História Mesmo sem saber - L3ddy - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Lucas "LubaTV", Lucas Olioti
Tags L3ddy
Visualizações 218
Palavras 2.028
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hey, How! Amores e Amoras, vocês aqui? Bom te ver! ☺
Tudo 🍞 contigo? E comigo?
Eu estou ótima, pois esse é...
Maaaaais um cap! 😆
~×~×~×~×~×~
Antes de tudo, quero agradecer pelos 100 favoritos...
Estou super feliz, de verdade!
Vocês não têm idéia (Ou têm, quem tem fic, né? 😂) do quanto eu amo escrever! Sério, me faz muito bem...
E, saber que vocês estão querendo mais, estão apoiando o meu "trabalho" é algo muito gratificante.
E, como eu já disse diversas vezes: É isso que me faz continuar.
Então, muito obrigada a cada um de vocês... ❤🙈
~×~×~×~×~×~
Então, como vocês viram, capítulo passado teve 2 mil palavraaaas!
Aleluuuuia! 😆
E, eu quero continuar com essa marca, deixar os capítulos longos pra vocês!
Mas, nem sempre vou conseguir...
Ontem comecei a escrever desde cedo, e fui fazendo de pouquinho em pouquinho. Já hoje, não tive como, pois estava bem ocupada...😕
Mas, vou tentar fazer o máximo que eu conseguir, pra também, não acabar postando o capítulo muito tarde... 😙
~×~×~×~×~×~
Éhr... Acho que é só isso, mesmo... 🙈
Fiquem com o capítulo! 😁
Espero que gostem... 💖

Capítulo 41 - Minha casa?


Fanfic / Fanfiction Mesmo sem saber - L3ddy - Capítulo 41 - Minha casa?

•• Hey! Já leram as notas? Não...? Como assim, amore? Okay, Okay! Então, volta e lê. Vou estar te esperando aqui... ^^ Pronto? Já leu? Tá bom, então agora pode começar a ler o capítulo, eu deixo... Hehe" ^3^ Boa leitura! Vejo você lá embaixo ↓ ••

~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~

{ P.O.V Lucas Feuerschütte }

(...)

Durante toda a caminhada fico olhando ao redor, pra ver se eu me recordo do local. Realmente, é bem familiar, mas não me vem nenhuma lembrança em mente.

Chegamos em um condomínio, cheio de casas bonitas e modernas. O James para enfrente à portaria e olha para o Lucas e eu - Que estávamos o seguindo.

James - É aqui... - Olha pra trás, por cima do ombro.

Eu - Qual dessas? Têm Várias aqui... 

James - Eu posso ir até lá, mas você terá que falar com o porteiro... - Olho para a portaria, vendo um senhor grisalho e alto, possivelmente, o porteiro - Depois que nos separamos eu nunca mais fui aí, e esse porteiro não gosta nem um pouco de mim... - Revira os olhos.

Lucas - Ninguém gosta de você! - Fala e revira também os olhos.

Eu - Antes que o James possa falar algo, o interrompo - Tudo bem! Eu vou lá... - Seguro fraco o pulso do Lucas, o trazendo comigo. Me aproximo do porteiro, que estava meio distraído, sentado em uma cadeira de plástico, assistindo algo em uma pequena TV pendurada na parede - Érh... Boa tarde...? - Falo, chamando sua atenção.

Porteiro - Ele me vê, arregala os olhos e se levanta da cadeira - Lucas? É você? - Se aproxima - Nunca mais o vi por aqui! Seus pais estão desesperados atrás de você...

Eu - M...Meus pais? 

Porteiro - Ora... Sim! Eles vieram aqui... Acharam que você foi seq... - O James aparece atrás.

James - Lubinha... - Toca em meu braço e recebe uma olhada do Lucas, o que faz ele revirar os olhos - Tenho que ir... Assim que arrumar as coisas, fala comigo, tá? Esse é meu número... - Pega uma caneta e um pedaço de papel, que estavam encima de uma mesa, perto da parede, e escreve seu número, me entregando - Qualquer coisa me chama... - Olho, dou de ombros, e guardo o papel no bolso.

