História Meu anjo da guarda - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carinha de Anjo
Personagens Personagens Originais
Visualizações 51
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Jantar - parte 2


- E então Gustavo, como anda a empresa?. – Verônica perguntou olhando pro homem que sentava a sua frente e ao lado de Cecília.

 

- Tudo bem. – ele se limitou a dizer.

 

- Eu sinto falta de lá sabia, era tão bom. – ela olhava fixamente pra ele.

 

- E seu novo emprego Verônica, está tudo bem?. – Fátima perguntou tentando mudar aquele assunto.

 

- É legal, eu gosto, mas eu preferia estar com o Gustavo...quer dizer trabalhando com o Gustavo. – ela deu um sorriso malicioso e me olhou.

 

- Eu tenho que ir. – se levantou Gustavo. – está tarde.

 

- Fica mais um pouco. – pediu Verônica fazendo uma voz manhosa que enojou Cecília.

 

- Eu tenho que ir, obrigada pelo jantar Fátima, estava ótimo. – o homem sorriu agradecido pra irmã mais velha de Cecília.

 

Ele se despediu e Cecília o levou até o carro, ela estava estranha, parecia irritada.

 

- Esse jantar foi bem constrangedor. – Gustavo tentava quebrar a tensão que ainda existia.

 

- Eu tenho que entrar. – a jovem parecia ter ignorado o que ele havia dito. 

 

- Cecília. – ele pegou lentamente em seu braço. – tá tudo bem?.

 

- Claro que está, porque não estaria?. – ela cruzou os braços e o encarou, Gustavo sorriu daquela atitude.

 

- Isso tudo é ciúmes?. – ele perguntou divertido.

 

- Ciúmes porque? Porque a Verônica praticamente se jogou em cima de você, claro que não. – ela revirou os olhos em negação, ele agora riu mais, ela era linda com ciúmes.

 

- Cecília, eu só tenho olhos pra você. 

 

- Fala isso pra sua amiguinha. – ela ainda estava de braços cruzados.

 

- Para de bobagem meu amor, deixa a Verônica pra lá, eu só queria você. – ele a pegou pelos braços e lhe abraçou, Cecília retribuiu o gesto.

 

- Desculpa. – ela suspirou frustrada. – eu só tenho medo de você não me querer mais. – ela se soltou e encarou aqueles grandes olhos verdes que tanto amava.

 

- Só se eu estivesse louco, o que não é o caso. – ela riu com essa afirmação. – eu te amo meu anjo, eu te amo.

 

- Eu também te amo. 

 

E então eles se beijaram, era sempre como da primeira vez, Gustavo tentava ser o mais delicado possível, não queria ultrapassar nenhum limite, mas Cecília era irresistível.

 

- Tenho que ir. – ele se afastou um pouco.

 

- Eu também tenho que entrar. 

 

- Nos vemos amanhã na hora do almoço.

 

- Sim. – ela sorriu e lhe deu um último selinho antes de entrar. 

 

Quando voltou a sua casa apenas Verônica estava na sala, Fátima deveria ter ido dormir, a ex noviça passou pela mulher e lhe lançou um olhar reprovador, Verônica apenas sorriu e voltou sua atenção a tv.

 

(...)

Era novamente mais um dia de trabalho, Cecília fez todas suas higienes, vestiu um belo vestido preto sem muitos detalhes, prendeu  seus cabelos em um coque, pegou sua bolsa e desceu, como sempre comeu apenas uma maçã e saiu, quando chegou a clínica André já estava lá, ele parecia estar disperso enquanto lia alguns papéis e não notou a presença da jovem.

 

- Bom dia doutor André. – Cecília disse enquanto se encaminhava a sua mesa.

 

- Bom dia Cecília. – ele levantou os olhos até ela. – você está linda hoje. – ela sorriu tímida e agradeceu. – eu queria pedir desculpas se fui grosso ontem, eu estava com uns problemas, mas você não tem culpa disso.

 

- Tudo bem, eu entendo. – a jovem disse compreensiva.

 

- Podemos almoçar hoje? Pra eu me redimir.

 

- Desculpa doutor...eu...eu vou almoçar com o Gustavo. – André apenas concordou com a cabeça e em seguida saiu.

 

Cecília continuou com seus afazeres, pela agenda hoje o dia seria cansativo, Paula ainda estava em casa com gripe e seria só eles dois. O horário do almoço chegou rapidamente e Cecília agradeceu por isso, estava faminta, arrumou suas coisas e saiu, quando chegou ao restaurante sorriu ao ver que Gustavo já a esperava.

 

- Oi. – ela disse.

 

- Oi meu amor. – ele se levantou e lhe beijou os lábios.

 

- Está aqui a muito tempo?. – ela perguntou se sentando.

 

- Não, como está sendo seu dia?.

 

- Cansativo. – ela diz.

 

- Aquele doutor não está te explorando não né?. – a pergunta de Gustavo fez Cecília rir.

- Acho que não é só eu que tenho ciúmes.

 

- Só estou cuidando de você. 

 

- Fica tranquilo. – ela disse. – vamos pedir.

 

Após fazerem os pedidos e almoçarem Gustavo decidiu chamar a namorada pra sair, queria levar Cecília em um lugar diferente.

 

- Que tal sairmos na sexta?. – ele perguntou

 

- Pra onde?.

 

- Quero te levar em um lugar diferente. 

 

- Então eu topo. – ela diz animada. 

 

- Ótimo, sexta às 20h. 

 

Cecília aproveitou os últimos minutos pra ficar com Gustavo, quando teve que voltar a clínica se despediram com um beijo, ela passou o resto da tarde fazendo fichas e atendendo telefones, aquilo estava uma loucura, quando finalmente chegou a hora de ir embora ela agradeceu, arrumou suas coisas e se despediu de André, ele parecia chateado e ela não quis perguntar o porquê. Pegou o primeiro ônibus e depois de um longo dia chegou em casa, o cheiro da comida de Fátima estava ótimo, ela subiu tomou um banho, vestiu uma roupa confortável e desceu, Verônica já estava lá, a cumprimentou com um simples oi e jantaram, Cecília ajudou a irmã com a louça e depois foi pro seu quarto, escovou seus dentes e deitou, estava tão cansada que simplesmente apagou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...