História Metronome. ||AOMG|| - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias GRAY, Jay Park, LOCO, Simon D.
Personagens GRAY, Jay Park, LOCO, Personagens Originais, Simon Dominic
Tags Aomg, Gray, Jay Park, Loco, Simon D
Exibições 84
Palavras 545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - XIII - Kim Seokmin.


Estava sem entender o porquê que Sunghwa me fez ir com o mesmo e sua mãe ao hospital.

A senhora que conversava animadamente comigo durante o caminho tinha a aparência de cansaço e parecia que estava sofrendo. Seu rosto estava magro e seus pequenos olhos estavam rodeados de manchas roxas. Seus cabelos castanhos não quantia vida.

Percebi que a mesma não queria demonstrar que estava debilitada.

"Qualquer dia, vá lá em casa... Irei lhe mostrar algumas fotos do Sunghwa quando era bebê!" Comentou e assenti sorrindo.

"Mãe... Não!" Negou seu filho olhando como se estivesse me repreendendo.

"Senhora Lee? Está preparada para mais uma sessão?" Um senhora vestido com um jaleco branco apareceu na sala de espera chamando nossa atenção.

"Não tenho outra escolha, não é mesmo?" Expressou a mais velha se levantando com um pouco de dificuldade.

Me levantei rapidamente auxiliando a mesma que sorriu em minha direção.

"Você estará aqui quando eu voltar, querida?" Me questionou.

"Claro que vou, senhora Lee!" Sorri.

O enfermeiro lhe estendeu a mão e ambos sumiram do meu campo de vista. Voltei a me sentar ao lado de Sunghwa que me aparentava cansado de toda essa rotina.

"Você quer um café? Posso ir pegar..." Tentei ser simpática.

"Fica quieta aqui. Não quero nada!" Me respondeu sorrindo fraco.

Entrelacei minhas mãos sobre meu colo e fiquei encarando a porta que a senhora Lee saiu a poucos minutos.

"Ela está com leucemia. Essa semana foi diagnosticada com um novo tumor no estômago e os médicos estão com medo de realizar a cirurgia para retirar!" A voz de Sunghwa me assustou.

Virei meu rosto lhe encarando.

"Sinto muito... Ela me aparentou uma pessoa forte, então irá conseguir sair dessa!" Sorri e lhe vi esboçar um leve sorriso.

"Acho que nunca vamos conseguir sair sem que algo aconteça!" Comentou fazendo minhas bochechas queimarem.

"Acho que devemos classificar isso como um encontro!" Gesticulei o vendo dar risada.

"Encontro?" Riu um pouco alto e automaticamente lhe bati de leve em seu ombro.

"É..." Dei de ombros.

"Nosso próximo encontro será de verdade, okay?" Retrucou passando seu braço por meus ombros.

Ficamos um bom tempo conversando coisas aleatórias. Pode não parecer mas, Sunghwa era um garoto muito divertido e precisei segurar muitas gargalhadas. Ficar ali com ele foi uma atmosfera totalmente distinta da que temos na escola.

"Filho?" Fomos interrompidos por um senhor vestido com um clássico terno preto.

"Oi, pai!" Sunghwa se pronunciou sem muita importância.

"Faz tempo que ela está lá dentro?" Questionou o filho.

Me afastei discretamente mas acho que não funcionou. Senhor Lee me olhou com uma expressão confusa.

"Oi, senhorita!" Se pronunciou.

"Olá, senhor Lee!" Me curvei.

"Pai... Essa é a Seokmin!" Sunghwa apontou em minha direção.

"Sua namorada?" Questionou me fazendo corar.

"Oh não, senhor!" Balancei minhas mãos freneticamente. "Somos apenas amigos..." Concluí vendo o mais velho sorrir.

"Todos dizem isso antes de assumir..." Brincou.

"Por favor, né pai?" Sunghwa revirou os olhos. "Já que você chegou, vou aproveitar e levar a Seokmin embora..." Se levantou.

"Mas eu falei para sua mãe que estaria aqui quando ela saísse!" Me pronunciei.

"Você estava falando sério?" Me olhou incrédulo.

"Claro..." Sorri me ajeitando na cadeira.

Depois de uma hora, senhora Lee voltou a se juntar a nós três.

"Seokmin, quer jantar conosco?" A simpática senhora me questionou enquanto saímos do hospital.

"Gostaria muito, mas infelizmente não posso... Minha mãe já me mandou mensagem!" Fiz uma expressão aborrecida.

Tinha adorado conhecer os pais de Sunghwa.

"Marcamos qualquer dia?" Senhor Lee sugeriu.

"Claro!" Sorri animada. 


Notas Finais


BOMMMM DIAAAAA!!!!
Como vocês estão?
Só mais "dois" dias e hello férias!!!!!

Então...

Obrigada por ler e até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...