Ele sai, junto com seu skate. Tanto o Lucas quanto o porteiro reviram os olhos, na mesma hora, o que me faz rir fraco.

Eu - É... Então... O senhor trabalha aqui a muito tempo? - Ele me olha confuso.

Porteiro - Claro, Lucas! - Ri fraco - Cansou de me chamar de "Seu grisalho", foi? 

Eu - Levanto uma sombrancelha, confuso - Seu grisalho?

Porteiro - Lucas, você está bem? Sim, "Seu grisalho"! Você me chama assim desde que chegou aqui! Nunca quis me chamar de Roberto, sismou com esse apelido... Esqueceu, foi? - Ri, negando fraco com a cabeça.

Eu - Bem... Sim! - Coço a nuca - Eu meio que... Perdi a memória...

S.G - P...Perdeu a m...memória? De...desculpa, Lucas, eu... Não sabia... Como você está?

Eu - Estou bem agora... - Sorrio - Ah, aliás, esse é o Lucas! Lu, esse é o "Seu grisalho"... - Rimos.

Lucas - Prazer... - Sorri e aperta a mão dele.

O Roberto sorri e me lança um olhar de lado, sorrindo pequeno. Eu coro e abaixo a cabeça.

Eu - Poderia me falar aonde... Fica minha casa? 

S.G - Oh, claro! - Sorri - É a número 15, à direita... 

Eu - Você teria uma chav..? - Ele me entrega a chave, antes de eu terminar a pergunta. Sorrio e pego - Obrigado, Seu Grisalho! Nos vemos mais tarde... - Guardo a chave em meu bolso, junto ao papel.

S.G - Tudo bem, Lucas... Boa sorte! - Sorri e acena.

"Gostei desse senhorzinho"

Assim que o Roberto abre o portão, nós entramos. O lugar era bem bonito, cheio de árvores, flores, casas bonitas, parquinhos e quadras para crianças...

Andamos até aonde o Roberto falou e chegamos em uma casa incrivelmente grande e bonita. 

Eu - Será que é... aqui? - Falo, olhando para a casa.

(Intrometida: Da capaaa! <3 Demorou 3 anos pra eu me decidir... Por que sabe, né? Sou a pessoa mais indecisa do universo! ^^)

Lucas - Acho que sim... - Faz o mesmo.

Eu - Então... Vamos... Entrar? - Pego a chave, em meu bolso.

O Lucas afirma e anda comigo até a entrada da casa. Eu abro a porta e entro. As luzes ligam sozinhas, - Desnecessário, por estar entrando luz do sol pelas janelas - o que faz o Lucas e eu tomaramos um susto, mas logo rimos. As luzes eram meio amareladas, o que deixava dentro da casa mais bonito.

A casa era muito bem decorada. Vários móveis modernos, a maioria pretos. Andei, olhando ao redor. Cheguei na TV, exageradamente grande, presa na parede. Abaixo dela havia um móvel com alguns retratos.

Peguei um. Nele estava uma foto minha, junto à um senhor e uma senhora. - Talvez meus pais - Senti uma coisa boa ao ver aquela foto... Eu me sentia em paz.

Sorrio e deixo uma lágrima molhar minha bochecha direita, caindo no vidro que protegia a foto.

Lucas - Se aproxima e pega outro quadro, agora meu sozinho - É... É sua casa... - Ri fraco.

Coloco o quadro no lugar e volto o explorar o cômodo. Eu estava tão entretido, que acabei chutando uma coisa que estava no chão. Olhei, era um retrato, com a foto virada para o chão.

"Estranho ele estar aqui"

Me abaixo e pego o quadro, vendo pedaços de vidro caindo no chão, perto de meus pés.

Viro e me deparo com uma foto minha com o James. Estávamos, aparentemente, em uma festa. Parecíamos felizes. O James estava me abraçando por trás, com o queixo apoiado em meu ombro, fazendo uns cachos tocarem meu rosto.

