História Meu amigo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias TazerCraft
Tags Mitw
Exibições 43
Palavras 422
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Tu sabe ser chato


Mike on- Pac sai da casa emburrado, me lembrando quando éramos crianças e ele dizia que era mais forte que eu mas eu ganhava na queda de braço.
-Vai ficar com essa carinha de birra mesmo?
Pac- Eu adoraria que não falsse comigo como se eu tivesse cinco anos.
-Cacete, você é mal humorado.
Pac-  Não gosto de sair de casa.
-Mas esta tão bonito por aqui, o céu está azul! Não tem uma nuvem...
Pac- Dias com chuva são melhores.
-Deixa de ser chato Pac.
Pac-Mike, é sério. Fico feliz por você está de volta, mas não é preciso que você queira ficar comigo. - Ele parece se arrepender do que falou. Pensamento Pac on "Que porra eu fui falar, claro que eu quero que ele fique comigo, com certeza." Pensamento Pac off.
-Deixa de ser chato, so vem fi. 
O puxo para um beijo demorado, ele cede passagem pra minha língua com facilidade. A boca do Pac é macia e doce, mas tem um gosto metálico muito de leve (N.A: quem tomou sangue sabe que tem um gosto levemente metalico). Nos separamos quando falta o maldito ar.
Pac on- Eu estou realmente apaixonado pelo Mike ainda? Quer dizer, estar eu estou a muito tempo, mas não lembrava que era assim tanto, faz um bom tempo que anulei meus sentimentos.
Ele segura minha mão e continuamos andando, algumas pessoas fazem barulho de repulsa, prefiro ignorar ou pelo menos tentar. Não aguento esses preconceituosos bestas: eu não faço cara de nojo quando um casal hetero passa por mim, eu respeito a decisão deles, então por que eles não são capazes de aceitar os casais LGBT's?
Mike-Chegamos, a casa não é nada de mais, mas... 
-Mas o que?
Mike- Me sinto como um garotinho, isso é meio que realização de minhas fantasias de criança e adolescente.
-Sua fantasia de adolescente era me ter na sua casa?
Tipo, que fantasia bosta.
Mike- Mais especificamente no meu quarto... Com você gemendo meu nome...
Coro violentamente, ele ri e afasta o rosto.
Mike- De qualquer maneira, precisaria de sua autorização...
-Mike, promete nunca me abandonar?
Mike-Eu já disse que sim.
-Tem certeza?
Mike- Claro que sim, - ele aproxima o rosto de novo- Tarik.
-Me mostra onde é o quarto então.
Agora posso ver quem realmente surpreendeu, nem sei porque falei isso, nao tive nenhuma trepada com ninguém minha vida inteira e eu já quero dar pro Mike? 
Ou melhor: por que caralhos eu falei em ir pra cama dele? Jesus, que ele nao me arrombe.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...