História Meow - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags @queje, 2jung, 6aigoo1, Bottom!yoongi, Bts, Híbrido, Hopekook, Hybrid, Hybrid!au, Jungkook, Jungkook!top, Namjin, Suga, Sugakook, Taejin, Taemon, Vjin, Vmon, Yoongi, Yoongi!bottom, Yoonkook
Visualizações 914
Palavras 1.628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI COM CAPÍTULO NOVIN ♡

Ele esta meio forçado e meio rápido, mas é pq eu reescrevi agora, pois eu estava lendo, vi que estava meio lerdo as coisas dai falei "vou acelera" mas agr eu acho que estou indo rápido demais.

CAPÍTULO NÃO REVISADO.

Espero que gostem pois foi feito com carinho ♡
Boa Leitura!

Capítulo 7 - Humanos não Deveriam pedir Favores


Fanfic / Fanfiction Meow - Capítulo 7 - Humanos não Deveriam pedir Favores

Yoongi acordou com um celular tocando e com um braço agarrando sua cintura. Revirou o olhos tentando sair dos braços de Jungkook, este que estava em um sono profundo e parecia que não ia acordar tão cedo assim.

Se é certo afirmar que Yoongi odiava muitas coisas e ser acordado era uma dessas e odiou mais ainda ao ver o mesmo contato que o fez quebrar o antigo celular do Jungkook. Hobi ♡

— Jeongguk, precisamos conversar, por favor — a voz do outro lado da linha disse em imediato, assim que Yoongi atendeu o celular.

— Alô? Quem é? O Gukkie esta dormindo agora, quer deixar um recado?

A chamada foi encerrada, sem mais e nem menos e Suga abriu um sorriso. Não gostava nem um pouco do ex namorado do Jungkook por haver traição envolvido, se lembrava muito bem de quando uma garota havia traído Jimin e este ficou triste pelos quatro cantos.


Suga olhou a hora no celular e viu que era exatamente nove horas da manhã, revirou os olhos e voltou a se deitar para fazer o que os gatos fazem de melhor: dormir. 

Ao se deitar novamente, sentiu oa braços forte de Jungkook o abraçando pela cintura de novo, o que fez Yoongi murmura palavras desconexas por ser tratado como urso de pelúcia, mas logo deu de ombros quando se lembrou que a última vez que dormiu abraçado a alguém havia sido a uns dois anos atrás quando ainda dormia com Jimin, então fechou os olhos se aproveitando e aconchegando no calor humano que o corpo moreno exala e por algum motivo desconhecido, enlaçou sua mão com uma das mãos de Jeon que estava pousada no colchão próximo a sua barriga e a apertou com força sentindo o calor — por causa da febre — do corpo alheio.

~*~

Quando acordou novamente, Yoongi sentiu falta de um corpo próximo ao seu, por isso que se levantou da cama com brutalidade, encontrando o espaço ao seu lado vazio. Se ajeitou no colchão com a costas na cabeceira da cama se enrolando todo no edredom quando percebeu que se sentia mais frio sem a aproximação de Jungkook ai.

Yoongi mal conhecia essa sensação por ser a primeira vez que sentia isso, mas ja odiava.


A porta do quarto foi aberta e de lá apareceu só a cabeça de Jungkook que varreu o cômodo com os olhos e parou na cama.


— Ja acordou? — Jeon perguntou, surpreso.

— Não, estou dormindo ainda, não esta vendo? — respondeu com o seu humor costumeiro.

— Certo. Eu ia vim te acordar pois cheguei agora do mercado e finalmente comprei os seus leitinhos que você veio pedindo — Jungkook estava dando a meia volta, quando viu o gato chamar por ele, o fazendo abrir a porta e encarar Suga de novo — o que foi?

— Você saiu de casa assim com gripe e tudo? Ainda esta com febre? Sente alguma coisa? — Yoongi perguntou apressado, fazendo Jungkook rir e negar com a cabeça.

— Eu estou gripado, não em meu leito de morte.

— 'Puff, eu sou um híbrido e ser dramático esta em minha linhagem. Agora licencinha que vou tomar meu leitinho — pediu, passando entre o pequeno espaço que tinha entre a porta e o Jeongguk, se espremendo um pouco, mas Jeon abriu passagem para o Yoongi que foi rumo a cozinha.

