História Mesmo perdido, Eu te encontrei... - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izuna Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Kurama (Kyuubi), Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yahiko
Tags Itadei, Kibahina, Narusasu, Romance, Sasunaru
Exibições 172
Palavras 6.251
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oie lindas, e lindos! voltei \o/ \o/ ^-^
espero que gostem esse cap não vai ser muito grande mas esperem os próximos ^-^
Boa leitura ♥♥♥

Capítulo 44 - Quantas lágrimas cairão?


Fanfic / Fanfiction Mesmo perdido, Eu te encontrei... - Capítulo 44 - Quantas lágrimas cairão?

No final eu acabei caindo por ele outra vez, eu sou um idiota mesmo!
oque eu ganhei com isso? por que o beijei? ate quando vou deixar essas drogas de sentimentos falarem por mim? esqueça, isso já acabou.
Dattebayo eu já nem sei quem sou eu, fazendo essas idiotices sem sentindo algum, me explicar oque queria me explicar? haaa! quer para de pensar nisso? parece que não adianta quantos pontos finais eu coloque, parece que eles só servem para que eu comece com outra vez com isso. mas chega! eu não vou continuar com isso! agora acabou definitivamente acabou oque tínhamos.
sai correndo o mais rápido que pude e quando cheguei ao lado de fora parei parar tentar de me acalmar não quero que me veja com essa cara de choro! respirei fundo e andei ate o carro
Jirai:-pensei que seria rápido.
Naru:-vamos.
falou o loiro abrindo a porta de trás do carro e entrando
Jirai:-pela sua cara...eu não vou nem perguntar.
Naru puxou a porta a fechando
Naru:-não estamos atrasados estamos?
Jirai:-não, não se preocupe.
disse ele ligando o carro
me encostei ao banco e peguei a agenda
se não fosse tão importante eu não teria entrado lá, aqui esta tudo, tudo que eu escrevi durante anos, quase tudo, afinal não iria caber. digamos que as partes mais importantes, e infelizmente dessa lembrança eu não consegui me livrar... deveria ter esquecido essa droga agora só estou me sentindo pior...não pensei que pudesse me fazer tão mal encontrar com ele, porém com isso eu confirmei uma coisa...que foi mesmo uma mentira e que ninguém precisa mesmo da minha presença aqui, notei o modo como o demônio me olhou, por um lado eu queria que o Niisan mandasse ele para o inferno. só que eu nunca iria pedir algo assim  ao Deidara, seria injusto, seria injusto pedir isso depois de tudo que ele fez por mim e ele ama a aquilo. o Gaara estava certo todo esse tempo: não confie em um Uchiha, e pensar que ele acabou brigando com ele...Gaara eu sinto muito por não ter visto a amizade que tínhamos antes, e também por não ter te tratado tão bem quanto merece, oque sera que a Hina vai fazer quando souber? já imagino, ela vai querer vir atrás de mim junto com o Gaara. ainda bem que não disse nem para o Deidara para onde estou indo...durante muito tempo eu pensei comigo mesmo, como seria as coisas quando eu o encontrasse? eu pensei de tudo de um modo. mas foi diferente do que imagine, primeiro acabei brigando com o Deidara, foi um egoísta só pensei nele não quis ver o lado do meu irmão, mas ele também teve culpa por mentir...eu acreditei que eramos amigos por causa do passado que grande engano...agora eu consigo ver que eu não deveria sequer continuar vivendo, a minha escolha, as minhas decisões foram impensadas, a maioria delas, e agora que já não sobrou nada. oque eu devo fazer? pensar nisso também é inútil, porquê eu sei bem que muitas coisas estão e vão ficar sem respostas...realmente poderia existir uma explicação para isso?...não, aconteceu oque tinha que acontecer, devo aceitar logo e parar de pensar sobre essas coisas, se eu não parar com isso nunca vou conseguir esquecer...virei o meu rosto e vi o meu reflexo na janela do carro
também tem algo que eu sei, e não importa o quanto eu queira e nunca vai mudar... o mais provável é que eu leve toda minha vida e não te esqueça.
o loiro tocou os lábios lembrando do beijo
sei que já estou aqui, e que agora não vai a ver mas volta e eu nunca mais vou voltar a te ver...se tudo acabou, porque eu sigo sem querer aceitar esse destino?...isso dói muito...
olhei para o retrovisor interno do carro e pude ver a expressão do velho tarado
Naru:-oque foi?
Jirai:-Naruto sinto muito acho que menti pra você.
Naru:-hã?
Jirai:-eu disse que isso iria te ajudar mas pelo jeito você esta pior, eu não quero isso então se quiser desistir disso eu...
Naru:-esta errado, eu quero fazer essa viagem eu só...só estava pensando em coisas inúteis.
Jirai:-seria bom se fosse só mesmo isso.
Naru:-eu só...não esquece não se preocupe com isso, já estamos perto não é?
