História Metaphor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Tao, Xiumin
Tags Angst, Drabble, Para Bearcute, Xiutao
Visualizações 34
Palavras 441
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey, olá.

Sara, meu amor, isso é pra você 💛
Sei que não é a melhor hora, mas, de certa forma, achei que poderia gostar. Estou com isso aqui mofando há um bom tempo, sempre achando que faltava algo para terminar, talvez a tristeza que eu não sentia no momento, mas sinto agora.

Anyway. Boa leitura.

Capítulo 1 - Goodbye.


Fanfic / Fanfiction Metaphor - Capítulo 1 - Goodbye.

Quando você me perguntou um “por quê”, eu apenas suspirei. Um suspiro cansado; eu estava realmente cansado.



Desgastado, na verdade, mas preferia me considerar cansado; para o cansaço, havia o descanso, porém, para o desgaste, apenas havia mais desgaste.



Em uma metáfora, seu seria uma corda.



Uma corda em constante atrito, sempre sendo vagarosamente corroída por aquele objeto quotidiano que estava lá, a cada dia, tirando mais um fio do que compunha sua vitalidade. Nessa metáfora, você seria meu objeto quotidiano; sempre lá, me corroendo de forma realmente lenta para que o estrago só fosse visto tarde demais, quando eu me rompesse e soltasse tudo aquilo que, com tanto custo, segurava.



Para que eu soltasse todo o amor que sentia por ti aos ventos, como se fossem um nada. Apenas mais um grão de areia no universo. E pensando nisso, apenas consigo imaginar que, para você, talvez sempre tenha sido exatamente assim.



Tudo na vida pode ser descrito de variadas formas. Dentre todas, você sempre preferiu as metáforas, não? Assim sendo, usarei delas para me expressar.



No nosso relacionamento, diria que você era como uma terra infértil, eu era o seu jardineiro e o nosso amor, as flores. Flores essas que jamais floresciam. E eu, como um jovem tolo, encantado demais com promessa de belos frutos, esqueci-me do quão essencial era ter uma boa terra para isso.



Oh, meu amor. Tudo parecia ir tão bem quando estávamos juntos… Como conseguia ser tão cego para pensar assim?



Dizem que a ignorância é uma dádiva, e eu finalmente posso concordar; preferia quando era cego de amor do que agora, que estou completamente desiludido com a dor.


E oh, que ardor, meu querido amor. Como brasas em meu peito, sinto queimar o atrito de suas mentiras que romperam com a corda da minha confiança. Com lágrimas nos olhos, relembro do solo, seco como o deserto, que era a terra de seu coração, onde tentei plantar minhas sementinhas de amor, que jamais floresceram.



Mas, por fim, depois de muito sofrer, finalmente notei, Minseok. O problema não estava em minhas cordas, que pareciam fracas demais, ou em minhas sementes, que sempre achei serem infrutíferas; o problema estava em você, meu querido.



Você era alguém tóxico. É, ainda, e sempre será. Como um cigarro carregado de narcóticos que me putrefavam aos poucos. Você ia me consumindo ao passo que eu me viciava cada vez mais, sem ao menos perceber.



Você é uma droga, Kim. E eu não estou mais afim de ser um drogado.



Se, em uma metáfora, a vida fosse como um computador, eu seria o sistema e você, meu cavalo de tróia.



Acho que já está na hora de formatar...


Notas Finais


Desculpe atrapalhar seu hiatus com isso, neném. Espero que tire esse tempo para descansar um pouco. Você merece.

Eu te amo muito, viu? 😍
Agora vou dormir, pq eu estou morrendo huashuas socorro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...