História Meu Amado Irritante. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Violette
Tags Amor Doce, Castiel, Drama, Revelaçoes, Romance
Visualizações 396
Palavras 1.394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oieehhh! Capítulo novo! Espero que gostem <3

Capítulo 11 - Praia.


Fanfic / Fanfiction Meu Amado Irritante. - Capítulo 11 - Praia.

Na Praia...

O céu estava maravilhoso, as ondas estavam em perfeita sincronia, a areia bem úmida, estava tudo perfeito. Nós pegamos  4 sombreiros e colocamos na beira da água, tínhamos 6 cadeiras, deu certinho pra todo mundo. Eu pus minha canga por cima da areia, deitei e peguei o meu bronzeador.

(Castiel)- Quer que eu passe pra você tábua? -Ele sorri-

(Pérola)- É... Claro.

Eu virei e ele põe bronzeador em suas mãos e passar delicadamente nas minhas costas, suas mãos eram bem macias, me dava até alguns arrepios, sentia ele passar na minha bunda bem devagar e percebia que a Rosa e o Alexy me olhavam com cara de tipo: Hum né? Safada. E eu ria bem baixo com a situação.

(Castiel)- Gosta disso bebê? -Fala enquanto desliza suas mãos em minhas nádegas-

(Pérola)- Você está apenas passando bronzeador em mim, não se esqueça.

(Castiel)- Eu sei disso bebê.

(Pérola)- Você está se aproveitando de mim que eu sei. -Eu ri fraco-

(Castiel)- Não tô não. -Ele apalpa minha bunda-

(Pérola)- Ei!

(Castiel)- Eu não fiz nada. -Ele sorri e olha de canto-

(Pérola)- Vou nem falar nada.

(Castiel)- Fale mesmo não, e só aproveite.

Ele não parava de passar a mão pela minha bunda, mas é um teimoso mesmo. Uns 10 minutos depois ele termina de passar o bronzeador.

(Pérola)- Obrigada por "passar" bronzeador em mim.

(Castiel)- De nada.

(Rosalya)- Vamos entrar na água Pérola?

(Pérola)- Só vou me bronzear um pouco, estou muito branca.

(Rosalya)- Ok.

Uns 20 minutos depois eu viro pra frente e pego o bronzeador pra fazer na parte de cima.

(Castiel)- Deixa eu passar também bebê?

(Pérola)- Não precisa, aqui eu consigo fazer sozinha.

(Castiel)- Eu insisto bebê.

(Pérola)- É sério, não precisa.

(Castiel)- Se você não deixar eu conto pra todo mundo o que aconteceu antes da gente ir pra praia. -Ele sorriu maliciosamente-

(Pérola)- Tá Castiel, pode passar... -Eu bufo-

(Castiel)- Obrigado bebê.

Ele põe mais bronzeador e vai deslizando pela minha barriga, nas minhas também, ele passa a mão quase por dentro no meu biquíni de baixo, ele põe a mão sobre os meus seios por cima do biquíni.

(Pérola)- Esse foi o motivo por não querer deixar você passar na parte de cima. 

(Castiel)- Vai me dizer que você não gosta.

(Pérola)- (...)

(Castiel)- Até calou a boca né?

(Pérola)- Aff...

Depois ele para de passar o bronzeador, e eu fico mais 20 minutos me bronzeando.

(Rosalya)- Vamos pra água Pérola?

(Pérola)- Daqui a pouco.

De repente eu sinto alguém me carregar, era o Castiel, ele estava me levando em direção à água.

(Pérola)- Não! Castiel! Não, é sério! NÃO!

(Castiel)- É só um banho bebê.

Ele entra na água e me mergulha.

(Pérola)- Porra Castiel!

(Castiel)- Ninguém mandou você não querer entrar.

(Pérola)- Grrrrrh! Que raiva! -Eu resmungo-

(Rosalya)- Pelo menos você entrou na água. 

