História Meu amor Gótico - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Mutilação, Naruto, Sasusaku
Exibições 404
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olha eu aki dnovo 😆😄
Quero agradecer a todos vocês pelos comentários eles me dão força pra continuar com a fic... E também agradecer pelos favoritos, nunca pensei que a minha fanfic fosse agradar tantas pessoas assim, muito obrigado mesmo 😚

Capítulo 6 - Amigos


Fanfic / Fanfiction Meu amor Gótico - Capítulo 6 - Amigos

Acordei as cinco e quarenta da manhã, estava muito cedo mas eu não conseguiria voltar a dormir então me levantei pra mim arrumar pra ir pro colégio, quando comecei a tirar meu moletom que eu usava como roupa de dormir, notei os curativos nas minhas coxas, e foi aí que eu me lembrei da noite passada, me lembrei do Sasuke e dos seus cuidados, Droga! O que esse menino queria?! Primeiro ele me ignora e diz que não me quer aqui,agora ele vem e cuida de mim, Droga! Eu estava confusa, não queria ninguém por perto dessa maneira e agora ele estava mais próximo de mim do que a minha própria mãe, eu teria afastá-lo,custe o que custar!

Depois que eu estava pronta eu escutei leves batidas na porta, logo em seguida Mikoto entrou no meu quarto com uma cara engraçada, pijama de bolinha, pantufa de coelhinho e o rosto inchado de sono, isso era muito engraçado.

-Bom dia Flor. - ela me cumprimentou bocejando. - Nossa você madrugou em?! Já estar arrumada, venha vamos tomar café enquanto o Sasuke acorda.-
Eu apenas sorria minimamente daquela cena, nunca na vida que eu veria a mamãe assim, ela já acordava de cabelo arrumado como uma verdadeira dama, era até nostálgico,mas Mikoto não, ela acordava como uma mulher de verdade, além de sempre está sorrindo.
Chegamos na sala e Mikoto parou subitamente e colocou a mão na cintura,como se estivesse indignada.

-Por Deus?! Vocês não dormiram hoje não?! Todo mundo já está acordado e arrumado?!- Sasuke acenou um não com a cabeça enquanto dava um sorriso de lado e Fugaku foi em direção a esposa sorrindo e lhe deu um abraço e um selinho.

-Não meu amor. Todos dormimos sim meu amor, a diferença é que você acordou tarde mesmo.- Mikoto sorriu e todos fomos tomar café. Sasuke estava lindo, com uma blusa branca e um paletó por cima preto, estava fardado o uniforme da escola, não deixando de lado sua cultura gótico, acho que ele tinha se esquecido da noite passada pois tinha voltado a me ignorar o que era bom e ruim ao mesmo tempo, eu não estava acostumada a ser ignorada.

-Dormiu bem Sakura? - Fugaku me perguntou e eu acenei que sim com a cabeça. - Ótimo na hora que você terminar o café eu te levo pra escola. -

-Ela vai comigo. - Sasuke disse rapidamente com indiferença, como se isso fosse a coisa mais normal possível. Mikoto e Fugaku o encararam de olho arregalados.

-O que foi eu disse algo de errado?-Sasuke perguntou com indiferença fazendo  Mikoto e Fugaku sorrirem.

Depois do café nos despedimos deles é fomos para a garagem,Sasuke me guiou até uma Ferrari preta e abriu a porta pra mim entrar, logo depois ele entrou acelerando e saindo da mansão.

-Quer falar sobre ontem?-Ele me perguntou enquanto olhava pra estrada.

-Não. - 

-Porque não? - 

-Nada. - eu respondi simples

Sasuke passou a mão no cabelo em um ato de nervosismo e parou o carro no acostamento e olhou pra mim.

-Nada? Olha àquilo que eu vi ontem a noite foi nada então?! Por acaso a sua mãe sabe sobre esse nada? - Ele me perguntava nervoso.

-Não, ninguém sabe. Só você.-

-Então me fala o que tá acontecendo com você?-

-Pra que você quer saber? - Eu não entendia o interesse dele sobre mim, ele mal me conhecia.

-Eu me importo. -

-Não foi isso que você demonstrou quando nós nos conhecemos, você simplesmente me ignorou, e quando eu me mudei para sua casa você simplesmente disse que não se importava, ou você acha que eu não ouvi sua discussão com a sua mãe?- Sasuke me olhou pasmo.

-Você... Eu não te conhecia. - Ele falou calmo.

-E ainda não conhece, então por favor se esqueça do que aconteceu ontem e continue me ignorando. É só isso que eu te pesso. - Ele me olhou e sorriu.

-Me deixa te conhecer então, porque eu não consigo mais te ignorar.-

-Eu não quero me aproximar de ninguém. -  Eu falei o encarando.

-Eu também não quero. Só me deixa ser seu amigo por esse tempo que você vai ficar na minha casa. -

-Eu não... -

-Eu não aceito um não como resposta Haruno. - Ele me olhou e sorriu em seguida acelerou o carro e deu partida eu só acenei que não com a cabeça e sorri, onde eu estava me metendo meu Deus?

