História Meu amor em vão... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Iris, Jade, Kentin, Kim, Li, Lynn, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Priya, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Senhora Shermansky, Viktor Chavalier, Violette
Tags A Violette É Protagonista
Exibições 60
Palavras 728
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá galera! Mais uma fic pra vcs e espero que gostem! Eu me interessei bastante na nossa personagem Violette e como ela não tem muita atenção do nosso querido público,resolvi fazer uma fic dela,contando sua visão.
Mais chega de conversa,vamos ao cap! :3

Capítulo 1 - A certeza do "não" !


Fanfic / Fanfiction Meu amor em vão... - Capítulo 1 - A certeza do "não" !

Meu nome é Violette,tenho 16 anos e moro em Amoris,na França.

Meu pai se chama Viktor,ele trabalha como advogado e por isso,não tem muito tempo para mim. Ele sempre tem que fazer uma viagem aqui e acolá e mal passa em casa,então costumo a me virar sozinha!

Minha mãe faleceu em meu nascimento,eu às vezes me culpo por ser o motivo de sus morte,mas meus amigos dizem que isto é bobagem,que eu não sabia que minha mãe não iria aguentar tanta pressão.

Falando em amigos...

Me apaixonei por um garoto nova na minha escola! Ele era bonito,extrovertido e tinha um irmão gêmeo que não parecia nada com ele. Mas eu me iludi...

Me iludi por quê ele não gostava de mim!

Bom...Ele não gostava é de garotas mais não de mim literalmente. Mas foi difícil engolir o não por tanto tempo e não me sentia bem por muito tempo.

Um sentimento de qualquer coisa vinha me dominando,um sentimento mutúo que mal consigo explicar. Ela me pertubava,mal conseguia desenhar,só se lembrava do Alexy e era tão pertubador.

Desde então,comecei a ir em baladas e beber,porque me indicaram que beber faz a gente esquecer nossos problemas,mas nada disso adiantou.

Passei dias frequentando boates,cabarés,baladas e minhas notas só foram de mal a pior,mas eu não aguentava mais sofrer e esse sentimento não passava. Passei a me isolar mais do que eu era,estava mais melancólica e toda vez que o Alexy vinha falar comigo,eu nem o respondia.

Além de vê-lo todo feliz com a Lynn e a Rosalya,sofro bullying pela Ambre. Ela acha que eu me isolo só para agradar e chamar a atenção de Castiel,mas ela mal sabe de quem eu gosto...

Eu me envolvi com drogas leves,nunca fui de pegar mais longe. Fiquei mais magra por causa da droga e parei de usar,mais o vício foi tão enotme que resolvi ir no cigarro,só para satifazer meu desejo!

Eu tentei esquecer o Alexy,mais não dá! Ele segurou minha cabeça de um jeito que parecia ser pra sempre.

Aula começando,pego minha roupa de sempre mais não levo minha apostila de desenhos e sim minha mochila,onde tinha dois maços de cigarros,por quê adorava fumar no recreio no jardim.

Abri meu armário que ficava ao lado do Lysandre,ele se importa comigo e eu admiro isso,mas nada me cegava como Alexy! Apenas peguei e gardei alguns livros e ouvi uma voz serena dizer:

- Bom-dia,Violette! -disse Lysandre,que sorria simpáticamente.

- Bom-dia,Lysandre! -forcei um sorriso e uma foz alegre.

- Como vai? -ele pegou im livro de seu armário,pude ver que era de história.

- Bem,obrigada! -falei fechando meu armário e saindo,sem deixar Lysandre falar algo comigo.

Eu não gosto de tratar alguém assim,mas é o melhor que deveria fazer. Fui para o pátio e me sentei em um canto e comecei a fumar ali mesmo,olhando a paisagem familiar que sempre presenciei. Logo fui pertubada pela a Ambre.

- Olha só meninas,o caminhão resolveu sair do posto logo cedo! -elas riram e eu apenas abaixei a cabeça- Pare com esse jeito!Você nunca irá conquistar alguém assim!

- Mais eu não quero conquistar ninguém... -murmurei,olhando pros meus pés.

- O que você disse? -ela e suas amigas fizeram pose de autoritárias- Fale se for mulher o suficiente!

Eu já estava cansada de tanto comentários sobre ao meu respeito na porcaria de bocas dela,foi nessa hora que agi:

- Eu disse que não quero conquistar ninguém!Você é surda por acaso ou quer que eu escreva? -falei friamente,deixando toda minha tímidez de lado para ativar meu modo revolta.

- Olha como você... -a interrompi.

- Eu não olho como eu falo,porque falar é algo auditivo! Além de cega é burra também? -cruzei os braços,esperando resposta da Ambre.

Ambre não disse nada e apenas levantou sua mão,pronta para dar-me um tapa no rosto. Mais alguém segutou na sua mão e esse alguém era o Castiel:

- Ambre,por que não vai encher outro? -ele largou a mão dela bruscamente.

- Aff! Você viu como ela falou comigo e com as minhas amigas,Cassy? -ela colocou as mãos na cintura.

- Se eu fosse ela,eu falaria do mesmo jeito! Agora saia daqui! -Castiel apontou para a entrada da escola.

- Ok! -Ambre se virou para mim- Eu só vou sair porque meu Cassy está pedindo! Nós vemos mais tarde,biscate! -ela deu um pequeno aceno.

- Estou morrendo de medo! -gritei novamente para ela


Notas Finais


Enfim,esse foi o cap! Desculpe estar pequeno,estou escrevendo de madrugada! Mais prometo que na próxima será maior!
Bjos da tia-nutella! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...