História Meu amigo - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias TazerCraft
Tags Mitw
Exibições 44
Palavras 401
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Creepetale


Fanfic / Fanfiction Meu amigo - Capítulo 9 - Creepetale

Narradora on- Mike estava um pouco tenso, fazia anos que não andava naquela cidade e tinha que ter cuidado pra não ser pego.

Ele não sabia como o Purple Guy trabalhava, como se escondia, a melhor opção dele era ter certeza que o Pac estava ou na casa dos pais ou na casa abandonada, so que bem trancada pra evitar que seu amor estivesse morto.

Mike on- Estou na casa abandonada, bato na porta e ninguém me responde.

-Pac?!

Não tenho resposta, encosto na porta que cede muito fácil, meu coração se aperta quando vejo que ele nao está lá, em nenhum andar.

-Purple Guy!

Saio da casa e coloco minha mascara, eu quero a cabeça desse Purple Guy! O Pac não ta aqui, deve ter sido levado, se meu pequeno soubesse que eu voltei não so por ele, mas sim pra matar o Purple Guy, ficaria com medo de mim.

Pac on- Eu estou escondido em um arbusto em uma das avenidas principais, esperando so uma vítima, sempre tem uns adolescentes ou uns velhos bêbados que dizem não sentir medo de mim, mas sempre acabam mortos no fim do noite.

A primeira pessoa que vejo é uma mulher alta, de cabelo loiro, ela parece estar bêbada, encaro minhas facas.

-Faca 1,2 ou 3?

Opto pela faca 2, que é curva, enferrujada e um pouco cega, não deixando cortar de uma vez so, me aproximo por trás e enfio a faca em seu estômago, ela tenta gritar, não me importo e enfio outra facada então ela finamente cai morta.

???- Purple Guy... - é uma voz grossa e firme, me da um arrepio na espinha, mas mantenho a postura firme.

-Quem é você? - minha voz é baixa e rouca.

???- Creepetale, ao seu dispor. Onde ele está?

-Ele quem?

Creepetale-O garoto que mora na casa abandonada: onde ele está?

Calma ai, esse cara me conhece? De onde e como? Será que é alguém próximo a mim ou a meus pais? Seja la quem for, ele aponta uma calibre.38 pra mim.

Creepetale-ONDE ELE ESTÁ?

-Como eu vou saber? E pra que quer saber o paradeiro dele?

Creepetale- Temos uma divida a acertar, nada de mais, mas ele me deve algo.

Dou um passo pra trás, poderia ser o Rezende? Porque eu e Rezende e seu bando temos alguns problemas pra acertar.

Creepetale- Não corra, minha bala não será desperdiçada se você não correr.

-O que você quer Rezende? -merda, fraquejei, minha voz voltou ao normal, o Cara abaixa a arma.

Creepetale- Pac?!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...