História Mere Plebeians - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Haikyuu!!
Personagens Akaashi Keiji, Asahi Azumane, Bokuto Koutarou, Chikara Ennoshita, Daichi Sawamura, Hajime Iwaizumi, Hisashi Kinoshita, Issei Matsukawa, Ittetsu Takeda, Kazuhito Narita, Kei Tsukishima, Keishin Ukai, Kenma Kozume, Koushi Sugawara, Ryuunosuke Tanaka, Shouyou Hinata, Tadashi Yamaguchi, Tetsurou Kuroo, Tobio Kageyama, Tooru Oikawa, Yuu Nishinoya
Tags Haikyuu, Kageyama, Oikage, Tsukage
Visualizações 13
Palavras 951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey, sei que demorou muito para eu atualizar dessa vez, mas eu comecei a escrever alguns dias atrás mas fiquei sem internet, daí não deu para publicar. Porém eu publiquei! Antes tarde do que nunca, não é?
Boa leitura~~

Capítulo 4 - Obrigado


Residência dos Kageyama

​Oikawa Tooru dormia calmamente. A casa de Tobio era incrivelmente silenciosa já que só ele e sua mãe moravam lá. Era de madrugada quando o terceiranista ouviu o barulho de algo caindo no chão, e logo em seguida um grunhido. "Mas que merda foi essa?" Oikawa pensou, e ao se vira deparou-se com Kageyama caído ao lado da cama com uma expressão extremamente irritada.

-Eh? Tobio-Chan? Você está bem? - Oikawa segurava um risinho ao perceber que o menor havia caído da cama enquanto dormia.

-S-Sim... - Kageyama se levantou e se dirigiu em direção à sala.

O menor suspirou. "Que merda! Isso doeu muito!" Não era raro ele cair da cama enquanto dormia, mas geralmente caía sobre as cobertas e não no chão. Ao chegar na cozinha bebeu um pouco de água e voltou ao quarto, onde Oikawa ainda estava sentado.

-Não quebrou nenhum osso ou algo do tipo? - o morenos soltou com uma risadinha.

Tobio revirou os olhos, mesmo que sentisse uma imensa vontade de retrucar. Provavelmente não tinha quebrado nada, só doía, e muito.

-Agora... Você não acha melhor deitar no chão para não correr o risco de acabar se matando? - Oikawa estava caçoando de seu kouhai novamente, mas se surpreendeu quando o mesmo colocou seu travesseiro e a coberta sobre o futon, ao lado do maior. -Eh? Vai dormir aqui, mesmo?!

Kageyama o encarou irritado. Só queria dormir, estava morrendo de sono e não se importava onde iria dormir desde que não precisasse dormir novamente na aula de Japonês. Os dois  ficaram se encarando por algum tempo, até que Oikawa puxou seu travesseiro para o canto, cedendo um pouco mais de espaço para Kageyama.

-Boa noite... - Kageyama soltou ao se deitar ao lado de seu antigo senpai.

-Já é madrugada. - o outro bufou.

-Oikawa-San... Boa madrugada. - o menor soltou com uma pequena dose de sarcasmo e muito sono.

"Apenas durma logo, seu idiota" pensou Oikawa, enquanto tentava inutilmente dormir.

~~~~~~X~~~~~~

Kageyama acordou com uma pontada nas costas. Lembrou-se de imediato do que havia acontecido durante a madrugada e suspirou, parecia um  velho com dor nas costas. Olhou para o lado e não encontrou Oikawa, ele já devia ter levantado mais cedo. Levantou-se e tratou de vestir o uniforme do treinamento logo, pois não queria se atrasar para o treinamento da manhã.

Algum tempo depois, dirigiu-se para a sala onde encontrou sua mãe e Oikawa, ambos já vestidos e tomando o café da manhã.

-Ah, Tocchan! Está tudo bem? Tooru-Kun disse que você caiu da cama. - o moreno soltou um sorrisinho para o menor.

-Sim, sim, tudo bem.. - Kageyama tratou de sentar logo na mesa e começar a comer. Poucos instantes depois Oikawa se levantou e foi ao banheiro, depois ao quarto.

-Bem... Eu acho melhor eu ir, preciso ir antes de fecharem o portão. - o maior disse e Tomoka dirigiu-se à porta acompanhando o rapaz, dando-lhe alguns conselhos para ficar calmo e se concentrar no teste. - Tobio-Chan, me deseje sorte!~

E saiu pela porta.

