História Mess - Capítulo 6


Escrita por: ~ e ~Sabrina_Modricc

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 11
Palavras 2.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oii pessoaas e novamente não deu pra postar no final de semana mas pra compensar fiz esse (concerteza não tá tão grande quanto eu gostaria mas vou me esforçar mais da próxima vez) tá bom vamos pro cap.

Cap de hoje:Chuva

Créditos do cap também a minha co autora Sabrina 💙

Boa leitura!

Capítulo 6 - Rain


Fanfic / Fanfiction Mess - Capítulo 6 - Rain

Babs on

Ja eram quase seis da manhã e se eu dormi duas horas essa noite foi muito, toda vez que fechava o olho me vinha aquela cena do beijo na mente, ele é meu irmão, isso nunca aconteceu antes em nenhuma família ainda não sei como lidar mas por hora vou ignorar ele é passar a maior parte do dia fora até porque é sábado e tenho meus planos.

vou na casa da Lou e depois passar na casa do Leo para passearmos um pouco, levanto e vou para o box tomar um banho bem quente, por mais que lá fora esteja com um clima ensolarado, ainda está tendo ventos gelados e fortes,liguei o chuveiro e deixei que a água quente escorrer pelo meu corpo fazendo com que eu relaxasse depois do banho terminei minha higiene matinal e procurei uma roupa quente e confortável Uma blusa branca de manga curta, uma calça de couro sintético preto, um casaco de couro sintético preto também, um sapato cano médio preto e uma touca vinho.

Coloquei um pouco de maquiagem para tirar as olheiras da cara é pra dar uma cor um batom, peguei tudo que eu ia precisar coloquei na minha bolsa e desci por sorte ninguém estava acordado então fiz um bilhete e deixei na geladeira sai e fui ao central Park afinal morava bem perto e não tinha nada pra fazer, e a uma hora dessa ninguém estaria acordado em pleno sábado.

cheguei lá me sentei em um banco qualquer peguei meu livro e fui ler mas não consegui ler nem duas páginas sequer estava ouvindo alguém me chamar ao longe, eu olhei para todos os lados mas não vi ninguém então continuei lendo ate que sinto alguém colocar as mãos nos meus olhos mas a pessoa não diz nada então de um jeito rápido me solto e na hora que eu ia socar a cara da pessoa.

- Caio?! Que susto porra! - digo suspirando aliviada - eu quase soquei sua cara... Da próxima vez avisa

- Eu tava te chamando faz um tempo - ele diz meio constrangido

- Desculpa... Tô muito pensativa ultimamente

- Isso tem a ver com o que aconteceu ontem na cantina?

- Também... Na verdade sei lá são tantas coisas

- Quer conversar sobre? - ele pergunta é apenas balanço negativamente a cabeça

- Não...vamos mudar de assunto. o que faz aqui em um sábado tão cedo? - eu pergunto e ele ri

- Eu te faço a mesma pergunta

- Ei eu perguntei primeiro... Responde e depois Talvez eu responda também

- Nossa mais que criança - ele diz rindo de mim - mas tá eu conto, todos os sábados e domingos trabalho em um café aqui perto só que eu moro longe mesmo vindo de carro ainda demora um pouco e eu não gosto de atrasar.

- Sério? Que legal e o motivo de eu estar aqui também tão cedo é simples não quero ver a cara do Dylan tão cedo ainda não sei como reagir... É tão estranho...

- Realmente muito estranho o que deu nele pra fazer isso?

- Eu não sei...

Caio olha o celular e fica surpreso com a hora

- Bom vou indo trabalhar até depois - ele diz me dando um beijo na testa

- Até

Ele sai e eu mando algumas mensagens para Lou e ela já tinha acordado estava indo em direção a casa dela que era a dois quarteiroes depois da minha casa, mas como eu só sabia um caminho teria que correr o risco de acabar encontrar Dylan na metade do caminho, mas eu não iria mais evitá-lo eu não tenho que ter medo ou insegurança... Já me defendi de pessoas piores que ele antes.

No caminho de ida foi tranquilo não encontrei ele,mas quando cheguei na casa da Lou ela estava estranha não falava direito comigo... Como se estivesse com raiva ou chateada e deu a desculpa de que estava doente eu apenas acenti e fui embora.

