História Meu amigo Dragneel - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Sting Eucliffe
Tags Amizade, Fairy Tail, Lucy, Nalu, Natsu, Natsu X Lucy, Romance, Traição
Exibições 130
Palavras 2.004
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi.
Desculpem-me pela demora... Eu estava esperando as ferias começarem para postar o capitulo, mas eu acabei atrasando demais, desculpa novamente.
Eu agradeço pelos favoritos, to realmente muito feliz em saber que estão gostando, e isso só me deixa mais ansiosa para escreve-la.
Bom sem mais delongas , Boa leitura.

Capítulo 5 - Capitulo-5


Sobre a bela vista que estava apreciando, melhor nem comentar. Vocês ficariam com inveja.

Mas como eu amo jogar na cara, vou falar.

Continua ao lado dela, a minha musa, minha BFF, minha amada, minha loirinha. Sim! Lucy Heartfillia.

Não me canso de admira – lá, cara ela é maravilhosa! Pensem o que quiserem, mas a beleza dela é única, geralmente algumas loiras são sem graça-Não to querendo julgar-, mas ela é diferente. Não só por toda a sua beleza, E sim o seu jeito, ela me conquistou tão fácil. Mesmo que sem querer.

Bom voltando à beldade em meu lado, ela estava totalmente concentrada na TV em sua frente, nem ligava direito pra mim. *Carinha triste.

Mas mesmo tão avoada no desenho que passava, não deixava de ser linda, ela fica tão kawai!

Infelizmente, fui tirado de meus devaneios com o som da campainha. Poxa! Deve ser o pessoal, queria ir sozinho para praia com a Lucy, mas ela quis convidar o pessoal. Fazer o que né?

Lucy se levantou, me fazendo ter uma bela visão de sua deliciosa bunda. Mordi meus lábios, Não posso fazer nada, tem que olhar mesmo, afinal, eu posso.

Ela abriu a porta, e claro, acompanhei cada passo que ela dava, fazendo seus imensos glúteos subir e descer sensualmente.

Tava o pessoal todo lá. Levy, Gajel, Gray, Erza, Jellal, Juvia, Mirajane e Laxus.

Iríamos todos para a casa de praia dos pais do Jellal. Já tínhamos decidido tudo.

-Então, vamos?-Gray colocou suas mãos no bolso esperando alguma reposta. Dava pra ver o olhar intenso vindo da Juvia, em direção ao seu namorado. Eles se merecem.

-Acho bom nós irmos mesmo!-Laxus falou sem animo nenhum, mira deve te-lo obrigado a vir. Da dó dele... Só que nunca!

-Acho que já éramos para estar lá, não quero perder nenhum segundo do dia na praia.-Lucy deu seu lindo sorriso. Viajei legal agora.

-Concordo.-A nanica disse ao lado do seu namorado brutamontes. Sim, è Gajel.

-Quero pegar um bronze!-Erza apareceu do nada no meio de mim e Lucy nos abraçando com animação. Mereço. -Vamos jelly.- Da vontade de vomitar com essa melação toda. Affs.

Todo mundo namorando e eu? O importante é ter saúde. É gente sou o solteirão do grupo, Haha lobo solitário, mas agora sou eu e a Lucy. Pow cara! Saca só: nós não temos ninguém em mente, estamos solteiros, somos melhores amigos... Só pode ser coisa do destino, viram? A Lucy ta destinada a ficar comigo no final. Há! Chupa sociedade.

-Vamos então, gente!-Dessa vez Jellal se pronunciou, recebendo de todos um “Vamos”. –Então vai ser assim: Erza,Lucy,Natsu e Levy vem no meu carro, e o resto, vai junto com o Laxus no carro dele.-Dito isso todos assentiram positivos, entrando nos seus devidos carros.

Pegamos nossas coisas e colocamos no porta-malas, entramos no carro, e fomos em direção a casa de praia. Uhul.

...

A viajem não foi tão demorada, mas foi muito boa. A Lucy caiu no sono e se recostou no meu ombro, dormindo ali mesmo. Ela é linda até dormindo, impressionante. E claro que eu fiquei admirado sua bela face, que parecia ser esculpida por anjos.

E como sempre ouvi piadinhas, novidade.

Erza era mesmo indiscreta, se a Lucy estivesse acordada iria ouvir tudo que saia da boca dela. “Ai Natsu, porque não se declara para ela logo? Vocês são tão lindinhos juntos, eu shippo!” Ela falou isso, imagine se a Lucy acordasse quando ela disse isso? Ela iria ficar tipo “WTF”.

Erza sabe que gosto dela já tem um bom tempo, é difícil esconder alguma coisa dela, e se ela descobrir por outra pessoa, o bicho pega! Mas ela é uma ótima amiga, sempre ta junto nos momentos bons e ruins.

