História •Meu arrogante professor!• «HIATUS» - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), G-Dragon, HyunA, Jay Park
Personagens G-Dragon, HyunA, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, G. Dragon, Hyuna, Jay Park
Visualizações 119
Palavras 1.298
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora, ocorreram alguns probleminhas. Sorry

Espero que gostem

Boa leitura ❤📚

Capítulo 17 - Jantar entre casais.


(S/N) P.O.V

Encarei Park que estava ali parado ao lado da minha omma, não entendi o que estava acontecendo. O que ele faz aqui?

— Eu sou amigo da sua mãe. – Falou vindo em minha direção. — Não sabia que você era filha dela. – Falou.

— Eu esqueci de te contar. – Falei e Min Hee me encarava desentendida. — Mãe, essa é a Min Hee. – Falei e minha mãe sorriu.

— Que bom que fez uma amiga. – Falou e logo voltou a cozinhar.

— Vamos subir. Até mais. – Falei e antes de subir Park me puxou para um beijo.

Retribui o beijo dele e quando nos separamos minha mãe estava nos encarando. Sorri para ela e segurei no pulso de Min Hee e a puxei para subir as escadas junto a mim.

{...}

Eu e Min decidimos assistir um filme, concordei e então descemos as escadas indo para a sala. Ela queria assistir romance e eu queria assistir ação. Ficamos com romance.

— Eu e seu pai vamos sair, Park vai ficar aí com vocês. – Minha me falou, fazendo-me assustar.

— Aish, tá bom. Até mais tarde. – Falei e os dois saíram pela porta.

Min Hee colocou o filme e eu me cobri com minha coberta, Park se sentou ao meu lado e Min Hee estava no canto do sofá. Sorri olhando para a Tv e prestei atenção do filme.

{...}

Chegamos na parte "quente" do filme, eu fiquei completamente corada e a Min Hee ficou rindo. Encarei a Tv mas logo olhei minha mão, o mais velho estava guiando a mesma para debaixo do cobertor.

Colocou minha mão em cima de seu membro coberto pela calça e eu pude sentir sua ereção. Puta que pariu, ele está excitado.

— Já volto meninas. – Park falou e nós assentimos, ele se levantou do sofá e correu para o andar de cima.

Min Hee me olhou e eu sorri, voltamos a ver o filme e então Park já tinha voltado. Ficamos conversando e assistindo o romance.

{...}

Já estava de tarde e o Park teve que ir embora, eu e a Min fomos fazer as tarefas da escola. Ficamos ali pesquisando e do nada a campainha tocou.

Levantei-me da cama e caminhei lentamente até a porta de entrada, abri a mesma e dei de cara com o Jay. O mesmo estava com um buquê de rosas brancas.

— Jay? O que é isso? – Encarei o mais velho enquanto sorria fraco.

— Eu resolvi te fazer um agrado, toma. São suas. – Entregou-me o buquê e eu sorri, ele ainda continua sendo um cavalheiro.

— Obrigada, mas...o que veio fazer? – Perguntei e o moreno sorriu largo.

— Vim te fazer um convite. – Assenti fraco com a cabeça e escutei a voz de Min Hee, a mesma viu o Jay e logo voltou para onde estava.

Sorri e voltei a encarar o Jay.

— Eu e a Hyuna... – Revirei os olhos ao ouvir o nome dela. — A gente decidiu fazer um jantar entre casais, queria saber se você vai com o.... – Parou de falar e suspirou. — O cara que você está ficando. – Falou cabisbaixo.

— Eu vou sim, onde vai ser? – Perguntei encarando o buquê de flores.

Ele passou o endereço e logo nos despedimos, fechei a porta e caminhei até a cozinha. Chamei Min Hee para me ajudar com as flores e a mesma veio sorrindo.

— E aí, o que ele queria? – Perguntou sorridente e foi encher um vaso com água.

— Ele veio me convidar para um jantar em casais. – Falei e o sorriso da Min desapareceu.

— Eu até iria, mas eu não tenho ninguém. – Falou tristonha e eu ri baixo.

— Você vai conseguir alguém. – Falei e ela sorriu.

{...}

Minha mãe e meu pai chegaram em casa e já estava quase na hora de ir para o jantar. Expliquei para eles onde ia e os mesmo permitiram.

— Pra que esse tanto de coisa? – Perguntei me referindo as sacolas na mão do meu pai.

— Amanhã vamos fazer uma "festa" alguns parentes virão aqui para casa. – Minha mãe falou.

