História Meu breve amor - SinRin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias G-Friend
Personagens Eunha, SinB, Sowon, Umji, Yerin, Yuju
Tags Coupleshipp, Eunha, Gfriend, Kpop, Sinb, Sinrin, Sowon, Umji, Yerin, Yuju, Yuri
Exibições 63
Palavras 2.302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), FemmeSlash, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeong!! Sinrin,me conquistou. Essa fanfic estava entocada no meu pc,então,resolvi posta-la. Meu primeiro couple feminino <3

Capítulo 1 - 42 horas


 

  Hwang Eun-bi,ou simplesmente SinB,era uma garota muito inteligente,divertida e dedicada.Conhecida por muitos como a garota que nunca para,por ela sempre está a fazer algo,seja em relação aos estudos,ou sua casa,ela nunca parava.Um dia,a morena estava retornando a sua residência quando fora abordada por uma bela menina de longos fios escuros e com o sorriso mais doce que já presenciara em sua vida. A jovem estava usando um leve vestido branco na medida de seus joelhos.Seu olhar transmitia paz,isso era incrível.

 

  A menina desconhecida não falava nada,apenas a observava.Suas orbes escuras estavam fixadas nas orbes azuladas,claro devido as lentes recém compradas,da mais alta.Só haviam as duas naquela pequena rua,se não fosse por algo dentro de si pedindo-lhe para permanecer no mesmo lugar com aquela pessoa estranha a sua frente,SinB já teria dado um jeito de sumir dali.

 

  Faziam-se alguns minutos que as duas estavam numa espécie de transe profundo olhando uma para a outra,como se precisassem disso para continuarem respirando. SinB,poderia respirar livremente se parasse de se perder no mar indecifrável que era o olhar da menina,mas a outra por sua vez,nem se quisesse poderia voltar a respirar.

 

  No dia anterior,uma jovem de família rica havia falecido naquele lugar devido a um acidente de carro.A garota tinha apenas vinte anos e estava a caminho de sua tão amada faculdade de dança.Era para ser um dia feliz,entretanto,fora o pior dia para a pobre.

 

 

“Me ajude,por favor” A estranha quebrara o silencio.Ela parecia triste,mas sua voz soava doce aos ouvidos da morena.

 

“Se estiver ao meu alcance” Proferira,SinB que mesmo receosa sentia que poderia confiar naquele ser misterioso.

 

“Você é a única que pode me ajudar” E realmente era.Apenas SinB,conseguira ver e falar com o espírito da menina morta.

 

“Por quê? Não entendo.Como assim,apenas eu?” Talvez,o medo estivesse apossando-se de si neste exato momento.

 

“Não precisa temer a mim” Mencionou já que podia sentir tudo o que a mais alta sentia.

 

“Como sabes que estou um pouco temerosa?”

 

“Eu posso sentir tudo o que você senti” Respondeu simplista.

 

“Você só pode está pagando alguma aposta,certo?” Sorriu “Mas,olha,eu não tenho tempo para isso,okay? Meus pais estão me esperando para podermos almoçar todos juntos.Eles prezam muito isso” Explicou e quando já estava indo embora começou a ter pequenos flashes.Neles apareciam a menina que conhecera a pouco.Ela estava feliz,mas seu sorriso mudara drasticamente dando assim lugar á lagrimas de dor. “O-o que está...?” Mais flashes a atingiram. Yerin,era assim que o motorista a chamara,mas ela não respondia.Suas vestes estavam completamente cobertas pelo seu sangue.Em sua cabeça havia uma rachadura.Era horrível. “Para...por favor...para” Implorou a jovem caindo de joelhos no chão assim que Yerin,soltou seu braço.

 

“Me desculpe por isso,mas você não iria entender de outra forma” Mencionou.

 

“O que você é,e o que quer comigo?” SinB,estava abalada com o que acabara de ver.Era de mais para a pobre menina. “Você está morta,eu vi” Apontou para o lugar do acidente.

 

“Sim,eu realmente estou morta” Respondera o que fez com que a morena arregala-se suas orbes oculares. “Eu quero que você me ajude a encontrar uma pessoa”

 

“Mo-morta” Respirou fundo,fechou os olhos e contou até dez como se tudo aquilo fosse apenas fruto de sua imaginação,o que não seria loucura já que a garota se esforça de mais;Todavia,para sua decepção,aquilo era mais real do que poderia imaginar. “Como você....? Você me tocou,como isso é possível?” Um fantasma não deveria fazer isso,ou deveria?perguntou-se mentalmente.