"Porque ela está aqui, toda quebrada, e não junto com as outras, no móvel?"

O Lucas chega por trás e vê o retrato em minhas mãos. Logo depois, solta um suspiro longo.

Fico por um tempo observando a foto, mas depois a deixo em uma mesinha de centro, ao meu lado.

Eu - Onde será que é meu quarto? - Olho ao redor, vendo várias portas e uma escada de madeira, bem planejada.

Lucas - Provavelmente lá em cima... - Ele parecia meio chateado pelo retrato.

Eu - Vem comigo... - Seguro sua mão e lhe dou um beijo na bochecha, vendo o mesmo sorrir.

Subimos as escadas. O andar de cima é bem bonito também. A luz do sol que clareava o local, mas tem vários lustres bem bonitos pra iluminar à noite.

Saímos abrindo várias portas, mas queríamos achar meu quarto, então não demos muita atenção aos outros cômodos - Por enquanto.

Chego quase no fim do corredor e abro mais uma porta, agora encontrando meu quarto.

Eu - Aqui, Lu! Achei! - Grito, vendo ele chegar rapidamente atrás de mim.

Entro no quarto. Como o resto da casa, é bem grande e moderno. Tem uma cama box bem grande no cestavdo quarto, com uma cabeceira branca e preta encostada na parede. É coberta por um edredom, branco e azul marinho, acima dela vários travesseiros. - Alguns meio bagunçados - Também há um notebook, umas roupas estiradas na cama e uns sapatos no chão.

Na parede enfrente à cama tem uma TV, alguns quadros e luzinhas que decoram o quarto.

Sento na cama - Bem macia, por sinal - e olho as roupas acima dela. Depois, olho em um móvel ao lado. Nele tem um abajur, um celular e mais um quadro meu com uma garota de cabelos rosas. 

Pego o celular e tento o ligar, mas o mesmo está descarregado. Ainda com ele na mão, me viro, vendo o notebook. Perto do mesmo haviam vários fios, e um deles, um carregador.

Coloco o celular na tomada, e o deixo carregar encima da cama. Pego o notebook, que estava carregando e o tiro da tomada, abrindo e ligando o mesmo.

O Lucas se senta ao meu lado, olhando juntamente a mim para o notebook, que está iniciando. Por sorte, não tem senha.

Assim que liga tem uma foto minha em uma montanha, com um casaco de frio, aparentemente, viajando.

Começo a mexer nele, pra ver se tem mais coisas sobre mim. Procuro os documentos, mas não tinha quase nada.

"Talvez o notebook seja novo. Está em perfeito estado"

Continuo mexendo, mas não acho nada muito interessante, já que eu não sei nem o email, nem a senha de minhas redes sociais.

Deixo o notebook ao lado e pego meu celular, que já estava com 30% de bateria - Já dá pra usar.

Deito na cama e puxo o Lucas, fazendo ele se deitar comigo. O olho, sorrio e lhe dou um beijo.

Lucas - Boa sorte, mor... - Diz sorrindo e carinhando minha bochecha.

Sorrio, lhe dou mais um selinho e ligo o celular. Nele também não tem senha, então começo a mexer.

Entro primeiro na galeria. Têm várias selfies minhas, fotos com uns gatinhos, - aparentemente meus - com alguns "amigos" pelo que parece. Só bem no finzinho têm algumas com o James. 

Começo a olhar os vídeos. Abro em um com algumas pessoas. Estávamos aqui em casa, todos estavam sentados no sofá, e alguns na escada.

{ Vídeo On }

Eu - Eeeei! Tô gravando! - Chamo a atenção de todos da sala.

Garota de cabelos rosas (a mesma do retrato) - Lubaaa! Tô sem maaake! - Esconde o rosto, assim que eu viro a câmera pra ela.

Eu - Ah, deixa disso, Karen! - Dou zoom em seu rosto, mas logo depois continuo filmando o resto do pessoal.

Garota de cabelos pretos e longos - Viaaaado! - Desce as escadas correndo, e eu filmo - Separei as suas roupas lá... Como eu sou indecisa, tem várias pra você escolher. Tá na sua cama. - Se senta, ao lado de um garoto e lhe dá um selinho.

