Hist√≥ria Meu Crush ūüíĒ - Cap√≠tulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualiza√ß√Ķes 31
Palavras 1.225
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
G√™neros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que vocês gostem 💓💓
Boa leitura 💜💜
E leiam as notas finais

Capítulo 15 - Namoro?


Fanfic / Fanfiction Meu Crush 💔 - Cap√≠tulo 15 - Namoro?

Pov. Melanie

Uma semana depois...

Já se passou uma semana, e o Henrique não me deixa em paz, quando meus pais sai, eu me tranco no quarto...

- Filha, eu e o seu pai já estamos indo

- Ok mãe - e logo começo minha rotina, ficar trancada no quarto e ficar no tédio... Antes de subir as escadas alguém me puxa - Aiii

- Você já tá tirando a minha paciência

- Me solta Henrique

- Não estou com vontade - disse me encostando com força na parede

- Eu vou gritar, me solta

- A é? Então grita

- Socor... - ele rapidamente colocou a mão na minha boca, e me apertou mais

- Cala boca vadia!!

Eu tentava me soltar, mas ele era mais forte que eu

- Você acha que vai conseguir se soltar? Não adianta se debater eu sou mais forte

Em um passe rápido, ele rasgou a minha blusa, me deixando de sutiã e short, eu quero sair dos braços asquerosos dele, mais não consigo...

- Pa.ra Hen.ri.que - falei com a minha voz falhando

Ele fez uma coisa que eu não esperava, ele parou de me segurar e me soltou, foi quando eu percebi que ele estava drogado, vi a oportunidade e corri para o quarto me trancando, eu estava com mais medo dele, e se ele se drogasse de novo? Eu vou contar ao Lukas, peguei meu celular e liguei

- Luukaas?

- Oi, pqr você tá gaguejando? Aconteceu alguma coisa?

- Não pergunta nada, só vem pra cá

- Ok, em 5 minutos eu chego ai

Desliguei o celular e me sentei na cama, e percebi que ainda estava sem blusa, coloquei uma, e me deitei novamente, até ouvir batidas na porta

- Mel, sou eu abre - fui em direção a porta, e quando abri dei um abraço que ele correspondeu, e quando percebi já estava chorando - O que foi?

- Enttra - disse ainda entre os soluços

- Agora me fala, o que aconteceu? - perguntou e eu contei toda a história a ele

- Eu vou matar esse idiota - disse com os punhos cerrados, e depois olhou pra mim e me abraçou - Ele nunca mais vai tocar em você, pqr vamos resolver isso é agora 

Ele me soltou, e foi em direção a porta, sai atrás dele, até ele parar e olhar pro Henrique, que estava sentado no sofá, ele não estava mais drogado, e em um passe rápido deu um murro na cara do Henrique que levantou furioso

- Olha o que você fez moleque!!

- Isso é pra você aprender a não mecher com a Mel - quando ele terminou de falar, o Henrique ainda com a mão na boca que estava sangrando, começou a rir

- Melzinha, eu te disse pra você não contar

- Eu te odeio, eu fui muito idiota por não ter contado, e ter aguentado todos os seus assédios

- Sabe pqr você aguentava? Pqr você é uma vadia

- Cala a porra da boca, pra falar dela

- Já tinha me esquecido de você... Sabia que isso doeu ?- falou apontando para a boca sangrando

- Era pra doer mesmo

- Você vai ver moleque - disse avançando pra cima do Lukas, eles começaram a brigar, até o Heneique( ele estava sangrando) levantar o Lukas e começar a apertar o pescoço dele

- Para Henrique!!!