Pst Jirai
fugindo do verdadeiro problema...realmente não posso evitar me culpar sinto que também foi culpa  minha por o incentivar a pedir ao Sasuke para se casar com ele, eu sabia que o Sasuke não poderia mudar mas mesmo assim...eu também achei que ele tinha mudado, sera que as pessoas só mudam para pior? é melhor não pensar nisso...
seguimos andando e parece que não havia nada em que pudéssemos falar que não levasse ate oque aconteceu, normalmente eu odeio o silêncio porém se tratando disso é melhor não a ver nada mesmo.
não demorou para chegarmos a estação e como ele disse tinha alguém lá para levar o carro, não tinha muitas pessoas lá oque chegava a ser estranho. peguei as malas e desci do carro em seguida fechei a porta 
enquanto os dois estavam conversando andei ate uma das máquinas de que tinha na estação
Naru:-...não tem nada que eu queira aqui.
olhei para a outra máquina ao lado daquela e tinha uma de cigarros me aproximei dela
Naru:-sera que o gosto era mesmo tão ruim?
430 Ienes...não esta caro...
não! oque eu estou pensando?
me afastei da máquina
e andei ate o velho tarado
Jirai:-então esta certo.
-boa viagem!
Jirai:-Arigato.
o homem saiu sem falar comigo, acho que a culpa foi minha por não cumprimentar ele primeiro.
Jirai:-vamos?
Naru:-e as passagens?
Jirai:-aqui.
falou ele levantando elas
Jirai:-o trem já vai chegar.
Naru:-soka.
foi ele dizer isso que o trem já estavam bem próximo de nós dois e logo ele parrou as pessoas se aproximaram e foram entrando segui atrás do velho tarado, nossos acentos eram nós bancos do final acabei pegando o que ficava do lado da janela.
Jirai:-tem poucas pessoas, nesse vagão.
disse ele sentando ao meu lado e nessas horas que eu queria não ter jogado fora o meu celular, o Niisan me comprou outro e tive o único cartão que me sobrou foi um bem antigo de quando tinha dez anos, já imagino que músicas vou encontrar...
peguei o celular e o liguei escondido claro, não sei porque não pode usar o celular o japão tem algumas regras que eu não entendo.
não iriamos seguir reto logo vamos estar em algos metros do chão oque não me incomoda nunca tive problema com altura ainda bem... começamos a andar
olhei para a janela e pode ver a estação ficando cada vez mais distante
suspirei pois aquilo me trazia lembranças aquela foi a mesma estação em que o Gaara a Hina e o Niisan chegamos ate Tokyo.
aquele dia foi mesmo uma confusão queria que todos os dias tivessem sido como aquele por uma vez me senti próximo ao meu irmão e mesmo tudo dando errado tudo deu certo, eu sei é complicado pena que não posso voltar para aquele momento...peguei o fone que estavam no bolso menos da minha mala e o coloquei no celular
Naru:-serio, que músicas são essas Dattebayo?
Jirai:-hã?
Naru:-não, nada.
deveria parar com esse costume de falar oque penso em voz alto, bem mas rápido do que o de falar sozinho.
desci as músicas ate chegar em uma que não me lembrava mas qual era Every Heart
coloquei nela e assim que começou a vontade que tive foi de chorar outra vez ao ouvir aquela letra todas minhas lembranças boas e ruim vieram a minha mente e o pior foi que eu sabia que não iria mas ser como antes...essa música e tão cruel
Naru:-Ikutsu namida o nagashitara...
Se chorar, quantas lágrimas cairão?
provavelmente todo o coração se consumará, tornando-se gentil
se todos dissessem oque pensam, todo coração, provavelmente irá se alegrar
Na longa, longa noite memorizei as estrelas distantes enquanto rezava...
Se voltarmos a nos encontrar sorrindo, todos os corações o sonho descreverá
Lá adiante, na tristeza das pessoas, todos os corações dormem falando em felicidade
para que um dia, um dia todo o sentimento se acostume a descansar...
Sorrindo por pouco tempo, assim como ainda hoje aguentamos firme...
As lembranças de infância se fortalecem existe um lugar terno tão doce, quando desviamos o olhar veremos as estrelas sempre tão brilhantes...
lembranças de infância?...
FLASHBACK NARUTO ON
Kushi:-Naruto hoje eu não vou poder ficar com você.
falou a ruiva se abaixando
Naru:-he? por que não Dattebayo?
Kushi:-porquê eu tenho que trabalhar.
Naru:-soka...então o Niisan vai cuidar de mim?
Kushi:-o seu irmão esta fazendo um viagem do colégio esqueceu?
o menor se aproximou abraçando ela
Naru:-quer dizer que eu vou ficar sozinho em casa? isso Dattebayo! eu já sou grande para isso não é?
a ruiva sorriu o pegando no colo
Kushi:-claro que não.
disse ela levantando junto com ele
Kushi:-ainda que que viva muitos anos ha! ha! por isso vou te levar para ficar com o seu amiguinho.
Naru:-hã?
Kushi:-já falei com a Mikoto e hoje você vai passar o dia com o Sasuke oque acha disso?
Naru fez cara de choro
Kushi:-que cara é essa hein?
Naru:-NÃO! NÃO QUERO!
falou ele se debatendo
Kushi:-NARUTO PARA! PARA JÁ DE SE ESPERNEAR!
Naru:-NÃO! EU NÃO QUERO IR! NÃO QUERO!
Kushi:-MAS VOCÊ VAI TER QUE IR! O SASUKE NÃO É TÃO RUIM ASSIM.
Naru:-ELE É MEU INIMIGO!
Kushi:-chega!
ela colocou o loiro no chão
Kushi:-vou pegar sua bolsa e vamos agora!
Naru:-eu posso me cuidar sozinho Okaasan!
