História Meu Alfa Ciumento (Kai - EXO)(2° temporada) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Visualizações 111
Palavras 990
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee
Hahaha! Vcs não sabem o que os aguarda nesse capítulo
Terá momentos emocionantes
Brigas(sem brigas não tem graça)
Reencontros(como o nome do capítulo)
E muitas alfinetadas entre os mais pestes!

Capítulo 3 - Reencontro(pt.2)


Fanfic / Fanfiction Meu Alfa Ciumento (Kai - EXO)(2° temporada) - Capítulo 3 - Reencontro(pt.2)

 Na China  06:37

Suho- peguem suas passagens e vamos! Já temos que embarcar.- todos pegaram suas passagens e arregalaram os olhos quando viram pra onde iriam.

Todos- NOVA YORK?!?!- gritaram em uníssono, com a exceção de suho. Fernando, Bruno e Kauã já haviam embarcado.

Kai- oq diabos vamos fazer em nova York?!- perguntou exaltado

Baek- nem pensar! Eu vou voltar pra Coréia!- disse fazendo menção de sair, mas teve seu braço segurado por suho.

Suho- VC confia em mim?- perguntou e viu o outro Omega assentir- então entre no avião com todos nós- olhou para os outros integrantes- alguma vez eu fiz algo ruim por vcs?- todos negaram com a cabeça- então confiem em mim!- pediu e viu todos se olharem e assentirem em seguida.

Em nova York  19:48

Chan- ah, como é bom respirar um ar diferente- falou sorrindo. Suho havia dito que os encontraria no aeroporto, saíram praticamente no mesmo horário, porém o avião do exo chegou mais cedo. Foram doze horas de viagem e haviam acabado de desembarcar.

Min- nem acredito que estamos livres!- sorria o Alfa. 

Lay- logo, logo todos estarão aqui, o Chen, o Baek, o Kai... O suho...- sorriu bobo

Kyung- MARA!!- gritou

Lay- a é, a Mara tamb- foi interrompido por um grito do menor

Kyung- não, a Mara está aqui! Olha!- apontou pra uma garota de vestes escuras e cabelo curto. Olharam para a frente e puderam ver 5 silhuetas bem conhecidas por todos. Amy foi de encontro ao casal mais velho, que portava 2 carrinhos - assim como o casal ao seu lado - abraçando-os.

Amy- vovô, vovó!- os mais velhos sorriam ao ver a neta e a abraçavam.

Chanyeol demorou um tempo para raciocinar o que estava acontecendo. Só acordou de seu transe ao ver o casal com dois carrinhos azuis, lhe chamando.

Chan- appa! Omma!- abraçou os dois e viu kyungsoo dar um beijo em sua amada.

O momento amorzinho foi interrompido por resmungos e palmas. Olharam na direção dos carrinhos e puderam ver 4 crianças. A mulher loira, que tinha um carrinho amarelo, sorria com a cena.

Amy- esses, s-são...?- olhou para as crianças pequenas com os olhos marejados

Luizy/taeoh- Omma Amy!- gritaram em uníssono

Lu- é a Omma! É a Omma!

Tae- Omma!- o casal mais velho sorriu e pegaram os dois nos braços. Amy pegou os dois filhos nos braços os abraçou

Chanyeol viu os dois pequenos no carrinho com os olhos arregalados.

Ka- é o appa chany?- kasuo perguntou com a cabeça torta para o lado

Kong- é o appa chany!!- afirmou batendo palmas e chanyeol se derreteu com toda aquela fofura. Pegou os filhos no colo e os abraçou com força, lágrimas caiam de seus olhos e foram enxugadas pelas pequenas mãozinhas dos garotos em seu colo.

Minseok, lay, kyungsoo e mara, observavam a cena sorrindo.

Ainda em nova York 20:12

Kai- Eu ainda não entendi o sentido de estarmos aqui!- falou emburrado, passando pelo portão de desembarque.

Suho- vcs vão gostar!- falava pela 345475767° vez. Sinceramente já estava para esmurrar os colegas, não calavam a boca por um segundo se quer.

Se- já que VC diz...

Chen- eu quero ver o Minnie- falou choroso.

Kai tinha um bico no rosto e Baek não estava diferente. Os dois estavam com saudades de seus amados, porém, Kai sentiu uma alegria preencher seu peito e sabia que era Amy. Ele não entendia o por que a mais nova estava tão feliz, a ponto de cobrir todo seu mal humor.

Baek reclamava sem parar e só viu quando Kai largou as malas no chão e saiu correndo em disparada em direção a um grupo de pessoas.

O moreno não podia acreditar, aquilo parecia um sonho! Viu a figura do corpo que tanto adorava marcar e junto a ele, dois corpos pequenos e agitados. Largou as malas no chão e correu em direção aquelas pessoas. Amy, ao ver o corpo do moreno se aproximar, sorriu largamente e deixou escapar uma lágrima, que foi notada por luizy, que enxugou a mesma 

Kai finalmente chegou ao seu destino e parou bem na frente dos três. Olhou Amy no fundo dos olhos para logo em seguida beijar-lhe apaixonadamente. Tomou taeoh em seu colo e os irmãos se olharam confusos.

Tae- Lu, appa poste!

Lu- appa poste?- jongin ao escutar o que o filho havia dito, olhou para eles e luizy pôde confirmar- é o appa poste!- falou alegremente e Amy riu.

Baek só caiu em si quando ouviu o grito de Chen

Chen- MINNIE!!- correu em direção ao namorado. Baek olhou pra figura a frente de dois carrinhos e viu o  maior lhe lançar um sorriso de covinhas, com o rosto um pouco inchado, devido ao choro.

Baek- chanyeol...- sussurrou começando a andar devagar- chanyeol, CHANYEOL!- gritou como se fosse mentira e correu até o mais alto, o abraçando, mesmo com os filhos em seus braços- chany, kasuo, kongshi!- beijou o namorado e os filhos

Chan- baekkie!

Kong/ka- appa baek!- gritaram e baek pegou o mais velho, vulgo kasuo, nos braços.

Baek- meus anjos!

Sehun seguiu seu caminho, porém sentiu algo puxar sua calça. Olhou para baixo e arregalou os olhos ao ver um garotinho muito fofo ali

Ji- appa!- disse e sorriu pedindo colo- appa hun!- sehun sentiu um nó em sua garganta e pegou o garotinho em seus braços. 

Se- VC está tão crescido!- falou com os olhos marejados- meu jihan!- abraçou o menino que sorriu.

Suho e lay se viram de longe e caminharam um até o outro. Lay tomou o Omega em seus braços, o beijando apaixonadamente. Suho envolveu o pescoço do Alfa com seus braços e aprofundou o beijo. O casal xiuchen estava aos beijos também, até uma voz familiar tomar conta do aeroporto quase vazio.

Kris- a quanto tempo!- falou com sua voz grave e todos olharam para si.- vcs não mudaram nada!- os casais e a mulher loira já haviam ido, não queriam atrapalhar o momento dos casais.

Baek- poste de esquina! Que sdds!- falou rindo

Amy- eu nem consigo acreditar nisso!- disse sorrindo.

Sehun abraçava e brincava com o filho, até que entre todas as vozes que tinham ali, a que ele tinha mais medo pôde ser ouvida.

Luhan- sehun?




Notas Finais


Eu disse que ia ser muito amorzinho
Ooohhh, gente! Dá vontade de apertar essas fofuras!
Tá porra sehun! Tu tá lascado! Vai ter que explicar tudo direitinho, Hein!?
Ooohhh gente! Mara vai começar a interagir com todo mundo e vcs vão amar ela, prometo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...