História Meu Anjo Sem Asas - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Alluka Zoldyck, Gon Freecss, Hisoka, Killua Zoldyck, Kurapika, Leorio Paradinight, Personagens Originais
Tags Killugon
Exibições 320
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capítulo!!
Insônia faz isso comigo. Me traz novas idéias.
Tentarei fazer esse capítulo maior que os outros.
Espero que gostem!

ʕ•̫͡•ʔ❤ʕ•̫͡•ʔ

Capítulo 3 - Presentes


Fanfic / Fanfiction Meu Anjo Sem Asas - Capítulo 3 - Presentes

   Levou mais ou menos vinte minutos para Gon, Killua e Alluka chegarem no hotel.

   Ninguém disse nada durante a viagem. Alluka havia dormido. Leorio se concentrava no trânsito. E Gon e Killua ficaram em silêncio. Gon tentava dizer algo, mas não tinha nada em mente para falar. Então disse qualquer coisa que pensou na hora:

  - Ei Killua...

  - O que?

  - É que... bem...

  - Hum?

  - ...
 
  - Fala logo idiota!

  - Ah! Tudo bem se o jantar for pizza?

  - O que?

  - Me desculpe! Eu devia ter preparado algo melhor para te receber! Mas não tive tempo! Desculpe!

  - Era só isso? Tudo bem idiota. Eu e Alluka sempre estamos jantando pizza.

  - Ah que bom! Prometo que amanhã farei algo melhor.

  - Não precisa.

   
    Killua ON

   Quando chegamos no hotel, Alluka acordou. Nos despedimos de Leorio e entramos.
 
   Era tudo tão bonito! O piso era de madeira. As paredes eram azuis escuro com um vermelho sangue. Havia várias pinturas de artistas que nunca ouvi falar. Se bem que não conheço tantos artistas assim.

   - Ei Gon! Aqui é incrível! Aparentemente você gosta de hotéis caros...

   - Foi Ging que queria que eu ficasse nesse hotel. Bem vamos subir logo! Vocês devem estar com fome.

     O quarto de Gon era o 213. Espera! Agora que lembrei de uma coisa:

   - Ei Gon! Dá para eu e Alluka dormimos aí também?

   - Hum? Dá sim! Aqui tem uma cama de casal e outra de solteiro. Você e Alluka podem ficar com a de casal...

   - Não! - Alluka protestou

   - Por que não Alluka? - Eu disse. Onde ela quer dormir?

   - Quero dormir sozinha! Já sou uma mocinha onii-chan!

   - Mas Alluka... Não tem jeito...

   - Eu durmo sozinha na cama de solteiro e você e Gon dormem na de casal juntos! Tem jeito sim!

     Dormir com Gon?! Por que estou corado?... E meu coração disparou de novo?...

   - Eu estou muito cansada onii-chan... Já vou dormir... Gon desculpe... mas amanhã vejo os presentes... tenho um pra você também.... então boa noite...

    Alluka foi entrando e capotando na cama de solteiro. Eu terei que dormir com Gon?... Eu... não acho isso ruim... não sei porquê mas... estou feliz... e nervoso.

   - Ei Killua... Eu posso dormir no sofá perto da cama. Aí você pode ficar com a cama de cas...

   - Não!

   - Hum?

   - Uma... cama de casal é para dois não é? Eu durmo... junto com... você.

   - Tem... tem certeza?...

   - Tenho... Vamos logo! Quero ver meus presentes! Ah! E não se esqueça de pedir pizza.

   - O...Ok...

     Killua OFF

     Gon ON

   Eu não acredito! Vou dormir junto com o Killua? Nem sei se vou conseguir dormir... de tão nervoso que vou ficar...

   Vou pedir logo a pizza. Será que o Killua vai gostar dos meus presentes?...

     Gon OFF

     Killua ON

    Depois que a pizza chegou, eu e Gon nos sentamos na cama e ficamos comendo la. Até que ele pegou uma mochila.

