História Meu Assassino - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~PinkuPinku

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Assasinato, Assassino, Jikook, Namjin, Park Jihye, Vhope, Violencia
Visualizações 394
Palavras 1.947
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Policial, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores ♥
Desculpem o atraso meus amores, falta e tempo e criatividade.

CHEGAMOS A +100 FAVORITOS, CARAMBA! NOSSA PRIMEIRA FIC JÁ TEM +100 BOLINHOS LENDO, que emoção! ♥♥
Estou feliz e chorosa, cara, EU AMO VOCÊS MEUS BEBÊS! ♥

Hoje pra comemorar também faz 3 meses que essa coisinha aqui foi publicada, meu baby.

E também faz 1 mês que não atualizamos, desculpa, novamente.

Já escrevi coisa demais nessas notas

⚠ Aviso: Capítulo editado. ⚠


~ Até as notas finais

Capítulo 8 - O jogo apenas começou


Alguns minutos depois do assassinato

 *Yoongi Pov*

 O sangue escoria sobre o chão daquele quarto, sujando quase tudo, eu queria muito que aquele corpo em minha frente sumisse em apenas um piscar de olhos...

 - Pronto, só o que me faltava, uma vitima...- Digo alterando minha voz - Você é idiota ? E agora como você vai esconder isso? - Aponto para o corpo e vou até BamBam apertando seu pescoço.

 - Eu dou m-meu jeito - Diz com dificuldade.

 - É bom dar mesmo, se não, seu juro que te mato - Paro de apertar seu pescoço -Quando voltar quero esse corpo escondido e esse chão limpo, se não...você já sabe -Saio do quarto indo até o banheiro limpar minhas mãos. "Esse menino vai dar trabalho" penso comigo mesmo sorrindo de lado.

 - Olá Yoongi - A voz ecoou em minha mente me tirando dos devaneios.

 - Olá Jisoo- Falo assim que percebo que era ela.- 

Eu queria mesmo falar com você - Abaixo a cabeça mas logo a olhando de novo.

 - Sobre? - Um sorriso de simpática brotou em seus lábios, me fazendo sorrir também. 

 - Sobre aquela conversa - Passei meus dedos sobre seu cabelo. 

 - Que conversa? - Ela tira minha mão de seus cabelos.

 - Bem você não vai lembrar, apenas quero que sinta - Coloco seu mão sobre meu peito para ela sentir meu coração desparado.

 *Flashback On* 

- Jisoo vamos sair daqui, já está tarde -Falava calmo tentando tira-la do bar dentro daquela boate.

- Não Yoongi - Ela diz um pouco enrolada por conta do álcool que havia engerido.

- Se não é pelo modo fácil, vai ser pelo difícil - Peguei ela no colo escutando alguns remungos.

- Me solta - Se debatia em minhas costas

- Espera, já irei te soltar - A coloco no banco passageiro do carro, colocando o sinto para ela não escapar, ela se debatia e gritava, mas eu apenas ignorava, dou a volta pelo carro e entro no mesmo.

- Me solta Suga - Jisoo parecia uma adolescente, ela cruzava os braços e fazia bico.

- Quem te contou meu apelido - Pergunto sorrindo.

- Eu vi nos contatos de Jihye - Ela sorri para mim, me fazendo fechar a cara.

- Por que só pensa no Jihye? - Encosto minha cabeça no banco e a olho.

- Porque eu o amo - Se contasse para ela toda a verdade, ela não o amaria.

-Ta bom, que seja - Olho para o volante e sorriu de lado.

- Você quer me falar alguma coisa? - Chegou mais perto de mim entre abrindo a boca - Pode falar qualquer coisa, não lembrarei estou bêbado - Ri alto e eu apenas sorrio de lado.

- Eu gosto de você Jisoo - Mordo os lábios fitando meus pés.

- Eu também gosto de você Yoongi. - Seu sorriso era tão fofo.

- Não...eu gosto de verdade de você -Chego mais perto dela selando nossos lábios....

*Flashback Off* 

 - Yoongi... - Jisoo olha em meus olhos e consigo ver lagrimas formarem aos seus. 

 - Por que está tão assustada? - Abaixo a cabeça e solto sua mão.

 - Você gosta de mim, e eu não gosto de você....me desculpe - Ela me abraçou tão forte e eu podia ouvir seus soluços em meio seu choro.

 - Que abraço bom! - Reconhecia aquela voz, Jimin, com certeza.

 - Eu apenas estava o agradecendo de ter vindo - Jisoo deu uma desculpa e sorriu.

 - Então vai rápido, porque se for agradecer todo mundo por ter vindo, com um abraço, vai demorar bastante! - Sorriu irônico - Me dêem licença - Sai do cômodo, descendo as escadas.