- Se você tivesse ficado calada, nada disso estaria acontecendo - disse apertando mais o pescoço do Lukas

- Solta ele!!! - disse, mas ele não soltou, vi que o Lulas já estava perdendo o ar, então peguei o jarrro e bati na cabeça do Henrique, ele rapidamente, soltou o Lukas e colocou a mão na cabeça, fui em direção ao Lukas( ele estava cospindo sangue) e o levei para o quarto rápido, entramos e eu tranquei a porta, o coloquei na cama( sua camisa estava melada de sangue), fui no banheiro e peguei a maleta de primeiros socorros, me sentei ao seu lado, molhei o algodão no álcool e comecei a passar no seu nariz

- Aiiii

- Espera, vai doer um pouquinho, mas já passa

- Vai devagar

- Está bem, e obrigado por ter feito aquilo

- De nada, eu nunca ia deixar que aquele idiota saísse sem nenhum arranhão

- Mas você ficou muito machucado

- Mas olha o tamanho dele pro meu, ele é mais velho e tem mais força

Terminei de fazer o curativo, no supercílio, no nariz e na boca, guardei a maleta de primeiros socorros e me sentei ao seu lado novamente

- Pega umas roupas, coloca na mochila, que você vai ficar na minha casa

- Ok - comecei a pegar minha mochila e colocar algumas roupas, depois de um tempinho terminei, ele pegou a minha mochila da escola, e a que tinha roupa, e foi em direção a porta

- Quando seus pais chegarem, a gente volta e conta tudo, Ok?

- Aham

Saímos do quarto, e fomos direto para fora da casa( ele não estava mais na sala), fomos andando mesmo... 

Tempo depois...

Tínhamos chegado, na casa dele, entramos e fomos direto para o quarto dele, chegamos no quarto, ele colocou as minhas mochilas na cadeira do computador, e foi para o banheiro

- Mano, tá doendo pra caralho - disse, saindo do banheiro

- Deixa eu ver - falei, indo em sua direção e colocando a mão no seu rosto, nossos olhares se encontraram, e ele começou a se aproximar de mim até... Sentir sua boca na minha, o beijo era calmo e carinhoso, ele pediu passagem e eu SESI, quando peesebi já estava na cama sentada em seu colo, tirei sua camisa que estava melada de sangue, e comecei a passar as unhas no seu abdômen, o fazendo dar um gemido rouco entre o beijo...

- Eu me lembro o que aconteceu naquele dia que dormimos juntos - falou olhando pra mim, com um sorriso estampado na cara

- O quê?

- Você falou que me amava - senti minhas bochechas queimarem, eu estava tão bêbada que desabafei - E eu falei que achava que tbm te amava

- Achava? - disse, meio triste, eu tinha que botar na cabeça que o Lukas só me ver como amiga

- Sim... Mas agora eu tenho certeza que te amo - Um sorriso, abriu em meu rosto, eu devo está sonhando, o Lukas me ama

- Você me ama, mesmo?

- Com todas as forças, eu estava desconhecendo meus sentimentos por você, não é só amizade, eu te amo, e esse beijo fez com que meus sentimentos criasse vida

- Eu te amo... Mas eu tenho medo

- Medo de quê?

- Que esse amor prejudique nossa amizade...

- Nosso amor nunca vai prejudicar nossa amizade, eu prometo

- Lukas, promete mesmo?

- Claro que sim, mesmo se der errado, a gente tenta, se não acertar, a gente tenta de novo, e se errar novamente, a gente fica errado e ver no que dá

- Posso falar, que te amo muito?

- Claro

- Te amo, meu Best, meu lindo, meu amor, minha vida, meu crush...

- Crush??

- Sim, eu sempre te amei, mas já que você não percebeu, você era o meu crush

- Agora é o meu te amo... Te amo, minha pandinha, minha marrenta, minha vida, meu amor, minha paixão, minha namorada mais gata e gostosa do mundo

- Namorada?

- Sim você é minha namorada

- Mas você nem pediu

- Está bem eu vou pedir... Melanie Monroe, você aceita namorar comigo?

- Claro que sim

Depois ficamos deitados na cama, enquanto ele alisava meus cabelos, eu me esqueci de tudo e de todos, do Henrique e do mundo inteiro, pois agora eu estava com a pessoa que amo...




Notas Finais


Antes de nada, quero agradecer por terem me ajudado, e terem me apoiado a não terminar a fanfic...
Amo todos vocês 💜💜
Desculpa se teve algum erro
Beijos e se cuidem 💓💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...