História Mesmo que apenas por agora. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, Jeon Jungkook, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Park Jimin, Suga, Yaoi
Exibições 19
Palavras 1.213
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe a demora.
Boa leitura.

Capítulo 10 - Reações


Fanfic / Fanfiction Mesmo que apenas por agora. - Capítulo 10 - Reações

  Jungkook

Seu membro pulsava em meus lábios.

-Kookie...-Gemia manhoso. Beijei suavemente sua glande avermelhada e inchada de tanto esperar.-Anda logo...-Lambi sua fenda, o fazendo arquear as costas e gemer alto.-Jungkook, por favor!-Gritou apertando com força os lençóis da cama, a cabeça jogada para trás.

-Olhe para mim.-Digo, os lábios ainda próximos de seu membro, ele o fez, seus olhos estavam negros pelo desejo, me olhava fixamente, mas sua mente parecia distante.-O que você quer que eu faça, Jimin?-Perguntei arrastando a língua de sua base até a ponta. 

-Ah, me...me chupa.-Disse entre gemidos, mordendo o lábio inferior. 

-Assim?-Suguei sua glande, a massageando com minha língua.

-Mais Kookie...-Disse com a voz rouca e arrastada. Abocanhei uma parte maior de seu membro, chupando a e mordendo levemente. Cada gemido de Jimin fazia meu membro latejar mais forte.

-Assim.-Disse num tom mais grave e mais rouco. Senti sua mão em minha nuca, puxando meus fios curtos ele adentrou minha boca por inteiro, movimentando seu quadril em movimentos lentos de estocada. Estava literalmente transando com minha boca.

Sentia em minha língua seu membro pulsar forte, seu corpo tremia e sua respirando estava alta e em ritmo descontrolado, estava perto de seu ápice, mas eu não deixaria agora, o empurrei, retirando seu membro rijo de minha boca. Ele resmungou manhoso ainda de olhos fechados.

-Ainda não Jimin, eu quero aproveitar bem hoje.-O virei de costas, botando 3 dedos em seus lábios para que os chupasse, assim o fez, o jeito como passava a língua entre eles, seus lábios carnudos e quentes se arrastando na extensão de meus dedos, como eu queria aquela boca em outro lugar... Retirei os dedos de sua boca, apertando lhe a cintura forte para que se empinasse para mim, assim ele fez. Introduzi lentamente um dos dedos, seu interior o apertava, ele apertou os lençois com força, introduzi outro dedo, seu gemido foi baixo e rouco, o que me enloqueceu, precisava desesperadamente estar dentro de Jimin, dando e recendo prazer. Introduzi o terceiro dedo e esperei para que se acostumasse, quando seu quadril de moveu em minha direção retirei os dedos e enfiei lentamente meu membro em sua entrada, era muito apertada, esperei alguns segundos antes de começar a estocalo lentamente, aquilo era uma tortura para mim, queria fode-lo com força, mas tinha medo de machuca-lo, me contive...pelo menos por hoje.

Os gemidos de Jimin eram manhosos, arrastados, de forma estranha diria que era fofo, como um ronronado. Conforme seu gemidos ficavam mais constantes eu acelerava o ritmo das estocadas.

-Mais...mais rápido...Kookie...-Ele disse ofegante, aquilo era o suficiente para mim. Segurei com força suas nádegas o penetrando fundo, empurrando seu corpo para frente, as estocadas assumiram um ritmo frenético, gemiamos juntos.

-Ah...ahn Kookie...-Jimin disse próximo de seu orgasmo, meus pelos se eriçaram ao ouvi-lo gemer meu nome de forma tão necessitada.

O estoquei com força, mais fundo, seu interior se contraia, esmagando meu membro, a sensação era maravilhosa. Lutando contra minha vontade de gozar ali mesmo, retirei meu membro de seu interior, Jimin me olhou confuso, os lábios entreabertos tentando normalizar a respiração. O deitei de costas na cama, me pondo entre suas pernas, ergui suas coxas e apoiei em meu ombro. Olhando em seu rosto apanhei seu membro avermelhado e me posicionei para retomar de onde paramos.

-Diz meu nome, Jiminnie.-Pedi sorrindo malicioso, lembrando de nossa brincadeira no sofá de minha casa. Jimin também sorria, seu peito subia e descia rapidamente.

