História Message - Capítulo 67


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys
Visualizações 469
Palavras 1.465
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem :3

Leiam escutando I Hate You, I Love You - Gnash

Capítulo 67 - 2 Temporada: O Pesadelo Aconteceu


Fanfic / Fanfiction Message - Capítulo 67 - 2 Temporada: O Pesadelo Aconteceu

POV Angel

Fiquei esperando o Jungkook e também fiquei observando seu celular... Será que eu pego? Ou não pego? Aish... 

Eu vou pegar. Peguei o celular dele, tem senha... Pensei no dia que a gente se casou. Coloquei os números e acertei.

Abri um sorriso e fui até seu WhatsApp, a primeira conversa me chamou a atenção. Olhei o perfil e é uma menina que não conheço, ela se chama Agatha.

Mas o que caralhas, essa menina tá fazendo no WhatsApp dele? 

Abri a conversa deles, fiquei de boca aberta. 

Agatha:

Estou no fundo do restaurante, vem cá, preciso te falar algo.

Jungkook:

Ok.

Então foi por isso que ele saiu... Peguei meu celular e me levantei.

Fui até o fundo do restaurante, eu, Jungkook e Mark amamos esse restaurante, ele é meio vazio e no fundo tem mesas mas bem poucas pessoas.

Quando cheguei lá... Meu... Mundo... Caiu... Jungkook estava beijando ela? Fiquei vermelha de raiva e comecei a chorar.

Vi o Jungkook empurrando ela, ele se vira e me vê.

Jungkook- Angel...- falou surpreso- Não é o que está pensando.- falou.

- Não Jungkook...- falei soluçando e chorando demais.

Jungkook- Angel, eu não beijei ela, a única pessoa que eu amo é você.- falou se aproximando.

Virei e sai correndo de lá, quando eu estava no meio do restaurante, Jungkook pegou no meu pulso, tentei me soltar mas ele é mais forte.

Jungkook- Angel me escuta.

- Não quero escutar nada Jungkook.- falei me virando e olhando pra ele- Eu tenho nojo de você... Passamos tanto tempo juntos e você faz isso comigo? Como você pôde?

Jungkook- Me desculpa Angel.

- É difícil desculpar uma traição, passamos anos juntos, falando Eu Te Amo, se beijando, se abraçando... A gente teve um filho, como você acha que ele vai reagir? COMO JUNGKOOK?- gritei a última pergunta e todos do restaurante olharam pra nós.

Jungkook- Eu... Não sei...- falou começando a chorar.

- Você nunca sabe de nada, você faz coisas sem pensar... Mas isso... Passou dos limites, eu não quero mais ver seu rosto... Eu ainda te amo, não consigo ter ódio de você, então por favor... Me deixe sozinha.- falei fechando os olhos.

Jungkook- Não, eu não vou te deixar sozinha.- falou- Eu te amo Angel, para com isso, por...- o atrapalhei com um tapa em seu rosto, todos ficaram incrédulos, ele me olhou com os olhos arregalados e vermelhos, sua mão estava no local do tapa.

- Você merece...- falei.

Tirei a mão dele do meu pulso e sai do restaurante. Comecei a correr sem rumo, novamente começa a chover.

Me lembrei do dia que ele começou a namorar por causa de um contrato, o céu começou a chorar junto comigo. E isso está acontecendo novamente.

Sabe... É tudo tão estranho, quando tudo está perfeito... Sempre acontece algo para nos atrapalhar... Mas é como dizem.

"Nada é perfeito"

Quando eu era pequena, eu sempre pensava que tudo era como contos de fadas, eu gostava muito daquela frase:

"Felizes para sempre"

Mas agora que cresci, eu cai na realidade, nem tudo é como conto de fadas, você acha seu amor perfeito e vai ser feliz pra sempre... Mas não é isso, temos que passar por coisas difíceis, situações complicadas, brigas e mais brigas, traições...

A traição é a situação mais difícil do relacionamento, quando trai uma vez já perde a confiança, é difícil de perdoar, é difícil de acreditar nas desculpas. 

Já passei por essa situação, quando conheci o Jungkook eu imaginava que ele não seria esse tipo de homem, vários anos juntos e isso justo agora.

Está sendo difícil passar por isso novamente. Não sei se aguento olhar pra ele novamente, não sei se aguento perdoar ele...

Só irei saber ao decorrer do tempo.

Eu chorava até esgotar minhas lágrimas, senti alguém pegando no meu pulso e me puxando para um beco.

Olhei e é aquele homem estranho da escola, mas eu não sei que homem é esse... Ele está com um capuz tampando seu rosto.

- Por favor...- falei fechando os olhos- Não faça nada comigo...- falei soluçando.

***- Ei... O que aconteceu?- perguntou.

Reconheço essa voz, o tal homem tirou o capuz e abri meus olhos.

- Ma-Mark? (Do GOT7)- falei surpresa.

Mark- Sim.- falou sorrindo- Me conta... O que aconteceu?

- O... o Jungkook...- gaguejei.

Mark- Calma... Vou te levar pra minha casa, está frio e está chovendo.- falou e concordei.

