História Meu coração é seu! {Jikook} - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook
Exibições 21
Palavras 639
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo meio bad. 😝

Capítulo 4 - Bangtan 4..


Jimin..  

    Eu não acredito que ele estava aos beijos com o Taehyung. Eu não acredito nisso. Ele sabe que eu amo ele. Eu sou um trouxa. Um idiota. 

 Eu ainda não consigo acreditar, tudo isso parece um sonho. 

      Eu estou correndo feito um louco. Eu não consigo parar. Eu não consigo fazer minhas pernas pararem eu to chorando e correndo sem rumo. 

 Eles dizem que tudo acabou, mas eu não consigo parar. Eu não sei se é suor ou se são lágrimas, oh. Meu amor nú, e os ventos do furacão também, apenas me fazem correr mais como meu coração.

    Eu escuto Jungkook me chamar. Mas eu não paro de correr. Só paro quando o ar foi preciso. Mas mesmo assim eu não consigo parar de chorar. 

 Jungkook..

 Eu não sei o que fazer. Eu estou correndo atrás do Jimin e pensando no que dizer. Eu o amo também. Mas eu estou com o Taehyung por causa da imprensa. Eu amo o Jimin. Eu estou correndo atrás dele feito louco. Não consigo parar de correr e gritar pelo nome dele. 

 Deixe-me correr mais. Por favor, deixe-me correr mais. Apesar de os meus pés estarem cheios de cicatrizes, eu sorrio cada vez que eu te vejo.

 Por fim Jimin para de correr. Paro atrás dele ofegante.

 - Jimin por favor deixa eu conversar com você. Deixa eu me perdoar. Eu te imploro. Deixe eu te ver. Deixe eu conversar com você. - Peço.

 - Por que você quer se desculpar? Só porque eu gosto de você? E ter visto você se beijando com o Taehyung? Ele é seu namorado. A pessoa que você ama. É normal você beijar quem você ama Jungkook. - Ele diz sério. Mas as lágrimas dele não deixam de cair. 

 - Não Jimin eu não o am... - Ele me interrompe.

 - Jungkook não diga mais nada por favor! - Ele passa a mão nos cabelos e sai andando.

 [...]

 Chego em casa e sou recebido por esporros do Namjoon e do Jin.

 - Namjoon e Jin! Vocês sabem de quem eu amo. Eu só to com o Taehyung pela imprensa. E ele sabe disso. Isso foi coisa do momento. Ele sabe disso. Eu amo o Jimin. E o Taehyung sabe disso. Eu não aguento mais. Por favor me deixem. -Subo pro quarto.

Jimin..

 Nesse momento eu to na banheira chorando. Eu não aguento mais. Eu amo demais. Meu peito dói a o lembrar da cena de hoje cedo. Eu sou um idiota por gostar dele. Mesmo eu estando mais sem nenhum líquido dentro de mim, minhas lágrimas insistem em cair. 

 Eu floresço por você, mais continuo sedento. É tarde demais, tarde demais. Eu não consigo viver sem você. Mesmo estando seco, eu consigo chegar até você.

 Saio da banheira e vou até meu quarto. Visto uma calça larga preta e uma camiseta cinza. Calço um tênis e seco os meus cabelos laranjas. Desço e sento no sofá me deparando com o Taehyung e o Jungkook rindo como se não lembrassem do que tinha acontecido hoje mais cedo. 

 - Eai Jiminnie. - Yoongi diz.

 - Oi Yoongi. - Olho ele.

 - Você está melhor? - Ele pergunta.

 - Mais ou menos. Mas temos que aceitar a vida que temos. - Olho o Jungkook que estava me olhando com uma expressão triste.

 - Sim temos que aceitar. Mas não fica assim não um dia você encontra alguém que te ame e que te faça feliz. - Yoongi diz e eu o abraço.

 - Obrigado Yoongi! Você é um ótimo amigo! - Solto ele e Sorrio fraco.

 É como um vento que acaricia gentilmente. É como uma poeira que flutua suavemente ao longe, você está lá, mais por alguma razão, eu não consigo chegar até você. Pare você, que é como um sonho, é uma borboleta importante pra mim.   

       


Notas Finais


Oii anjinhos, como estão ?
Espero que bem.
Mais um capítulo aí pra vocês ❤
Beijos até o próximo amores ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...