História Meu Anjo Sem Asas - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hunter x Hunter
Personagens Alluka Zoldyck, Gon Freecss, Hisoka, Killua Zoldyck, Kurapika, Leorio Paradinight, Personagens Originais
Tags Killugon
Exibições 189
Palavras 1.133
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capítulo!
Espero que gostem!

ʕ•̫͡•ʔ❤ʕ•̫͡•ʔ

Capítulo 4 - Reunião de Amigos


Fanfic / Fanfiction Meu Anjo Sem Asas - Capítulo 4 - Reunião de Amigos

Killua ON

Eu estava tendo um sonho tão bom. Não consigo entender muito bem. Mas... é calmo... e... relaxante...

 - Bom dia Killua...

Por que estou ouvindo a voz do Gon? Ainda estou sonhando? Deve ser... Vou dormir mais... Para não parar de sonhar...

- Ei Killua. Acorde... Já fiz o café.

Não estou sonhando... É mesmo ele! Abro rapidamente os olhos e vejo ele, sentado ao meu lado com um sorriso incrivelmente gentil.

- Gon?

- Bom dia!

- Bom... dia...

- Venha... Vamos comer... Deve estar com fome.

- Já estou indo... Só vou tomar banho. Pode já ir comendo... Você também deve estar com fome.

- Não tudo bem! Eu te espero. Alluka já comeu, então não vou te deixar comer sozinho.

- Ok então...

Gon é sempre tão gentil. Ás vezes gentil demais. Mas... acho que isso é uma das coisas que mais admiro nele. Não consigo me ver sendo tão gentil com as pessoas igual a ele. 

Ainda estou com sono... Não consegui dormir direito com Gon ao meu lado. Algo que acho estranho pois, antes eu não me importaria muito com isso. Deve ser poque acabamos de nos reencontrar. É... deve ser isso...

Killua OFF

Gon ON

Killua realmente é muito fofo dormindo! Quase não consegui acorda-lo.

Fui esperar Killua no sofá junto com Alluka, que assistia televisão.

- Ei Gon!

- O que Alluka?

- Quero te dar um presente!

- Um presente?

- Não seria bem um presente... Na verdade... É uma coisa do onii-chan que eu peguei e resolvi te dar. Mas não conta pra ele!

- O que? Você pegou algo do Killua sem ele saber e quer me dar!?

- ...Sim... mas é que...

- Allluka você não deveria fazer essas coisas! E se for algo que o Killua goste muito? E depois ver que está comigo? Ele vai ficar bravo!

- Calma Gon! É sim algo que ele gosta muito. Mas... ele queria te entregar isso... Mas acho que... ele não teve coragem...

- Hum?... E.. o que é?

- É isso.

Alluka me entregou um papel com várias coisas escritas.

- Uma carta? 

- Mais ou menos.

- Por que ele me entregaria uma carta?

- Não é bem uma carta. Acho que ele queria te dizer muitas coisas... então foi treinando as palavras certas nesse papel. Mas... parece que ele não te disse.

- Ah... Obrigado Alluka. Mais tarde quando Killua não estiver por perto vou ler. 

- Não conta pra ele que fui eu que te entreguei isso!

- Não se preocupe... Não vou contar.

Estava escrito muitas coisas. Era a folha inteira. Mas tinha algumas palavras riscadas. É melhor eu guardar por enquanto. Quando Killua estiver dormindo eu leio. O que será que ele queria me falar? Droga! Agora estou curioso! 

Gon OFF

Killua ON

Sempre é bom tomar um banho quente. Para relaxar um pouco. 

Quando terminei meu banho vi Gon e Alluka conversando no sofá.

- Bom dia Alluka!

- Bom dia onii-chan!

- Vamos tomar café Gon. Estou com fome!

Havia várias coisas na mesa. Tinha um bolo de chocolate, torradas, bolachas, café, suco e outras coisas.

- Nossa Gon! Quanta coisa!