Kushi:-com cinco anos? não me diga.
suspirou ela
Naru agarrou no vestido dela e ao saiu andando arrastando ele
Naru:-NÃO! NÃO! ONEGAI! ONEGAI! EU NÃO QUERO DATTEBAYO!
Kushi:-MAS VOCÊ VAI DATTEBANE!
Naru:-MAS EU NÃO QUERO DATTEBAYO!
Kushi:-MAS VOCÊ VAI DATTEBANE!
Naru:-NÃO DATTEBAYO!
Kushi:-SIM DATTEBANE!
Naruto soltou o vestido dela e se jogou para trás caindo de leve, Kushina virou o rosto
Naru:-eu não posso ir.
Kushi:-e por que não?
Naru:-por que eu estou morto Dattebayo!
dizendo isso o loiro fechou os olhos e colocou a língua pra fora. a ruiva tocou a testa e suspirou
Pst Kushina
igual ao Minato Dattebane! o único jeito de convencer ele e o enganando, Gomen ne.
Kushi:-esta bem, então eu te levo comigo Naruto!
o menor levantou rápido e rindo
Naru:-hai!
Kushi:-então vai buscar sua bolsa, vai.
Naru:-hai Dattebayo!
falou ele correndo ate o quarto
rapidamente o loiro voltou correndo para a sala
Naru:-vamos? vamos!
Kushi:-sim, vamos.
a ruiva pegou a chave do carro e a da casa, Naruto correu ate a porta e saiu
Kushi:-NARUTO ONDE ESTA OS SEUS SAPATOS?
Naru:-EU NÃO GOSTO DELES!
Kushi:-tsc, isso é oque da mimar de mais.
ela olhou em volta e pegou os sapatos que estavam jogados atrás do sofá ela se abaixou e pegou eles em seguida andou ate a porta e saiu Naruto já estava sentado no banco da frente
Kushi:-coloque os sapatos!
Naru:-mas...
Kushi:-AGORA DATTEBANE!
o loiro pegou os sapatos
Kushina andou ate o outro lado e entrou no carro e fechou a porta
Kushi:-colocou os sapatos?
Naru:-hai.
Kushi:-olha se sua escova de dentes esta na bolsa.
disse ela ligando o carro
Naru:-esta Dattebayo.
Kushi:-ótimo vamos?
perguntou ela colocando o cinto no menor
Naru:-sim!
ela sorriu colocou o cinto e segurou o volante e começando a dirigir
eu não quero nem pensar na reação dele quando chegarmos lá...
o carro parou em frente a casa dos Uchiha o loiro desceu e olhou em volta
Naru:-Okaasan, aqui não...
Kushi:-eu só tenho que pegar uns coisas com a Mikoto anda vamos.
disse ele pegando na mão dele e andando ate o portão ela apertou a campainha

Miko:-deve ser a Kushina...Sasuke!
ele correu ate a cozinha
Miko:-arrumou seu quarto como pedi?
Sasu:-hai Okaasan! quem vem ficar comigo hein?
perguntou ele virando e rindo
Miko:-vai logo saber.
falou ela tirando o avental e o pendurando, a morena correu ate a porta...
Miko:-olá Naruto!
Naru:-Olá! Okaasan vamos logo!
Kushi:-ha! ha! claro.
a ruiva entrou junto com ele e seguiram ate a cozinha
Naru:-...
Miko:-deixa eu pegar sua bolsa.
falou ela tirando a bolsa das costas dele
Naru:-he? por que?
perguntou ele olhando pra ela
Miko:-como por que?
a ruiva começou a se afastar devagar
Sasu:-então era ele que vinha dormir aqui Okaasan?
disse o moreno com a cara feia ao ver o Sasuke o loiro ficou com raiva por ter sido enganado
Naru:-Nani? eu não vou ficar aqui!
Kushina já estava quase saindo de fininho
Naru:-Okaasan!
Kushi:-Gomenasai querido!
falou ela saindo e fechando o portão
Miko:-por que não vai brincar com ele sim? a Okaasan esta ocupada agora.
Sasu:-esta bem.
falou ele andando ate o lado de fora
Sasu:-Usuratonkachi oque foi?
Naru:-tsc, EU NÃO SOU UM USURATONKACHI TEME!
Sasu:-claro que é, e um grande idiota também, por ficar chorando só por que a sua Okaasan saiu parece um bebe.
falou ele serio
Naruto virou furioso
Naru:-bebe é você! idiota!
falou ele dando um soco no rosto do moreno
Sasuke tocou o rosto e em seguida deu um soco nele também
Naru:-Teme!
Miko:-PAREM DE BRIGAR AGORA E PEÇAM DESCULPA! SE NÃO, SÃO MESMO BEBES!
gritou ela da cozinha
os dois se olharam e viraram o rosto
Naru:-Gomen ne.
Sasu:-Gomen ne, mas não pense que muda alguma coisa!
Naru:-digo o mesmo!
Sasu:-...
Naru:-...
Miko:-entrem meninos!
Naruto entrou na frente
esse idiota! ainda esta doendo!
Miko:-não,não acredito que acabou o arroz!
Sasuke entrou em seguida
a morena correu ate ele
Miko:-Sasuke, eu vou ter que sair rapidinho então por favor se comporte e tente não brigar o Naruto entendeu?
Sasu:-onde vai Okaasan?
Miko:-ao super mercado, eu já volto esta certo?
Sasu:-sim.
