História Mentiras - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Álcool, Amor, Bissexual, Camren, Camren G!p, Dna, Drama, Filho, Lauren G!p, Lesbicas, Romance, Traição
Exibições 868
Palavras 921
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - Bêbadas


Pov Camila

Depois da Lauren ir embora e eu secar todas as minhas lagrimas, olho a aliança que ela retirou do meu dedo. Respiro fundo, ela tem razão precisamos disso, do divórcio, assim que os papeis chegarem eu assinarei, precisamos do fim para tentar um recomeço. Me levanto e coloco a aliança dentro da gaveta do criado mudo.

- Eu vou te reconquistar Lolo... – Falo fechando a gaveta.

(...)

Pov Lauren

Chego até o pub e Normani está sentada em uma das mesas bebendo uma cerveja, está lotado por ser uma sexta. Me sento em sua frente e ela me olha seria.

- O que houve? – Ela pergunta, suspiro triste. – Espere. – Ela levanta e vai até o balcão, e volta com uma garrafa de whisky e dois copos com gelo. – Agora... – Ela enche os dois copos, me entregando um. – O que houve? 

Pego o copo e dou um pequeno gole, sinto rasgar minha garganta respiro fundo e tomo o resto da bebida de uma vez.

- Meu casamento acabou. – Falo, pegando a garrafa e enchendo meu copo novamente.

- Você realmente vai se separar? – Ela pergunta bebendo seu copo quase todo.

- Sim... Eu preciso disso Mani eu tenho que me desprender dela, por mais que doa. – Falo bebendo mais um pouco

- Aaaa... vai doer Lauren, a dor é inevitável. – Ela diz tomando o resto de seu copo e o enchendo. – A final foram 8 anos, e vocês se amam.

- Você acha que ela me ama? – Pergunto encarando meu copo.

- Mas é claro que ela te ama.

- Então por que ela me traiu? – Suspiro triste.

- Cometemos erros, mesmo uma pessoa que ama a outra ela comete algum erro, nunca seremos perfeitos... Ela te ama, e se deixou levar pela bebida... Ela foi irracional, se ela tivesse pensado por 1 segundo no que estava fazendo eu tenho certeza que ela sairia daqui e daria meia volta voltando para os seus braços aquela noite. – Ela diz bebendo mais, e enchendo nossos copos em seguida.

- Dói tanto Mani. – Me lamento.

- Eu imagino. – Ela diz sorrindo de lado.

- Você já se apaixonou? – Pergunto.

- Oh quem nunca se apaixonou que atire a primeira pedra. – Fala rindo.

- O que houve? – Pergunto fazendo novamente a bebida rasgar minha garganta.

- Ficamos algum tempo juntos e vimos que era somente paixão e tesão, não floresceu o amor... então terminamos e continuamos transando. – Ela enchendo seu copo.

- Simples assim? – Pergunto rindo.

- Sim. – Ela dá de ombros e damos risadas juntas.

Talvez a bebida já começou a fazer efeito.

(...)

Ficamos assim bebendo e dando risadas, e eu me lamentava por conta do meu casamento, mas Normani sempre falava algo para me fazer rir, já estávamos mais do que alta.

- Eu realmente estou me divertindo! – Falo com a voz embargada.

- Eu digo o mesmo! – Ela diz bebendo e acabando com seu copo. 

- Eu vou pegar outra bebida... – Falo me levantando.

- Traz algo fraco porque já estamos bêbadas! – Ela ri. – Tipo Vodka

Balanço a cabeça e do risada, e vou até o balcão e peço uma garrafa de vodka. Mas assim que vou me virar esbarro em alguém.

- Oh eu sinto muito. – Falo.

- Tudo bem.. – A voz feminina faz uma pausa. – Senhora Jauregui?

Olho direito para a pessoa em minha frente.

- Alexa... Olá. – Falo tentando fazer uma voz sóbria. – O que faz aqui? – Pergunto.

- Vim beber com uns amigos, e a senhora? – Ela pergunta sorrindo.

- Alexa! Não estamos na empresa, me chame de Lauren! – Falo.

- Claro se.. quer dizer Lauren.

Dou uma pequena risada por conta da sua atrapalhada, e ela ri junto.

- Bom, eu vou até minha mesa. – Digo levantando a garrafa em minha mão .

- Oh claro, e eu vou até meus amigos... Até Lauren. – Ela me dá um sorriso, malicioso? Acho que bebi demais.

- Até Alexa. – Falo sorrindo e indo até a mesa da Normani.

- Quem era aquela? – Ela pergunta assim que sento, sua voz está tão pior que a minha.

- Uma funcionária. – Falo abrindo a garrafa.

- Uma funcionária que está doida para fazer horas extras. – Ela já pegando a garrafa aberta e colocando o liquido na sua bebida.

- Se ela precisa de mais dinheiro, posso aumentar seu salário. – Falo simples.

- Tão lerda! – Ela diz e eu a olho confusa. – Ela quer fazer horas extras com seu pau!

Eu quase me engasgo com a bebida, e ela começa a rir da minha cara.

- Está louca Mani? Tenha respeito por ela, isso não é coisa que se faça. E outra, isso é coisa da sua cabeça Alexa é profissional. – Falo bebendo mais.

- Aham ela não me engana, eu sei de longe quando a pessoa está louca para da. – Ela diz e eu dou risada.

- Eu também. – Falo.

- Não sabe não! Você é lerda para essas coisas.

- Não sou!

- É sim! – Ela dá risada. – Lauren?  

- Sim?

- Me deixa ver seu pênis? – Ela pergunta e eu me engasgo de novo.

- O que?! – Pergunto espantada.

- Eu não estou pedindo para a gente transar. – Ela revira os olhos. – Se bem que você parece foder muito bem, e eu não ligaria se isso acontecesse. – Ela diz e eu me engasgo. – Mas eu nunca conheci ninguém assim, me deixa ver seu pênis? – Ela pergunta de novo.

- Não! – Falo.

- Eu ainda vou vê-lo, aguarde! – Ela diz.

Damos risadas e viramos o copo juntas, completamente bêbadas. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...