- É pra compensar o jantar de ontem.

Começamos a comer em silêncio. Até que Gon decidiu falar:

- Ei Killua! Hoje mais tarde o Leorio e o Kurapika vão vir aqui!

- Sério!?

- Sim! E se der Ging também vai!

- É mesmo!?

- Sim! Aí nos vamos poder compartilhar sobre tudo que fizemos esse ano que não nos vimos.

- Tenho muitas coisas para contar!

- Eu também!

- Quando eles vão vir?

- Ás quatro horas da tarde.

- Ah sim...

- O que quer fazer até lá?

- Hum... Deixa eu pensar... Podemos testar o videogame que você me deu!

- É!

 

Ficamos a tarde toda jogando. Nem vimos o tempo passar.

- Ei Gon! Que horas são? 

- ... Já são 15:44. Eles já devem estar chegando!

Até que batem na porta e alguém grita:

- Gon! Sou eu! Abra aqui! Estou com seus amigos!

- É o Ging! Ele deve ter se encontrado com o Leorio e o Kurapika.

- Ei Gon!! Abra logo!!

- Estou indo!!

Gon abre a porta

- Oi Leorio! Oi Kurapika!

- Eaí Gon! - Leorio disse.

- Oi Gon! Quanto tempo que eu não te vejo! - diz Kurapika.

- É! Faz bastante tempo! Mas agora estamos juntos de novo.

- Oi Killua! - Kurapika disse acenando para mim.

- Oi Kurapika! Oi velho!

- Velho?! Eu já disse para me respeitar!

Até que vejo o Ging. Não conversei muito com ele quando Gon o encontrou.

- Oi Ging.

- Olá Killua!

Depois que todos já haviam se cumprimentado. Eu, Gon, Alluka, Ging, Kurapika e Leorio nos sentamos em volta de uma mesa. E começamos a conversar.

- Ei Ging ainda não te conheço muito bem. - Eu disse.

- Mas eu já te conheço muito bem! - Ele respondeu.

- Ham? Como assim?

- Ha ha! Gon não parava de falar de você um minuto! Parecia até um garoto apaixonado...

- G-Ging!!!! - Gon disse, nervoso e meio vermelho.

Como um garoto apaixonado?... Por que meu coração começou a disparar de novo? Acho que preciso de um médico urgentemente.

- Mas é mentira Gon? - Ging retrucou.

- ...Eu só... queria te contar sobre ele... s-só isso...

- E... E o que vocês fizeram durante esse um ano? - Tentei mudar de assunto.

- Nós fizemos tantas coisas! - Gon disse.

Gon contou todas as suas aventuras com o Ging. Também contou sobre a missão atual que eles estavam. Eles estavam atrás de uma pedra, muito preciosa, e perigosa em mãos erradas. Chamada Shinoishi. Uma pedra que poderia causar um caos.

Depois, Leorio contou o ele havia feito. Disse que seu empenho como médico tinha aumentado muito. E já tinha salvado a vida de várias pessoas. E contou mais algumas histórias.

Depois foi Kurapika. Ele disse que não tinha muita coisa para falar. Disse que apenas tinha trabalhado muito, e não fez quase nada de divertido. Mas eu percebi que algo estava incomodando ele.

E por último foi eu e Alluka. Nós contamos sobre os novos lugares que conhecemos. Sobre o que aprendemos, e o que fizemos.

 

Depois de um tempo conversando mais um pouco, já havia ficado muito tarde. E Leorio e Kurapika foram embora. Ging disse que tinha algumas coisas para resolver, mas voltaria no dia seguinte.

- Ei Gon, estou com sono. Já vou indo dormir tá?

- Ok Killua! Já estou indo também, só vou terminar de arrumar algumas coisas aqui.

- Ok.

Killua OFF

Gon ON

Isso! Agora é só esperar mais um pouquinho até ele dormir e eu posso ler a carta! 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...