Miko:-não briguem esta ouvido?
Sasu:-e se ele começar?
Miko:-Sasuke, só não briguem!
ela saiu praticamente correndo
Sasuke virou olhando para trás
Naru:-oque esta olhando?
o moreno andou e parou de frente para ele
Sasu:-você é bem pequeno não é?
falou ele colocando a mão sobre a cabeça dele
Naru:-URUSAI!
Sasu:-a Okaasan teve que sair e falou para não brigarmos.
Naru:-eu não queria ter ficado aqui com você!
dizendo isso o loiro começou a correr pela casa
Sasu:-ei! onde pensa que vai?
Sasuke seguiu atrás dele, e o Naru entrou no quarto dele
Naru:-é mais grande que o meu!
Sasuke parou da porta
Sasu:-claro que é.
o loiro olhou em volta e viu um dinossauro de pelúcia verde
Naru:-kawaii!
falou ele andando ate a cama e pegando ele
Naru:-como é fofo!
Sasu:-ei! ele é meu!
disse o Sasu andando ate ele e puxando o dinossauro
Naru:-me da!
Sasu:-não! você esta sujando ele!
Naru:-oque? eu nem estou sujo Dattebayo!
Sasu:-não importa, solta!
Naru:-não!
Sasu:-por que não trouxe seus próprios brinquedos?
Naru:-me da Sasuke!
falou ele puxando mais forte
Sasu:-já falei pra me dar!
o Sasuke puxou com tudo fazendo o Naru cair pra trás
Naru:-Itai!
o moreno agarrou o dinossauro e virou
Sasu:-não quero que mexa nas minhas coisas! EU NÃO QUERIA QUE FICASSE AQUI!
o loiro levantou
Naru:-EU TAMBÉM NÃO QUERIA SEU IDIOTA!
Sasu:-SAI DO MEU QUARTO!
Naru:-VOU MESMO!
o loiro saiu correndo do quarto
Naru:-Sasuke, Idiota!
ele correu ate o quintal da casa e se sentou entre as plantas
Naru:-Teme idiota!
falou ele abraçando os joelhos e abaixando a cabeça
não tinha que gritar daquele jeito! eu te odeio Sasuke!
se passaram alguns minutos...
Naru:-eu não vou ficar aqui!
dizendo isso ele levantou e andou ate o portão
Naru:-se quer tanto que eu vá embora já estou indo!
ele abriu o portão e saiu
Naru:-oque esse teme acha? que pode gritar comigo assim? baka.
eu não preciso ficar na casa dele eu vou pra casa Dattebayo!
mas por onde é mesmo?
o loiro olhou em volta
Naru:-tenho certeza que é por aqui!
falou ele indo reto pela direita, ele começou a andar sem saber pra onde estava indo ate se perder
Naru:-pensando bem...acho que não era por aqui, ou era?
falou ele parando de andar
Naru:-onde eu estou?
falou ele virando olhando para trás
o lugar era uma praça de skate, e do outro lado tinha alguns garotos
Naru:-eu quero ir pra casa...
ele olhou pra os garotos e resolveu andar ate lá
-serio, ela era uma gatinha.
Naru:-ei!
-hã?
falou um deles olhando para o menor
Naru:-vocês sabem onde fica minha casa?
-ha! ha! e como vamos saber pirralho? nem conhecemos você!
Naru:-eto...não viram minha Okaasan?
-por que não sai daqui hein? some pirralho!
Naru:-mas eu...
-espera...
o maior olhou para o Naru
-eu acho que conheço ele.
-serio de onde?
-esse pirralho e da mesma escola Iori, e olhando bem para ele...foi você que bateu no meu irmão a uns dias não foi?
perguntou ele levantando
Naru:-he?
os outros dois também levantaram
Naru:-Iori? Iori Nakajima?
-sim ,foi você não foi seu cachorro?
Naru:-sim! mas eu não sou nenhum cachorro!
-oque acha você de eu rasgar o seu rosto como fez com o meu irmão?
Naru:-eu...eu-eu não quis machucar ele eu só...
ele empurrou o menor o fazendo cair
-eu não sei como fez aquilo, mas garotos acham que com canivete ficaria igual?
o loiro tremeu
-diria que sim ha! ha!
Naru:-não...
ele levantou e saiu correndo mas não foi muito longe por que ele tropeçou caindo outra vez
o maior de tinha o cabelo castanho se abaixou e puxou pelo cabelo do Naru o fazendo levantar
Naru:-ME SOLTA!
-não ate terminar!
ele fechou os olhos
Pst Naruto
Sasuke...
o loiro abriu os olhos e eles ficaram vermelhos
-que merda é essa? ha! ha! eu não tenho medo disso o meu irmão já me avisou que você um cachorro, nojento!
falou ele tocando o rosto dele com uma agulha
Sasu:-ele não é um cachorro!
-hã?
-ha! mais um pirralho?
Sasu:-tsc, solta ele agora!
-como quiser!
ele soltou o loiro mas no mesmo estante jogou o canivete para acertar o Naru o Sasuke correu entrando na frente dele deixando que o canivete cortasse o rosto dele
Naru:-Sasuke?!
-oque você fez seu idiota?
o moreno caiu e o Naruto segurou ele
Naru:-Sasuke? por que fez isso?
