História Meta-humanos - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Tags Aventura, Heróis, Luta
Exibições 4
Palavras 1.297
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Super Power, Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


E ai galera, estou trazendo mais um capitulo de mata-humanos. Desculpe pela demora de postagem. Apartir de hoje vou mandar os capitulos aos sábados

Capítulo 4 - O Cérbero


Base dos heróis

  -por que me chamou?- perguntou hiro à galactico
  -temos uma nova missão- disse galactico
  -e qual é? Lutar contra facções? Destruir demônios?
  -sabe hiro, ser heróis não é só salvar o mundo dessas ameaças
  -sério? Pensei que ser herói era justamente isso. Então que missão é essa?
  -serviço domiciliar
  -ta falando sério?
  -e quando é que eu não falo sério?
  -duche
  -temos que nos apressar. Chame twester e hope, eles serão nossa equipe
  -e os outros?
  -alchemisty e star-light foram resolver um problema com lixo nuclear, e fears diz estar ocupado
  -então ta certo, vou chamar os outros

Cidade de nova Jerssey

  -o que estamos fazendo nesse apartamento em nova Jerssey?- perguntou hiro andando no corredor do apartamento
  -serviço domiciliar significa ir até a casa de uma pessoa que pede ajuda- respondeu galactico
  -e por que em nova Jerssey?
  -porque os heróis daqui não se importam com esse tipo de trabalho e acabam esquecendo o povo, esquecem o seu objetivo como herói, ajudar quem pedir ajuda

Então os heróis entraram em um dos quartos do apartamento e viram uma mulher em prantos

  -o que houve- perguntou galactico
  -ainda bem que chegaram!- disse a mulher indo em direção dos heróis
  -qual a situação?- perguntou galactico
  -uma facção chama "o cérbero" está atrás do meu filho
   -e por que uma facção estaria atrás do seu filho?
   -nem sei por onde começar
  -que tal do inicio?
  -tudo bem. Meu filho se chama artur e tem 8 anos de idade, ele nasceu com um poder muito forte, ele controla as vibrações do ar. Então de algum jeito essa facção ficou sabendo, mas pensaram que eu era a portador do poder e me raptaram, então meu filho perdeu o controle de si mesmo e agora está lá fora me procurando, e eu nem sei onde ele está
  -como escapou das mãos da facção?
  -depois que viram que eu não tinha poderes, me liberaram e agora estão atrás do meu filho
  -náo se preucupe, vamos acha-lo e traze-lo de volta para a senhora

Então os heróis saiem do prédio e vão atrás do garoto

  -muito bem- disse galactico- vamos nos dividir nas buscas; twester, use sua super velocidade para procurar o garoto na cidade
  -entendido- disse o herói disparando em alta velocidade
  -hope- disse galactico chamando a atenção do herói- use seus clones para olhar dentro de casas, boeros e até latas de lixo. Procure até debaixo das pedras se necessário
   -sim- disse o herói criando dezenas de clones seus e saindo a procura do garoto
  -e eu?- perguntou hiro
  -você e eu vamos procurar juntos
  -tudo bem
  -consegue ser rápido?
  -não tanto quanto o twester, mas posso usar minha força para impulsionar meus pés, mas e você? Pensei que só controlasse o espaço
   -exato, e por poder controlar o espaço, posso também retirar boa parte da gravidade em meu corpo, me fazendo ficar mais rápido
  -então vamos

Então os heróis sairam em alta velocidade quando viram uma explosão

  -será que é ele?- perguntou hiro
  -vamos ver

Os herois seguiram em direção da explosão. Quando chegaram lá viram artur explodindo carros a sua volta

  -artur! Pare com a destruição!- gritou hiro
-você é um dos, bandidos não é?!- exclamou artur
  -não, vinhemos te ajudar
  -não acredito em você!- disse artur atirando um tipo de campo de força nos heróis derrubando eles
   -reforço, repitindo, prescisamos de reforço- disse galactico no seu comunicador
   -eu vou acabar com vocês!- disse o garoto fazendo um prédio desmoronar em cima dos heróis
   -denovo não!- exclamou hiro

Mas no último minuto hiro e galactico foram salvos por twester

  -essa foi quase, valeu twester- disse hiro
  -tudo bem- respondeu twester
  -pensei que ele controla-se vibrações- disse hiro
  -exato- disse galactico- tudo no mundo é composto por vibrações, então se o garoto fizer as vibrações de um estrutura entrar em colapsu, ou, ela vai explodir, ou, vai desmoronar. Como foi o caso do prédio
   -gente! Cheguei!- disse hope chegando no local- vim o mais rápido que pude. Qual a situação?
   -deter o garoto sem machucalo
  -isso parece complicado

Então o garoto fez o chão entrar em colapsu fazendo os heróis cairem no esgoto. Logo em seguida o menino foi embora

Alguns minutos depois...