 - Me desculpe, mas tenho que ir-Sorriu para mim e foi atrás de Jimin, realmente , nunca iriei vence-lo

 (...)           

Acordo com o som do meu celular tocando; bufo pegando o mesmo. Era uma ligação. Quem em sã consciência ligaria esse horário, só poderia ser Bam Bam esse moleque vai me dar uma dor e cabeça.

 *Chamada on*

- O que foi caralho?! - Pergunto sem paciência

- Bom dia pra você também, Min Yoongi! - Diz provocativo.

 - Pare de me provocar e diga o que quer logo!

 - Eu vim dizer que Jisoo está grávida. - Diz calmo

 - Como?! E que caralhos eu tenho haver com isso?

 - Como que caralhos?! VOCÊ DORMIU COM ELA E ME PERGUNTA O QUE TEM HAVER COM ISSO! Isso dificulta as coisas pro nosso lado. - Exclama raivoso. 

 - Eu sei, não grite... Jimin está aqui... Não duvido que escute algo! - Dito.

 - Que seja, você que pagar de esperto mas fez merda. - Fala receoso.

 - Eu vou acabar com você, seu imprestável! 

 - Tá, ta... Me desculpe. 

 - Que seja, quero que descubra desde quando ela está grávida e quero todos os detalhes. Vá á aquele lugar que o Jimin não usa á muito tempo, te encontro lá as nove da noite em ponto, não se atrase, imbecil! - Ordeno. 

 - Certo. Até mais! 

 *Chamada off* 


Bufo e desço as escadas, respiro fundo para aguentar Jimin, eu já estava cheio dele.

 - Bom dia Min Yoongi! - Olho para bancada e la estava tomando um café preto.

 - Bom dia - Reviro os olhos pegando o leite na geladeira. - Não quer saber porque estou aqui ? -Pergunta com a voz cínica sorrindo de lado.

 - Não e nem quero saber - Sussuro para que ele não ouvisse.

 - Como disse? - Coloca o dedo no ouvido fingindo não ter ouvido.

 - Nada Jimin - Sento na cadeira do balcão mordendo os lábios.

  - Estou aqui para conversar apenas - Seu jeito cínico e controlador me deixava irritado.

 - Então diga logo o que quer Jimin - Reviro os olhos novamente. 

 - Quem matou aquele menino ontem? - Pergunta me fazendo arregalar os olhos.

 - Como é que é ? - Finjo engasgo.

 - Você sabe muito bem do que estou falando Yoongi.... - Ele lambe os lábios tomando um pouco de seu café. 

 - Eu não estou sabendo de nada Jimin - Mais uma vez finjo, agindo normalmente.

 - Se não foi eu....foi você, está na cara Yoongi, agora pode explicar o porque, e porque dentro de minha casa, em ponto a minha mulher descobrir. -Jimin fala como se sentisse alguma coisa por ela.

 - Eu já disse que não sei de nada! - Levanto da cadeira me irritando. 

 - Não ira me contar? Então vai ser do meu jeito... - Ele se levanta e vai até a porta - Passar bem Yoongi. - Logo abre a mesma e sai, Jimin é esperto não tinha que ser tão descuidado.


(...)

*Jimin Pov*

 Não sou tão burro como Yoongi pensa, vou descobrir isso por bem ou por mal. 

O mesmo estava com um garoto na festa, me lembro dele, mas não me lembro seu nome, Jungkook deve lembrar, assim que chego no quintal de minha casa vejo Jisoo regando as plantas. 

 - Já voltou meu amor? - Ela diz com um sorriso bobo no rosto. 

 - Sim....não quero ficar muito tempo longe de você - Falo abrindo um sorriso falso.

- Ai meu amor, assim eu fico mal acostumada - Ela envolve seus braços em meu pescoço.

- Você tem que ter toda a atenção possível, está gravida e precisa de cuidados....bem preciso falar com JungKook, já venho ajudar você - Dou um selinho rápido na mulher em minha frente vendo ela tirar seus braços de meu pescoço.

 - Okay, e muito bom ver vocês dois se entendendo! - Ela sorri e eu concordo com a cabeça indo até a porta de entrada. 

 Assim que entro vejo JungKook comendo alguns biscoitos sentado no sofá assistindo algum filme sem graça.

- Bom dia Filhinho gostoso... - Falo sexy chamando a sua atenção. 

 - Ei, eu estou tetando assistir e fale baixo, minha mãe está la fora. - Olha para mim, mas logo volta a sua atenção a TV. 

 - Okay, mas, JungKook se lembra daquele garoto que estava falando com você na festa - Mordo os lábios esperando sua resposta.

 - Qual? - Pergunta confuso.

 - Aquele que cheguei bem na hora que vocês iriam brigar. - Sento no sofá em seu lado. 