Sasu:-meu corpo se moveu sozinho...
o loiro tocou o rosto dele e acabou sujando a mão dele sangue e ao ver aquilo ele ficou com muita raiva
Naru:-EU VOU MATAR VOCÊS!!
eles saíram correndo Naru estava indo atrás deles
Sasu:-Usuratonkachi onde pensa que vai...?
o loiro virou
Naru:-Sasuke! mas eles...
Sasu:-parece que esqueceu que não podemos mostrar os nossos poderes idiota! por que fugiu? Usuratonkachi!
Naru:-você me mandou sair!
Sasu:-eu...só...
Naru:-Sasuke?
ele voltou correndo ate o moreno
Naru:-Sasuke você vai morrer por minha culpa!
falou ele com os olhos cheios de lágrimas e se abaixou se sentando ao lado dele
Sasu:-eu não vou morrer...
Naru:-como sabia que eu estava aqui? por que fez isso?
Sasu:-tsc, eu estou bem!
falou ele se sentando
Naru:-não esta! POR QUE VEIO IDIOTA! TEME!
Sasu:-algo em mim me forçou.
Naru:-he?
Sasu:-eu não sei, mas eu sabia por onde ir alias você me chamou!
Naru:-eu não chamei!
Sasu:-eu ouvi! chamou sim!
Naru:-eu não quero que morra Sasuke! mas se morrer a culpa é sua por ter entrado na frente! eu não vou o culpado! por que fez isso se me odeia?
Sasu:-eu não sei!
Naru:-NÃO DEVERIA TER FEITO ISSO!
Sasu:-URUSAI! USURATONKACHI! A CULPA FOI SUA POR FUJIR!
Naru:-NÃO TINHA O DIREITO DE TER ME SALVADO!
Sasu:-EU POSSO SALVAR QUEM EU QUISER IDIOTA!
o loiro começou a chorar
Naru:-mas agora você vai morrer!
(foi só um corte no rosto...meu Kamisama Naruto ¬ .¬ )
Sasu:-eu já disse que estou bem, vamos pra casa antes que a Okaasan chegue!
Naru-...não...
Sasuke suspirou
Sasu:-você pode me curar.
Naru:-he?
Sasu:-a Okaasan me disse que temos algo que nos une e você pode me curar se...se parasemos de nos odiar.
Naruto levantou a mão tocando o rosto dele
Naru:-mesmo Dattebayo?
Sasu:-sim.
Naru:-mas você me odeia sendo assim, eu te odeio.
Sasu:-talvez eu não te odei tanto assim.
Naru:-he?
o moreno tocou
Sasu:-só para que pare de chorar, na verdade eu não te odeio.
Naru:-eu também não.
falou ele corando também
Sasu:-eu vou ficar bem, vamos agora?
Naru:-espera, isso, vai ficar entre nós.
Sasu:-isso?
Naru:-que não nos odiamos!
falou ficando mais vermelho
Sasu:-Usuratonkachi....esta bem vai ser o nosso segredo.
falou ele tirando a mão do Naru do rosto dele e sorriu
......
oque foi isso? eu vivi mesmo isso? não, o Sasuke não faria algo assim por mim, não de verdade...eu continuou pensando nele. lembranças estúpidas, por que tive que me lembrar de algo assim? ate quando vou estar preso a você? se é por causa dessa ligação eu não me importaria se ela sumisse para que preciso de algo como isso? sera que é por isso que dói tanto? oque essa droga de ligação significa?
o loiro tirou o fone
Naru:-velho tarado....
ele estava roncando
Naru:-como conseguiu dormir? kuso...bem de todos os modos você não sabe...sera que nessas gravações tem a responta disso?
olhei pela janela e pude ver o tempo mudando como se fosse chover e bastante
Naru:-quantas lágrimas cairão?
No outro dia...

Pov Deidara
Dei:-no final não pode evitar que o Naruto fosse embora.
Mabu:-se essa foi a escolha dele, oque poderia ter feito?
falou ela sentando no sofá
Dei:-ainda acho que poderia ter feito alguma coisa sim...eu não queria que as coisas tivessem terminado desse modo, e o pior é que ele acredita que indo embora vai nos ajudar, me pergunto de onde ele tirou que ele nos atrapalha?
Mabu:-talvez tenha sido sua culpa.
Dei:-talvez, mas acho que não sou o único culpado e nem o maior deles, o fato é que não é de hoje que isso acontece. as coisas sempre foram difíceis ainda mais por culpa de tudo que aconteceu, tentei perguntar sobre o assunto mas ele não quis me dizer, falei com o Gaara e a resposta foi vingança.
Deidara jogou os papeis da investigação sobre a mesa de centro se sentou ao lado dela
Mabu:-vingança? como assim?
Dei:-a desculpa para oque o Sasuke fez foi vingança, ele queria se vingar do Naruto, agora me pergunto pelo que? ate onde eu sei desde que ele foi embora o Naruto não pensou ou fez alguma coisa que não envolvesse o Sasuke nenhuma vez.
Mabu:-mas por que estamos falando disso agora?
Dei:-demorei parar ver que eu fui um péssimo irmão, eu não sei quase nada sobre o Naruto e penso que se eu não tivesse afastado ele do Sasuke....
Mabu:-você não foi um péssimo irmão, só que não teve a oportunidade de se preocupar com outra coisa fora a segurança dele.
