História Mentira (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Colegial, Drama, Hoseok, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Lemon, Namjoon, Taehyung, Yaoi, Yoongi
Visualizações 173
Palavras 1.406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem <3

~ Boa leitura~

Capítulo 1 - Primeiro dia


Eu era inocente e sempre o frágil em tudo. Mas cansei de sofrer bullying e sempre ser salvo pela minha irmã. Acho que é hora de ser um pouco mais diferente. Vamos ver o que conseguimos nessa nova escola. 

Levantei; tomei um banho; vesti uma saia, um sutiã e logo o preenchendo com pano, uma camisa social e coloquei uma gravata. Arrumei a peruca e a coloquei em mim. Passei um perfume doce e comecei a fazer a maquiagem. Terminei depois de alguns minutos e sorri para meu reflexo no espelho. Me levantei da cadeira e suspirei. Fechei os olhos por um instante e saí do quarto. Desci as escadas e fui para a cozinha. Sentei na mesa e olhei para a minha irmã mais velha, mas costumo chamar ela de mãe desde que nossa mãe morreu. 

Ela me encarou e riu logo dizendo:

Yumi: - Vai mesmo assim, Jimin? Você não está passando dos limite não? - Bebeu seu suco sem tirar os olhos de mim.

- Não quero passar mais um ano sofrendo bullying por eu ser gay. Eu... Eu... - Quase chorei na frente dela mas tentei segurar. Suspirei e continuei.. - … eu cansei...

Yumi: Bom, você tá “linda” então. - Diz séria. - Realmente você ficou legal.

Sorri um pouco corado e me servi. Tomei meu café rapidamente e logo subi para o quarto. Vesti a meia calça e calcei os saltos que não eram muito altos. Saí do quarto e desci indo pra sala. Me despedi da minha irmã, do marido dela que arregalou os olhos ao me ver, e saí de casa indo até o carro. Entrei e sorri para o motorista que também arregalou os olhos ao me ver.

Jung: Uau senhor Jimin. Por que está vestido assim? - Disse sem tirar os olhos do caminho.

- É... Só não quero sofrer bullying de novo. - Me encolhi. - Mas tenho que admitir que essa roupa incomoda um pouco.

Jung: Você não deveria ligar para os outros. Ligue para quem gosta de você! Você é lindo, incrível e fofo demais como do jeito que era antes. Embora agora está bem... Aish..

- É... Obrigada, eu acho... - Olho pra baixo.

Jung: Boa sorte. Vai conquistar vários garotos. - Mordeu o lábio soando frio. - Está meio quente, não? - Abriu o vidro.

E não estava quente. O tempo estava tão bom. Qunado olhei para minha saia, ela estava um mais para cima, quase mostrando o final da meia-calça. Coro e abaixo. Já via a escola de longe peguei minha mochila. Jung era um bom amigo. As vezes dava conselhos bons e outros dias dava alguns meio sem sentido. Parou em frente e saí logo dando vista aos outros alunos. Havia várias meninas bonitas e meninos também. Iria me aproximar dos meninos mas pensei que iria dar um clima meio estranho ali. Então fu em direção ao um grupinho de meninas bonitas. 

- O-oi... - Digo em um tom bem doce e feminino.

Elas riram e logo uma delas, a mais bonita disse: 

~~ - Quem é você pra chegar assim falando com a gente? - Disse ainda rindo.

Logo outra menina que estava ao seu lado disse:

~~ - Deve ser bem uma novata. - Cutucou a mais alta.

~~ - Verdade... Se liga então, “novata”, se curve se nos ver.  
- Ah, acho que não li algo do tipo na lista de regras da escola. Então, não curvarei. - Virei o rosto andei até a entrada escola.

Alguns alunos bateram palmas para mim e outros uivaram para as garotas. Sorri avistei uns alunos me observando. Cotei mas continuei caminhando. Procurei a sala que estava escrita no papel que a noona me deu e estava um pouco difícil de achar. Mas após alguns minutos, achei. Entrei e escolhi uma cadeira. Cada mesa havia duas cadeiras. Ou seja, sentamos com alguém. 

Eu tinha sido o primeiro a chegar. Estava um pouco tedioso então peguei meu celular e os fones e comecei a escutar música. Deitei minha cabeça na mesa e fechei os olhos. Dormi. A música era tão calma que acabei dormindo.