 - Ah....o Bambam? - Ele diz sem expressão colocando um biscoito na boca. 

 - Sim, isso....muito obrigado filhinho gostoso -Dou um selinho rápido no menor, escutando ele reclamar. Estou quase descobrindo Yoongi, mas algumas coisinhas e você vai se foder na minha mão, penso comigo mesmo e sorriu de canto...

- Mas porque quer saber Jimin? - Pela primeira vez JungKook tira a atenção de seu anime e olha para mim. 

 - Logo descobrirá, baby... - Saio de casa com Jisoo ainda cuidando das flores, logo que me vê sorri

- Meu amor terei que sair.. - Finjo estar triste.

Que pena amor, problemas no trabalho ? - Ela vem até mim.  

- Sim, mas logo volto, em torno de 30 minutos - Dou um selar dela.

 - Então chegara em tempo para o almoço -Jisoo pisca e sai de minha frente para eu poder passar. 

- Volto logo! - Começo a andar revirando os olhos. 

 - Contarei os segundos - Aish! Que mulher melosa.  

- Também contarei... - Entro no carro, logo dando partida, pesco meu celular em meu bolso e digito o número de Chanyeol, um de meus cúmplices.

 *Chamada On* 

- Fala ai, chefe - Chanyeol diz, parecia animado.

- Preciso de um favor - Falo acelerando mais o carro.

- Diga...

- Quero que procure um cara - Chanyeol era muito bom inteligente, iria acha-lo, fácil, fácil.

- Me diga o nome dele ou apelido, só isso serve - Escuto o barulho de alguém gemendo mais prefiro ignorar. 

- Bem, BamBam, esse é o nome ou apelido, não sei - Riu fraco. 

- Ta bom, venha aqui que com cinco minutos acho ele - Diz parecendo exausto.

- Estou a caminho - Desligo o telone indo a caminho casa de Chanyeol.

*Chamada off*

(...)

Chego na casa de Chanyeol, ela era normal, com dinheiro que conseguia. Traficando. Dava pro gasto, ele gostava de ser discreto. 

 Vou até a porta e na mesma hora vendo Byun BeakHyun saindo de lá apressado, o mesmo se esbarra em mim. 

 - Ah... me desculpe, JiHye. Até mais! - Sai correndo. Então era ele quem gemia como uma puta.

 Me corto dos meus pensamentos e adentro a casa dando de cara com Chanyeol. 

 - Cadê ele?! - Pergunto impaciente.

 - Está desacordado... - Arregalo meus olhos. -

 Mas que p... - Sou cortado. 

 - Antes que grite ou qualquer outra merda, ele está apenas desacordado, aonde ele estava se gritasse eu me foderia e você também! - Se explica. Era esperto. 

 - Aonde ele estava? - Pergunto.

 - Ele estava no antigo local que você usava... - Diz hesitante.

 - Como ele estava lá?! Com quem?! - Grito raivoso fechando os punhos.

 - Aposto que estava para fazer alguma pilatragem, também aposto que é a mandante do Yoongi...

 - FILHO DA PUTA! - Grito raivoso.

 - Não grite na minha casa, seu estúpido! - Dita levemente furioso.

 - Como?! - Pergunto me aproximando rodeando minha mãos no pescoço dele, mesmo sendo mais alto e um pouco mais forte eu não fica pra trás.

 - Repete o que disse... Que eu acabo com você e seu amiguinho... - Digo me referindo a BeakHyun. Ele arregala os olhos minimamente tirando minha mão do aperto em seu pescoço.

 - Você não seria capaz! - Afirma incrédulo.

 - Ah seria sim... - Alvo acertado com sucesso.  

- Seu vag... - Se corta quando escuta um estrondo de algo de chocando com o chão vindo de seu quarto.

 - Ele acordou... - Afirma.

 - E jogo apenas começou... - Sorrio de lado




Notas Finais


Espero que tenham gostado, meus amores

Links de fanfics minhas ( com co- autores) caso queiram ler.

My memories; https://spiritfanfics.com/historia/my-memories-6945588

Lembra do dia que você disse que me amava?; https://spiritfanfics.com/historia/lembra-do-dia-que-voce-disse-que-me-amava-6788357

Terrible Obsession; https://spiritfanfics.com/historia/terrible-obsession-7101391


Fanfics das amiguinhas.

Baby On Board (Jikook); https://spiritfanfics.com/historia/baby-on-board--jikook-6837120

A Letter To My Love (Jikook); https://spiritfanfics.com/historia/a-letter-to-my-love--jikook-7084735


Fools (Vhope); https://spiritfanfics.com/historia/fools--vhope-6864598


Are You Ready? (Jikook); https://spiritfanfics.com/historia/are-you-ready-6594662




Bom é isso, amo vocês ♥




~ Kissus 💋💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...