História Messages [h.s] - Capítulo 90


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, One Direction, Zayn Malik
Personagens Barbara Palvin, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Barbara Palvin, Harry Styles, Hot, Messages, One Direction
Visualizações 115
Palavras 1.123
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mais um, espero que gostem.

Capítulo 90 - 2 Temp. Cap 30


Fanfic / Fanfiction Messages [h.s] - Capítulo 90 - 2 Temp. Cap 30



O jogo acabou rapido, e meu time ganhou. Nao por minha ajuda é claro, apenas por que Louis manda bem com a bola.


Ter Anny tão perto me distraiu demais, e agora que ela esta descendo até aqui para falar com os meninos, eu não consigo evitar que meu coração bata tao forte e minha respiraçao falhe.


Ela está tão linda, mas intocavel, e isso é fodidamente irritante. Minha vontade é de leva-la para casa e amar ela o resto da tarde, sem interrupçoes, apenas nos dois, matando a saudade que sentimos um pelo outro.


"Você é pior do que eu me lembrava." Anny comentou para o Dylan assim que se aproximou e ele fez careta para ela.


"Invejosa, jogo melhor que voce." O loiro comentou a puxando para perto e ela revirou os olhos.


"Por que não sei jogar, se eu soubesse, aposto que seria melhor que você." Comentou arrogante e então olhou para mim, com aquele sorriso timido que sempre me encantou.


"Oi." Ela murmurou e eu mordi o labio.


"Oi." Respondi meio bobo e fuzilei o Zayn assim que ele entrou na minha frente.


"Você é a Anna né? Louis me falou de você." Ele disse sorrindo para ela e minha garota assentiu feliz.


"Não sei se devo me preocupar com o que o Louis disse de mim, mas sim, sou a Anna." Respondeu sorrindo de lado.


"Ele não disse muito. Só que você é a ex do Harry, e que tem um filho chamado Daniel. Ah, e que tem seios lindos também." Revirei os olhos para mim mesmo e bufei. Não é novidade que o Louis diz isso pra todo mundo.


"Ele tem um fetiche pelos meus peitos, não sei qual o problema dele." Anny comentou brincando. "E sim, eu tenho um filho. Ele esta dormindo no carro agora." Disse apontando para cima e Zayn sorriu.


"Posso ver ele?" Perguntou e Anny assentiu.


"Claro, vamos subir. Não posso deixa-lo muito tempo sozinho. Ele é pequeno, mas é bem esperto." Sorriu orgulhosa e eu percebi o quanto ela amava aquele menino.


"Vamos então." Zayn disse e começou a subir com o Dylan.


"Já vou para casa. Nos vemos depois ta?" Ela disse abraçando o Liam e baixinho comentaram algo que não escutei.


"Até Anna." Liam disse e entao Niall a abraçou, tirando seus pes do chão. 


"Passo la mais tarde para brincar com meus sobrinhos." Avisou e eu franzi o cenho. Quantos filhos ela tem?


"Tudo bem. So nao muito tarde, sabe que o Dan dorme cedo." Niall assentiu e sorriu para ela.


"A gente se por ai Lou. E para de falar dos meus seios. Supere isso." Anny disse abraçando meu amigo e Louis riu, como o idiota que ele é.


"Nunca vou supera-los. Seu numero é o mesmo?" Anny assentiu. "A gente se fala então." Minha garota sorriu e então se virou para mim.


"Foi bom ver você Harry." Ela disse e então me abraçou, me pegando de surpresa. Levei um momento para retribuir seu abraço e a apertei forte entre meus braços.


Seu cheiro continua o mesmo e sua pele ainda é macia e delicada como eu me lembrava. Respirei fundo seu perfume e mordi o labio quando ela se afastou.


"Fica bem." Desejei colocando uma mecha de seu cabelo atras de sua orelha e Anny sorriu para mim.


"Até mais meninos. Tchau." Ela disse se afastando e a fitei enquanto ela andava calmamente até o carro onde Dylan a esperava.



[...]



Assim que cheguei em casa me joguei no sofá. Quando Zayn voltou ja chegou reclamando, dizendo que eu havia mentido para ele ao não dizer que Daniel é meu filho, o que eu achei bem estranho.


Provavelmente Dylan disse que o filho era meu e Zayn acreditou, mas quando eu neguei a paternidade ele ficou bem estranho, como se achasse que eu tenho algum problema ou algo do tipo.


No caminho de volta Louis me relembrou em refazer o teste de fertilidade que fiz a mais de 9 anos atras.


Na epoca eu tinha 15 anos e queria doar esperma, mas eu fiz um exame de compatibilidade e descobri que eu sou esteril. Foi horrivel descobrir que não posso ser pai, mas acabei me acostumando com o tempo.


Quando Anny me contou da gravidez, por um momento eu fiquei tão feliz com a possibilidade de ser pai, mas a realidade bateu e foi como se ela tivesse enfiado uma faca nas costas.


Ela mentiu para mim, dizendo que o filho era meu, mas ela não sabia que não posso ter filhos, eu nunca consegui contar a ela.


Sempre que tocavamos no assunto ela parecia tão contente com a ideia de ter um bebe, e eu me sentia um merda por nao dizer a ela que eu nunca poderia dar isso a ela.


Sempre soube que ela queria filhos, e eu sinto que deveria ter contado desde o inicio, mas não tenho como voltar atras, não posso refazer meu passado.


Anny continuara tendo um filho com outro e eu vou continuar a amando como jamais amei ou amarei alguem.


O que ela tem que me cativa tanto? Desde o inicio, nao era suposto eu me apaixonar por ela, eu so queria alguem pra conversar sem todo o peso da fama em cima de mim, mas quando eu fui ver, eu nao conseguia ficar um dia sem falar com ela e só queria saber dela o tempo todo.


Foi tão rapido e do nada, que me assusto sempre que lembro como ela fez com que eu caisse de joelhos por ela.


Ela não precisou de nada alem de sinceridade, jeito unico e falar bobagens para mim no telefone. 


Ainda fico bobo ao perceber que ela me seduziu sem saber, agiu como uma sereia, me encantou até eu ama-la mais do que tudo, e agora, estou a deriva esperando o proximo passo dela.


Hoje no jogo, eu notei que ainda a afeto. Qualquer um veria de longe o quanto os olhares dela em mim foram significativos, e se isso for a brecha que eu preciso, vou agarra-la com força.


Ela ainda não me esqueceu, e se ela sente por mim, 1/3 do que eu sinto por ela, so preciso ser verdadeiro e dizer o quanto a quero e eu a terei.


Impossivel ela não me querer de volta, não depois de ter me olhado daquele jeito. Foi como se ela conseguisse lembrar de todos os momentos bons que tivemos e a saudade bateu forte.


Anny vai ser minha de novo, e depois de hoje, duvido que isso demore muito. Ela ainda me ama, e eu vou fazer de tudo para te-la de volta na minha vida, por que sem ela eu nao sou nada.


Anna Jones vai ser minha futura esposa, nem que eu tenha que implorar pelo seu amor, me humilhar aos seus pes e até mesmo desistir da minha vida para viver a dela.


Quero essa mulher para mim e ninguem vai ficar no meu caminho. Nao mais.




Notas Finais


Até terça...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...