 

“De alguma forma estamos ligadas uma a outra,por isso você pode me ver,ouvir e sentir” Explicou.

 

“Ligadas?” Suspirou ao pôr-se de pé novamente.

 

“De vidas passadas,SinB” Sorrira docemente “Éramos muito próximas,mas parece que eu acabei morrendo antes de nos conhecermos nesta vida” Comentou apontando para o uniforme da outra. “Faculdade de musica,certo?” Assentira “Era para onde estava indo ontem,talvez se eu não tivesse falecido,hoje já teríamos nos visto” Concluiu.

 

“Que loucura. Nossa,eu...” Dera uma breve pausa. Yerin,parecia ser uma 'pessoa' legal,mas daí á ajuda-la? “Yerin,eu realmente lastimo muito sua partida tão repentina,no entanto...” Fora interrompida.

 

“SinB,apenas tenho duas alternativas para tudo isso. A primeira;Você me ajuda e eu poderei voltar a minha antiga vida. Ou a segunda; Você simplesmente me ignora como se nunca tivesse me visto e eu ficarei presa neste lugar para sempre,já que espíritos não morrem,pois já estão mortos.” Fora direta.

 

 

Eun-bi,gostaria de proferir um audível e firme não para a menina a sua frente,mas simplesmente não podia.Algo dentro de si a estava instigando positivamente para que ajudasse essa pobre alma solitária.

 

 

“Okay,Yerin” Disse por fim,arrancando da outra um enorme sorriso de seus lábios e por um breve momento,SinB desejou toma-los para si.

 

                                                        [...]

 

  A jovem lhe levara até um homem que poderia fazê-la reencarnar em seu antigo corpo o que deixou a mais alta surpresa. Mas,isso não é coisa de filme? Perguntou-se.Ele era uma espécie de bruxo muito poderoso e um de seus poderes era fazer almas perdidas retornarem aos seus corpos,mas isso só dava certo com aquelas pessoas que morreram antes de concluir sua missão aqui na terra e esse era o caso de Yerin.

 

  O lugar era normal.Não haviam caixões espalhados pelo pequeno jardim,nem gatos pretos por todo lugar. Nem de longe se parecia com as casas de feiticeiros daqueles filmes de terror que a menina costumava ver com sua família.

 

  SinB,tocara a campainha da residência que logo fora atendida por um homem na faixa etária de uns trinta anos,fios escuros,pele alva como a neve que carregava em si uma discreta tatuagem de crucifixo no antebraço.A garota iria proferir algo,mas o homem já sabia do que se tratara. O mesmo podia sentir a presença de Yerin,mesmo não podendo vê-la.Então,ele as guiou até um quarto onde ficavam seus materiais de feitiçaria.

 

 

“Como se chama,como morreu e quando isso aconteceu?” Perguntou sem delongas ao adentrarem no local.

 

“Jung Yerin,ontem,devido a um acidente de carro letal” Disse para que,SinB,repetisse ao homem,e assim fora feito.

 

“Yerin,se posicione bem ao centro daquela estrela de Davi desenhada no chão” Mandou o homem que soube que fora devidamente obedecido quando a morena assentira em positivo. “Não se preocupe,não vai doer nada e também vai ser bem rápido.Esse feitiço é um dos mais simples que costumo fazer” Mencionara ao pegar seu livro de feitiçaria e encantamentos. “Kamyhart oxuback perinat gumpauiat.Trinstonmenopt arepoulit gumpdenruont sunpgunt tanmunpt. Ubum.Ubum.Ubum.Ubum.Ubum .ABOURNT UBUMM” Disse por fim.

 

“ Somente isso?” Perguntou.A garota pensou que fosse haver ventania,portas e janelas batendo por conta do vento,entre outras coisas,mas ao invés disso,algumas palavras que ela nunca iria compreender o que significavam,fora proferidas pelo homem.

 

“Não estamos em um filme minha jovem” Respondeu simplista pondo seu livro aonde antes estava.

 

“SinB,eu continuo aqui” Mencionou triste.Se coração pudesse chorar,o de SinB,estaria bombeando gotículas de lagrimas e não de sangue.

 

“Não deu certo” Comentou “Ela continua aqui senhor” Completou.

 

“Isso leva tempo minha jovem” Confessou “Sua amiga estará de volta ao nosso mundo após quarenta e duas horas do feitiço”

 

“Depois desse tempo ela voltara a viver?” Assentiu.

