História Mentiras - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Álcool, Amor, Bissexual, Camren, Camren G!p, Dna, Drama, Filho, Lauren G!p, Lesbicas, Romance, Traição
Exibições 836
Palavras 1.274
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


00h já sabem né.

Capítulo 9 - Eu fui covarde.


Pov Camila

- Mamãe... – Harry me chama e corro até ele.

- Oi meu amor... – Falo alisando seus cabelos.

- Cadê a mama? – Ele pergunta triste.

- Sua mama? – Respiro fundo, eu não sei o que falar.

- Ela teve que resolver algumas coisas no trabalho, garotão. – Ally entra e sorri para o meu filho. – Camila será que podemos conversar?

- Eu já volto filho. – Beijo sua testa e sigo a Ally.

- Camila... – Ela respira fundo. – Você precisa achar o pai do Harry o quanto antes, o tempo não pode passar.

- Como vou encontra-lo Ally? – Falo. – Eu nem ao menos sei seu sobrenome.

- Eu realmente não sei, mas você tem que encontra-lo. – Ela diz seria.

- Você também está com raiva... – Falo segurando algumas lagrimas.

- Camila você traio a Lauren e pior fez ela acreditar que Harry ela filho dela. – Ela diz, e logo em seguida suspira. – Encontre o pai biológico dele.

Volto para sala com meu filho que está desenhando distraído.

Flashback

Acordo e olho o relógio já é hora do almoço, Lauren deve está no trabalho melhor assim eu não tenho coragem de encara-la, não agora, não depois o que eu fiz noite passada. Pego meu celular e disco o número da Dinah.

- Fala bunduda. – Ela diz alegre.

- Dinah... eu preciso de você... – Falo.

- Estou indo. – Ela diz seria e desliga.

Depois de algum tempo Dinah está batendo na minha porta, abro e ela está com algumas sacolas com comida.

(...)

Comemos em silencio, e agora estamos na sala ela sentada e eu com a cabeça em suas pernas.

- Eu traí a Lauren. – Finalmente falo.

- Ta bom. – Ela diz rindo, e quando não acompanho sua risada ela fica seria. – Droga... Como?

- Nós discutimos, e eu sai e bebi e acordei na cama com outro.

- Mas que merda! – Dinah fala. – E o que você vai fazer agora?

- Conta a verdade(?) – Falo.

- É o certo a se fazer. – Ela suspira. – Como pode Camila. – Ela diz meio brava.

- Eu realmente não sei, se eu pudesse voltar Dinah.

- Mas você não pode.

Ficamos assim por horas, Dinah me xingando mas mesmo assim tentando me confortar, até que ela se foi.

Tomo um banho, coloco um vestido folgadinho e fico na sala esperando a Lauren, tenho que encarar meus atos. Penso decidida.

Fico perdida em pensamentos de como contar até que escuto o barulho da porta e desperto dos meus pensamentos, Lauren entra, ela chega já abrindo alguns botões de sua blusa social branca, e para assim que me vê.

- Oi... – Ela diz.

- Oi...

Coragem Camila... coragem... Encaro aqueles olhos verdes e me aproximo.

- Lauren....

- Sim?

Droga! A puxo pela golo e colo nossos lábios eu preciso senti-la pela menos por uma última vez. Ela coloca suas mãos em minha cintura e me puxa colando mais nossos corpos, vamos até o sofá sem nos separamos, espalmo as mãos em seus ombros e a empurro a fazendo cair sentada no sofá, e em seguida sentado em seu colo de frente para ela, e voltamos a nos beijar dou uma pequena rebola no seu membro semi ereto.

Lauren agarra meus cabelos com mais força forçando para trás e começa a morde e chupar meu pescoço, enquanto continuo a rebolar em seu membro já duro, ela retira meu vestido me deixando só de calcinha, pois já estava sem sutiã.

- Isso! – Falo assim que ele começa a chupar um dos meus peitos e com a mão vai acariciando o outro.