(Pérola)- Mas eu não queria entrar agora!

(Rosalya)- Ao em vez de resmungar, se diverte. 

(Pérola)- Fazendo o que?

(Rosalya)- Sei lá, pensa em alguma coisa. 

(Pérola)- Não tenho nada em mente.

(Rosalya)- Eu tenho.

Ela pega uma bola de vôlei, eu, Castiel, Rosa, Lysandre e Alexy brincamos de 5 cortes, o Armin não porque ele só ficava jogando no nitendo. Eu acertei 4 vezes o Castiel e ele me acertou 13 ;-;. Depois paramos pra descansar e formos para areia.

(Rosalya)- Alguém quer sorvete?

(Todos)- Eu.

(Rosalya)- Ok, eu pago.

Eu peguei de baunilha, o Castiel de chocolate, o Lysandre de uva, o Alexy de morando, o Armin de maracujá e a Rosa de cereja. Eu chupo bem devagar (Autora: Lá ele) então eu fui a única que ainda estava comendo, o Castiel foi o primeiro a acabar. 

(Castiel)- Meu Deus, você leva dois séculos pra comer um sorvete.

(Pérola)- Eu não gosto de comer muito rápido.

(Castiel)- Então eu ajudo.

O Castiel lambe o meu sorvete arrancando praticamente a metade dele.

(Pérola)- Porra! Seu guloso!

(Castiel)- Se demorar eu como. -Ele sorri-

Eu terminei de comer o sorvete e o Castiel vem falar comigo.

(Castiel)- Bora pra água?

(Pérola)- Não tô afim.

(Castiel)- Ok.

Ele me segura pela cintura e me empurra até a água.

(Pérola)- Caralho! Para com isso! Merda! Eu ia entrar depois! Aff!

(Castiel)- Cala a boca, se não mesmo calo.

(Pérola)- Venha calar! 

Ele me puxa pela cintura e me dá um beijo selvagem, porém muito bom, ele pede passagem com a língua e eu cedi. Nossas línguas estavam numa sincronia perfeita, ele segurava a minha nuca e eu me aprendia em suas costas. O pessoal todo me olhava com cara de espanto. Uns 5 minutos depois paramos o beijo pela falta de ar.

(Castiel)- Pronto, calei com muita facilidade.

Eu nem conseguia falar, ficava paralisada passando os dedos em meus lábios.

(Castiel)- Quer mais? -Ele morde os lábios-

(Pérola)- É-É... {Puta que pariu! ELE ME BEIJOU! O QUE EU FALO?}

(Castiel)- O gato mordeu sua língua?

(Pérola)- N-Não. {Sério... EU QUERO BEIJÁ-LO DE NOVO}

(Castiel)- Te cedo mais um beijo, quer?

(Pérola)- B-Bem... -Eu coço a cabeça pra disfarçar-

(Castiel)- Eu sei que você quer... 

Ele me puxa pela cintura novamente e me beija, desta vez foi um beijo calmo,  maravilhoso e cheio de vontade. Ele segura a minha bunda e eu seguro a sua nuca, ele mordia e chupava os meus lábios. Desta vez o beijo durou 15 minutos, nunca beijei alguém tão gostoso na minha vida.

(Pérola)- J-Já chega né C-Castiel? O pessoal já está cheio de sorrisos no rosto.

(Castiel)- Ok...

Eu e o Castiel saímos da água e a Rosalya veio correndo falar comigo.

(Rosalya)- Meu Deus! Que beijo foi aquele hein? Eu sempre falei que ia dar amor isso aí.

(Pérola)- Foram só dois beijos.

(Rosalya)- Mas no total vocês ficaram praticamente 20 minutos se beijando.

(Pérola)- Esquece o que você viu ok?

(Rosalya)- Isso você já quer demais! Pera, eu vou comprar batata frita rapidinho.

(Pérola)- Tá.

Eu me sentei numa cadeira é o Lysandre veio falar comigo.

