História Meu amor por Lauren Jauregui - Camren - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, Machine Gun Kelly
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Ally, Camilacabello, Camren, Celebridades, Dinah, Fanfic, Fifthharmony, Harrystyles, Homossexual, Larry, Laurenjauregui, Louistomlinson, Machinegunkelly, Normani
Visualizações 731
Palavras 1.234
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo 03.


Fanfic / Fanfiction Meu amor por Lauren Jauregui - Camren - Capítulo 3 - Capítulo 03.

- Isso, você fica com o refrão. - Machine disse para Camila que relia a música mais uma vez.

- Tá. - Camila respondeu assentindo.

- Eu vou ficar com essa parte aqui. - Machine apontou para ao restante da música. - Espero que gostem.

- Está brincando? A música é maravilhosa. - Camila disse.

- E você? O que andou fazendo? - Machine perguntou e se deitou na cama de sua namorada.

- O de sempre, dormir, comer, ir pra escola, ficar com você, ser trouxe pela Lauren. - Camila se aconchegou ao lado dele e deitou a cabeça no ombro dele que fez carinho na cabeça dela.

- Sua vida parece bem cansativa, meu amor. - Ele beijou o topo de sua cabeça.

- Mas até que eu gosto. - Camila disse e se lembrou que Lauren iria fazer show por lá. - Amor! A Lauren vai fazer um show aqui no próximo mês.

- Uou, espero que você consiga abraçar ela. - Machine disse.

- Você vai comigo, não é?

- Claro. - Machine falou e os dois acabaram caindo no sono.

Machine sonhou com flashes, música, ele em cima de um palco e pessoas gritando seu nome enquanto ele cantava. Nos sonhos de Camila, lindos olhos verdes olhavam para ela e a dona deles ia em sua direção para abraçá-la porém quando seus corpos estavam em apenas centímetros de distância, ela acordou. Isso acontecia com grande frequência, nas melhores partes de seus sonhos ela acordava.

Camila olhou para os lados, como se não soubesse onde estava, até se dar conta de que estava em seu quarto com seu namorado, deitados em sua cama, ao invés de estar nos braços de Lauren.

- Machine? - Camila chamou por seu namorado, que não teve reação alguma, além de ter os olhos fechados e respiração calma. - Ei, Machine!

- Oi... - Machine disse sonolento.

- Boa noite...

- Nossa, amor! Boa noite?  - Machine perguntou despertando.

- Sim, a gente acabou pegando no sono... - Camila esfregou seus olhos. - Deve ser 18:00 horas da noite.

- Preciso ir pra casa. - Machine se levantou da cama e passou a mão em seu cabelo para arrumar os fios que ficaram fora do lugar enquanto ele dormia.

- Já? - Camila franziu o cenho.

- Sim. - Ele deu de ombros. - Meu pai vai chegar daquela viagem, que te falei, hoje.

- Sério? Manda um abraço pra ele. - Ela disse e ele beijou a testa dela.

- Tchau, amor. - Ele falou e ela beijou ele.

- Te levo até a porta. - Camila falou e ele estendeu a mão para ela que segurou a mesma e os dois foram até a porta.

- Já vai, querido? - Sinu perguntou indo até Machine.

- Sim, meu pai chega hoje de viagem. - Ele respondeu.

- Mande um abraço para ele. - Ela respondeu voltando para onde ela estava antes.

- Vai pra escola amanhã? - Camila perguntou abraçando Machine que colocou as mãos em sua cintura.

- Não, amor. - Machine respondeu e Camila fingiu estar brava. - Desculpa, tenho que ir em um lugar com meu pai, não me olha assim. - Ele disse apertando ela.

- Af. - Ela cruzou os braços.

- Bom... Eu vou indo, depois eu te ligo. - Ele disse selando seus lábios nos dela.

Ela fechou a porta com um grande sorriso. Ela foi até onde sua mãe estava e sentou ao lado dela que estava vendo alguma novela confortavelmente em seu sofá.