Dei:-é isso que faz eu sentir mal, no dia em que o encontrei eu prometi que cuidaria dele mas eu não fiz nada mais do que o deixar sozinho, para que ele não encontrasse o Uchiha inventei mentiras e cada vez que ele conseguia fazer oque eu dizia pedia algo mais difícil pra ver se ele desistia, mas não ele não o fazia e assim o afastei de mim. eu não aceito que tenha acontecido isso não depois de tudo que ele teve que passar os nossos pais me mataria por ter deixado as coisas assim, a vida dele, bem tudo que ele fez e lutou foi em vão, eu só pensava no que poderia acontecer se o Orochimaru o encontrasse enquanto ele tinha que carregar tudo sozinho, pra ele ter feito isso, não posso evitar achar que a culpa foi minha também.
Mabu:-...essa foi a escolha dele.
Dei:-não eu, você, ate mesmo os amigos dele o deixaram sozinho, sabia que quando já estava tarde para arrumar as coisas, mas eu não sabia que ele poderia ir embora.
Mabu:-não vai adiantar ficar se torturando com isso, não podemos fazer nada, nem sempre tudo vai terminar bem sabe disso, não é um filme, a vida não é um filme.
Dei:-eu sei, mas ainda me arrependo...
Mabu:-entendo mas oque pretende fazer?
Dei:-eu não posso fazer mas nada, eu só queria entender.
Mabu:-vingança, tudo desde o começo girou em torno disso, mesmo que queira mudar e entre os dois....se o Sasuke escolheu se casar com ela quer dizer que foi mesmo uma grande mentira e é melhor que as coisas sigam desse modo, do que viver em uma mentira, sei como se sente, eu estou igual...só que isso é algo em que não podemos nos meter, se o Naruto acha que o melhor para ele deixe ele viver a vida dele, e viva a sua querendo ou não aceitar ele cresceu Deidara, mas sedo ao mais tarde ele iria embora.
Dei:-sei disso, mas não queria que tivesse sido assim.
Mabu:-se uma explicação sera difícil nem a pancadas o Gaara conseguiu, mas porque não fala com o Itachi talvez saiba o por que desse comportamento do irmão.
Dei:-eu já tentei fazer isso, mas ele deve estar ocupado, porque não me atende desde ontem.
Mabu:-falando em Itachi o clone e Orochimaru serão executados em alguns dias vai ver também?...
Dei:-não, eu prefiro não ver mas violência estou cansado disso...
a morena levantou
Mabu:-eu tenho que ir para casa, preciso revisar alguns papeis, tente não pensar mas nisso o Naru vai ficar bem ele esta com o Jiraiya afinal, se for falar com o Itachi fala que mandei um beijo.
Dei:-esta certo.
disse ele levantando
Mabu:-não se preocupe tanto.
falou ela beijando o rosto dele
Mabu:-Mata ne.
falou ela sorrindo e saindo de perto dele indo em direção a porta
Deidara suspirou e pegou o celular do bolso e discou o número do Itachi
Dei:-por que não me atende?
continuou apenas chamando
deixe sua mensagem...
Dei:-Itachi sou eu, se não me atendeu deve ser por que esta ocupado não e? bem...me ligue de volta estou preocupado.
encerrei a ligação e joguei o celular no sofá
Dei:-oque esta fazendo de tão importante?
de repente uma das empregas passou por ele carregando uma caixa
Dei:-Erika-san para onde esta levando todas essas caixas já é a decima, ou melhor de onde tirou todas essas caixas?
Eri:-o seu irmão me mandou jogar elas fora.
Dei:-o Naruto? oque tem ai?
Eri:-nessa são roupas.
Dei:-não, não jogue fora.
Eri:-mas...
Dei:-leve todas de volta por favor, deve ser algo importante e o melhor é que ele mesmo se livre disso isso se ele voltar.
falou ele saindo da sala

Pov Mabui
realmente fiquei com isso, tive que tentar apoiar o Deidara mas a verdade é que eu também acho que erramos , e erramos feio. me pergunto se a Hyuuga já esta sabendo mas pelo que parece eu acho que não do jeito que ela é...quando acho que as problemas acabam parece que eles só aumentam, estou chegando ao ponto de viver paranoica quem sabe assim param de acontecer coisas ruins. esses dias foram ruins além do Naru não esta o Jiraiya também não, e acabei brigando com o Sasuke, pareci ate a Hyuuga vendo por esse ponto eu foi uma ridícula criando mais confusões como se não fosse o suficiente...agora que o Naru não esta, e que briguei o Sasuke, acho que não vou precisar seguir como guarda costas dos dois oque não é tão ruim por um lado...admito que preferia continuar como guarda costas e ter que aceitar isso...me lamentar não vai mudar nada, assim como não valeu a pena lamentar por o Itachi ter escolhido o Deidara, mas isso foi a muito tempo esqueça!
uma coisa boa era que não morava muito longe ficar sempre andando com o carro da policia não é uma coisa boa.
abri aporta de casa
Mabu:-finalmente... queria poder jogar todos esses papeis no lixo, por que eu tenho que trabalhar na minha folga? esse é o pior trabalho.
andei ate o quarto a acendi a luz  e entrei
Mabu:-hã? eu poderia jurar que tinha deixado ele aqui em cima!
Mabu:-devo ter deixado no escritório.
me virei e vi um homem em frente a porta do meu quarto, peguei rápido a arma que estava em cima do criado mudo
Mabu:-quem é você e oque esta fazendo na minha casa?
ele sorriu pra mim e não entendi aquele gesto que ele fez colocando o indicar nos lábios 
outro atacou ela por trás antes que ele pudesse perceber já estava desacordada...