(Lysandre)- Eu sabia que isso iria acontecer.

(Pérola)- Como assim?

(Lysandre)- O Castiel me falou que ele estava afim de uma menina, só que ele não me falou quem era. Então agora eu tenho certeza que é você.

(Pérola)- Nossa. 

(Lysandre)- Também não pensei que seria você. Você vai querer realmente ficar com ele?

(Pérola)- Eu não sei.

(Lysandre)- Ele é um ótimo amigo, e namorado também, como todas dizem.

(Pérola)- Ele já teve namorada?

(Lysandre)- Sim, uma tal de Debrah, que só vivia usando roupas vulgares.

(Pérola)- Porque eles terminaram?

(Lysandre)- Porque ela traiu o Castiel com o representante da turma, o Nathaniel, e é por isso que o Castiel tem um certo ódio por ele.

(Pérola)- Nossa, coitado.

(Lysandre)- Pois é, viramos melhores amigos depois que eles terminaram, o cabelo dele era preto, então ele decidiu pintá-lo de vermelho.

(Pérola)- Faz quanto tempo que eles terminaram?

(Lysandre)- 1 ano.

(Pérola)- Ah, ok.

(Lysandre)- Se você for namorar com ele, é melhor não ser como essa Debrah, se não ele surta de vez.

(Pérola)- Eu nunca faria um papel de puta desses.

A Rosalya chega com duas vasilhas enormes de batata frita.

(Rosalya)- Alguém quer?

(Pérola)- Eu quero.

Eu pego um pouco de batata frita.

(Pérola)- Está muito boa.

(Rosalya)- Pois é.

Todos estavam comendo batata frita, principalmente o Armin. Enquanto eu estava comendo o Castiel se senta ao meu lado.

(Castiel)- Te dou mais se quiser.

(Pérola)- Não exagera, só foram 2 beijos.

(Castiel)- "Por enquanto".

Depois de todos comermos batata frita, nós retiramos as coisas para ir embora. No caminho de volta pro carro, eu estava com preguiça de andar então fiquei lá no fundo com o Castiel. 

(Castiel)- Lerdeza hein?

(Pérola)- Aff eu só tô cansada.

(Castiel)- Hum...

Castiel segura a minha cintura e me carrega.

(Pérola)- O que você tá fazendo?

(Castiel)- Ué? Você não está cansada?

(Pérola)- Mas... 

Quando eu fui falar ele me rouba um selinho, e eu logo me calei.

Nós entramos no carro e formos pra casa, na porta da minha casa o Castiel segurou o meu braço e fala: 

(Castiel)- Putz! Lembrei que esqueci o meu celular na sua casa.

(Pérola)- Então vamos lá, você procura enquanto eu tomo banho.

(Castiel)- Ok.

Eu e o Castie saímos do carro e entramos na minha casa.

Em casa...

(Pérola)- Eu vou tomar banho, enquanto isso você procura o celular.

(Castiel)- Tá.

Eu subi, fui pro meu quarto e tomei um banho e me enrolei numa toalha. Quando eu me saí do banheiro alguém me puxa pela cintura.

(Castiel)- Eu não terminei o que comecei, não foi? -Fala enquanto funga o meu pescoço-

(Pérola)- P-Para Castiel! Você está salgado!

(Castiel)- Esse é o problema?

Castiel pega uma toalha azul marinho do meu guarda-roupa e entra no meu banheiro. 15 minutos depois ele saí com a toalha enrolada na cintura.

(Castiel)- Pronto. Tem mais algum problema?

Ele segura minha cintura e me põe na cama fazendo com que eu fique sob ele. Ele me beija de forma selvagem, mas muito gostoso, ele põe minhas pernas entre a sua cintura e continua me beijando. Agora ele abaixa a minha toalha aos poucos.



Continua...


Notas Finais


Deixarei vcs curiosos(as). Hehehe! Bye e ate o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...