Jungkook sorriu abertamente quando ouviu a voz que tinha uma pitada de bom humor do garoto-gato, era a primeira vez que o via assim e havia gostado.

— Sabe duas coisas que reparei? — Jeon perguntou, levando a atenção do bichano que antes estava na sua caixinha da cor rosa de leite para ele, fazendo Yoongi negar — A primeira foi que você não gostou da cor da caixa do leite, certo? — perguntou e dessa vez o gato concordou — A outra é que por mais que você não fale em terceira pessoa, você ainda fala no diminutivo. Leitinho, banhio', licencinha', nunquinha' e várias outras coisas que tem como diminuir.

— Eu sou um híbrido cara, esperava o que? Por mais que eu tente fugir dos meus instintos, eu não consigo pois fui criado pra ser assim.

— Por que você foge dos seus instintos?

— Porque pessoas fofas, bobas e inocentes só se fodem — respondeu meio incomodado e isso fez Jungkook se calar e não fazer nenhuma pergunta que tirasse a paciência e o bom humor que Yoongi estava tendo hoje.


A campainha da casa tocou, fazendo Jungkook sair de seus pensamentos — estes que eram concordando com as últimas palavras ditas pelo Suga — e Yoongi parar de saborear a segunda caixinha de leite que estava tomando.

Jeon sinalizou para Suga não fazer barulhos e depois foi em direção a porta, desconfiado. Jungkook não era de receber visitas.

— Jeongguk, posso te pedir um favor? — perguntou Seokjin que estava acompanhado do seu híbrido, assim que a porta foi aberta e Jungkook concordou — O bastardo do Namjoon sofreu um acidente e eu vou ter que ficar com ele no hospital até a mãe dele vim. Você poderia ficaria com o Taehy...

— Não!!! — gritou da cozinha o Yoongi de uma forma dramática , prolongando as vogais e cortando a fala de seu hyung.

— ... Ainda mais que eu sei que você esta cuidando do Yoongi e sabe como tratar de um híbrido — Jin continua, ignorando o grito.

— Claro, será um prazer ficar com o Taetae por um tempinho — disse, levando as mãos até as orelhinhas do Taehyung e começou a fazer uma leve carícia ali e o híbrido abriu um sorriso quadrado e ronrando.

— Obrigado, muito obrigado Jeon, você é o melhor dongsaeng do mundo.

— Sabe que pode contar comigo sempre— sorriu, fazendo seu hyung sorrir junto.

— O mesmo pra você. Tchau, to apressado. Se comporte Taetae, eu amo você e amanhã de manhã te busco. Tchau Jungkook. Tchau Suga.

— Tchau hyung — se despediram Jungkook e Yoongi, o último que ainda estava na cozinha e acabou gritando para ser ouvido pelo mais velho.

— Bye bye. Taetae ama você também, hyung — foi a vez do mais novo se despedir, enquanto passava os bracinhos curtos pelo pescoço de Seokjin e dando um abraço desajeitado.

— Que vontade de vomitar — sussurra Yoongi, aparecendo no nada ao lado do Jungkook. Ambos sairam de perto da porta e se juntaram ao sofá para dá mais privacidade para os dois Kim se despedir — Jeongguk, o Taehyung esta no cio — sussurra novamente, se aproximando seu rosto ao do Jeon, para ele ouvir.

— O cheiro dele muda seus hormônios? Ele pode te atacar? — dessa vez quem se aproximou o rosto foi o Jungkook, já que ambos estavam com a cabeça jogada para trás no sofá e seus rostos estavam próximos, muito próximo.

— O cheiro mudaria se eu também tivesse tido o meu primeiro cio e sim, ele pode atacar nós dois, mas ele que não é  nem doido de encontar um dedo em mim — sussurrou de volta o Min — Você esta muito próximo... — falou em um fio de voz, fechando os olhos e sentindo o hálito quente com cheiro de menta do mais velho bater em seu rosto — ...se afaste um pouco.

— Desculpas — pediu Jungkook, também sussurrando e se distanciando um pouco.

— Por que os hyungs estão sussurrando mesmo ciente de que Taetae ta' ouvindo tudo? — perguntou Taehyung aos sussurros, se sentando ao lado de Jungkook.