Chegamos a casa na praia, era muito bonita, era toda de madeira, num tom escuro. Bem charmoso. Entramos na casa eu fiquei besta, era muito bonito o local, havia dois sofás brancos com uma estante marrom no meio, tinhas jarros de flores que enfeitavam bem aquele local, o tapete era preto, dando um belo contraste aquela simples, mas bonita sala. Tinha uma bancada que separava a sala da cozinha com um mármore também cinza, havendo uns bancos para nos sentarmos. Bem aconchegante, gostei.

Lucy já tinha acordado, mas ainda estava com cara de sono, ao meu lado, e pela expressão dela, vejo que também gostou da casa.

-Gente pode colocar as coisas nos quartos lá em cima. -Jellal chamou nossa atenção.

-Vamos Gray-Sama, a Juvia quer colocar suas coisas no quarto. -agarrou ao barco de Gray o puxando para as escadas indo aos quartos, ele bufou de tédio pelo grude namorada.

-Vamos Mira.-Lauxs envolveu a cintura de Mirajane e foram juntos para quarto.

- Ah! Vamos Lucy.-Puxei sua mão, ouvindo um protesto vindo de sua parte, ignorei. Entrei no quarto qualquer e joguei minhas coisas em cima da cama, e fui junto.

Lucy colocou suas coisas em uma cômoda ao lado da cama. -Acho que vou à beira. -Pegou uma canga da bolsa e um filtro solar. -Você vai agora Natsu?.-olhei pra ela, olhei pra cama. Decisão difícil, por um lado, vou poder dormir mais um pouco, por outro vou poder ver uma loira maravilhosa de biquíni. Não sei por que ainda penso... Que se dane a cama! Vou é aproveitar a vista deliciosa.

...

As águas batiam em suas belas coxas nuas, já estava ficando excitado.

Não queria entrar na água, tava com preguiça ainda, me deitei na areia mesmo. Assim poderia ter uma boa visão da beldade na água.

Senti uma sombra tampando o sol, era o Gray.

-Qual foi cara vai ficar ai? Veio pra praia, pra curtir ou o que? –me perguntou com as sobrancelhas arqueadas. Olhei com tédio.

-Vim ver uma loira maravilhosa de biquíni. Só isso.-Do uma risada maliciosa. Olhando novamente para Lucy.

Ele saiu dali sem falar nada, e foi pra onde todos estavam na água. Fechei meus olhos sentindo os ventos bagunçarem meus cabelos...

Alguém puxa meu pé abro os olhos para ver que era, Lucy. Gray ajuda ela puxando meus braços, chatice.

-EI EI! PARA PORRA! Não Quero entrar na água não!-Choraminguei, que filhos da mãe.

Jogaram-me sem dó na água, ate que não tava ruim...

...

-Vai Luce derruba ela!-Gritei, meus ombros já estavam começando apesar.

Assim fez, derrubou Erza que estava nos ombros de Jellal, eles se desequilibraram, e caíram com tudo na água.

-Uhul, dupla invencível, alguém mais vai encarar?- Digo orgulhoso da nossa vitoria. Sim estamos brincando de briga de galo, algum problema? É muito divertido, se é que vocês me entendem... Luce desceu de meus ombros.

-Nos vamos,-Pronunciou Gray desafiador.-vou tirar essa sua cara de debochado.-Sorriu cínico. Adoro desafios.

Agachei pra Luce subir novamente em meus ombros. Me senti afogado por suas imensas coxas, subiu e nos preparamos, para começar a nossa “briga”.

Juvia veio com tudo tentando derrubar Luce, mas segurei forte suas coxas para ela não se desequilibrar, Luce Não deixou barato e foi tentar derruba - lá dali também, Gray estava desequilibrando.

-Vai Luce!-Ela tentou derrubá-los, mas Gray foi mais rápido e manteve o equilíbrio.

-Não vai ser tão fácil assim Natsu.-sorriu debochado.

-Veremos. -digo correspondendo suas provocações.

Luce tentou mais uma vez derrubar juvia, que já estava um pouco inclinada, deu um empurrão, fazendo com que Gray andasse pra lá e pra cá, tentando não cair, mas foi em vão, dessa vez Luce foi mais rápida e consegui derrubá-los.

-Chupa! Nós somos os melhores Gray! -Luce disse dando língua, e eles olharam feio.

-Acho melhor nós irmos já esta ficando tarde.-Jellal disse tirando nossa animação. Luce desceu de meus ombros, e eu como sempre, reparei em suas belas pernas.

-Também acho já esta ficando frio. -Luxus disse sem demonstrar nenhuma reação.

-Então vamos. - Levy disse indo na frente com o Gajell.