Na metade do caminho da volta uma chuva forte se iníciou nem andei tanto é encharcada minha blusa branca já estava mostrando todo o meu sutiã preto.

continuei andando e ignorando os olhares pervertidos dos caras que passavam por mim, e em vez de ir pra casa voltei para o central park onde me sentei em um banco qualquer, e longe de mim em minha frente onde havia pessoas eu estava com uma leve impressão de que estava sendo seguida, mas toda vez que olhava não via ninguém, a minha sorte é que eu não estava totalmente sozinha, havia alguém na minha frente com um capuz preto enquanto andava de cabeça baixa.

parei me sentando em um banco deixando que chuva levasse minha alma.

sentei abraçando minhas pernas, e escondi minha cabeça entre elas, mas do nada sinto como se alguém estivesse todo tempo me obsevando, quando levanto o rosto vejo a pessoa que andava com seu capuz totalmente preto em minha frente...

- Dylan?!

- Babs desculpa. - ele diz sem demostrar está arrependido.

-Pelo oque?

-Ter te beijado, bom, não que eu tenha me arrependido mas é que...

- Ah então quer dizer que você não se arrepende de beijar sua irmã? A escola toda viu Dylan... Só é questão de tempo para seus pais descobriram - digo me levantando ficando frente a frente

- Você não é minha irmã babs e não, eu não acho errado beijar alguém por qual estou...! - ele diz sério.

-Está oque? -Reforço.

-Apaixonado.

Acho que nessa hora devo ter ficado com a cara mais idiota e surpresa da vida.

-Voçê... eu... nós não podemos.

digo baixo enquanto ele se aproxima do meu rosto.

Nossos lábios roçavam um no outro e novamente ele iniciou um beijo calmo e eu não resisti retribuindo.

- Não não é errado... A gente se ama.

-Dylan desculpa mas eu não disse que te amava.

Falo retirando as mãos dele em contato com meu rosto.

-Como?

-A gente nem se conhece direito, e somos irmãos.

-Cala a porra dessa boca babs, eu estou cansado de você dizendo que somos irmãos. -Dylan altera sua voz me deixando bastante assustada com o seu estado. -Eu quero que você preste bem atenção no que vou te dizer ok?

-Dy...

-Nós. não. somos. irmãos. Ele diz pausadamente fazendo com que meus olhos lacrimejassem.

- Dylan eu... - não deu tempo de eu terminar a frase quando ele me calou com outro beijo.

Em seguida ele foi andando para casa na minha frente, enquanto eu andava atrás dele tentando acompanhar seus passos. Quando chegamos em casa a primeira coisa que nos deparamos foi com a Lou sentada no sofá da sala.

- Louise?! Você não estava doente a meia hora atrás?

- Barbara.. eu...

- Eu não quero saber Lou, de verdade, acho que o seu assunto é com o Dylan e não comigo- digo subindo as escadas.

tomei um banho quente e coloquei uma roupa, um moletom preto, e uma calça cinza e nos pés pantufas, amarrei meu cabelo em um coque e depois fui preparar pipoca para assistir um filme com a Jenni.

Logo a pipoca ficou pronta, coloquei o filme me ajeitei no sofá, e começamos a assistir.

- Cade o Dylan? - Jenni pergunta ainda não prestando atenção no filme.

- Acho que lá em cima pegando umas atividades com a Louise.

- Ah...

-Eu vou lá em cima buscar meu celular. -Lhe aviso.

- Tá vai lá.

Subi as escadas vagarosamente (por preguiça mesmo) e quando passo pela porta do quarto do Dylan ouço algo ser trancado. Por curiosidade, me aproximo para perto dela e pocisiono meu ouvido tentando escultar oque estava acontecendo lá dentro.

-Barbára? Perdeu alguma coisa aqui?

-Eu pensei que...

-Eu tinha trancado a porta? Poise, não tranquei. -Ele diz tranquilo.

-Voçês? Oque estão fazendo?

-Quer saber se a gente estava se beijando? Pode ficar tranquila, eu não vou fazer isso.

E por fim, ele fecha a porta na minha cara me deixando plantada de frente do seu quarto igual uma idiota.

então fui para o meu quarto pegar meu celular, assim que lhe desbloqueio vi que havia recebido uma mensagem de Caio pedindo para que eu o encontrasse novamente no Central Park.