— Eu não sei — o híbrido mais velho respondeu ainda sussurrando.

— Vocês são esquisitos — Jungkook se levantou do sofá, ja que estava entre os bichanos —Taetae, quer leitinho? — perguntou enquanto ia até a cozinha.

— Depende do qual leitinho — respondeu pensativo — pra falar a verdade o Taetae quer os dois.

— Os dois? — questionou Yoongi com uma careta de desentendido — qual é o outro? O qual conheço vem na caixinha e é rosa — citou o o nome da cor com desdém e aumentando a careta.

— O outro é aquele lá, hyung, o Jimin hyung ou o Jungguk hyung nunca deram pro' hyung? — perguntou eufórico, sem saber como explicar — o Taetae não sabe como falar dele, mas esse leitinho não vem da fêmea e sim do macho, Jin hyung e Namjoon hyung sempre dá para o Tatae quando ta' no cio, eles falam que faz bem pra quem ta' no cio.

— Puta que te pariuzinho' Taehyung.

— O que é? O Taetae falou algo de errado?

— Super.

— Ah, outra coisa que é relacionado ao leitinho mas também não sei o que é, punheta. O que é punheta, Suga hyung?

— Vou te ignorar e voltar a tomar o meu leitinho, antes que eu pule na sua cara e te arranhe tudinho — exclamou Yoongi, se levantando do sofá e indo em direção da cozinha, encontrando Jungkook no fogão — esta fazendo o que?

— Sopa.

— De novo?

— Sim, eu ainda estou doente e essa sopa é milagrosa — Jeon respondeu com um sorriso satisfatório — experimente o tempero — pediu, levando a colcha próximo aos lábios do híbrido, que a abriu um pouco relutante.

Yoongi estava desconfiado enquanto Jungkook sustentava um olhar de ansiedade.

Por um motivo desconhecido, para Jungkook a cena a seguir duraram horas, aonde Yoongi estava com a boca entreaberta enquanto olhava um ponto cego qualquer, até que ele tirou um pouco língua pra fora, pegou um pouco do caldo da sopa igual ao um gato normal bebe água e fez uma cara de satisfação ao sentir o sabor, ainda com a boca rosada meio aberta e os olhos levemente fechados.

Estava tão... sexy?

— Esta uma delícia, mas vou te arranhar a cara toda se continuar me encarando desse jeito estranho.

— Desculpas — pediu, desviando o olhar.


— Jungkook-ah o Tatae estava pensando aqui e acho que entre os dois leitinhos, o Taetae quer o seu.


Notas Finais


Oie, tudo bom?
Gente, agora estou na escola e só chego as 23:45 em casa e acho meio tarde pra postar, por isso esta sem revisão, mas mesmo assim espero que tenham gostado.

Sobre a votação, um monte de gente estava confusos e disseram que não sabem como prefere o Yoongi: fdp ou fofo, então ele vai ter uma troca de humor o tempo todo, então não se assustem caso uma hora ele esta de boa e no outra querendo pular em cima do Jungkook do nada.

Novamente quero agradecer os favoritos e os comentários, é muito importante pra mim todo o apoio que estou recebendo por causa da fic, pois eu não sei se vcs se lembram, mas no primeiro capítulo eu havia dito que estava muito insegura com a história.
Obrigada, de coração ♡

Enfim, caso tenham gostado, não se esqueçam de comentar, é único jeito de saber que vocês estão gostando ou não.


❌Panfletando as outras fanfic:
🔽Geek《Yoonminkook/Vhope/namjin: https://spiritfanfics.com/historia/geek-9144210
🔽Adidas《Yoonmin: https://spiritfanfics.com/historia/adidas-9101802
🔽Meow《Yoonkook: https://spiritfanfics.com/historia/meow-9103475
🔽Maybe Not a Stranger《Vkook: https://spiritfanfics.com/historia/maybe-not-a-stranger-texting-9003203
🔽Gotico suave das trevas《2jae: https://spiritfanfics.com/historia/gotico-suave-das-trevas-9106093


×Fanfic Yoonkook da Kay, minha prima: https://spiritfanfics.com/historia/dulce-9300190


🌐Twitterzinho: https://twitter.com/Jesynandez?s=09

Beijos e obrigada!
Te amo vocês ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...