História Meu amor minha vida - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Tags Luan Santana, Romance Sexo
Exibições 29
Palavras 945
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu achei esse hot meio merda, mas é o que temos pra hoje
Boa leitura😘😘

Capítulo 11 - Eu te amo meu bobinho/hot


Fanfic / Fanfiction Meu amor minha vida - Capítulo 11 - Eu te amo meu bobinho/hot

    

       ¥Leticia narrando ¥

  Quando saímos da casa da minha Geovaninha, levamos Sara pra casa do Bruno, pois estava com saudades dele, eu e Weslley estávamos indo pra minha casa, mais lembro que Paulo meu irmão ainda estaria lá, então decidimos ir pra casa do Weslley mesmo.

  Quando meu gatão estaciona o carro na garagem de sua casa ele percebe que não tem ninguém lá.

- sério que você quer continuar, eu posso ser preso!!- ele diz preocupado

- então tá vamos entrar- eu falo mais do nada começa a chover- aff eu mereço- abro a porta e saio correndo com Weslley atrás de mim.

Ele abre a porta e nós entramos, ele grita por alguém e nada.

- estamos só nós dois- ele diz me pegando no colo- vamos lá pro meu quarto- ele sussurrou em meu ouvido me fazendo arrepiar

- eu acho que vai ser meio difícil pra você subir essas escadas comigo no colo não acha??- pergunto beijando seu pescoço fazendo o mesmo se arrepiar, mas o mesmo me coloca no chão

Ele começa a me beijar, um beijo calmo e com desejo, mas logo temos que nos separar por falta de ar

- eu te amo Leh- ele diz ainda ofegante colando nossas testas

- também te amo- respondo  descolando nossas testas e puxando Weslley para seu quarto.

    Quando chegamos em seu quarto ele iniciá outro beijo, mas dessa vez ele cola mais os nossos corpos, fazendo me sentir o volume na sua calça quase implorando pra sair. Enquanto nos beijavamos as mãos de Weslley  passeavam por suas costas, enquanto as minhas iam até a barra de sua camiseta. Ele percebeu que eu estava tentando tirar sua camisa, e paramos o beijo.

Eu o joguei na cama e subi em cima do mesmo que ficou sem reação, retirei sua calça e sua camisa, deixando o apenas com sua cueca box vermelha que estava me deixando louca. Voltei a me concentrar em sua boca, comecei um beijo calmo que foi ficando com mais urgência, logo fui para seu pescoço a onde comecei a chupar, mas logo ele inverteu as posições.

   Foi até a lateral do meu corpo e abriu o zíper do meu vestido, me deixando apenas de sutiã e calcinha, Weslley com uma das mãos começou a me precionar contra seu corpo, beijando, chupando, mordendo e lambendo meu pescoço e com a outra mão arrancou meu ceio esquerdo de dentro do sutiã e sua mão estava alisando e pressionando meu ceio esquerdo me arrancando vários gemidos, logo depois foi dar o mesmo tratamento ao meu ceio direito. Logo em seguida retirou meu sutiã e começou a chupar meus ceios, logo começo uma trilha de beijos que começava de meus ceios e foi até a barra da minha calcinha.

- mor desde quando você ta sem sexo?- ele me perguntou

- desde quando eu fiz greve, ou seja desde ontem- respondi e ele me olhou surpreso

- mas como…

- tô brincando meu bobinho- falei mas logo ele voltou a me beijar

   Fez novamente uma trilha de beijos, mas quando chegou na minha calcinha a tirou de uma só vez e introduziu um dedo em minha intimidade me fazendo gemer, era evidente a pressa que tínhamos um do outro.

- nossa Leh você ta Molhadinha  pra mim…

- ai que saudade do seu toque amor- falei com a voz rouca de prazer

  Sem mais delongas ele introduziu seu membro dentro de mim me fazendo gritar de tanto prazer, ele abafou meu grito com um beijo cheio de carinho e repleto de amor. Logo as estocadas se intensificaram e o suor escorria em seu corpo deixando a imagem de Weslley cada vez mais sexy. Logo chegamos ao nosso ápice juntos.

         ¥Weslley narrando ¥

  Acordei com um relâmpago que iluminou o céu fazendo o maior barulho, estava sentindo um peso em meu peito, dou uma levantadinha e vejo uma princesa dormindo, Leticia, vários flashes da nossa tarde vinheram em minha cabeça.

Pego meu celular que estava em cima do criado mudo e tiro uma foto para guardar de lembrança e coloco a seguinte legenda:
     
"Eu soube que era você no exato momento em que nossos olhares se cruzaram pela primeira vez e você sorriu pra mim. Amor, eu te amo cada vez mais e sempre irei amar. É só você que eu quero, é só você que eu amo! Meu amor, sempre sempre irei te amar. Dizem que o beijo na boca é um pecado horroroso. Meu Deus! por que deixaste um pecado tão gostoso? Eu te amo, eu te adoro, não sou nada sem você, é bobagem, mas eu choro só de pensar em te perder. Esta mensagem é a prova de que meu último pensamento do dia é você. Boa noite amor!"

Guardei essa foto em um álbum em meu celular que só tinha nossas fotos, eu fiquei com muita vontade de postar essa foto no facebook, mas provavelmente ela me mataria e com razão.

  Me levantei com cuidado para não acorda lá, e fui em direção ao banheiro, para tomar um banho quente bem relaxante

            ¥Leticia narrando ¥

  Acordei com o barulho do chuveiro provavelmente meu príncipe estava tomando banho, me levantei com cuidado para não fazer barulho. Fui em direção ao banheiro vi Weslley se enxugando.

- oi- disse e ele levou um susto

- ja acordou?-perguntou

- não ainda tô dormindo e que eu falo e ando dormindo- falei com sarcasmo

- besta- disse e me deu um beijo na testa- te amo

- EU TAMBÉM TE AMO MEU BOBINHO- disse dando lhe um selinho


Notas Finais


-_-'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...