-Jun...Jungkook!-O penetrei com força, sem aviso, ele pendeu a cabeça para trás, totalmente entregue, segurando suas costas me aproximei de seu pescoço, dando lhe um chupão e mordendo em seguida seu ombro. As estocadas eram fundas e rápidas, seus gemidos altos e descontrolados junto do som de nossos corpos se chocando me faziam quase delirar. Ele se desfez em minha mão, sujando nossos abdómens, seu corpo amoleceu acima do meu, o estoquei ainda algumas vezes antes de atingir meu orgasmo, gozando nos lençois. Me deitei ao seu lado, ficamos alguns minutos lado a lado, ouvindo nossas respirações retomarem seu ritmo normal, Jimin sorria abertamente e eu também, um sorriso bobo, eu estava apaixonadp de forma descomunal por aquele ser ruivo ao meu lado. Ele se levantou andando ainda um pouco tonto em direção ao banheiro, se virou para mim.

-Quer tomar um banho co...Ei, não me olha assim...-Disse abaixando o rosto, suas bochechas estavam rosadas.

-Você fica lindo assim.-Digo sorrindo, apreciando cada detalhe do corpo despito de Jimin.

-Pelado?-Perguntou erguendo uma sobrancelha.

-De todas as formas.-Seu rosto corou e ele francia os lábios tentando evitar um sorriso bobo. Me levantei indo sem sua direção, levantei sei queixo e puxando seu corpo para perto, juntei nossos lábios, era uma beijo calmo, nossas línguas se acariavam de forma suave. Apesar na minha enorme vontade de encostar Jimin na parede e faze-lo meu novamente, respeitei seu banho, evitando o olhar muito.

Secando meu cabelo, andava pelo quarto procurando minhas roupas, minha cueca estava ao lado na cama, já o restante provavelmente fora para outra dimensão , Jimin me jogou uma regata e uma calça moletom. As vesti rapidamente fazendo menção de ir até a porta.

-Te devolvo as roupas amanhã.-Digo andando, porém Jimin segura meu braço.

-Dorme aqui hoje.-Seu olhar carinhoso fazia meu coração saltar, me fazia querer abraça-lo até que nos tornássemos apenas um.

-Mas temos aula amanhã.-Quis me fazer de difícil. Ele se aproximou, abraçando me, sua testa escostava em minhas costas, eu podia sentir seus lábios se movendo quando falava.

-Podemos faltar e curtir um dia juntos, o que acha?-Perguntou envolvendo minha cintura com seus braços.

-Tudo bem... Seria ótimo.-Digo me virando, seus lábios vieram de encontro aos meus de forma desajeitada, ele acomodou sua cabeça em meu ombro, eu poderia ficar ali o abraçando daquela forma para sempre. 

Se afastando um pouco ele se deitou na cama, me deitei ao seu lado. Jimin apoiou a cabeça em meu peito e eu afaguei seus cabelos até que dormisse. Espero realmente ser o que Jimin precisa, pois preciso desesperadamente dele. A forma como ele agiu quando Namjoon estava presente me incomodou...e muito. A simples presença de Namjoon me incomodava, Jimin sempre parecia meio avoado quando estava perto dele na escola, agora com ele em nosso prédio, eu me preocupo de perder Jimin, Namjoon é um homem bonito e inteligente, mas acima disso ele é esperto, eu vejo como ele olha Jimin e isso me deixa furioso. Não sei do que seria capaz se ele roubasse meu ruivinho para feri-lo. Jimin dormia serenamente em meu peito, a marca que deixei em seu pescoço duraria um bom tempo, sorri ao notar que ele me apertou quando me movi um pouco, afundando seu rosto em peito. Abracei Jimin esperando que o sono me viesse.

-Eu te amo, Jiminnie.-Sussurrei beijando sua cabeça. Pensei ter sentido ele se mover, mas deve ter sido impressão minha.


Jimin

"Eu te amo, Jimin.", eu ainda estava acordado quando Jungkook sussurrou estas palavras, meu corpo arrepiou e eu tive que segurar o ritmo que meu coração queria tomar. O peito de Jungkook subia lentamente agora, havia dormido, sua respiração estava lenta, ele é tão lindo, como pude ignorar essa beleza de forma tão rude? Sua mão estava sobre seu peito, enquanto me abraçava com o outro braço, pus minha mão sobre a sua, dei lhe um selar no queixo e aconcheguei me novamente em seu peito."Acho que também te amo, Jungkook." pensei sentindo o sono pesar meu corpo.



Notas Finais


Estou escrevendo uma história original.Segue o link: https://spiritfanfics.com/historia/petalas-dagua-7187062
Obrigada por ler até aqui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...