História Meu Amado Vizinho — Imagine SeokJin - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~AngelMarshall

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin
Tags Adultério, Bangtan Boys, Bts, Imagine, Imagine Bts, Jin, Romance, Seokjin, Sexo, Você
Visualizações 330
Palavras 740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus queridos anjos tia Nay chegou, para mais um capítulo espero que gostem.

Boa Leitura.

Capítulo 7 - Você é Especial Para Mim


Fanfic / Fanfiction Meu Amado Vizinho — Imagine SeokJin - Capítulo 7 - Você é Especial Para Mim

- Interessante, tem mesmo certeza disso quer mesmo ficar comigo?

- Depois de você insistir muito você tem dúvidas do que eu falei?

- Pequena, você se fez de difícil durante um bom tempo e estou surpreso de ouvir essa sua resposta. - Me olhou curioso.

- Você correu tanto atrás de mim, que não tinha como negar que você não um homem qualquer é bem melhor que isso.

- É mesmo querida. - Me colocou em cima da mesa.

- É sim ouvir dizer que você é bem selvagem na hora do Sexo.

Começei a tirar sua blusa, o mesmo olhava cada movimento que eu fazia sem se distrair. 

- Pode até ser verdade, mas eu mesmo prefiro mostrar como sou na hora dos Sexo.

Em movimento rápido o mesmo rasgou me blusa, sem tirar os olhos dos meus peitos. Começamos um beijo bem selvagem, paramos o beijo por falta de ar. Ele desceu sua boca pelo meu pescoço e o mordeu, provavelmente para deixar sua marca.

Mas somos interrompidos pelo o barulho de porta se abrindo Jin veste sua roupa rápido e eu dou um jeito na minha já a mesma foi rasgada. A minha mãe apareceu na cozinha toda sorridente.

- Olá Jin, como vai?

- Oi (S/M) estou bem.

- O que veio fazer aqui?

- Vim um pouco de açúcar. 

- Ata.

- Aqui está Jin o açúcar. - Me mãe foi para a sala.

- Depois terminarmos isso.- Fala sexy.

- Obrigado pelo açúcar (S/N) e até (S/M).

- Até Jin.

- Filha posso te pergunta uma coisa?

- Já perguntou.

- Engraçadinha me fala uma coisa seu relacionamento com o Tae  está tudo bem?

- Claro mãe porque não estaria?

- Nada filha é que ultimamente ele está estranho. Realmente minha estava certa.

- Deve o trabalho dele que o deixa muito cansado. 

- É pode ser, bom vou subir e descansar um pouco.

- Ok.

Me sentei no sofá, e começei em tudo que está acontecendo meu relacionamento com o Tae indo de ralo a baixo aos poucos por causa de meu amado vizinho Jin, e de suas palavras antes de embora. 

- Depois terminarmos isso. 

Ele mexe muito comigo, se ser sua amante terei consequências graves mas, não adianta volta atrás já aceitei sua proposta absurda. Decidir ir em sua casa estava com muita vontade de vê-lo. 

Troquei minha blusa e falei para minha mãe que iria da uma volta na praça. Sair de casa e fui em direção da sua toco na campainha eu estava feliz mesmo fazendo coisa errada, Jin é um pecado que amei pecar. Mas minha felicidade acaba quando vejo Katarina que atendeu a porta.

- Olá (S/N) O que você veio fazer aqui?

- Ah eu vim falar com Jin, mas ele deve está ocupado outra hora eu venho.

Antes mesmo de sair sinto alguém segurando meu pulso, vejo que era Jin.

- Tudo bem meu amor pode entrar, depois terminarmos nosso jantar. 

Katarina entra e Jin me olha todo sorridente parecia uma criança que acabou de ganhar um doce.

- O quê você veio fazer aqui?

- Eu vim te ver mas pelo que percebi você está muito ocupado.

- Ciúmes de mim.

- Claro que não queria só te ver, matar a saudade de seu beijo.

Após falar isso ele me beijo apaixonadamente via que tinha paixão mesmo no nosso beijo.

- Eu amo só você pequena.

- Eu também te amo. 

Me celular começou a tocar e quando vejo que era o Tae olho pro Jin e ele faz um sinal para que me atendesse.

- Oi Tae.

- Onde você tá (S/N)?

- Estou na praça por que?

- Estou na sua casa vem pra cá preciso de carinho.

- Ok já estou indo.

- Tá certo amor.

- É melhor você ninguém pode desconfiar de nós. 

- Queria ficar mas tempo com você. 

- Eu sei pequena tudo dará certo no seu tempo. 

- Tchau.

- Tchau.

Dou um último beijo em Jin e volto correndo para casa, quando abro a porta vejo Tae deitado no sofá. 

- Oi amor cheguei.

- Percebi sua mandou eu te avisa que ela foi para sua tia e que só voltaria amanhã. 

- Ok está tudo bem parece triste?

- Apenas me der carinho.

Sentei no sofá e ele colocou sua cabeça em meu colo Tae estava com olhos enxados parecia ter chorado muito.

- O que houver meu amor?

- Minha vó faleceu hoje de madrugada.

- Sinto muito meu amor, sei o quanto era amada por você. 

- Eu te amo.

- Também te amo.

- Você é especial para mim.

- Esse é o problema Tae não meresso ser especial para você. - Penso.


Notas Finais


Pesadelos Sem Fim - https://spiritfanfics.com/historia/pesadelos-sem-fins-imagine-jimin-e-jungkook-10020715 Nossa mais nova fanfic.

Sobre a vó do Tae no capítulo não teve nenhuma ofensa, para depois dizerem que ofendi ele eu nunca faria isso.

Espero que tenham gostado. Até a próxima.

Perfil: @AngelMarshall


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...