História Message 55 - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Uepop
Visualizações 12
Palavras 566
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Will, Chris e Jhon são meus personagens originais baseados em alguéns. Fazem parte da minha novela UEPOP que há de ser melhor apresentada futuramente.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Message 55 - Capítulo 1 - Capítulo Único

Jonathan despertou sem o despertador, o que era raro, mas o sonho que teve, a adrenalina que sentiu, o fez acordar. Sem abrir os olhos se virou para o criado mudo tateando a superfície buscando o celular. Mal havia ido dormir e ainda sentia os músculos reclamando do esforço da noite passada. Foi um show. A casa estava cheia. Cheia de fãs que ele já conseguia reconhecer, que mesmo com toda a história do Brasil, permaneciam com eles, e alguns novos.

 

A história do Brasil... Jonathan encontrou o celular depois de derrubar o livro que o acompanhou naquela noite, antes de dormir. Marcavam cinco horas da manhã. Que maldito sonho foi aquele que o fez acordar tão cedo?!

 

Alexandre. ” –O nome veio à mente.

 

O rapaz moreno, dos cabelos longos, e lábios finos, mas com uma pegada firme que... Lembrou-se do sonho. Ele estava com Alexandre no primeiro dia que se encontraram. A boate.

Diferente daquele dia, no sonho nenhum dos dois se afastou e John o beijava como se sua ida dependesse daquele contato. Ele era correspondido e Alexandre o tinha em seu colo. Apertava sua cintura e mordia seu lábio levemente. Toques que o faziam se sentir desejado.

O olhar. Quando seus olhos se encontraram enquanto buscavam fôlego e Alex sorriu para ele.

John amava o sorriso de Alex.

 

“Sinto sua falta...” -pensou encarando a tela do smartphone. Uma fanart cuja artista, definitivamente, morreria se soubesse o quão próxima estava da verdade. Alex acabou ganhando visibilidade com a história no Brasil e soube das várias propostas de emprego no exterior. Mas John sabia que modelo não era a carreira dele. Talvez para complementar a renda, mas Alex havia lhe contado que gostaria de seguir a carreira da mãe. Mesmo que no país dele não fosse muito bem remunerado.

 

Como ele gostava de conversar com Alexandre... sentia falta disso.

Não que não conversasse com os irmãos. Aliás, com o Will precisava sempre ter um escudo em mãos, mas com o Chris... Drogas, álcool, música, sexo, não importava o assunto sempre poderiam falar abertamente. Mas com Alex era diferente.

 

Entrou no Facebook da banda e observou alguns dos inúmeros comentários. Os mais recentes o parabenizavam e diziam sentir saudades. “O Brasil” também começava a se manifestar. Diziam que estavam com saudades e, se leu bem, estavam comemorando com ele. Viu uma foto de um grupo de tulipas brindando. Riu. Cada louco com sua loucura...

Comemoração... Ele deveria fazer alguma coisa com o Chris.

 

E então o celular vibrou com uma mensagem recém-chegada. Um número com o código +55 e sentiu a adrenalina subir pela coluna que o despertou mais. Respirou fundo.

Poderia ser Irene. Ela havia sido seu cupido no Brasil e também uma das pessoas que ofereceram apoio e um ombro amigo. Mas também poderia ser o Alex. Sentiu o rosto corar, o coração bater um compasso mais rápido, a mão suar frio. Não queria, mas queria abrir a mensagem no mesmo segundo.

 

Arrastou a barra de notificações e então hesitou. Mas porque estava fazendo aquilo? Se torturar por uma mensagem? Clicou. Buscou um nome e um sorriso se espalhou pelo rosto. Afinal era o romântico irrecuperável, o tolo bobo que Cris o rotulara. Ainda apaixonado por seu primeiro amor.

 

Virou na cama pro outro lado carregando o celular junto. Lendo e relendo mais uma vez a mensagem.

 

“Happy B-day, Jhon.

Xoxo. Alex. ”


Notas Finais


Vinte minutos atrasada, mas esta é uma fic para comemorar o aniversario desse meu personagem. A ideia veio do nada, então o universo é pós história original. O que isso influencia na leitura? Nada.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...