História Meu "Colega" De Casa | Vmin - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vkook, Vkookmin, Vmin, Yoonseok
Exibições 319
Palavras 1.431
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Não deu como adiar mais...
Agora momento agradecimento, Obrigada por todos que favoritaram a fic, a todos que comentaram, me apoiaram. Sério, confesso... Essa é minha primeira fic que consegui terminar (de várias que eu tentei) Eu espero escrever outras fics na qual vocês gostem!!
Obrigada por tudo ❤❤❤

Agora... Até... Falo mais lá embaixo...

Capítulo 27 - Cap. 27 -Final


Fanfic / Fanfiction Meu "Colega" De Casa | Vmin - Capítulo 27 - Cap. 27 -Final

Aquela casa -mansão- estava cada vez mais agitada, semelhante a mim nesses dias.

Eu e Jimin decidimos adiantar o casamento, pois poderíamos começar o ano com uma vida nova, ou seja, eu tendo de trabalhar! Eu realmente recuso, ainda vou dar um jeito de ficar só em casa dormindo.

Lembro do dia no qual eu falava odiar Jimin. O jogo virou não é mesmo?

Ri disso mentalmente indo me sentar numa das cadeiras presentes na cozinha. Estava exausto em apenas responder perguntas como “Aqui ou ali?” “Ali ou lá?” “Está bom assim?”

Eles não podiam terminar tudo e depois lembrar que existo?

-KIM TAEHYUNG!!! -Essa voz, a qual me chama a cada dois minutos.

Olhei desesperado para os lados tentando encontrar algum esconderijo mas infelizmente não deu tempo. Quando voltei a encarar a porta, Jin estava presente ao meio dela com as mãos sobre a cintura. Agora eu entendo como Namjoon se sente.

-Espero que já tenha experimentado sua roupa. -bate os pés no chão nervoso, arregalei os olhos o encarando pela primeira vez.

-Sim, já experimentei, Jungkook e Hoseok são as provas vivas. -sorri.

-Certo, certo. É amanhã, precisa descansar.

Com toda essa correria nesses dias, tinha até esquecido que seria amanhã. Puta que pariu. O pior era ter deixado Hoseok escolher onde seria a lua de mel. Estou fudido.

-Ah não! -olhei meu relógio imaginário no pulso. -Ta cedo ainda! Vou não. Oh! Seis horas da tarde ainda. Vou sair um pouco. -levantei da cadeira disposto a sair correndo igual um gato quando foge da água, se não fosse uma mão segurando meu pulso, me impedindo de correr.

-O caralho que cê vai.

-Ah Jin!! AAAAAA -grito desesperado sendo puxado para fora.

Fui obrigado a voltar ao ponto de início, daquelas perguntas chatas.

Horas depois - no outro dia. 

Eu andava de um lado para o outro nervoso. Claro que o meu objetivo era abrir um buraco no chão e não sair dali nunca mais.

-Os convidados já estão lá embaixo. -exclama Hoseok entrando no quarto acompanhado de Jin.

Meu cu fechou.

-Está me dando agonia. -segurou meus ombros com força me fazendo parar de andar. -Aqueta essa raba.

-Ah, Hoseok! -bufei olhando para o espelho de corpo uma última vez. Aquele terno branco havia deixado meu ser mais lindo ainda -se possível-.

Dei um longo suspiro preparando-me para fazer aquela pergunta.

-Por acaso minha mãe ou minha irmã vinheram? -pergunto vendo os dois a minha frente abaixar a cabeça.

-Não. Mas não se preocupe. -diz Jin colocando sua mão direita sobre meu ombro.

Ouvimos duas batidas na porta, Hoseok abriu se certificando de que não era Jimin tentando dar uma olhanda e abriu espaço dando visão a um Xiumin mais nervoso que eu.

-Eu irei lhe levar ao altar. -sorriu animado, arrumando sua gravata. Logo Jin e Hoseok saíram. -Vamos. -estendeu sua mão para frente ainda sorrindo.

Essa era uma decisão na qual eu não poderia voltar atrás tão facilmente… e a qual eu nunca iria me arrepender. Suspirei segurando sua mão, logo entrelaçando meu braço direito ao seu.

Descemos a escada da casa lentamente, paramos à frente da porta dos fundos. Todos presentes ali levantaram das suas cadeiras - totalmente decoradas - com um lindo sorriso no rosto. Uma música começou a tocar fazendo eu e Xiumin andar lentamente para o altar montado ao final. Aquela decoração estava maravilhosa. As cadeiras eram brancas com flores dos lados, o chão cheio das mesmas flores e no altar um arco de flores da mesma tonalidade. Eu estava tão feliz e essa felicidade aumentou quando avistei Jimin no final, sorridente e ao seu lado direito Jin, Namjoon, Jungkook e Baekhyun, do lado esquerdo Hoseok e Yoongi junto da minha irmã e minha mãe.

MINHA IRMÃ? MINHA MÃE?

Meus olhos se arregalaram instantaneamente ao ver aquela cena, nunca imaginaria elas ali, sorrindo igual todos. Meus olhos se encheram de lágrimas ao olhar ao redor, todos do qual participaram da minha vida estavam presentes ali. Voltei o meu olhar a Jimin, aquele terno preto o deixava tão lindo, tão perfeito. Um sorriso maravilhoso brotou nos seus lábios e eu logo tratei de retribuir.

Subi os degraus do altar e abracei Xiumin antes de ficar de frente ao padre, segurei as mãos de Jimin e suspirei pela décima vez naquele dia.

Aquele longo discurso começou e ao chegar aquela parte não pude segurar as lágrimas.