 

“Mas,é bom que saibam que quando isso acontecer,ela não lembrara de nada do que fez durante sua estadia no mundo dos espíritos”

 

“Como assim?” Perguntou a morena.

 

“Durante a sua transição,suas memórias serão eliminadas,como se elas nunca tivessem vindo á acontecer” Explicou.

 

“Então...” Suspirou “Ela não se lembrara de mim?” Assentiu.

 

 

  SinB,sentiu uma fisgada em seu peito.Por mais que conhecesse a menina a poucas horas,ela já tinha adquirido um enorme carinho pela mesma.E como Yerin,disse,elas se conhecem de vidas passadas,por tanto,é claro que sentiria tal coisa pela mesma.Mas,esse sentimento era diferente de todos os outros já sentidos por,Eun-bi.

A jovem se despedi-o do mais velho e fora em direção a sua casa,mas parou quando percebeu que, sua mais nova amiga não estava a seguindo.

 

 

“O que aconteceu? Por que não está me seguindo?” Perguntou.Não queria separar-se da mais velha agora.Ainda lhe restavam algumas horas e ela estava disposta a passa-las com,Yerin.

 

“Você não pode,SinB” Disse.Sua voz soava triste.

 

“Eu não posso o quê,Yerin?” A duvida estava lhe corroendo.

 

“Eu sinto lembra?” E por um momento a morena torcera para que seus sentimentos estivessem errados. “Você e eu...” Uma lagrima solitária escorrera em sua face. “Nunca poderemos,SinB” Mencionara por fim.

 

 

  E seus sentimentos não estavam errados como desejara. Eun-bi havia se apaixonado por Yerin,assim como,Yerin também havia se apaixonado por SinB. Em um mundo real,isso não deveria acontecer.Espíritos não sentem,certo? Errado,eles também sentem e,era isso que estava ocorrendo com a dona do sorriso doce.

 

 

“Yerin” Envolvera a menina em seu braços para acalma-la.As pessoas na rua a olhava como se fosse louca,mas a única coisa que lhe importara no momento era ter a “pequena” em seus braços.

 

“Eu irei me esquecer de você,SinB” Sua voz soava embargada devido as lagrimas que insistiam em escorrer por sua face que,logo foram secadas por Eun-bi.

 

“Vamos viver o agora,Yerin” Sorrira “Eu nunca havia me sentido assim antes.Acho que é isso que as pessoas qualificam como amor!” Exclamou “Parece maluco,e é,eu me apaixonei por um espírito” Rira de si mesma “Mas,foi mais forte que eu,pode ter certeza” Disse por fim.

 

“Eu não quero esquecê-la,SinB” Encostara sua cabeça no peito da morena que logo voltara a lhe envolver com seus braços.

 

“Vamos para casa “pequena” Yerin. Deixaremos o destino ditar o que deveremos fazer”

 

 

  Eun-bi,levou sua “pequena” para casa.Durante todo o momento,elas sempre estavam juntas.Na hora do almoço com os pais,Yerin estava lá ,na hora do filme em família,a menina também estava e até na hora dos estudos elas não se desgrudaram.Cada minuto era precioso.

 

 

“Espíritos dormem?” Perguntou a nível de curiosidade.

 

“Não.Nós não fazemos nada além de vagar por aí sem rumo,ou ficarmos presos no local da nossa morte” Comentou.

 

“Yerin,dorme comigo hoje,por favor”

 

 

  A garota queria apenas ter a “pequena” em seus braços novamente,dormir ao seu lado e acordar pela manhã com um doce sorriso da outra.E assim aconteceu.A jovem pode sentir o suave aroma de morango que Jung,tinha mesmo sendo apenas uma matéria,ela exalava um gostoso aroma do fruto avermelhado.E o sorriso singelo e verdadeiro que recebera ao acordar lhe dera energia imediata.

 

  O amor é assim,as vezes vem para nos decepcionar,mas por outras ele nos cura de doenças e dores,nos trata do cansaço e nos ensina coisas que nunca nem se quer ouvimos falar ou presenciamos. 

 

  Yerin,estava amando cada segundo ao lado de Eun-bi,mas sabia que uma hora isso iria acabar e a garota iria prosseguir sua vida sem ela.

SinB,estava ciente do que aconteceria.Quando o relógio marcasse meia noite,Yerin,desapareceria de sua vida para sempre.A dor de perdê-la,estava cada vez mais presente.Era impossível não sentir-se assim e as duas sabiam disso.