Chegamos na escola e Sasuke desceu do carro e abriu a porta pra mim, todos nós olhavam, era até esquisito, "olha a novata já chegou pegando" "Não acredito nisso! " esses eram apenas alguns dos comentários ouvidos,Sasuke mantia a face fria enquanto eu queimava a cara de vergonha.

-Ignore. - Sasuke disse piscando pra mim enquanto andava do meu lado.
Entramos na sala de aula e ele puxou a cadeira pra mim me sentar fazendo com que todo mundo olhasse a cena.

-Porque você é assim? -  eu perguntei tentando entender o cavalheirismo dele, isso não era comum entre os jovens de hoje em dia.

-Acho que pela minha cultura, os góticos são mais centrados nessa parte, é como romantismo antigo. -

-Entendo. - Talvez eu não entendesse isso completamente, mas o seu jeito por mais frio inesperado que fosse me encantava.

A aula de geografia estava passando lentamente, e isso era entediante, mas graças a Deus a sirene tocou anunciando o intervalo, guardei os meus materiais enquanto Sasuke me esperava, saímos da sala de aula juntos e todos continuavam a nos encarar, Sasuke passou o braço sobre o meu ombro e fomos em direção a mesa do nosso grupo, Ino olhava espantada pra gente, Sasuke mais uma vez puxou a cadeira pra mim e se sentou do meu lado. Todos da mesa nos olhavam intrigados.

-Não acredito?! Vocês estão mesmo juntos?- Ino perguntava espantada e sorrindo.

-Não. - Eu respondi enquanto Sasuke apenas negava com a cabeça.

-Qual é cara?!Não precisa mentir pra gente. - Neji falava enquanto abraçava a Tenten que concordava com ele.

-Somos apenas amigos. -  Sasuke se pronunciou olhando pro amigo que concordava sorrindo.

-Fala sério! Não vemos nenhum problema em vocês ficarem juntos até porque só vocês dois que estão solteiros aqui nessa mesa, então porque não? -  Tenten falava indignada olhando pra nós.

-Porque não. -  Eu respondi como se fosse o óbvio,enquanto Sasuke saiu pra buscar o nosso lanche junto com os outros meninos, deixando só eu e as meninas na mesa.

-Na boa Sakura, fala o que tá rolando entre vocês. -  Ino falava travessa.

-Nada  Ino. -

-Fala sério! Tem que tá rolando algo, Sasuke nunca te deixaria entrar naquele carro se não estivesse rolando nada. - Eu a olhei confusa. -  Sério que você não sabe?- eu neguei com a cabeça. - Aquele carro foi presente do Itachi, Sasuke ganhou um mês antes do irmão falecer, nem a própria mãe toca no carro dele, e agora você vem pra escola com ele? E outra nunca vimos o Sasuke  olhar pra uma garota como ele te olha, ele foi até  buscar o seu lanche. -  Eu estava até espantada com o que Ino havia me falado, como assim? Sasuke estava apenas me fazendo um favor! Era só isso.

-Não está acontecendo nada meninas, se estivesse vocês seriam as primeiras a ficar sabendo. - Hinata sorriu e Tenten e Ino me abraçaram.

-Eu sei que você me ama. - Ino falou convencida enquanto eu e as meninas ríamos de sua cara, o intervalo passou rápido e voltamos pra sala.

Sasuke as vezes olhava pra mim, era como se ele estivesse me analisando, a aula acabou e voltamos pra casa em silêncio, chegamos em casa e a empregada nos chamou para almoçar e disse que  Mikoto e Fugaku iriam almoçar fora, eu almocei e subi para o meu quarto e Sasuke ainda estava trancado no dele. Escutei batidas na porta.

-Pode entrar. -

-O que você tá fazendo? - Ele me perguntou entrando no meu quarto.

-Tô indo dormir. - Ele olhou pra mim é acenou que não é sorriu.

-Vamos assistir filme! Vem?! - Eu me levantei e o segui entramos em seu quarto e eu me surpreendi com o modelo do quarto dele, era um quarto com móveis rústicos e modernos, tudo na tonalidade preta, as cortinas pretas dava um ar mais sombrio ao local, mas mesmo assim era lindo.

-Pode se deitar lá na minha cama, quer escolher o filme. - ele me disse enquanto eu me deitava e olha pra televisão que ficava na parede nos pés da cama.

-Não, pode escolher. - Eu disse e me cobri com o seu coberto, o cheiro dele estava me deixando embriagada.

-Meu perfume é tão bom assim? - Ele falou divertido enquanto eu me enrolava em seu cobertor.

-Idiota. - Eu falei sorrindo.

-O seu também é bom. - Ele me respondeu sorrindo. - Vamos assistir Jogos Vorazes tá bom?-

-sim. - 

Ele colocou o filme pra passar e se deitou do meu lado.

-Amigos fazem isso? - Eu perguntei pra ele com dúvida.

-Agente faz. - Ele me respondeu sorrindo novamente.

Não sei ao certo até que parte do filme eu assisti, só sei que  meus olhos pesaram e eu apaguei.


Notas Finais


Um capítulo pequeno só pra não deixar o domingo passar em branco😚
Comentem o que acharam 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...