Ele colocou seu braço ao redor do meu pescoço. Saímos do beco e fomos até um carro, entrei e ele entrou também.

O caminho todo foi em silêncio, eu estava tremendo de frio. Ao chegar em sua casa saímos do carro, adentramos e tirei meu sapato.

Ele foi correndo até o andar de cima. Mark voltou com toalha em mãos.

Mark- Seca.- falou me entregando- Vou pegar uma blusa minha pra você.- falou e concordei.

Ele subiu novamente e fiquei me secando, meu coração ainda está quebrado. E eu ainda não parava de chorar, minhas pernas ficaram fracas e acabei caindo no chão.

Mark- Angel.- Mark falou e veio até mim- Você está bem?

- Não... Nada bem.- falei com a voz fraca.

Me levantei com sua ajuda, ele entregou sua blusa, pedi pra ele se virar e assim ele fez.

Tirei minha blusa e coloquei a dele, peguei meu celular que estava no bolso da minha calça e tirei minha calça, sua blusa ficou como um vestido, as mangas longas são maiores que o meu braço.

- Pronto.- falei e ele se virou.

Fomos até a sala, me sentei no sofá e Mark se sentou ao meu lado. Coloquei minhas pernas sobre o sofá e Mark me abraçou.

- Eu não acredito que ele fez aquilo comigo...- falei.

Mark- O que o Jungkook fez?

- Ele... Me traiu...- falei começando a chorar novamente.

Mark- Ele fez isso?- perguntou incrédulo e concordei- Conheço bem o Jungkook... Eu nunca imaginei que ele poderia fazer uma coisa dessa, ele já me disse que odeia traição, que não quer que seja traído e que ele não traia ninguém... Mas... Isso aconteceu, estou entendendo mais nada.- falou.

- Eu também não sou estou entendendo... O que aquela menina tem? Será que ela é melhor que eu?- perguntei.

Mark- Melhor que você? Nunca, você é bem diferente das outras.- falou vermelho e sorri.

- Mark... Eu To muito triste.- falei Ainda chorando.

Mark- Calma Angel, tenho certeza que o Jungkook não queria aquilo...

- Eu não sei... Aish, tô tão confusa.

Comecei a me lembrar de tudo o que passamos, dos momentos juntos, os abraços, carinhos, beijos... E novamente meio a imagem dele beijando aquela menina, meu choro começou a ficar mais forte e eu não conseguia respirar normalmente.

Mark- Angel.- falou preocupado- Respira que nem eu.- falou respirando fundo e inspirando.

Ele fez isso repetidamente e fiz que nem ele, parei de chorar e o abracei novamente.

- Obrigado Mark... Obrigado.- falei.

Mark- De nada pequena.- falou beijando o topo da minha cabeça.

- Vou falar com as meninas.- falei me separando dele.

Mark- Ok, enquanto isso vou fazer um café.- falou e concordei.

Peguei meu celular, ainda bem que ele não parou de funcionar por causa da chuva. Desbloqueei a tela, entrei no meu WhatsApp, tinha umas 100 mensagens do Jungkook, apenas ignorei.

Fui até a minha conversa com a Clara, ela não está online, fui na minha conversa com a Lua, ela também não está online... Fui na minha conversa com a Nay e ela está online.

Angel:

Nay?

Nay:

Oi?

Angel:

Por que a Lua e a Clara não estão online?

Nay:

Elas foram pro mercado e fiquei em casa.

Angel:

Ah sim... Pode fazer um favor pra mim?

Nay:

Claro, o que é?

Angel:

Vai na casa de um amigo do Mark e pode buscar ele?

Angel:

(Endereço), esse é o endereço.

Nay:

Claro Angel... Aconteceu algo com você?

Angel:

Depois te conto... Chama o Hobi também, Mark vai amar passar o resto do dia com vocês.

Nay:

Ok Anjinha, beijos.

Angel:

Beijos.

Desliguei o celular, coloquei sobre o sofá e suspirei. Mark voltou com o café e me entregou a caneca.

- Obrigado Mark.- falei sorrindo e bebendo o café.

Mark- Então... Você não vai voltar pra sua casa né?

- Eu não sei... Acho que não.

Mark- Eu estou indo pra Los Angeles, passar um tempo lá... Se você quiser ir comigo...

- Não vou atrapalhar não?

Mark- Claro que não, aliás, meus pais vão adorar ver você.- falou sorrindo.

- Você está me ajudando muito Mark, muito obrigado.- falei forçando um sorriso e o abraçando- Que dia nós vamos?

Mark- Amanhã.- falou e concordei.

Vai ser bom... Passar um tempo sem ver o Jungkook... Um tempo pensando...

E realmente... Aquele pesadelo do Mark aconteceu.

*continua*


Notas Finais


Olha, não me matem por favor😂😂💔
Eu fiquei realmente triste ;-; #Bad
O que vocês acham? Que o Jão cu estava realmente beijando ela ou ela beijou ele? Uuuuhhhhh
Espero que tenham gostado unicórnias beijocas de cookie❤️🍪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...