História Mentiras - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Álcool, Amor, Bissexual, Camren, Camren G!p, Dna, Drama, Filho, Lauren G!p, Lesbicas, Romance, Traição
Exibições 1.002
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - Durma


Pov Ally

Estou no meu escritório, sentada em minha mesa revisando o caso do Harry, agora com o aparecimento do pai biológico ele já está com o tratamento para logo receber a medula. Dinah bufa mais uma vez deitada no sofá do escritório.

- Virou touro para ficar bufando tanto assim? – Pergunto sem tirar o olhar dos papeis.

- Eu estou com dores nas costas. – Ela diz bufando de novo. 

- Tome um remédio. – Digo a olhando arqueando a sobrancelha.

- A qual é Ally! – Ela diz levantando. – Quando eu vou parar de dormir no sofá?! – Ela pergunta vindo até minha mesa.

- Mas você mesma comprou o sofá e disse que ele era o mais confortável da loja. – Falo afastando um pouco minha cadeira e cruzando as pernas.

- É... – Ela está olhando para minhas pernas, descoberta por conta da saia que levantou um pouco com meu ato. – Mas não é nossa cama... – Ela diz voltando a olhar para mim com um bico enorme.  

- Dinah você fez parte dessa enganação toda desde do começo. Lauren também era sua amiga, você não deveria ter feito parte disso.  – Ela ia debater mas levanto minha mão para que ela se cale. – E ainda queria que eu participasse disso.  

- Eu já pedi desculpas. – Ela diz cruzando os braços. – Você pelo menos poderia me deixar dormir no quarto de hóspedes.

Seguro o riso pela sua carinha de triste. Eu tranquei os dois quartos de hóspedes para que ela só tivesse o sofá como escolha.

- Não é para mim que você tem que pedir desculpas. – Eu falo me levantando.

- Eu sei... – Ela suspira. – Eu só estou esperando o momento certo, e criar coragem de falar com a Lauren.... Eu sei que também errei.

- Crie coragem logo e vá falar com ela. – Falo me aproximando. 

- Eu vou. – Dinah dá um meio sorriso.

Chego até ela e a puxo pelo jaleco e tomo seus lábios, Dinah coloca suas mãos na minha cintura, e eu começo a empurra-la até o sofá sem separar nossos lábios, mas assim que chegamos perto dele paro o beijo e a empurro a fazendo cair sentada, e em seguida sento com uma perna em cada lado ficando de frente a ela. Dinah leva suas mãos até minha bunda, e eu levo as minhas até seus ombros.

- Isso significa que vou voltar para nossa cama? – Ela pergunta esperançosa. 

- Hmmm. – Finjo pensar. – Sim! – Falo e ela sorri. – Mas...

- Mas? – Ela pergunta estreitando o olhar.

- Você será minha completa passiva agora! – Falo sorrindo de lado.

- Eu sou o que você quiser mulher! – Ela diz e logo me puxa atacando meus lábios.

(...)

Pov Lauren

Assim que entro no quarto do Ju hj meu filho olho com tristeza pois o mesmo está entubado e sedado. Olho Camila e ela está na poltrona de sempre dormindo. Ela precisa descansar.

- Droga... – Sussurro e me aproximo dela. – Camila... – A chamo e ela não acorda, então me agacho ficando na sua altura. – Camila. – Tiro uma mecha do seu cabelo que esta caído em seu rosto. – Acorde Camila...

- Hm o que? – Ela abre os olhos devagar. – O Harry está bem? – Ela faz menção de se levantar, mas eu a paro.

- Ele está bem. – Falo segurando seu ombro. – Você precisa descansar, e dormir em uma cama de verdade. – Falo.

- Eu estou bem. – Ela diz me olhando, mas seu olhar é cansado.

- Vamos lá Camila, vá para casa e descanse.

- Eu não vou deixar o Harry... – Ela fala olhando meu filho com tristeza. – E...

- Venha Camila. – Falo levantando e pegando em sua mão. – Não há nada que possamos fazer agora, ele logo recebera o transplante e ficará bem. E você precisa estar bem para cuidarmos dele. – Falo e se levanta, mas mesmo assim não solto sua mão. – Venha.

A guio pelo hospital ainda segurando sua mão, até o carro. E dirijo em direção a nossa casa.

(...)

- Vá para o banho... – Falo assim que entramos em casa. – Eu vou preparar algo para comer.

- Lauren não precisa...

- Vá logo para o banho Camila. – Falo.

Então ela me dá um olhar triste, e segue para ir tomar banho.  Vou até a cozinha e preparo um lanche natural para ela, e um suco natural de laranja. E encosto na bancada perdida em pensamentos.

Assim que Camila termina o banho ela vem até a cozinha somente com um blusão que vai até suas coxas.

- Eu preparei um lanche natural, e um suco. – Falo colocando os mesmos na bancada. – Coma...

- Obrigada. – Ela pega o prato e o copo até a mesa e começa a comer.  

- Eu vou tomar banho, assim que terminar de comer tente dormir. – Falo.

- Eu não irei conseguir dormir. – Ela fala mastigando um pedaço do lanche.

- Tente... Por favor. – Falo abrindo meu cinto. – Eu vou tomar banho.

Chego até banheiro e retiro minha roupa e a coloco no cesto, e vou para o banho. Fico durante tempo demais pensando em tudo que está acontecendo, e como será daqui para frente. Olho meus dedos e eles já estou ficando enrugados, então resolvo sair.

Saio somente de toalha, e vejo Camila se remexendo na cama. Suspiro e vou até o closet pego uma samba canção do Batman que Harry me deu, e uma coloco uma blusa folgadinha. Assim que volto, Camila continua se remexendo. Suspiro, e vou até a cama, e me deito e a puxo para o meus braços encostando sua cabeça em meu peito. 

- Durma... – Falo fazendo carinho em seus cabelos. Eu sinto seu primeiro soluço, e sua lagrimas começam a molhar minha blusa. – Shiu... Durma... – Falo continuando do carinho em seus cabelos.

Eu sei que ela está chorando pela dor, dor de seu erro, dor do nosso filho, dor do nosso casamento indo embora... Pela nossa dor.

E fico assim até que sinto sua respiração leve. Suspiro com tristeza, pois não há futuro para o meu casamento, pelo menos não agora.  Continuo fazendo carinho em seus cabelos e me perco em pensamentos



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...