História Meu amado Neko-kun - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Os Vingadores (The Avengers)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Loki, Natasha Romanoff, Nick Fury, Personagens Originais, Pietro Maximoff (Mercúrio), Steve Rogers, Thor, Wade Willson (Deadpool)
Tags Brutasha, Clietro, Neko, Spideypool, Stony, Thorki, Visanda, Yaoi
Visualizações 200
Palavras 921
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olha, eu vou me esforçar pra fazer o melhor lemon possível ok.

Pq não sou especialista nisso.

Obrigada pela atenção.

Capítulo 19 - Finalmente...( ͡° ͜ʖ ͡°)


Fanfic / Fanfiction Meu amado Neko-kun - Capítulo 19 - Finalmente...( ͡° ͜ʖ ͡°)

Por Mimi

Steve chegou em seu apartamento na velocidade da luz, estava tão impaciente que nem ao menos esperou o elevador e subiu de escada, quando chegou ao seu andar coloi Tony no chão. Enquanto procurava suas chaves em seus bolsos apresado. Estava tão consentração em abrir a porta quando as achou, que sua alma quase saiu de seus corpo quando sentiu Tony sussurar um 'Anda logo Steve'em forma de gemido  e mordeu o lobulo logo em seguida. 

Steve ficou atordoado com esse ato que acabou gemendo de ansiedade e frustração, pois realmente estava sofrendo para abrir a porta ainda mais com um gatinho igual a Tony que não parava de se esfregar em si.

Por Steve

" Mais que merda, essa poha de porta não abre,grr, e o meu gatinho também não está ajudando, seu rabo fica se esfregando em minha ereção, ooow assim não dá senhor, suas pequenas mãos em meus fios dourados os puxando levemente enquanto dava leves mordidas em meu pescoço, desse jeito não vou aguentar, aawn."

E depois de muito sacrifício e uma tortura prazerosa mente deliciosa, o loiro abre a porta e por pura anciedade Steve faz com que Tony entrelaça-se duas pernas em torno de sua cintura atacando seus lábios carnudos em um beijo necessitado e cheio de luxuria, uma batalha de línguas era travada por espaço. O loiro fecha a porta com o pé, fazendo um 'baam!', ser ecoado pelo apartamento é por já estar sem paciência, Steve prensa Tony na parede separando finalmente seus lábios um do outro, apenas uma fina linha de saliva unia suas bocas e vezes ou outra impulsionava seu quadril com o de Tony simulando estocadas.

A imagem que estava na frente do loiro era tão exitante para o mesmo, Tony estava com os cabelos desalinhados, olhos fechados pelo prazer que estava sentindo, boca entre aberta e inchadas por conta dos beijos trocados, e soltava gemidos baixos, que aos ouvidos de Steve eram a melodia mais graciosa e prazerosa que já tinha ouvido, e às orelhas de gato só deixaram as coisas mais eróticas, e suas unhas faziam questão de rasgar suas camiseta favorita que no momento não tinha importância nem uma.

Capitão levou seu dedo até às bochechas avermelhadas do menor e as acariciou em forma de carinho, contornos os lábios do menor com seu dedão, e o moreno percebendo esse movimento, lembrou das dicas de Loki e contornou então o dedo de Steve com sua boca, o loiro ficou estático e surpreso com isso, Tony então passava sua língua de cima a baixo vezes ou outra contornando a base de seu dedo, e acabou sobrando um gemido por imaginar o pequeno fazendo esses movimentos em outra parte de seu corpo, só com esse simples gesto o Capitão Rogers pensava que poderia gozar é pra piorar tona a situação Tony fazia tudo isso com uma carinha tão inocente seus olhos grandes e castanhos não tinham um pingo de malícia.

-Oow Tony não me provoque assim, baby!

Exclamou Steve, porém logo se arrependeu do que disse, pois o pequeno parou com os movimentos em seu dedo, e ao tirá-lo de sua boca fez um estalo que sou tão erótico. Fazendo com que o mesmo geme-se em deleito.

- ooow daddy por favor me possua não aguento mais... Aaaanw.

- Claro baby...

Então, Steve em um movimento rápido arraga Tony pelas nádegas o fazendo gemer em surpresa, e o colocou com delicadeza encima do sofá, e o beijou de forma lenta e apaixonada.

Rogers queria brincar um pouco mais com o pequeno Stark porém os dois estavam necessitados de mais para isso. Arrancou as roupas do menor, e ficou admirado com a beleza do mesmo, e pensou " tão lindo, e todo meu.!"

Retirou também o resto de suas roupas ou o que sobrou dela, se deitou por cima de Tony e chupou três de seus dedos os levando ao interior de Stark, porém ao sintir que o mesmo já estava bem lubrificado, gemeu juntamente a Tony pelo contato de ser invadido pelos dedos longos de Steve.

- ooow Tony já tão molhadinho assim pro seu daddy.

Falava o loiro enquanto o estocava com seus dedos longos.

- aaaaw.... Daddy vo.. você m..me deixa assim, aaaah! Acerta aí de novo.

Gemeu manhosa quando foi atingido seu ponto mágico, mais conhecido como próstata. Tony rebolava nos dedos do mais velho. Porém...

...Para a infelicidade do moreno Steve retira seus dedos do interior do menor, para poder então retirar suas calças, posicionou seu membro na entrada do menor, o empurrando pra dentro do mesmo, o fazendo gemer de deleito, por estar tão molhadinho não sentiu dor apenas um desconforto.

Capitão gemia, o pequeno era tão apertadinho, quando finalmente estava todo dentro, esperou que Tony estive-se pronto, recebeu uma rebolado em forma de afirmação, quando deu a primeira estocada logo de cara acertou a próstata do menor, arrancando gemidos manhosos e satisfatórios do mesmo, era tão bom estar dentro dele.

Depois de várias estocadas, os dois gozaram juntos e caíram exaustos encima do sofá. Tony estava por cima de Steve fazendo pequenos desenhos imaginários em seu abdômen. E foi o primeiro a se pronunciar:

- eu acho que te amo stevii. Logo após de falar essas pequenas  palavras o deixou envergonhado.

O loiro ficou tão feliz que se sentou no sofá levando com sigo o moreno, o abraçando com todo amor e carinho.

- Eu também te amo meu gatinho!

E se abraçaram mais ainda como se fosse se fundir, porém o momento fofis foi cortado por um Tony sedente por sexo novamente, então os dois pombinhos voltaram a se amar de forma intensa e exitante.






Contínua...






Notas Finais


Eai gostaram ????


Olha Desculpa se ficou ruim... Prometo melhorar na próxima!


Beijinhos... No Popo ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...