História Meu Alien - Taehyung BTS - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alien, Bangtan Boys, Bts, Imagine Taehyung, Imagine V, Taehyung
Exibições 331
Palavras 1.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OOOIOIOI
hj vai ter a Ana contando o que ela conversou com o Yoongi na caragem...

Capítulo 31 - Capítulo 31


Fanfic / Fanfiction Meu Alien - Taehyung BTS - Capítulo 31 - Capítulo 31

 (S/N) on

- Tae! - vi ele entrando com um pouco de sangue no canto da boca, corri até ele - Meu Deus Taehyung! Sua peste! - batia de leve em seu peito enquanto falava, ele ficou em silêncio - Sério que... aish... sabe quando eu fiquei preocupada?
- Eu sei
- Cerre seus dentes! AISH - me sentei  de volta no sofá ao lado dos meninos
- O que houve com sua boca? Estava em uma briga Taehyung?
- Oh - ele passou a mão pela boca - ai... - soltou um gemido baixo - não não! É que eu... eu quase bati o carro, e bati a boca muito forte no volante, mas tá tudo bem! - ele sorria forçado
- Aish realmente você não sabe nem mentir...  - pensei comigo mesma
- Aigoo! Tá fazendo o que aí parado? Vamos na farmácia cuidar dessa boca Tae!
- Não precisa (S/N) termos curativos aqui - Jin disse - deixe que eu cuido disso - ele sorriu
- Obrigado Jin - me levantei - Eu estou indo garotos
- Mas você já precisa ir? Nem matei às saudadeeeees!  - Hobi
- Oh Hobi eu realmente preciso ir - fui até ele e o abracei - até mais meninos - assenei - Tchau Tae... - eu estava saindo até q ele segurou meu braço
- Tchau (S/N)... cuide-se

  Assenti e sai dali
 
O que vai acontecer agora? Droga... e se o Minsuk resolver enlouquecer? Aish... Tae foi muito precipitado! - chutei uma pedra que se encontra - vá ali em frente a casa de Ana. Toquei a campainha mas nada, ninguém me atendeu

- Droga... - fiz uma ligação para ela

  Ligação on

Ana? Onde você está garota?
 
  Estou te procurando!

  Me encontre na minha casa, vamos jantar lá hoje

   Ligação of

  Peguei um taxi e fui em direção a minha casa

   - Omma! Cheguei!
   - Oh! Filha venha até a cozinha
   - Oi Ayna - ela estava na sala
   - Oi (S/N)
   Fui até a cozinha
  - Sim?
  - Como foi? Deu tudo certo né?
  - Omma, não deu errado, mas também não foi o que eu esperava... no começo ele não aceitou muito, ele também não acreditou que eu estava falando a verdade, mas, depois ele se acalmou e acreditou...  o pior de tudo é que ele foi até a casa do - suspirei - e bateu nele
  - Ah filha...  pelo menos ele acreditou depois né?
  - Sim... a propósito, precisa de ajuda em alguma coisa aqui na cozinha? Chamei Ana para jantar com nós
  - A Ana vem aqui? EBAAAA - Ayna correu até a cozinha pegando um toddynho
  - Vem sim, e ei!  Não beba muito isso, você vai ficar drogada - eu ri e minha omma me olhou seria - desculpe...
  - Não preciso de ajuda não, vá se banhar

  Subi para meu quarto, tomei um banho e vesti um vestidinho florido, sequei meus cabelos e desci, Ana já estava lá brincando com Ayna

  - Oi Ana...
  - Oi! Já volto Ayna - ela veio até mim - então como foi?
  - Vamos conversar depois de jantar, você também pode me contar o que aconteceu com o Yoongi!
  - Tudo bem...

   Fomos até a cozinha ajudar minha omma arrumar a mesa, e depois fomos comer, ficamos conversando coisas aleatórias, eu e Ana lavamos os pratos e subimos para meu quarto

  Tranquei a porta e nos sentamos, comendo algumas balas

  - Vai Ana desembucha!
  - Você primeiro
   - Tá - revirei os olhos e contei tudo a ela
  - Minha nossa...
  - Tá mas não enrola, esquece isso é me conte o que você fez com o Yoongi hoje na caragem - sorri maliciosamente
  - Ei! Não malicie às coisas - rimos - foi assim...

   Ana on

  - Yoongi solte meu braço! Está machucando!
- Não até me dizer por que estava fugindo - ele me encarou
- Droga! Você é idiota ou o que? Se estou fugindo de você é porque não quero conversar!
- Mas eu quero e tenho o direito de saber! - ele estava ofegante
- Eu estava com vergonha! - gritei
  Ele ficou em silêncio por um tempo
- Mas...  vergonha do que?
-  Yoongi pelo amor de Deus, eu me lembro, eu estava bêbada e contei todaaaaa a minha vida a você! Tinha medo...
  - Medo? Medo do que?
  - Que você ficasse com raiva de mim por eu estar bêbada e espalhasse às coisas sobre mim... - estava com os olhos cheios de lágrimas, não me julguem sou de câncer
- Você acha mesmo que sou esse tipo de pessoa? - ele indagou - aish ahaha, sinceramente - dei uma risadinha e prendeu meus pulsos na parede
- Yoongi vou dizer de novo - respirei fundo - solte meus pulsos, por favor...!
- Não, você não vai escapar de mim de novo
- Yoongi para que tanto? Você deveria saber que aquela noite eu estava bêbada, e aquele beijo...
- Aquele beijo?... significou alguma coisa para você? - eu não respondi - ME RESPONDA! - ele gritou
- EU NAO ME LEMBRO YOONGI! JA DISSE QUE ESTAVA BEBADA!
- Vou te fazer lembrar então - ele me deu um beijo antes de me deixar responder, no começo lutei contra o beijo, mas aos poucos fui me entregando
  Depois de nos separarmos ele afroxou meus pulsos
  - Porque para mim significou...  - ele disse
- Yoon-Yoongi... - coloquei a mão na boca tentando segurar minhas lágrimas que insistiam em sair
- Porque você acha que tento de achar até hoje? Já estamos quase no final do ano e eu não me esqueci do beijo daquela noite! Sempre que eu queria se encontrar com você, você tinha uma desculpa! - ele estava nervoso - se esse beijo realmente não tivesse significado nada para mim, não estaria atrás de você... - ele socou a parede - mas pelo visto eu só perdi meu tempo, eu fui só um cara qualquer que te beijou aquela noite - ele disse isso saindo dali, e parecia soltar fogo com os olhos
- Yoongi! Yoongiii! - ele entrou na empresa - isso não pode estar acontecendo...  - sussurei para mim mesma entrando em meu carro

Ana of

MEU DEUS ANA! O YOONGI TA SUPER NA SUA DESDE AQUELA NOITE! PUTA QUE PARIU - eu gritei
- O correto seria, estava - Ana me corrigiu
- E o que você pretende fazer agora?
- Nada
- Nada?! Nem pedir desculpas por achar que ele sairia por aí contando seus segredos? - ela hesitou por um tempo
- Talvez...
- Aish, sinceramente você! - cerrei os olhos
Rimos
- Já está tarde, até amanhã no colégio
- Ate

  Joguei o pacote de bala fora, coloquei meu pijama e fui dormir


Notas Finais


Até que eu gostei de escrever a cena do Yoongi e da Ana


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...