  -não acredito que perdemos o garoto- disse hiro quando foi interrompido por uma explosão- esquece o que eu disse

Rapidamente os heróis chegaram no local e viram um homem com uma foice e três capangas feitos de rocha atacando artur

  -temos que fazer algo- disse hope
  -eu pego o cara da foice, vocês pegam os capamgas- disse hiro

Então twester girou seu braço em alta velocidade e acertou ele no rosto do capanga fazendo sua cabeça explodir. Hope criou vários clones e todos ficaram em cima do capanga, deixando-o
imóvel. Hiro deu um soco no homem de foice fazendo-o bater contra a parede

  -quem são vocês?- disse hiro
  -muito prazer- disse o homem da foice- eu sou o ceifador, um dos lideres do cerberos
   -o que quer com o garoto?
   -nada que seja da sua conta- disse o homem correndo em direção de hiro

Ao chegar perto do herói, o ceifador deu um soco no rosto de hiro, mas o herói não sentiu nada. Ele reagiu com um soco que fez o vilão desmaiar

   -ja acabou?- perguntou galactico
  -sim, por quê?
  -porque o garoto sumiu
  -droga. Vamos logo atrás dele

Então os heróis foram atrás do garoto. Depois de um tempo procurando, viram a policia atirando na criança que se protegia com um escudo de vibrações

   -delegado, tem que parar o ataque!- exclamou hiro
  -não posso- respondeu o delegado- ele está destruindo tudo, temos que detelo
   -ele é só um garoto procurando a mãe... Espera, a mãe dele! Twester- chamou hiro
   -que foi?
   -traga a mãe do garoto para cá, enquanto isso vamos impedir que ele destrua o local
  -sem problemas- disse twester que saiu em alta velocidade
   -hope, faça clones e recolha as armas dos policiais- disse hiro- e galactico, cuide para que os ataques do garoto não machuque ninguém
   -tudo bem

Então hiro começou a ir em direção do garoto

   -vá embora!- exclamou o garoto
   -eu sei como se sente, está com medo, mas não pode sair por ai destruindo tudo!
   -e quem vai me empedir?
   -eu, pois vou contar tudo pra sua mãe!

Então a onda de destruição parou derrepente

   -você sabe onde minha mãe esta?- perguntou o garoto
  -sim, vamos nos encontrar com ela
  -tudo bem então

Então os heróis e o garoto foram se encontrar com twester e a mãe dele. Enquanto isso...

   -senhora, achamos seu filho!- repitia twester vasculhando o prédio- senhora, cadê você?

Derrepente twester foi atingido por um soco de um homem nas sombras que fez twester desmaiar

  -não se preucupe, logo vai encontra-la- disse o ceifador saindo das sombras

Um tempo se passou e os heróis chegaram no prédio, mas viram na entrada twester e a mãe de arthur amarrados e inconscientes enquanto o ceifador colocava sua foice no pescoço dos dois

   -me entreguem o garoto, ou cabeças vão rolar- disse o vilão
  -essa não- pensou hiro

Arthur acabou se enfurecendo com a situação e fechou seu punho fazendo o ceifador ser esmagado pelas vibrações do ar. Depois desse ataque arthur perdeu o controle e acabou atacando os heróis que estavam do seu lado

   -denovo não!- exclamou hope
  -e agora?- perguntou galactico

Então hiro surgiu atrás do garoto e lhe deu um cascudo fazendo-o desmaiar

   -eu não queria ter chegado a esse ponto- disse hiro levando o garoto até sua mãe- ele vai ficar bem, não bati com força
  -espera, podia ter feito isso desde o começo?- perguntou hope apontando para hiro
   -sim, mas não queria bater nele
   -eu não fazia idéia do poder de hiro- pensou galactico enquanto ouvia a briga de hope e hiro



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...