falou Justin cumprimentando Ryan e Chris,não comprimento Chaz por que ele jogava.

      - E ai bixa loira - disse Chaz rindo.

      - Vou te mostrar a bixa aqui,Chaz - Justin foi até Chaz e lhe deu um tapa atrás da cabeça.
   
      - Ronnie - chamou-me Ryan vindo até mim me dando um abraço apertado - Que bom ver você.

      - Ficamos sabendo que precisava de nós - Chris se aproximou.

       Cumprimentei os três e ficamos lá esperando Chaz jogar,ele conseguiu um prêmio pequeno mas valia.

     - Ronnie,escolhe um bichinho pra você - Chaz me chamou.

      - Eu quero aquele elefantinho azul lá - apontei aonde estava o urso e o moço que trabalhava lá me deu ele.

      Depois de pegar o urso me juntei a Justin e fomos até a roda gigante,Chaz foi com uma garota que estava sozinha lá e o Chris e Ryan tiveram que sentar juntos. Era incrível ver o lugar lá de cima,Justin sorria igual a eu,ele estava admirado,parecíamos duas crianças quando ganha aquele presente que tanto queria. Demos mais uma volta na roda gigante e depois saímos. Chaz  e os meninos foram para o carrinho bate-bate e eu e Justin ficamos caminhando apenas.

      - Quer algo pra comer? - pediu Justin me dando um beijo na bochecha.

      - Não só quero ir nos brinquedos primeiro. - pedi.

       Fomos em todos os brinquedos que havia no parque,nos divertimos muito,no meio do caminho pra ir em alguns brinquedos Justin comprava um refrigerante ou algo para nós comermos,sobre os garotos,não fazíamos ideia de onde eles estavam.

      Eu estava me divertindo muito estar ali com o amor da minha vida,esse dia estava sendo incrível. Já estava anoitecendo e eu sabia que logo teríamos que ir embora,un para sua respectiva casa.

      Depois que fomos em todos os brinquedos fomos até a entrada do parque e lá num dos bancos encontramos os três garotos sentados conversando.

     - Quer ir lá para casa? - sussurrou Justin no meu ouvido para que os meninos não escutassem.

     - Fazer o que lá? - perguntei de volta de um jeito malicioso.

      Vamos falar a verdade,sim,eu ainda sou virgem,por que tipo eu quero perder com alguém que seja especial para mim. Eu posso ter 18 anos mas eu sei o que devo fazer. Acho que já estava na hora de tirar minha pureza,ainda mais com o Justin.

       - O que você quiser fazer - respondeu malicioso também.

    Nos despedimos dos garotos que ficaram lá sentados e fomos para a casa de Justin,mandei uma mensagem a minha mãe avisando que dormiria fora hoje. Chegamos na casa dele e entramos,Justin pegou em minha mão e me puxou até seu quarto.

       (...)

    Justin tirou minha blusa enquanto recuperavamos nosso fôlego,minhas mãos estavam em sua nuca puxando alguns fios de seu cabelo,Justin começou a massagear meus seios por cima do sutiã, ele já estava sem sua camisa poia foi a primeira coisa que eu fiz.

        Tiramos o resto de nossas roupas,Justin abriu um pouco  minhas pernas e me encarou,sorri envergonhada.

     -Não precisa ter vergonha -me deu um selinho - Você é linda.

    Sorri ainda mais,Justin se posicionou e foi entrando com seu membro dentro de mim,ele foi dando entocadas leves para que eu me acostumasse com a dor,eu gemia alto e arranhava suas costas fazendo ele gemer também junto. Com o tempo a dor foi diminuindo e o prazer subindo ainda mais.

    -Mais rápido- pedi entre meus gemidos.

    Justin realizou o que eu pedi e foi dando enfocadas mais rápidas fazendo nos dois gemer juntos,minha primeira vez eu estava tendo com meu ídolo e meu amor.

     - Você é tao apertadinha - disse.

    Senti que já estava chegando meu orgasmo,e assim como eu disse ele chegou e senti minhas pernas bambas,q do Justin chegou logo depois. Ele se deitou ao meu lado e nos cobriu com o lençol, deitei-me em seu peito e ali ficamos escutando a respiração um do outro até que dormimos. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...