-Gaara-senpai?
-acho melhor não falar com ele agora, vamos.
Pst Gaara
no fim não adiantou nada, ele saiu ganhando outra vez que demônios o Naruto viu naquele Uchiha? venho me perguntando isso desde eramos crianças, e ainda não sem oque ele viu nele, se eu não soubesse que o Naruto não é capaz de gostar de alguém só pela aparência esse seria o único motivo. oque tem de tão bom em ser machucado? porque essa foi a única coisa que ele te fez todos esses anos...
o telefone começou a tocar e como era horário de almoço só restou a mim naquela droga de lugar.
levantei e andei ate o telefone
Gaa:-você ligou para a policia local qual é o seu caso? em que posso ajudar?
Kakas:-Sabaku?
Gaa:-quem esta falando?
Kakas:-sou eu o seu professor.
Gaa:-sim, qual o incidente?
Kakas:-não, não é nenhum incidente, achei o seu número aqui no registro melhor dizendo o da delegacia bem...quero conversa com você, a Hyuuga e o Sai te disseram quando voltam?
Gaa:-hã? como assim quando voltam? por que esta perguntando isso?
Kakas:-desde, bem...a briga.... a Hyuuga não voltou pra casa e acabei encontrando o celular do Sai jogado no meio da rua estou preocupado, por isso quero saber se eles estão bem.
Gaa:-eles não estão comigo, tem certeza que não voltaram?
Kakas:-sim tenho.
Gaa:-que estranho, não se preocupe eu estou indo agora pa...
Kakas:-alo? Sabaku? esta ai? ei! Sabaku!
-Gomen ne Gaara-senpai, não posso deixar que faça isso.
disse ele desligando a arma de choque e pegando o telefone que ficou pendurado e ele o colocou no lugar

-esse número esta indisponível.
-deixe o seu recado.
-esse número esta indisponível.
-esse número esta indisponível.
-deixe o seu recado.
-deixe o seu recado.
-esse número esta indisponível.
-esse número esta indisponível.

Dei:-onde você se meteu? kuso! quantos dias vai ficar sem me atender? não vai fazer comigo a mesma coisa que o seu irmão fez vai? não! oque eu estou pensando? o Itachi não é assim! se ele não me atende deve ter acontecido alguma coisa...eu não posso ficar esperando eu vou ver oque aconteceu, com certeza ele deve estar com o irmão, portanto na empresa.
levantei da cama e peguei o meu casaco fechei a porta do quarto e sai em direção a sala
o problema é que eu não sei onde fica essa empresa...
calcei os meus sapatos e andei ate o lado de fora pode ser que o motorista saiba onde fica.
-vai sair senhor?
o loiro teve um susto já que quando havia olhando para aquele lado o homem não estava
-tudo bem senhor?
Dei:-sim.
-então quer ir a algum lugar?
Dei:-sabe onde fica a empresa Uchiha?
-bem, eu não foi lá muitas vezes mas estou certo que sim eu sei.
Dei:-poderia me levar ate lá?
-claro que sim.
segui o motorista ate o carro e entrei
Dei:-vamos rápido esta bem?
-como quiser.
Dei:-...
-senhor quando o seu irmão vai voltar?
Dei:-hã?
-o senhor quase nunca precisa de mim sendo assim eu não serei despedido serei?
Dei:-não, é verdade que o Naruto precisava muito do senhor, mas isso não quer disser que eu também como agora.
-o senhor parece preocupado algo problema?
Dei:-não, nada.
-soka, não é oque o seu rosto diz.
Dei:-não?
-sera a ausência do seu irmão?
Dei:-mais ou menos isso.
-me desculpe se estou sendo entrometido.
Dei:-não, não se preocupe não esta.
-vamos?
Dei:-sim.
falei colocando o cinto
Ita:-NÃO! NÃO PODEM FAZER ISSO! DEIDARA!
Ita:-você acredita em mim não é? sei que acredita! diga que isso é mentira! sabe que eu não sou o culpado!
por que estou pensando no clone?
Deidara suspirou
não vai ser mais como antes, não e? se eu pudesse voltar atrás teria feito tudo diferente Naruto...queria poder ajudar você, quem sabe a Mabui não esta certa em dizer para te deixar viver a sua vida? e se ela estiver eu sinto muito Naruto...eu quebrei todas as minhas promessas, eu quebrei a promessa que fiz a Okaasan, Gomenasai...você se quer me deixou dizer isso...foram tantas mentiras não somente sobre eu e você e sim sobre tudo, me vejo em volta delas sem saber como encontrar uma solução...quem diria que eu veria as porcarias que eu fiz durante esses anos...do que vai adiantar continuar pensando nisso? eu devo esquecer toda essa confusão mas não sabe como é difícil vendo isso isso já imagino como deve estar sendo pra você de verdade eu sinto muito...oque eu faço de agora em diante? não tem mas graça, ate o Itachi esta estranho comigo, sera que foi por causa do pirralho do irmão dele? ate que ponto ele pode manipular as pessoas desde de criança sabia que ele era ruim quando crianças, queria ter ficado naquela época, é oque todos querem não é? voltar no tempo? me pergunto por que só percebemos que eramos felizes depois que acaba? humanos...cada vez mais estão ficando piores e não me excluo dessa observação...sinto como se as coisas estivem erradas como se estivesse acontecendo alguma coisa que sei, sinto que tem algo escondido de mim vingança? isso mesmo? mas o Naruto não fez nada para o Sasuke, espera...espera...poderia ser isso? alguém poderia ter forçado o Sasuke a fazer isso? mas quem? isso não tem sentido, certo? se fosse isso ele teria contado ao irmão, ou melhor duvido que ele seja alguém que pode ser manipulado por uma ameaça...não deve ser coisa da minha cabeça, a verdade é que ele não presta mesmo.
