História Meu coração pertence a você - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Ciumes, Festa, Lesbicas, Romance, Sexo, Tomboy
Visualizações 22
Palavras 951
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi *-*

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Meu coração pertence a você - Capítulo 1 - Capítulo 1

Anna Clara Pov’s

Acordo com os raios de sol batendo em meu rosto, desligo meu abajur e me levanto para ir no banheiro. Tomo um banho rápido, porém relaxante, vou até meu closet e procuro algo para vestir e opto por um vestido branco com desenhos e um vans xadrez, pego meus óculos e minha mochila e desço até a sala prendendo meu cabelo em rabo de cavalo frouxo. Desculpa esqueci de me apresentar, meu nome é Anna Clara, tenho 17 anos e estou cursando o 3° ano, sou morena, tenho olhos claros, lábios grossos, cabelo cacheado e corpo magro:

Anna: Bom dia papai. O cumprimento com um sorriso fraco.

Adam: Bom dia meu amor. Responde lendo seu jornal. Meu pai é moreno, tem olhos claros assim como os meus, lábios grossos e corpo forte. – Quer carona pro colégio hoje?

Anna: Não precisa. Falo me sentando ao seu lado e começo a me servir. – A Mel vai me dar uma carona. Melanie é minha melhor amiga, ela é ruiva, tem a pele clara, olhos claros, cabelo liso e corpo magro todo tatuado.

Adam: Não confio naquela ruiva. Resmunga. – Parece ser maloqueira ou algo do tipo.

Anna: Quem disse que ela não é? Murmuro e continuo comendo. – Bom, já vou indo. Limpo minha boca assim que termino meu café. – Até mais tarde papai. Beijo sua bochecha.

Adam: Até meu amor. Se levanta beija minha testa e me abraça forte. – Vamos supera-la juntos ok? Pergunta e eu assinto. Minha mãe nos abandonou para viver com um amante que ela tinha, meu pai não queria ficar mais no Brasil então resolveu que deveríamos nos mudar para Los Angeles.

Anna: Ok. Digo e ele me solta. – Te vejo no almoço? Pergunto e ele assente. Pego minha mochila e saio para espera Mel vir me buscar o que não demora a vir.

Mel: Bom dia gata. Me cumprimenta com uma piscadela.

Anna: Bom dia moranguinho. Cumprimento com um sorriso doce que se transforma e riso ao ver a careta da minha amiga.

Mel: Sabe que a Moranguinho aqui é você e não eu. Faz bico.

Anna: Sei, mas adoro quando você faz esse biquinho fofo. Beijo sua bochecha assim que entro no carro. – Adorei sua Ferrari.

Mel: Fui uma boa filha esses últimos meses. Dá de ombro, mas com um sorriso convencido nos lábios.

Anna: Milagre. Sussurro, mas ela escuta e dá um belisco em mim. – Outch isso dói. Massageio meu braço com um biquinho.

Mel: É pra doer mesmo. Fala e liga o carro. – Preparada pro seu primeiro dia de aula? Pergunta prestando atenção no transito.

Anna: Mais ou menos. Confesso. – Estou um pouco nervosa. Mordo meu lábios inferior uma mania minha desde pequena.

Mel: Relaxa o colégio Hollywood Arts é bem legal, as pessoas são tipo como eu. Fala animada e eu arqueio a sobrancelha.

Anna: Malucos? Pergunto e nós duas rimos.

Mel: Me respeita Collins. Tenta ficar séria, mas acaba rindo e eu a sigo. – Chegamos gata. Fala estacionando o carro. – Seja bem-vinda ao Hollywood Arts.

Anna: É bem grande aqui. Falo observando vários grupos espalhados por todo o estacionamento.

Mel: É com o tempo você se acostuma. Fala me puxando. – Vou te apresentar alguns amigos meus. Fala e paramos na frente de um grupo que tinha o mesmo estilo de Melanie. – Hey galera. Cumprimenta todos com uns toques bem esquisito ao meu ver. – Gente deixa eu apresenta-los minha melhor amiga Anna Clara. Percebi que ela sublinhou bem o melhor amiga e alguns começou a rir enquanto uma garota loirinha estava com a cara fechada.

Tony: Prazer Antony Carter, mas pode me chamar de Tony. Sorri para mim. Tony é moreno de olhos azuis, pele clara, cabelo castanho liso, lábios grossos e corpo magro.

Oliver: Prazer Oliver Parker. Se apresenta meio tímido. Oliver é moreno de olhos castanhos, cabelo castanho enrolado, lábios finos e corpo magro, porém alto.

Ally: Prazer Alysson Torres, mas pode me chamar de Ally. Sorri doce. Ally é ruiva de olhos claros, cabelo cumprido ondulado e corpo magro.

Jú: Prazer Julieta Gonzalez. Cumprimenta séria. Julieta é loira de olhos azuis, pele clara, cabelo liso, lábios finos e corpo de modelo (literalmente).

Anna: O prazer é meu em conhece-los. Sorrio para todos.

Mel: Bom, eu vou levar a Moranguinho na secretaria pra pegar o horário, vejo vocês depois. Fala e me puxa até a secretaria, mas antes dá um selinho em Julieta que sorri bobamente.

Anna: Vocês fazem um belo casal. Comento enquanto andamos.

Mel: Obrigada. Estufa o peito. – São muito que tem inveja do nosso amor. Fala de um jeito engraçado me fazendo rir.

Anna: Você não presta. Sorrio e ela gargalha.

Mel: Não. Ela concorda. – Chegamos, oi Val. Cumprimenta com seu melhor sorriso cafajeste.

Val: Bom dia Melanie, olá. Sorri para mim. – Você deve ser aluna nova certo? Pergunta e eu assinto. – Aqui está a chave do seu armário e seu horário de aula tanto as normais como as curriculares. Me entrega a chave e o papel.

Anna: Muito obrigada. Agradeço com um sorriso.

Mel: Até mais Val. Se despede da mais velha com uma piscadela. – Vem vou te levar pra primeira aula. Me puxa corredor a fora. – E aqui está sua primeira aula de Literatura, vejo você na aula de espanhol. Beija minha testa e espera eu me sentar.

Charlie: Aluna nova? Pergunta me olhando de cima a baixo.

Anna: Sim, prazer Anna Clara. Estendo minha mão.

Charlie: Charlotte Watson, mas pode me chamar de Charlie ou de Chris. Aperta minha mão. Charlie é loira de olhos azuis, pele clara, cabelo liso, lábios finos e corpo musculoso.

Anna: Ok Charlie. Sorrio pra ela e começo a dar atenção a professora que havia entrado na sala de aula. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...