Todos seguimos rumo a casa.

...

-Mas o que como assim?-Exclamava espantada a azulada nanica. - Não tem como consertar isso não?-Insistiu novamente, já estressada. Gajel tentava acalmá-la mas era inútil.

-Não acho que dará jeito, temos que levar num mecânico, não consigo consertar isso, não sei muito sobre carros. - Falou Laxus agachado observando o carro.

-Poxa! E acontece isso nos dois carros! Só pode ser sabotagem!-Erza falou pensativa.

-Bom, mas de qualquer jeito vamos ter que dormi aqui esta noite, não tem jeito, já está tarde. Amanhã de manhã nos levamos os carros ao mecânico. Tem um aqui não muito longe.-Disse Jellal. Ouvi suspiros. Bom vamos ver pelo lado bom, mais tempo junto da Luce.

- A Juvia vai dormir junto do Gray-sama. -arrastou o Gray pra dentro sem deixá-lo responder nada.

-Bom, pelo menos tem quartos suficientes para dormirmos. -Jellal falou e todos nós entramos, já estava ficando mais frio.-São cinco quartos, dá a conta certa. Eu vou dormir Num quarto com a Erza.

-Eu vou ficar com a Levy, vou tentar deixá-la calma. Sussurrou a ultima parte pra ela não ouvir, e saíram de lá.

-Vou ficar no outro com o laxus .- Puxou ele pelo braço, subiram as escadas em direção ao quarto.

Pera aí... Caralho vei! Eu vou dormi com a Luce! Se ela quiser é claro.

-Vocês vão dormir JUNTOS no outro quarto então.- Ela disse dando um ênfase na palavra juntos.-É Natsu, tirou a sorte grande em.- sorriu debochada como sempre.-Então boa noite pra vocês.- saiu dali.

Se estou feliz? Há, claro! Quem não ficaria feliz em dormir com uma loira maravilhosa?

-Vamos então Natsu.-Foi indo na frente, ela parece está com um pouco de vergonha. E eu Estava animado para dormir na mesma cama que ela, não me chamem de tarado, eu não sou, viu? Só gosto dela, e estou prestes a realizar um sonho, o que tem de mais nisso?

 Nós entramos no quarto, era bem bonito e decorado, e... Tinha duas camas, DUAS CAMAS! Que porra é essa, isso só acontece comigo, puta que pariu! Uma cama era de casal e a outra de solteiro... Se controla Natsu, um, dois, três...

Nada dá certo, ninguém merece!

Sentei-me na cama de solteiro enquanto Luce foi tomar um banho.

Ela saiu do banheiro com um baby doll não muito curto, mas que valorizava bastante suas belas curvas, ela corou quando percebia meus olhares a ela. Levantei-me e fui para o banho.

Sai do banheiro ela ainda estava acordada, sequei meus cabelos, me enrolei e tentei dormir, mas não estava conseguindo. Estava frio, e a coberta era fina.

-Natsu, se você quiser pode dormir comigo. -Me impressionei com a iniciativa dela. -Bom, está frio e sua coberta é fina, já a minha e mais grossa, dá pra esquentar nós dois. E a cama também é maior. - A vi corar novamente.

Acenei positivo e fui me deitar ao seu lado, por fora eu estava totalmente sem expressão, vai que ela pensa que sou um pervertido, mas por dentro estava rolando uma festa em tanto.

-B-boa noite. -Sussurrou gaguejando levemente, ficava tão fofa.

-Boa noite Luce.-Me virei de costas par ela não ficar constrangida, provavelmente ela nunca dormiu com um garoto, então esse comportamento é meio que normal.

Tentei dormir, mas tava difícil, ela estava ao meu lado na cama, era ruim se controlar, mas eu não era nenhum maníaco querendo sexo pra agarrá-la ali. Ela é minha amiga, Tenho bastante intimidade, mas fazer isso sem ela querer nunca, respeito ela mais que tudo, mesmo que às vezes fico falando de seu belo corpo, não isso que mais me chama atenção nela. Sim um corpo bonito chama atenção, mas isso não justifica o caráter de ninguém.

E só pra constar novamente, eu não sou tarado apenas observo a obra prima que nesse mundo habita. Ou seja, Ela.

Fiquei de barriga pra cima, e pude ouvi sua respiração, observei aquela bela visão, estava com seus lábios grossos entreabertos, seus suspiros eram lentos e profundos, dava vontade de beijá-los, sim dava, mas me aproveitar dela? Jamais.

Já estava ficando com sono, fechei meus olhos, pensei nela, Sorri. E dormir com pensamentos um tanto que.... Ah, deixa pra lá.

Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Qualquer erro desculpa tá?
Criticas são bem vindas.
Bjs até a proxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...