 

 

“SinB” Chamou,pondo-se encima da garota “Eu quero que se lembre de mim para sempre” Mencionou seu desejo absoluto.

 

“E como não iria lembrar da minha primeira paixão?”

 

“Eu quero que hoje seja um dia especial,SinB”

 

“Não estou entendendo,Yerin. O que você planejou?” Perguntara.

 

“A nossa primeira e última vez,SinB!” Exclamou a garota,logo selando seus lábios.Ah,como as duas desejavam aquilo.Um beijo cheio de sentimentos verdadeiros.

 

“Tem certeza disso,Yerin?” O medo de prejudica-la era maior.

 

“Eu quem deveria perguntar,ou se esqueceu que és a mais nova?”

 

“Tudo bem então” Sorrira antes de tomar os lábios de sua “pequena” para si em um beijo que começou calmo e sereno,mas que,logo foi se tornando intenso e necessitado.

 

 

SinB,inverteu as posições,agora ficando por cima e consequentemente,Yerin,em baixo.Essa seria a primeira vez das duas,claro que não seria perfeito tecnicamente,no entanto, sentimentalmente seria.

A morena começou a dar falsas investidas em Jung,fazendo com que suas intimidades se chocassem,iniciando assim mais um beijo necessitado.

 

 

“Si-sinB” disse por entre gemidos após a mesma começar estimular seu clitóris ainda coberto pela peça intima.

 

“Vamos nos livrar desse vestido” Disse,com luxuria.

 

 

  Eun-bi,se livrou da peça de roupa da menina a esquecendo em algum canto do quarto,logo iniciando um caminho de beijos e chupões da sua virilha até seus doces lábios onde os tomou novamente em um beijo que só fora encerrado por falta de ar.

 

 

“SinB,por favor,não me tortura mais” Implorou.A  jovem já sentia-se excitada o bastante para dar o próximo passo.

 

“Yerin,essa também será minha primeira vez,então por favor se eu te machucar me avisa,certo?” Fora assentida.

 

 

  SinB,tratou de se livrar da ultima peça que restara ao corpo da “pequena”,direcionou sua atenção ao rosto da mesma que estava coberto por suas mãos,que ser mais adorável,pensou.A garota então,começou a estimular a intimidade da outra com uma das mãos e com a outra apalpara seu seio esquerdo,enquanto sua boca ia deixando pequenas mordidas em sua coxa direita. Yerin,estava delirando de prazer,mas a jovem queria mais,muito mais.

 

 

“Ma-mais Ra-rapido” Pedira,repleta de prazer pela ação da outra.

 

“Como quiser,”pequena”.

 

 

  A menor,aumentara a velocidade o que fez Yerin,arquear as costas quando a morena acertou seu ponto estimulante.O ressoar dos gemidos roucos eram como musica aos ouvidos da “maior”.Mais algumas investidas e a “pequena” Yerin,chegara ao seu ápice.

Para Eun-bi,aquele com certeza seria um dia difícil de ser esquecido.Ter Yerin,totalmente entregue a si foi maravilhoso.

 

 

“Eu te amo,SinB” Confessou a menina aconchegando-se nos braços da morena.

 

“Se é errado ou não,eu também te amo,Yerin” Proferiu,depositando um breve selar nos lábios da outra,logo dormindo mais uma vez com sua “pequena” em seus braços.

 

 

  A morena,dormiu demasiado e,acabou perdendo a única chance de se despedir de seu primeiro e único amor. Yerin,já havia ido embora,já havia reencarnado em seu antigo copo,entretanto, antes de partir deixara um pequeno bilhete para sua eterna paixão;

 

 

Para: SinB

 

Oi,SinB,já é hora de partir.Digo isso muito contra gosto,pois,por mim continuaria a viver com você,no entanto, sabemos que isso seria impossível por eu ser um espírito e você um ser vivo.

 

Lembra quando disse que estamos ligadas devido as vidas passadas? Não era mentira,nós já fomos varias coisas uma da outra,mas ontem foi a nossa primeira vida como um casal.

 

Eu realmente te amei,e sempre “lembrarei” de você.

Eu te amo,SinB.Você  sempre estará marcada em meu coração.

Até algum dia,quem sabe,certo?

 

Da sua “pequena”

 

 

“Para sempre irei amar,Jung Yerin!”

 

 


Notas Finais


O que estão achando?
Até a próxima atualização.
Meu Twitter @EuAmoKpop13


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...