- Mãe, cadê a Sofi? - Camila perguntou apoiando sua cabeça na sua mão esquerda.

- Ela está na casa da sua tia. - Sinu disse sem tirar os olhos da TV.

- Quando ela volta?

- Hoje, seu pai ira passar lá quando sair do serviço.

- Hum... Vou pro meu quarto.

Camila foi até seu quarto e fechou a porta. Machine havia pedido para ela treinar o toque de sua música no seu violão nas horas que ela não estivesse ocupada e foi o que ela fez, pegou seu violão e depois a letra da música, ela calmamente sentou em sua cama e começou a tocar as cordas procurando o ritmo perfeito que se encaixasse na música, já que Machine dedicou a letra para ela, ela dedicaria o toque para ele. Depois de passar o equivalente a uma hora trabalhando naquilo, ela resolveu dar uma pausa e foi até a cozinha para ver se a janta já estava pronta. Seu pai já havia chegado e estava no sofá com uma garrafa de cerveja em mãos.

- Cadê a Sofi? - Camila encarou seu pai.

- Está dormindo. - Ele disse dando mais uma golada em seu bolso.

- Hum. - Ela procurou sua mãe que lia algumas revistas na mesa. - Mãe, estou com fome.

- O jantar já está pronto, querida, é só se servir. - Ela falou folheando sua revista. - Alejandro, o que acha dessa mesa? - Sinu foi até seu marido e Camila deu risada da cara que ele fez, sempre foi assim, quando Sinu lia suas revistas, ela dava prejuízos para Alejandro.

Camila jantou e se lembrou que sua banda favorita iria fazer show por onde ela morava.

- Mãe, pai. - Ela chamou a atenção de ambos. - Lauren vai vim pra cá mês que vem e preciso muito ir ao show.

- Filha, sabemos que você ama ela mas não podemos comprar o ingresso. - Sua mãe disse e seu pai assentiu.

- Harry e Louis disse que ajudariam... - Camila deu de ombros. - Talvez vocês possam dar uma parte... Vou tentar trabalhar na loja da minha sogra e junto dinheiro.

- Bom... Tudo bem. - Alejandro falou.

- Posso ir? - Camila perguntou cheia de esperança.

- Claro. - Seus pais falaram.

Camila sorriu e pulou em cima dos dois abraçando eles que sorriram com a felicidade da filha. Ela foi para seu quarto correndo e pegou seu celular para avisar aos seus amigos que iria. Eles ficaram alegres, ela quase podia ver o sorriso deles através da ligação. Depois seu celular tocou e era seu namorado.

- Oi, amor. - Ela falou.
- Oi... Tudo bem? - Ele perguntou.
- Sim, e seu pai? Já chegou?
- Sim, ele queria que você e seus pais viessem jantar conosco amanhã e eu queria saber se tinha algum problema.
- Claro, vamos sim, vou falar com eles depois e te dou a resposta. - Ela falou e foi até o banheiro.
- Okay, vou desligar agora. Tchau, amor, te amo e boa noite.
- Tchau, meu amor. - Ela falou desligando o celular e apertando ele sobre seu peito. Ela realmente não imaginava sua vida sem ele.

Ela tomou seu banho e colocou seu pijama para dormir. Mas antes de se entregar ao sono, ela foi para as redes sociais de Lauren para saber de algumas notícias mas Lauren apenas havia postado uma foto. [Foto da capa].

- Eu só queria estar no lugar de alguma dessas pessoas. - Camila disse olhando para a foto. - Como pode ser tão linda?

Camila era tão apaixonada por Lauren Jauregui que às vezes se pegava falando sozinha sobre ela. Ela mal podia esperar para o próximo mês, ela fazeria o possível e o impossível para tirar uma foto ou abraçar Lauren. Com esses pensamentos ela acabou dormindo e mais uma vez... Lauren invadia seus sonhos. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...