História Mesmo sem saber - L3ddy - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Lucas "LubaTV", Lucas Olioti
Tags L3ddy
Visualizações 136
Palavras 987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey, How! Amores e Amoras, vocês aqui? 😊
Tudo 🍞 contigo? E comigo?
Eu estou muito bem porque isso aqui é... Maaaais um cap! 😆
(Intrometida: Isso, Naíla, aumenta cada vez mais! Depois, quando estiver difícil memorizar, reclama! Vai entender, né? 😂 Euzinha: Iiih... Me deixa! 😒)
~×~×~×~×~×~
Hoje o capítulo vai ser MAIS curtinho...
Mas, se tudo der certo, esses dias vou começar a postar mais longos - De mil palavras, pra cima - Tá bom? 😁
~×~×~×~×~×~
Éhr... É só isso mesmo...
Então fiquem com o cap!
Espero que gostem... 💖

Capítulo 40 - Quem é James?


•• Hey! Já leram as notas? Não...? Como assim, amore?! Então, volta e lê... É importante pra mim ^^ Já leu? Tá bom, nos vemos lá embaixo ↓ Boa leitura! ^3^ ••

~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~

{ P.O.V Lucas Olioti }

(...) 

Permaneço deitado na cama, encarando o branco do teto, os olhos minimamente fechados, ouvindo choros baixos e murmuros vindos da parte do Lucas, ao meu lado.

Quem me vê, tão sussegado, não sabe como estou por dentro. Turbilhões de pensamentos e sentimentos. Brigando contra mim mesmo para não continuar com toda essa tortura. 

Já se passaram duas horas... Horas que estou ouvindo o Lucas murmurando o nome de um homem, que não faço idéia de quem é, do que é dele, se o fez bem, se o fez mal.

Sim, se passaram duas horas! Talvez eu já devesse ter parado com tudo isso, não é? Afinal, é um simples nome, nada mais. Mas, não... Não consigo parar... Não consigo pensar em outra coisa! 

(...)

Não ouço mais o choro do Lucas, nem seus murmuros. Não sei por quanto tempo eles pararam, mas isso me acalma.

Viro meu rosto e vejo o Lucas me observando de um jeito curioso. Pude notar que em seu rosto ainda haviam lágrimas, mas estavam prestes a secar. Por quanto tempo ele está me encarando, sem eu me dar conta?

Eu - Bom dia... - Coço os olhos.

Lucas - Bom dia, Lu... - Se senta na cama - Lu... Olha pra mim?

Eu - O quê? Pra quê? - Falo, ainda com as mãos nos olhos.

Lucas - Pff.. - Pega uma das minhas mãos, a tirando lentamente de meu rosto - Lucas! Você não dormiu? - Fico em silêncio e logo nego com a cabeça - Poxa, Lu! Eu já falei que quando eu estiver atrapalhando seu sono é pra me acordar... Eu posso dormir no sofá, sem problemas. Você não pode ficar acordado a noite inteira! - Fala, chateado.

Eu - Não é nada disso, Lucas... Não se preocupe... - Suspiro

Lucas - É sim! A partir de agora eu vou dormir no sofá. Você precisa dormir, e comigo aqui você não vai conseguir... - Tenta se levantar, mas eu seguro seu braço.

Eu - Ei! Eu tô falando que não é nada disso! - Ele me olha - São só algumas coisas que estou pensando ultimamente.

Lucas - Se senta ao meu lado - O que é? Eu posso tentar ajudar! Nem vem falar que não é importantante, porque, se não fosse mesmo, não teria por que você ficar acordado, aparentemente, a noite inteira! - Suspiro e continuo calado, negando fraco com a cabeça - Urso, me fala, o que foi? Faz mal ficar guardando só pra você, sabia?

Eu - Você sabe bem disso, não é? - Falo baixo, mas ele ouve.

Lucas - O quê? Como assim, Lucas? Não estou escondendo nada de você, se é isso que pensa.