Dylan on

Eu realmente estava gostando da Bárbara mas quando eu tomo uma iniciativa fico como pervertido errado... É realmente errado estar apaixonado por alguém? Eu a beijo ela retribui mas depois diz que é errado e que somos irmãos,mas não somos ainda, ela ainda está na parte da adaptação os papéis da adoção ainda não estão nem no começo.

Ela não entende que já estou apaixonado por ela demonstrei mas ela parece não se importar. Mas eu tenho um plano ela vai se apaixonar por mim querendo ou não.

Depois que voltamos do central Park Louise estava lá em casa, Babs parecia irritada com ela mas não queria fazer confusão então fiquei quieto e pedi para que lou viesse comigo até meu quarto,assim que entramos tranquei a porta e pedi pra que a mesma me esperasse até eu terminar um banho rápido, me troco e vou para perto de Louise que estava sentada da cama

- Preciso te dizer uma coisa - digo me aproximando dela - eu gosto de você... Mas não como um amigo... - minto mas disfarço para que ela não perceba

- Você diz isso depois de ter beijado a Babs? - ela diz revirando os olhos

- Eu queria te... Deixar com..

Ciúmes - digo tentando ficar corado e acho que consegui pois ela fez uma carinha com um sorriso de canto de boca

- Então prova que me ama... - ela diz olhando pra mim ainda sentada na cama

Eu não tive opção eu a deitei e fiquei em cima beijando ela, no início parecia surpresa mas depois retribuiu e já estava totalmente entregue a mim eu paro o beijo por falta de ar e a olho.

- Isso prova que te amo? - digo tentando parecer o mais sincero o possível

- Por ora sim - ela diz se sentando novamente e iniciando mais um beijo dessa vez mais apressado ela estava querendo algo a mais mas não era o momento... Não ainda e fora que eu não a amo de verdade só quero fazer ciúme a Bárbara.

Ouço alguém subindo então vou em direção a porta e a destranco e ia olhar quem era, nem precisei fazer muito esforço pra descobrir ela estava tentando espionar, sim a Bárbara, então meu plano já estava funcionando, trocamos poucas palavras e a deixei lá plantada e quando voltei encontrei lou deitada em minha cama, me deito junto dela e ficamos abraçados

- Eu... Ainda não acredito que estou quase namorando - ela diz feliz, eu era frio demais pra perceber o mal que estava fazendo a ela? - Você que levar isso mais além né?

- Claro que quero mas vamos com calma - digo tentando parecer meloso, ela apenas acenti com a cabeça.

O silêncio no quarto reinava mas logo foi interrompido por o barulho da chuva batendo na janela gotas finas o que me fez lembrar da Babs e o nosso beijo... Porque ela acha isso tão errado? Eu a amo e sei que ela também me amará, acabamos dormindo juntos acordei de oito horas com minha mãe nos chamando para jantar eu concordei e ela desceu.

Acordo Louise com um beijo.

- Vamos descer pra jantar? - digo selando nossos lábios mais uma vez

- tá vamos - ela diz se levantando

Já das escadas dava pra ver a voz da babs e de alguma criança,ignorei e entrelacei nossas mãos e ela corou,me senti péssimo eu realmente iria fazer isso com ela?

- Mae a Lou vai passar a noite aqui tá? - eu digo e ela apenas concorda

- Ah filho olha quem a Babs trouxe pra passar a noite - ela diz sorrindo

Durante a janta fiquei conversando com o Leo e a Lou Babs não queria participar da conversa... Parecia triste.

Depois da janta subimos Lou decidiu passar a noite e eu apenas acenti, ela ficaria no meu quarto. Esqueço a porta aberta e me sento na cama e lou vem logo em seguida ela se senta no meu colo e me beija com vontade e eu retribuo paramos por falta de ar e por instinto olho pra porta e Babs estava lá parecia incrédula, eu logo me levanto e corro em direção a porta.

- Barbara espera! - digo em vão pois a mesma já tinha batido com força

Louise aparece na porta do meu quarto.

 - Dylan deixa ela vamos dormir


Notas Finais


Desculpem qualquer erro.

Também quero dizer que essa semana não vai ter capítulo e estava planejando fazer um pra postar essa semana ainda mas não vai dar.
Mas vou TENTAR escrever um capítulo enorme pra postar sabado então até lá👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...