-senhor!
Dei:-hã? oque?
-tudo bem? esta pálido.
Dei:-estou bem, só pensando idiotices.
-já estamos perto.
Dei:-soka...
de repente um carro entrou com tudo na nossa frente fazendo o motorista parar com tudo por pouco não batemos no outro carro
Dei:-que droga foi essa?
-quer mesmo saber?
Dei:-vo-ocê?

Pov Naruto
bem...pra mim não há muita diferença, já faz alguns dias que estou aqui, a casa do velho tarado é um lugar acolhedor eu diria...o lugar é bem bonito também, e assim como em Tokyo quase todos os lugares estão repletos das folhas de cor laranja, a cidade é exatamente como ele tanto falou durante o caminho. as paisagens para alguns são de tirar o folego não que eu também não ache... tem muitas folhes e árvores as ruas são calmas como se fosse o interior, diria que uma descrição perfeita seria : vazia....
eu nunca que pensei que estando em uma cidade que tem lámen para todos os lados e de vários tipos, eu não iria querer comer nenhum...
agora estamos dando uma volta em uma das praças esta um pouco quente mas graças ao vento não chega a ser um incomodo.
Jirai:-então oque acha?
perguntou ele animado colocando o braço em volta do meu ombro
Naru:-é bonito.
Jirai:-he! he! sabia que ia achar isso seria impossível não achar, mas esta quente!
Naru:-nem tanto Dattebayo.
seguimos caminhando
Jirai:-sabe deveríamos ir hoje ao...
virei o rosto olhando para ele esperando que terminasse a frase, quando notei que ele estava olhando para uma mulher que vinha na nossa direção, ele passou por a gente e seguiu andando
Naru:-então oque...
-um picolé por favor!
ouvi a voz de uma garota dizendo isso, ele virou olhando parar trás com isso virei também, olhei para ele o vi ficar vermelho
Jirai:-eu vou comprar um picolé!
Naru:-hã?
Jirai:-quer uma também não é? eu já volto!
disse ele correndo ate onde estava aquela mulher.
suspirei
pervertido!
o vento soprou na minha direção trazendo com ele uma folha diferente das outras, aquela ainda tinha sua coloração verde... a peguei e olhei na direção de onde vinha o vento, e resolvi o seguir chegando ao vim do gramado parei de frente a um lago o chão estava cheio das folhas me aproximei um pouco de uma das árvores pude sentir o vento forte bater sobre elas
Naru:-isso me lembra...patos...ou melhor cisnes...
soltei a folha e olhei para o céu
Naru:-devagar...
as nuvens sumiam devagar, aos poucos iam perdendo sua forma ate sumirem,,,mesmo assim sempre surgem outras...
Otosan, Okaasan, oque eu deveria fazer? há algo que eu possa fazer antes que isso acabe? antes que a minha vida acabe? não encontro sentindo nenhum, por que eu ainda estou aqui?...
Naru:-a resposta eu nunca vou ouvir de vocês, queria que estivessem aqui, comigo...porque...sinto como se estivesse morrendo...
Jirai:-ha! ha! comprei eles!
virei o rosto olhando para trás
tinha algo diferente nele, especificamente no rosto parecia a marca de uma mão...deveria perguntar oque ouve?
Naru:-falou com ela?
Jirai:-he?...bem não acho que ela tenha gostado muito de mim.
Naru:-não me diga.
falou ele sorrindo
Jirai:-você sempre fala sozinho?
Naru:-estou tentando parar com isso, mas não é tão fácil.
Jirai:-ha! ha! já imagino...
Naru:-...
Jirai:-sobre oque perguntou...sente falta dos seus pais?
Naru:-eu nunca os conheci acho que já sabe disso...
Jirai:-Naruto, sei que esta difícil mas tem que saber que nunca estamos sozinhos pelo menos uma pessoa vai estar do nosso lado.
Naru:-...deveria começar a te chamar de sábio tarado.
Jirai:-bem melhor que velho.
ele partiu os dos picolés e me deu um deles
Jirai:-vai ficar tudo bem.
peguei o picolé
Naru:-Arigato...
falei olhando para ele, por alguma razão ele parou de rir
Jirai:-Naruto, sabe desde ontem estive observando por que esta usando os seus poderes?
Naru:-do que esta falando?
Jirai:-seu olhos estão vermelhos outra vez.
Naru:-não estou fazendo na...
o loiro deixou cair o picolé
e acabou caindo no chão
Jirai:-Naruto?
ele começou a respirar rápido apertando a o casaco como se estivesse sentindo uma dor no peito
Jiraiya se abaixou rápido
Jirai:-oque esta acontecendo?!


Notas Finais


obrigado por lerem! beijos anjos lindos ♥♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...