A empurro a fazendo parar de chupar meus peitos, e desabotoo o resto da sua blusa social, revelando seus seios no sutiã preto ela joga sua blusa longe e eu logo em seguida retiro seu sutiã e tomo seus seios na boca, ela agarra minha bunda apertando, e gememos juntas.

- Você é tão gostosa! – Lauren fala e me joga me fazendo cair deitada no sofá, e se levanta e começa a retirar seu cinto, retira os sapatos com os pés mesmo, e em seguida retira sua calça e as meias, ficando só de cueca com o membro extremamente marcado por conta da excitação. – Tira. – Ela fala com a voz mais rouca que o normal, então começo a retirar minha calcinha extremamente devagar. – Hmmm isso. – Ela fala assim que a retiro totalmente, e abro as pernas para que ela veja o quanto estou excitada. – Agora venha aqui. – Ela faz sinal com o dedo e vou até seu encontro, ela chega mais perto e respira pesado no meu pescoço me fazendo arrepiar. – Retire minha cueca agora. – Ela sussurra e em seguida morde minha orelha.

Me ajoelho na sua frente e começo a tirar sua cueca até seu membro saltar para fora, tiro sua cueca completamente a jogando para o lado, mas continuo ajoelhada em sua frente, olho diretamente no seu olho e dou um sorrisinho sacana, e beijo a ponta do seu membro e o envolvo com a minha mão fazendo movimentos lentos de vai e vem, e dou lambidas na sua cabeça. Lauren pega meu cabelo fazendo um rabo de cabelo improvisado com a mão, então substituo minha mão pela minha boca, colocando o máximo que consigo na boca fazendo um vai e vem.

- Aaaaaa hmmm isso! – Lauren geme, e força um pouco minha cabeça me fazendo dá uma engasgada.

Paro os movimentos, e Lauren me olha confusa, então pego na sua bunda a empurrando para frente e ela entende, e começa a se movimentar na minha boca, cada vez mais rápido. Mas ela para e o retira de uma vez da minha boca.

- Sofá. – Ela diz com a respiração pesada, então me levando e vou para o sofá.

Lauren vem para o sofá, mas fica mais para baixo e começa a beijar minha intimidade de leve, passa a língua de leve me fazendo remexer no sofá, então ela a toma sem pudor, fazendo movimentos circulares com a língua, da leves chupões me fazendo contorcer, e vai aumentando os movimentos, eu já estou gemendo sem pudor algum. Mas Lauren para antes que eu goze, eu iria reclamar, mas ela se encaixa em mim e toma meus lábios, segura seu membro e colocando na minha entrada e empurrando devagar até me preencher por inteira, ela fica um pouco sem se mover para que me acostume com ela dentro, então dou uma rebolada em sinal e ela começa a se movimentar em um vai e vem devagar.

- AAAAAAA HMMMM . – Gememos juntas.

- Vai... Forte... Rápido... – Falo a cada estocada.

E ela começa a entrar e sair de mim cada vez mais rápido e forte, leva sua mão até minha intimidade e a esfrega, deixando o ato mais prazeroso.

- Eu. To. Quase. – Falo pausadamente.

- Eu também. – Ela diz estocando mais fundo.

Então começo a me fechar nela e gozo, ela dá mais algumas esticadas e vai saindo, mas eu a seguro.

- Goza dentro. – Falo quase sem folego. Então ela dá mais três estocadas fundas e a sinto gozando dentro de mim.

Ela continua um tempo ainda dentro, mas logo em seguida retira seu membro e coloca a cabeça no meu dos meus peitos.

- Eu odeio quando a gente briga. – Ela diz, e eu faço carinho na sua cabeça.

- Eu também. – Falo. – Lauren? – A chamo e ela faz um som nasal para que eu continue. – Eu... – Coragem... coragem... – Eu sinto muito... – Ela levanta sua cabeça e me encara confusa. – Por ontem, desculpa.

- Tudo bem Camz. – Ela diz deitando a cabeça novamente.

Flashback off

- Eu fui covarde. – Sussurro, e olho meu filho que continua desenhando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...