— Aah. – Murmurei. — Já vou indo. – Subi para o meu quarto para me arrumar.

Tomei um banho rápido e voltei para o quarto, eu já tinha avisado ao Park para me buscar então ele concordou. Coloquei uma calça jeans branca com rasgos no joelho, uma regata listrada e um tênis cano alto. Fiz uma trança raiz em meu cabelo e passei uma maquiagem simples. (Batom, rímel, delineador e base.)

Assim que pronta peguei meu celular e desci as escadas, sentei-me no sofá e poucos minutos depois escutei a buzina de um carro. Me despedi dos meus pais e sai andando até a porta.

— Oie. – Sorri ao ver o mais velho.

— Uou, que linda. – Selou nossos lábios. — Vamos? – Assenti com a cabeça e caminhamos até o carro.

O moreno abriu a porta para mim e logo em seguida entrei no carro. Park sentou-se no banco do motorista e deu partida no carro, contei a ele onde iríamos e o mesmo foi em direção do restaurante

{...}

Park estacionou o carro e logo descemos do mesmo, segurei na mão do moreno e logo começamos a caminhar para dentro do restaurante. Recebemos olhares de todo mundo e eu me senti desconfortável.

Sorri fraco olhando para o Park e continuei andando, olhei em volta e avistei Jay conversando com a Hyuna. Eu e o Park caminhamos até a mesa e logo que chegamos perto Jay me olhou.

{...}

Estávamos comendo e falando coisas aleatórias até que Jay decidi nos contar uma "novidade".

— Eu e Hyuna estamos pensando em nós casarmos. – Meu coração se partiu em pedaços, encarei Jay com um olhar de desprezo e tristeza.

Park deu parabéns ao Jay e eu optei por ficar calada, não queria mais me intrometer na vida dele. Afinal, não temos mais nada... né!?

— E você (s/a), não vai me dar parabéns? – Jay perguntou me olhando.

— Me desculpe, eu...vou ao banheiro. – Falei levantando-me da mesa e caminhando até o banheiro com passos rápidos.

Park P.O.V

(S/n) não parecia nada feliz com a notícia, eu sei que ela ainda ama o Jay, mas a garota precisa seguir em frente. Eu amo muito ela e quero ver o que ela tem de melhor, quero passar bons momentos com ela.

— Vou conversar com ela. – Falei e Jay assentiu. — Já volto. – Levantei-me da mesa e fui até o banheiro.

Abri a porta e logo vi (s/a) chorando na frente do espelho, havia cacos de vidro por todo o chão e a pia estava cheia de sangue. Cheguei perto da morena e sorri para ela, a mesma me olhou tristonha e logo me abraçou.

— Eu...amo ele. – Falou entre soluços.

— Calma...você tem a mim! – A morena apertou mais o abraço. — Tem que esquecer ele. – Falei e a mesma me olhou.

— E-eu não sei se consigo. – Falou limpando o rosto que estava cheio de lágrimas. — Ele foi alguém muita especial para mim. – Acrescentou.

— Por favor, esqueça ele. Me da uma chance de te fazer feliz. – Implorei a ela.

— Eu te amo, vou te dar uma chance. – Sorriu fraco.

— Obrigado. – Sorri e beijei a morena.

{...}

Decidimos ir embora, Jay e Hyuna começaram a se pegar e percebi que (s/a) não gostou muito. Levantei-me da mesa junto a morena e puxei ela pela mão.

Saimos do restaurante e antes que pudéssemos entrar no carro Jay puxa (s/a) pelo pulso. Virei-me para trás e observei os dois.

— Me desculpe...eu te amo. – Tentou beija-la mas a mesma o empurrou.

— Não me beija, você tem sua noiva. – Falou estressada.

— Jay, solta ela. – Hyuna chegou vendo a cena.

— Eu... – Hyuna interrompeu o Jay.

— Vamos embora, agora. – Ordenou e o mesmo assentiu.

— Até depois Jay. – (S/n) falou e logo entrou no carro.

(S/N) P.O.V

Eu estava completamente triste com a notícia que recebi, não deixei de mostrar o quão magoada eu fiquei com o Jay. Eu amo tanto ele, sempre quis o bem dele.

Me dói tanto vê-lo com outra pessoa que não seja eu...

"Esse foi o pior jantar da minha vida." Pensei.


Notas Finais


Obrigada por ler, desculpa qualquer erro


Até mais ver ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...