   - Pra que essa mochila Gon?

   - São seus presentes.

   - O que?! Essa mochila só de presentes pra mim?!!

   - É... Eu... sempre ficava na dúvida do que você gostaria mais... então comprava todas as opções... pra você escolher...

   - Gon...

   - Bem! Vamos começar! Primeiro é...

   - Hum...?

   - Fones de ouvido!

   - Fones de ouvido?

   - Bem... É que eu estava em uma loja de eletrônicos, e lá eu comprei seu segundo presente, e ganhei esses fones de ouvido como brinde... olha só...

   - Gon... Essa marca de fone é excelente!! São os melhores fones!... Espera... O que você comprou para ganhar isso de brinde?...

   - Eu... comprei um videogame pra você! Você gosta dessas coisas né? Então também comprei vários jogos!

   - Gon... Isso não foi muito caro...?

   - Não se importe com isso Killua! Deixa eu te mos...
 
   - Me responda.

   - ... Foi sim...

   - Então por que comprou?

   - Ora Killua! Por que você ia gostar! Então valia a pena!

    Gon... você é louco?

   - Vou deixa-lo no canto para não quebrar, amanhã o testamos.

   - ...Ok...

   - Agora o terceiro!

   - O que é?

   - Uma edição super especial dos chocolates de robôs que você gosta!

   - Você tá brincando...

   - É sério. Olha!

   - Gon! Eu te devo a minha vida!!

   - Não não! Ha ha... Killua...

   - O que?

   - Ainda tem muitos presentes mas, estão com o Ging. Quando ele voltar eu te entrego tá?

   - Tudo bem! Quer dizer que acabou por hoje?

   - Ainda não...

   - Hum?

   - Tem mais um...

   - O que?

   - Isso...

      Ele me entregou uma pulseira feita com linha preta com um símbolo do infinito.

   - Uma pulseira? Você sabe que não curto muito...

   - Se você não quiser usar não tem problema! Apenas... Guarde bem...

   - Por que?

     Ele me mostra uma pulseira igual, só que no pulso dele.

   - Ah! Você comprou uma igual.

   - Não.

   - ...

   - Na verdade... eu... fiz essas duas...

   - Você fez?

   - Fiz! Uma para mim, e outra para você. É que, Ging me disse um dia que, para algo que você deseja dar certo, você pode sela-lo em objetos.

   - Algo que você deseja?

   - Bem, é que... eu quero que nossa amizade dure para sempre... então fiz o símbolo do infinito.

   - ...Gon...

   - Depois de ficar tanto tempo longe de você... eu... fiquei com medo de quando nos vimos novamente, nossa amizade não fosse mais a mesma... Então fiz isso para que nunca mais nos separemos de novo..... Eu estava com tanto medo... tanto... tanto...

   - Gon...

    Ele parecia tão triste, e isso me deixava triste também. Então peguei na mão dele e disse:

  - Não precisa ter mais medo Gon... Nós sempre seremos amigos... Não importa o que aconteça... Eu te prometo... que a partir de agora... nunca mais irei sair do seu lado... Não vamos nos separar mais... nunca mais... então não fique triste... por que aí fico triste também... Vamos nos divertir como antes...

   - Killua...

   - Eu prometo que nunca irei tirar essa pulseira! Se você prometer também.

   - Eu prometo.

    Dou um sorriso. Me sinto melhor depois de dizer isso.

   - Killua... muito obrigado... Você... é muito importante para mim...

    Meu coração dispara mais que o normal! Tem algo de errado comigo! Será que eu estou com alguma doença? Ou é simplesmente Gon que me faz sentir assim? Me viro rapidamente pra ele não ver que corei...

   - Bo... Boa noite Gon!

   - Boa noite Killua...

    Acho que não vou conseguir dormir se meu coração não se acalmar.

 

  


Notas Finais


Esse foi mais um capítulo!!
Espero que tenham gostado!!

Kissus!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...