História Message - Capítulo 65


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys
Exibições 280
Palavras 750
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sorry pelo capítulo pequeno ;-;

Espero que gostem :3

Capítulo 65 - 2 temporada: Pesadelos


POV Angel

Senti algo encima de mim e acordei na hora, olhei e é o Mark.

- Mark do céu, que susto que você me deu.- falei.

Mark- Desculpa omma.- falou rindo.

- Por que está aqui no meu quarto?- perguntei me sentando na cama e coçando meus olhos.

Mark- Eu tive um pesadelo.- falou fazendo biquinho.

- Que pesadelo filho?- perguntei mexendo em seu cabelo.

Mark- Que o appa tava beijando uma mulher... Mas essa mulher não era você, aí vocês começaram a brigar e se separaram.- falou começando a chorar.

Fiquei triste com isso e o abracei.

- Calma príncipe... Isso não vai acontecer.- falei e nos separamos.

Mark- Promete?- perguntou.

- Prometo.- falei secando suas lágrimas e ele sorriu- Que horas são?- perguntei.

Mark- 5H da manhã.

- Cadê seu appa?

Mark- O appa... eu não sei.

- Estranho...- falei- Vai se arrumar pra escola.- falei.

Mark- Não quero ir omma.

- Você vai ter que ir príncipe.- falei rindo.

Ele se levantou e saiu do meu quarto. Eu tenho um... medo. Mark tem alguns pesadelos comigo e com o Kook, e o estranho é que esses pesadelos se realizam. Por exemplo, um dia ele sonhou que cai da escada e quebrei a perna... No dia seguinte isso aconteceu, ele já sonhou o Kook sendo assaltado... E alguns dias depois, isso aconteceu. E tem mais coisas... É muito estranho isso... Mas espero esse pesadelo não acontecer.

Peguei meu celular e mandei uma mensagem pro Kook.

"Onde você tá?"

Não foi entregue... Oxe, estranho mesmo. Suspirei e coloquei o celular na cômoda, me levantei e fui pro banheiro. Tomei um banho, escovei meus dentes e sai do banheiro.

Coloquei minha roupa (notas finais), guardei o celular no bolso da minha calça e desci. Fui pra cozinha e comecei a preparar o café da manhã do Mark.

(...)

Mark terminou de comer, peguei meu celular novamente e o Kook ainda não recebeu minha mensagem. Ele deve estar na casa dos garotos, guardei o celular no meu bolso novamente.

Peguei na mão do Mark e peguei a chave do carro. Saímos de casa, está bem frio hoje.

- Pegou seu casaco certo?- perguntei pro Mark.

Mark- Peguei sim omma.- falou sorrindo.

Entramos no carro e comecei a dirigir até a escola. Coloquei uma música calma e fomos cantando até chegar na escola.

Chegando na escola desço do carro e Mark também, fomos até a entrada da escola, olhei pro Mark e me agachei.

- Está lindo.- falei mexendo em seu cabelo, peguei a sua mochila e coloquei em suas costas.

Mark- Obrigado omma.- falou sorrindo e depositando um beijo na minha bochecha.

Sorri e seu amiguinho veio até nós.

Christian- Oi tia.- falou me abraçando.

- Oi pequeno.- falei o abraçando, nos separamos e sorri.

Mark- Tchau omma.

- Tchau príncipe, tchau pequeno.- falei para os dois.

Eles entraram na escola e me levantei, olhei os dois e sorri. Suspirei e passei a mão no meu cabelo, olhei para o meu lado e percebi que um homem estranho me olhava.

Senti medo dele, respirei fundo e me virei. Atravessei a rua e fui até meu carro, entrei e comecei a dirigir.

Por que aquele homem me olhava? Aigoo, que estranho. Coloquei música no rádio, eu não queria voltar pra casa agora, então fiquei dando uma volta pela cidade.

Parei em uma cafeteria, desci do carro e adentrei o local. Pedi um café, paguei a moça e me sentei em uma mesa esperando meu pedido.

Peguei meu celular e recebi um mensagem do Kook.

Jungkook:

Oi anjinha, desculpa a demora.

Jungkook:

Meu celular tinha ficado sem bateria, peguei carregador do Hobi hyung agora.

Angel:

Está na casa dele?

Jungkook:

Sim, está eu e todos os hyungs.

Jungkook:

Depois vem pra cá, tem uma coisa que você precisa ficar sabendo.

Angel:

Que coisa?

Jungkook:

Vem pra cá e você irá saber.

Angel:

Credo Jungkook.

Jungkook:

Kkkkkkkkkk

Meu café chegou, desliguei meu celular. Peguei a xícara e comecei a beber, eu precisava de algo quente, Esta muito frio.

Terminando de beber o café me levanto, saio da cafeteria e adentro no meu carro. Comecei a dirigir até a casa do Hoseok.

(...)

Paro o carro na frente da casa dele, saio e vou até a porta. Aperto a campainha e espero alguém abrir a porta, fiquei cantarolando uma música qualquer.

A porta foi aberta.

***- Baixinha, que saudade.- falou me abraçando.

- Oi Nam, que saudades poste.- falei rindo e o abraçando.

*continua*


Notas Finais


Look: http://pin.it/_2-gOkv

Uuuuuhhhh, e esse pesadelo do Mark? Será que vai acontecer? O que Jão cu irá contar para Angel? E aquele homem misterioso? :o

Só nesse sábado na TV globinho (parei) eueheueheu espero que tenham gostado minhas unicórnias❤️ Beijocas de cookie❤️🍪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...