Droga! Eu não queria ter começado a falar dessa assunto... Estava tudo tão bem entre nós! O assunto mal começou e ele já está bravo. 

Mas, agora que estamos aqui, é hora de tirar minhas dúvidas.

Eu - Tem certeza disso, Lucas? - Falo baixo pra não o irritar mais, mas pela cara que ele fez, não deu certo.

Lucas - Do que você está falando?! - Se levanta, com um bico e batendo o braço contra o corpo, o que seria bem fofo se não fosse pelo momento.

Eu - Você sabe o que é... Pensa! - Ele continua ali, parado, me encarando.

Lucas - EU NÃO SEI! FALA LOGO! - Fala alto. 

Eu - FALA VOCÊ, LUCAS! - Digo no mesmo tom, mas suspiro, me acalmando novamente - Porra... - Sussurro e me levanto, me aproximando dele - Eu... Só quero te ajudar, Lucas! Mas, não tem como eu te ajudar, se você não quer ser ajudado... - Falo baixo, ele me olha confuso, mas logo muda de expressão, acho que se tocando do que eu estava falando.

Lucas - Você...? - Afirmo com a cabeça - Eu... Lucas, eu não te disse nada porque... - O interrompo.

Eu - Ah, então você já havia sonhado antes com ele, não é? - Me afasto - Porque não me disse, Lucas? - Ele continua calado e abaixa a cabeça - Ele é... - Suspiro - Seu namorado? - Ele levanta rapidamente a cabeça, negando - Quem ele é, então? 

Lucas - Se senta na cama, olhando para as mãos - Eu... Não sei explicar... - Sua voz soava chorosa - A... Pior pessoa que você pode imaginar... - Novamente, seu rosto foi coberto por lágrimas, que percorriam por seu rosto lentamente.

Me senti um monstro. Enquanto eu estava pensando em mim, em como eu ficaria, caso fosse um namorado dele, não era nada disso. "James" é a pessoa que fez mal a ele. Esse tempo todo, ele sonhando, provavelmente, coisas terríveis, e eu pensando só em mim.

Eu - Desculpa, Lu... Eu... Eu não sabia que... - Suspiro e me sento ao seu lado - Eu não queria... - Paro de tentar me explicar e o abraço forte, sentindo suas lágrimas molharem meu ombro - Desculpa, tá? - Beijo sua testa.

Lucas - Tudo bem... Você não sabia... - Passa a mão em suas bochechas, enxugando suas lágrimas.

(...)

Ficamos um bom tempo calados ali.

Eu ainda não sei quem é esse James, o que ele fez ao Lucas.  Será que ele se importa se eu perguntar? Eu tenho que saber, não é? Como eu vou ajuda-lo sem saber o que está acontecendo com ele? 

Eu - Lu...? - Ele me olha - Posso te fazer uma pergunta? - Ele afirma - Jura que não vai ficar mal? 

Lucas - O que foi, urso? Você está me deixando preocupado... 

Eu - Não é nada de mais... Eu espero... - Falo baixo - Q...Quem é James?

~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~

•• How! Já leu tudo? Que bom! ^^ Sabiam que é importante ler as notas finais? Sim...! É lá que eu deixo informações e peço opiniões pra vocês. ^3^ Te vejo lá, Okay? ••


Notas Finais


Ooooolá! Que bom que veio 😊
~×~×~×~×~×~
AINDA não são os tristes...
Eu estou com dó deles (e de vocês)... 🙊
Mas, assim que começar os tristes, vai demorar pra voltar os fofos, e tals, então... 🙈
~×~×~×~×~×~
Gente, só lembrando...
"James" é o cara do outro capítulo: "A lembrança?"
Só pra não ficarem com dúvidas sobre isso... ☺
~×~×~×~×~×~
Então, grupo, por hoje é isso... 😁
Espero que vocês tenham gostado... 🙈
Deixem nos comentários o que vocês acharam! 😋
A opinião de vocês é muito importante pra mim... 😙
Um beijinho com côco e até o próximo capítulo 💖😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...