 Depois de meia hora senti algo me cutucar. Abri os olhos e avistei o professor. Arregalei os olhos e guardei o celular junto aos fones e sorri para o mais velho. Todos estavam rindo. Principalmente a garota que enfrentei na entrada da escola. “Não acredito que estou na mesma sala que essa... AAAA”, pensei. Me levante em e me curvei para o professor pedindo desculpas.

Prof: - Tudo bem.. Isso acontece. Mas não quero que isso se repita. - Se virou indo para sua mesa.

- Isso não vai se repetir. - Me sento e vejo que ninguém quis sentar ao meu lado. Abaixo a cabeça e logo me levanto chamando o professor. - Professor, eu vou ficar sem companheiro ou companheira aqui?

Prof: Bom, alguém quer sentar com... - Me olhou.

- Jimin... - Olho pra baixo.

Prof: Com a Jimin? - Olhou para os alunos e logo vários meninos correram para a cadeira do me lado.

Me afaste assustado e fiquei olhando.

Prof: Acho melhor você escolher.. -Coçou a nuca.

~~ - Me desculpa o atraso porfess-.... - Olhou para os meninos. - Uau.... 

Prof: Então... Acho que você já tem um companheiro... - Sorriu e logo os meninos olhou para o outro.

Todos voltaram para suas cadeiras resmugando e dei visão para o menino.

- Nossa.... - Fiquei olhando para ele de cima a baixo. Sua pele morena; seus olhos castanhos claro e cílios grandes; seus lábios rosados e finos. Se aproximou e desejou um bom dia para mim. Corei um pouco junto com ele e o mesmo sentou ao meu lado.

- Bom dia.... - Sorri e olhei para frente. Meu coração acelerou e engoli a seco. Mordi meu lábio e depois que tudo se acalmou, o professor se levantou logo se apresentando:

Prof: Bom, alunos, eu sou o professor de biologia e de química de vocês. Meu nome é Kim Taehyung e tenho 26 anos... - Escreveu seu nome no quadro e sua idade. Se virou para nós e sorriu. - Espero que todos nós nos darmos bem em minhas aulas. Bom, agora se apresentem, por favor.

Eu era da última fila da última coluna. Então minha vez iria demorar. Fiquei observando todos se apresentarem. Vi a menina metida se apresentar.

Min: Meu nome é Min Lee. Tenho 16 anos e sou estudante. - Ela riu com os outros alunos. Isso até que me fez rir também. Mas ela me olhou e fiquei sério. - Gosto de cozinhar e sair com mnhas amigas. 

- - -

O menino ao meu lato se levantou e engoliu a seco. Parece estar com um pouco de vergonha. Soltei um sorriso pequeno e baixo e fiquei o observando.

Jungkook: Bom, meu nome é Jungkook... Jeon Jungkook. E tenho 16 anos. Gosto de dançar e as vezes saio com meus amigos para dançar na rua.

Prof: Mas isso é proibido. - Disse o professor.

Jungkook: Não vou parar de fazer o que eu gosto por causa disso. - Se sentou.

Prof: Certo... Só reza para que eu não te ache na rua dançando por aí. - Sorriu e me olhou. - Sua vez, princesa.

Princesa? Quem esse professor pensa que é?

Suspiro e me levanto sorrindo fofo. 

- Bom dia! Meu nome é Park Jimin e tenho 16 anos também. Gosto de dormir e..... Dormir. - Digo com uma voz feminina e fofa logo me sentando.

Jungkook: - Jimin... Belo nome... - Sorriu olhando pra frente.

Prof: Só dormir? - Indagou ainda me olhando.

- Gosto de cozinhar com a minha noona. - Sorrio olhando pra baixo.

Min: - Deve cozinhar bem ruim... - Riu com suas amigas.

- Você nunca provou, como pode dizer isso sem saber? - Me levanto.

Min: - Exatamente, nunca provei. Como pode dizer que é boa? - Se levantou me olhando.

- Você deve fazer pior..

Min: Isso é uma aposta? Okay então. - Suspirou. - Mais tarde na cantina. Usaremos todos os ingredientes para um bolo. Teremos a melhor cozinheira da escola, o professor e o diretor como jurados. Se eu ganhar, você ira fazer o que eu mandar. E se você ganhar, vice-verça.

- Desafio aceito... Que vença a melhor. - Me sentei e mordo meu lábio sorrindo.

Meu Deus, e agora que eu não sei cozinhar sozinho?

 

Continua...


Notas Finais


Essa é minha segunda fic ksks
Bom, espero que acompanhem
me desculpem os erros.
Eu não revisei
Bjs e até o próximo~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...