~~~~~~X~~~~~~

Estava quase na hora de sair de casa quando o celular de kageyama tocou.

Ligação on

​-Ãhn... Alô?

​-Tobio-Chan? Ah, finalmente!

​-Oikawa-San?

​-Escuta, eu esqueci meu estojo no seu quarto. Você pode POR FAVOR trazê-lo aqui?

​-Eh? Por que você não busca?

​-E correr o risco de acabar chegando depois do portão fechar? VOCÊ PODE FAZSER ISSO? POR FAVOR!

​-C-Certo... Vou levar agora então...

​-Ah... O-Obrigado, Tobio-Chan...

​Ligação off

​-Tocchan? O que foi?

-Oikawa-san esqueceu o estojo e pediu para eu levar... - o garoto resmungou enquanto se dirigia para o quarto.

"Ah, ele deixou em cima da escrivaninha. Que idiotice..."

-É melhor você ir logo, se não vai se atrasar para o treino.

O menor assentiu e pôs se a correr em direção a Universidade que era "próxima" a sua casa. Demorou em cerca de 8 minutos para correr até lá e entregar o estojo para Oikawa.

-A...Aqui... Seu estojo... - o menor já estava ofegante por ter que correr até lá.

-Obrigado Tobio-Chan! - Oikawa estava aliviado por seu kouhai ter chegado a tempo.

Kageyama se dirigia em direção ao portão quando Oikawa o chamou. Logo que se virou, viu o maior jogar alguma coisa em sua direção. Era um amuleto de sorte, daqueles que se compra em festivais ou em templos. Olhou em direção ao maior que lhe respondeu:

-Você vai precisar de mais sorte que eu para chegar a tempo no treino. - logo tratou de fazer uma careta e se dirigir em direção à sala.

O menor ficou sem reação, mas lembrou-se de correr para o treino. Corria rapidamente pelas ruas e quase foi atropelado duas vezes, mas chegou inteiro ao treino, só estava morto de cansaço.

Logo que chegou ao ginásio percebeu que o treino já havia começado. Abriu a porta "calmamente" e chamou mais atenção do que queria.

-Des... Desculpem a demora... Eu tive alguns problemas para resolver antes de vir e me atrasei... - suspirou na tentativa de tentar recuperar o fôlego .

-Demorou Bakageyama! - o ruivo soltou com uma risadinha, o que atraiu a atenção do levantador.

De acordo que andava pelo ginásio, ouvia algumas piadinhas dos senpais, mas nada que o incomodasse. Isso até que ele passou por Tsukishima.

-Já estava na hora do cachorrinho adestrado aparecer! Precisava comprar mais caixinhas de suco?

-Hã? O que foi? - Kageyama se virou para o loiro, "cachorrinho"? Quem ele estava chamando de cachorrinho?!

Tsukishima se afastou com um sorrisinho e isso o irritou. O levantador estava prestes a dizer algumas coisas ao loiro quando reparou que o rosto do mesmo mostrava uma irritação fora do comum, qual era o problema dele?

 

 

 


Notas Finais


"Preciso ir antes de fecharem o portão" essa foi uma frase dita pelo meu irmão antes de ir fazer o ENEM e imagina quem ficou preso do lado de fora? Sim, ele. Pelo menos o Ahokawa (Iwa-chan dá ótimas dicas de apelidos :v) é um pouco mais organizado que meu Onii-Chan. sqn!
OBS: Eu só por curiosidade mesmo quero saber qual dos dois é o favorito de vcs: Oikawa ou Tsukishima. Não que isso vá alterar a história em algum ponto (não agora, pelo menos) mas eu gostaria de saber :3
Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...