-Kim Taehyung, aceita Park Jimin como seu legitimo esposo na…

-Sim, sim. -interrompi.

-Park Jimin, aceita…

-Sim! -coitado desse homem, nem consegue terminar de falar. Quase comecei a rir.

-Então eu os declaro marido e… -dá uma pausa fazendo uma cara confusa. -E marido. -sorri.

Demos um beijo rápido arrancando gritos e palmas de todos presentes no local. Descemos os pequenos degraus e fomos a um dos quartos nos arrumar para festa, iríamos aproveitar a noite antes de irmos viajar.

Entramos no lugar, onde várias luzes coloridas escapavam pela janela, apertei a mão de Jimin e corri para dentro, procurando a mulher que por toda minha infância me maltratou mas ainda é e sempre foi minha mãe. Logo a encontrei sentada numa das cadeiras observando o movimento.

-Mãe! -exclamei a abraçando. -Obrigado, obrigado por ter vindo.

-Filho… -Essa palavra… -Me perdoa. Por tudo que eu e seu pai lhe fizemos. -Olha para o canto. -E sua irmã.

-Mãe, esse é o dia mais feliz da minha vida, não tem como não lhe perdoar. -sorriu. -Vamos aproveitar a festa.

Cumprimentei todos ali, inclusive Mark que lógico, aprovou a festa. Uma música lenta começou a tocar, todos começaram a puxar seus pares e eu fiz o mesmo. Agarrei Jimin pelo braço e o puxei para o centro, coloquei meus braços  sobre seu ombro e ele na minha cintura, iniciamos a dança sorridentes, era tantos sorrisos lindos em apenas um dia.

-Eu… -dá uma pausa para aproximar seu rosto da minha orelha. -Eu te amo, Kim Taehyung.

-Eu te amo mais ainda, Park Jimin.

Demais.

Seis anos depois

-KIM PARK MINSU! PARA DE PULAR NESSE SOFÁ! -gritei nervoso olhando a criança sorridente enquanto continuava a ignorar meus chamados. -Hoseok! Segura esse seu filho também. Ele vai ajudar a destruir meu sofá! -coloquei as mãos na cintura esperando ele fazer algo mas nada foi feito.
-Sou visita. Não pode reclamar, Taehyung. -sorri vitorioso me fazendo bufar.
-Calma, amor. -fala Jimin colocando sua mão sobre meu ombro. -MinSu, filho, por favor, para de pular. -Ele nem precisou repetir. Logo o garotinho parou de pular junto do seu amigo, no caso o filho de Hoseok, esse mau exemplo.
-Porque ele só obedece você? -cruzo os braços formando um bico nos lábios.
-Porque você parece uma criança igual ele, por isso. -Me dá um beijo rápido.
-CHEGUEI POVO! -grita Jin entrando na casa junto de Yoongi e Jungkook.
-Bom, eu preciso ir trabalhar. Tchau, amor, tchau filho! -sorri para MinSu que retribuiu.
-Tchau papai.

Jimin saiu de casa me deixando com seis crianças para cuidar. Eu mereço viu.

-Gente, quanto tempo se passou. -exclama Jungkook sentando no sofá.

-Pois é. O tempo passou tão rápido. -respondo relembrando de todas as coisas passadas.

-Faz um tempo que não saímos juntos, então… Vamos? Temos de nos divertir um pouco.

-Ah Yoon, sei não. Tem as crianças. O trabalho dos outros. Não sei se daria certo igual antes.

-Não custa nada tentar!

Levantei os braços para cima sentindo a brisa bater por todo o meu corpo. Era tão bom aquela paz.

-Posso brincar na areia? -pergunta MinSu fazendo uma carinha fofa, como se eu não fosse deixar.

-Claro, filho.

Tudo tinha dado certo no final. Quem trabalhava conseguiu folga, trazemos as crianças conosco e agora estamos aproveitando igual há seis anos atrás.

Na verdade, ali só tinha criança. Sorte que eu havia sentado lá no final para observar essa cena.

-Amorrrr… -exclama Jimin vindo na minha formando um bico nos seus lábios.

-O que aconteceu? -perguntei segurando o riso.

-Machuquei meu pé lindo. -aponta.

-Oh meu Deus. Senta aqui. -bato nas minhas coxas, o mesmo deu um sorriso de canto e logo se sentou sobre elas. -Será que um beijo cura?

-Só um? -sorri.

-Vários?

-Hummm -finge pensar aproximando seu rosto da minha orelha. -Acho que você por inteiro, talvez melhore. -sussurra. PUTA QUE PARIU.

-SAFADO! -bati no seu ombro começando a rir.

-Te amo. -fala selando os nossos lábios num beijo calmo. Nunca iria me enjoar disso. 

-Eu também te amo! -sorriu voltando a beijar seus lábios. 

Nunca imaginei que eu iria ser tão feliz. Mas o melhor disso tudo -ou pior- É que esse é apenas o começo… 






Notas Finais


YEEEEEE
CHOREI :V
SORRY POVO!!!
AINNNNNNNNNNNN VOU SENTIR TANTA FALTA DE ESCREVER ESSA FIC! 😢😢😢😢😢
Prometo escrever outra fic Vmin (que seja decente) se quiserem podem até fazer pedidos pra mim (de shipps etc) eu iria adorar e claro, iria aceitar todos porque eu amo escrever :33
Me sigam aqui para não perder nenhuma atualização de quando eu postar fic nova :3 vai que é de seu interesse...
Bom, espero que tenham gostado!!!

Muito obrigada por ler até aqui! ❤
É isso e até a próxima fic!!

(AAAAA NÃO QUERO APERTAR ESSE BOTÃO!!!!!


Agora eu vou... Até a próxima fic!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...