Eu - Valeu, Keh! - Continuo gravando.

Garoto ao lado da "Keh" - Vai logo, Luba! Vamos nos atrasar! 

Eu - AFF... Vamos só ficar em casa, porque tenho que me arrumar? Deixa de ser chato, Gusta!

Gusta - Depois reclama que tá solteiro... - Revira os olhos.

Eu - Eu não reclamo nada!

Karen - Vaaai, Lucas! Levanta essa bunda daí e vai logo.

Eu - Grr... Porque sou amigo de vocês, mesmo? - Falo, me levantando.

Keh - Porque você ama a gente, e não consegue viver sem nós...

Garoto - Do que estão falando? - Aparece, com um pote de sorvete na mão.

Eu - Cellbit! Você pegou meu sorvete?

Cellbit - Estou te fazendo um favor! - Põe mais uma colherada de sorvete na boca - Sua intolerância à lactose agradece...

Eu - Acho que vou procurar novos amigos por aí...

Cellbit - Como, Lubinha? Você não vive sem a gente! - Fala, convencido.

Keh - Exatamente o que eu disse! 

Luba - Eu viveria muito bem sem vocês... 

Karen - Aiiin... - Se joga no sofá - Meu melhor amigo não liga pra mim! - Faz drama e eu resmungo.

Vejo o "Gusta" se levantando e vindo até mim, logo pegando o celular de minha mão.

Eu - Eeeei! - Reclamo.

Gusta - Vai se arrumar, que hoje vamos sair e nos divertir... - Me grava.

Eu - Para, eu tô feio! - Escondo o rosto.

Karen - É bom, não é? - Fala debochado e todos nós rimos.

Gusta - Agora, sobe e vai se arrumar, mocinho! - Fala, autoritário.

Eu - Okay, mamãe... - Falo debochado e mostro a língua.

Logo depois, pego o celular, dou um tchauzinho e paro de gravar.

{ Vídeo Off }

Em meu rosto está estampado um grande sorriso. É bom ver como eu eram... Meus amigos... Tudo tão bom! O que será que aconteceu?

Olho pro Lucas. Ele também estava sorrindo e já me olhando, aparentemente, à um tempo.

Lucas - Está feliz, "Luba"? - Dá ênfase na palavra "Luba"

Eu - Sorrio e afirmo - Muito, muito, muito, muito, muito! Onde será que eles estão? Será que sentiram minha falta? 

Lucas - Claro! Quem não sentiria saudades de alguém com o nome "Luba"? Não tem como, não tem como... - Fala, fazendo uma careta engraçada.

Eu rio e lhe dou um beijo.

Eu - Obrigado, Urso... - Sussurro perto de seus lábios, dando outro beijo logo em seguida.

~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~

•• Hey! Já leu tudo? Que bom! ^^ Sabiam que é importante ler as notas finais? Sim...! É lá que eu deixo informações e peço opiniões pra vocês... ^3^ Te vejo lá, Okay? ••


Notas Finais


Olááááá! Que bom ver vocês aqui!
~×~×~×~×~×~
Aaaaah ❤
O que acharam? 😆
Tentei deixar o mais detalhado possível como eu imagino a casa... Pena que no Spirit não tem como colocar uma foto no meio da história... 😕
E a escolha da casa? O que acharam?
Procurei várias casas, mas essa foi a que eu achei que se encaixava mais... Por ser em um condomínio, e tals...
~×~×~×~×~×~
Bem... Espero que o capítulo tenha ficado grande...
Desculpa por estar postando tarde...! É que eu fui procurar a imagem, e demorou mais do que eu queria... 🙈
~×~×~×~×~×~
Então, grupo, por hoje é isso! 😄
Espero que vocês tenham gostado...
Deixem nos comentários o que vocês acharam!
A opinião de vocês é muito importante pra mim... 😚
Um beijinho com côco pra todos vocês e até o próximo capítulo 💖😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...