História Metal e Carne - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Steven Universe
Personagens Lápis Lazuli, Peridot
Tags Lapdot
Visualizações 28
Palavras 1.101
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Terror e Horror, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


então ai está como eu disse minha mais nova historia, pra quem me conhece sabe que tenho outra historia nessa categoria e ela estará nas notas finais

bom bora pra a historia

Capítulo 1 - Vai uma mão ai


Pv Lápis Lazuli

Acordei cedo como sempre, tomei um banho me arrumei, colocando minha calça jeans preta e minha camisa regata azul junto de um casaco negro adora essa cor, coloquei minhas coisas na bolça e desci pra tomar café morava sozinha então só tomei um café forte mesmo e sai de casa indo a pé a escola não era longe

Quando cheguei vi que Jasper estava mexendo com alguém, não que isso fosse grande novidade, nem dei bola só segui meu caminho, apesar que isso seja uma faculdade ela age como se fosse o primário, fui pra minha sala o sinal não demorou a tocar sempre as mesmas pessoas e......temos carne nova pelo visto

–alunos essa é Peridot, aluna transferida, quer se apresentar ?

A professora falou sorrindo porem vi que a loira de óculos fundo  de garrafa, e roupas que não davam de ver suas curvas a mesma estava com as duas mãos nos bolsos

–passo

A mesma disse seca indo para o seu lugar no fundo a mesma mancava bastante na perna direita ela tirou seu caderno e me olhou, nessa hora desviei o olhar e voltei a professora

Na aula de educação física tínhamos que correr duas voltas na quadras, estava na frente liderando como sempre, devo dizer esse uniforme é muito curto, estava quase terminado quando vi na ponta de baixo da arquibancada a loira, ela jogava em um vídeo game portátil e nem estava de uniforme

–ei, o que ela tem pra ser tão....deferente da gente

A líder de torcida falou sorrindo ate mim

–não sei, mais sei que aquele jogo não é barato

Uma outra chegou falando

–deve se achar deferente por ter dinheiro, se ela quer ser deferente, ela vai ser

Olhei a outra, o pessoal armou um plano, no jogo de vôlei a bola seria lançada acidentalmente por mim nela, melhor em seu jogo portátil

Fiquei no canto quando a bola foi levantada eu e mais uma garota pulamos dei um tapa tão forte que deu dó.......não, deu não

–olhem pra onde jogam

A loira falou pegando seu jogo no chão e saiu para a sala. O resto da aula correu bem ate Jasper não deu as caras e a aluna nova nem se mechinha, quando deu o horário do almoço todos saíram que nem doidos para poder comer, peguei minha carteira no bolça e olhei para trás vendo a aluna nova comendo algo parecia comer escondida , intrigada fui ate ela

–não fomos apresentadas a inda, sua lápis Lazuli prazer

Estendi a mão direita para ela a mesma a olhou e virou o rosto sorrindo a mesma, voltou a comer

–não sou de apertar mãos

Bufei saindo de lá, andei com raiva ate a parte de trás da escola após comprar meu lanche, estava comendo ate sentir alguém atrás de mim

–hora hora, vejam quem achamos aqui pessoal, ei Jasper não foi ela quem dispensou você ?

Olhei para trás deixando meu lanche cair no chão, Jasper e seu grupinho era o que eu e toda essa faculdade mais temia na vida, eles me olhavam de cima a baixo ate que alguém me pegou por tras, por que eu escolhi esse lugar afastado de todos e das diretoras

–ela está bem atraente não acha ?

Jasper ficou na minha frente, eu tentava a tudo custo me livras deles

–6 contra um, isso é covardia em a inda mais de homens

Ouvi uma voz vindo de tras deles, quando saíram da minha frente pude ver.......Peridot

–e quem é você, cai fora somos 6 e você é uma só e nanica

Peridot riu alto e ajeitou seus óculos

–olha ele sabe contar ate 6, que grande avanço para um idiota

A mesma falou sorrindo, o cara avançou seco nela só fechei os olhos isso ia ser feio de ver

–ultimas palavras......HAAAAA MINHA MÃO

Abri os olho na hora vendo o cara de joelho no chão a sua frente, a mesma estava com a mão direita estendida ela estava coberta por uma luva negra

–o que ela tem na mão um soco inglês ?

Jasper perguntou me soltando, pude ver duas das professoras se aproximando, Peridot deu as costas indo embora, me levantei e fui ate ela e peguei em sua mãe coberta a mesma não parou por algum motivo e acabei puxando sua luva

–sua....mão

A mesma me olhou com espanto e raiva, sua mão era de ferro uma prótese de ferro a mesma pegou sua luva e saiu correndo ou mancando, quando fui correr atrás a professora me chamou fomos para a sala da diretora onde contei tudo que precisava, quando sai corri pra sala tinha que achar ela porem nem sinal dela

–Amy você viu aquela garota nova de hoje tenho que falar com ela

A mesma me olhou com um sorriso malicioso

–me fala ou eu falo com a professora de dança

Um sorriso maléfico tomou conta de meus lábios neste instante

–ela foi pra casa, não sei onde é mais ela tá ali na cafetaria a inda pronto falei

Ela saiu corada e eu sai vitoriosa hahahaha, fui ate a cafeteria e entrei vendo onde a outra estava e me sentei a sua frente, a mesma parecia estar arrumando algo em sua mão de metal que escondeu rápido

–pois não ?

Ela falou seria, parecia desconfiada

–olha queria me desculpar por tirar a sua luva e te agradecer por me ajudar lá, mas por que me ajudou

Perguntei meio envergonhada, a mesma suspirou e colocou sua mão de volta 

–achei que era errado, só isso de nada

A mesma ia se levantar, ate ouvir um pelo de um relâmpago a mesma deu um pula alto que eu não pude segurar o riso

–tem medo de relâmpagos ?

A mesma voltou a se sentar evitando de me olhar aposto que é por vergonha

–se quiser pode ficar lá em casa, é perto e devo ter algo para a sua mão, é o mínimo que posso fazer para recompensar o que fiz a você

Belo chute que dei, aposto que ela a inda não conseguiu arrumar tudo, a mesma ia falar algo quando outro relâmpago soou pelo lugar a mesma mostrou um olhar de pânico por alguns segundos

–que seja, espero que não esteja Armando pra mim

Levantei junto a ela e saímos o vendo forte batia com força em nossos rostos, já ficava frio dei graças a deus por eu ter pego meu casaco

–bem vamos

Falei sorrindo fraco e começando a andar a loira fez o mesmo, ela mancava muito na perna será que ela tem outra prótese lá 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...