História Meu BadBoy ♡ - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Droy, Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Jet, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Silver Fullbuster
Tags Nalu, Romance
Exibições 80
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


oii meus amores voltei pra felicidade de vocês...

Cap ta muito foda hoje... <3


Boa leitura <3

Capítulo 5 - Verdades esclarecidas!


Fanfic / Fanfiction Meu BadBoy ♡ - Capítulo 5 - Verdades esclarecidas!

(Lucy)

 

Meu pai me disse quando cheguei que eu  iria conhecer dois garotos, até ai tudo bem, o que eu não sabia é que esse garoto era o Natsu. Meu mundo tinha acabado de cair, decidi ir tomar algo pra ver se me sentia melhor. Quando cheguei perto da mesa pude ver Levy lendo um livro.

 

 - O que faz ai baixinha?

 Levy – Lu! Eu vi você e o Laxus, estavam magníficos.

- Obrigada baixinha.

Levy – Já soube?

- De?

Levy – Você vai conhecer o filho dos Dragneel ou o Filho dos Eucliffe.

- Você já deve saber quem é o Eucliffe que vou conhecer…

Levy – Não… quem?

- Lembra daquele garoto loiro de hoje na escola?

Levy – Ta me zoando?! Aquele gato?

- Ele mesmo, ele e super fofo.

 

  (Natsu)

 

Eu procurava a loira pra todos os lados, meu pai mando eu procurar a Heartfilia pra nos conhecer- mos mas nada dela. Até que vejo a loira conversando com a azulada, acho que Gajeel vai adorar saber que ela também e da alta-sociedade.

Caminhei até as duas em passos curtos e rápidos, tentandso manter a elegância fazendo com que várias mulheres naquele salão me olhassem. Cheguei perto da loira e quando me viu seu sorriso sumiu do rosto, acho que ela não gosta de mim mesmo.

 

  - Senhorita Heartfilia?

Lucy – Sim?

 - Me daria a honra de uma dança?

Lucy – Natsu me poupe do seu falso cavalherismo, não tenho tempo pra isso.

Levy – Calma Lu! Escuta o que ele tem a dizer.

Lucy – Até você?

Levy – Não esta mais aqui quem disse. – ela fechou o livro que estava na mão e nos deixou a sós.

Lucy – Você Dragneel quero deixar duas coisas bem claras. A primeira: eu não gosto nem um pouco de você. A segunda: Não e porque o meu pai quer que eu vou gostar.

- Não sei o que fiz com você, mas pretendo compensar. Vamos dançar. – À puxei pro meio do salão, ela nem teve tempo de xingar.

Lucy – Voce vai se arrepender.

- Loirinha quero deixar duas coisas bem claras. A primeira: Eu não queria estar aqui. A sengunda: Eu sempre consigo tudo que eu quero, e nesse momento eu quero voce.

 

Vi a loira ficar vermelha e se soltou  de mim, seu rosto estava perto o suficiente pra mim poder sentir o cheiro do seu perfume que com certeza custou mais de quinhetos reais. Quando ela olhou para trás, dei ujm sorriso e ela bufou e saiu pisando forte. Essa garota é com certeza uma caixinha de supresa.

(Levy)

Deixei a loira com o “amor da vida dela” e fui pra um canto isolada, não sou do tipo que socializa com outras pessoas à não ser minhas amigas. Eu achei uma cadeira e fiquei lendo o meu livro. Vi uma sombra se instalar sobre me mim e meu livro foi puxando pra cima era ele Gajeel Redfox.

 

Gajeel – Quer dançar baixinha?

 - Felizmente não te conheço, então não. – Dei um sorriso. Na verdade eu sou super afim dele mas não posso perder minha pose.

Gajeel – Vai baixinha só uma dança.

 - Não me chame de baixinha por favor, não somos amigos.

Gajeel – O que acha de fazermos um acordo?

 - Que tipo de acordo?

Gajeel – Meu amigo e afim da sua amiga… eu sou afim de você e você de mim.

 - Gajeel você não ta com essa bola toda, quem te disse que eu sou afim de você. – Dei um sorriso de deboche, não seria tão fácil quanto ele pensa que é.

Gajeel – Por que não dançamos e conversamos sobre isso. – Ele estendeu a mão pra mim é eu sem querer corei um pouco. Agora já era, eu me entreguei.

 

 Fomos para o meio do salão e começamos a dançar ele parece um muro de tão grande que é.

 

- Sobre o queria conversar?

Gajeel – Você já deve ter percebido que o foguinho e doido com sua amiga?!

- Foguinho? Você quis dizer Natsu! Já percebi sim. Acontece que a lucy não suporta ele, sem contar que eu acho que ela é o Eucliffe estão saindo.

Gajeel – Isso não pode acontecer! Temos que dar um jeito.

 - Gajeel quero deixar uma coisa bem clara, eu posso ser ate afim de você… – Não acredito que disse isso. – Mas eu não vou estragar a felicidade da minha amiga só porquê seu amigo quer ela. – Isso me irritou de verdade.

Gajeel – Não e isso Levy… - Ele não me chamou de boixinha. – O nome dele é Sting Eucliffe e sabe por quê ele quer a Lucy?

- Não, por que?

Gajeel – Porque foi descutido um casamento com a herdeira Heartfilia e o herdeiro Dragneel, mas os Eucliffe tentam derrubar os Dragneel a gerações... – Eu o interrompi.

- Ta me dizendo que ele só está usando minha amiga?

Gajeel – É está conseguindo, olha. – Ele apontou e eu pude ver Lucy sorrindo igual uma boba e Sting beijando sua mão.

 

Meu sangue ferveu quando vi aquilo, eu queria ir lá e acabar com essa palhaçada mas não era a coisa racional a se fazer no momento. Eu estava pensando no que fazer perto de Gajeel quando o irmão mais velho da loira, Laxus, nos puxou prá um canto.

 

- O que foi Laxus?

 Laxus – Vou tirar a Lucy daqui, ela não pode ficar com Sting.

- Então você também sabe. – Olhei para Gajeel e me senti uma tonta por desconfiar dele. – Tudo bem, o que vamos fazer?

 

Laxus nos explicou o plano, seria na hora da renião onde apenas os homens mais poderosos particpam, Laxus não poderia nos ajuidar pois estaria com seu pai e Gajeel também. Chamei Erza e Juvia e expliquei a situação e vi em seus olhos que se ela encontrasse com Sting ele poderia encomendar seu caixão, Erza o mataria da pior forma possível.

 

(Autora)

    (Dentro da sala de reunião …)

 

Igneel – Pensei que estavamos de acordo Lucy se casará com Natsu!

Jude – Vamos todos manter a calma senhores.

 Dentro da sala de encontrava os líderes de várias potências mundiais: Heartfilia, Dragneel, Eucliffe, Redfox, McGardem, Scarlet, Fernandes, Fullbuster entre várias outras.

Sting – Isso é um jogo, quem conquista-la primeiro fica com ela… tic tac… - Fez com os dedos com se fosse um relógio. – O tempo está passando Natsu, vou tirar tudo de você e ainda vou levar a loira de brinde. – Deu um sorriso debochado e uma veia saltou na testa de Natsu. O rosado se levantou com uma aura sombria.

Natsu – Como ousa trata-la como um prêmio? Eu vou acabar com sua raça desgraçado…

 

 

… Continua…


Notas Finais


O que sera que o Natsu vai fazer agora? eu tinha tanta esperança no Sting! o que Levy vai fazer sobre o que Laxus disse?...

Próximo cap: Ponto de Convergência

Até amanhã amores <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...