História Meu Baby boy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Incesto, Originais, Romance, Yaoi
Exibições 161
Palavras 452
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Lemon, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura amores 😍😘

Capítulo 1 - Noite passada


Estava deitado ao seu lado, seu cheiro me enlouquecia, seus músculos definidos me excitavam, e sua voz sexy me fazia delirar. Amava acordar ao seu lado, mas ele nunca estava lá, sempre acordava sozinho. Ele acordava muito cedo, para trabalhar, algo que me deixava triste.

Me levantei e ,novamente, me senti um perdedor. Por quê? Por quê ele sempre faz isso comigo? Sempre me deixa sozinho... Será que sou um brinquedo sexual dele? Do meu Daddy? 

Alguém abriu a porta e me cobri.

- Oi Baby.

- Daddy! - meu coração bateu rapidamente de felicidade.

- Venha Baby Boy.

Me levantei e o abracei. Ele passou as mão em minha bunda, fiquei arrepiado.

- Que horas são Daddy?

- Já está bem tarde, tenho que ir. - ele me beijou e me empurrou para a cama.

- Tchau Daddy, ficarei lhe esperando.

- Perfeito.

Ele saiu e fechou a porta. Me estiquei na cama e coloquei meu óculos. Passei as mãos em meus cabelos negros. Me sentei e peguei meu celular, liguei a câmera do celular para ver as marcas da noite passada. Chupões, mordidas e arranhões, como de costume, meu Daddy caprichou. Fui no banheiro e entrei de baixo do chuveiro, senti ,levemente, o gosto doce de seu sêmen em minha boca aquilo me excitou, mas continuei meu banho. Minha bunda estava dolorida e com as marcas de suas mão, me lembrei da noite passada. 

Depois do banho me vesti e fui a cozinha, tomei o café e me sentei no sofá e fui assistir TV. 

O dia se passou rápido, já eram 9:46 da noite, estava esperando ansiosamente pelo Daddy, que provavelmente estava bebendo ou cheirando cocaína, ou fumando maconha. O que já estava acostumado, e nesses dias que Daddy bebia ou fumava eu sempre ia pra cama mais cedo até por que ele era violendo.

Eu estava com saudades mas ele nunca chegava, 10:00 horas, 11:00, 12:00, 1:00 da manhã, até que desisti fui para cama e dormi abraçado ao seu travesseiro.

Acordei sozinho, e bem mal, Daddy ainda não havia chego estava preocupado. Do nada a porta foi aberta com violência, era Daddy.

- Daddy!

- Sai de perto viado. - ele disse com um tom de voz nervoso, esse não era meu Daddy, o meu tão carrinho Daddy.

- Da.... Daddy?- Fui para perto dele, ele me empurrou violentamente o que fez me cair no chão.

- Sai desgraça!- senti o cheiro da cocaína misturada com álcool e maconha.

- De..desculpe D...Da...Daddy.- me levantei, fui para o quarto e me tranquei. Comecei a chorar. Já havia visto ele assim,mas ele nunca havia feito nada comigo.

Medo, ódio, dor, tristeza, era o que eu senti por você, me desculpe Daddy por não ser seu querido Baby boy, e por não ser o mesmo da noite passada.


Notas Finais


Foi mal por demorar para postar estava em semana de provas 😂😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...