História Meu delicado Anjo - Yaoi - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Death, Love, Yaoi
Exibições 102
Palavras 1.061
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiee
Olha só vim falar uma coisinha toda vez que o personagem estiver pensando vai aparecer isso • na frente de seu nome exemplo

•Kaito

•Matheus

Tenderam espero que sim xaauuu
Ah e tomarem que goste

•autor: deixe seu comentário e muito importante para mim obg e agr xauuu

Capítulo 3 - Eu te protejo


Fanfic / Fanfiction Meu delicado Anjo - Yaoi - Capítulo 3 - Eu te protejo

/Após o banho\

Matheus sai do banheiro e vai se vestir, quando se troca ele centa no sofá e eu deito em seu colo ele fica fazendo carinho em mim e ficamos assistindo TV, fiquei fascinado com suas programações e ficamos ali mesmo

Depois de muito tempo Matheus fica faminto se levanta e abre a geladeira e está vazia e pede para irmos em uma lanchonete não tão longe daqui

Matheus: vamos em uma lanchonete estou com fome >_< - ou melhor vai lá pra mim por favor

Kaito: ha você sabe que não posso me afastar de você neh?

Matheus: aff tá bem vamos logo 

No caminho passamos por um beco já que estava chovendo era muito fedorento e escuro parecia que tinham matado alguém de deixado o corpo lá apodrecendo

Kaito: ect que nojo

Matheus: cuidado por aqui e perigoso

Chegamos na loja e Matheus compra uma lasanha e uma barra de chocolate, eu não vejo por estar destrsido olhando as prateleiras

Matheus: vou fazer uma surpresa para Kaito todo mundo gosta de chocolate - pensa ele com um sorriso no rosto

Matheus: já comprei tudo vamos ?

Kaito: vamos 

A balconista olha para Matheus com cara de assustada 

-rs esse aí deve ser maluco

Na volta passamos pelo mesmo beco escuro e senti uma forte presença naquele lugar

Kaito: sentiu isso ?

Matheus: senti oque ?

De repente um portal se abre atrás de Matheus e umas mãos grandes e vermelhas o puxam para dentro dele. Eu o puxo de volta mas não consigo fazer aquilo lhe soltar, conjuro minha espada e a corto fazendo assim o soltar, rapidamente puxo Matheus para um canto e o cento no chão, do um peteleco em sua testa fazendo assim criar uma barreira protetora em volta dele

Kaito: não saia daqui 

voz desconhecida: ora ora um humano sendo protegido por um arcanjo, haha você deve ser bem importante aposto que sua alma é deliciosa

Kaito: SAIA DE PERTO DELE É MIM QUE VOCÊ QUER

Um portal se abre e um demônio sai de dentro dele

Empunho minha espada com o cabo de ouro e a lâmina com o fogo da destruição que se perfurada no coração de um demônio sua alme perdida será destruída

Demônio: você não pode me derrotar a fraqueza de um arcanjo e quebrar sua fonte de energia, a espada

Kaito: então tente vá em frente - ele joga sua espada longe perto da criatura

Kaito: vai quebra pode tentar

Ele faz muita força para sua espada quebrar mas não consegui e suas mãos começa a sangrar 

Demônio: m-mas como é-é impossível

Kaito puxa sua espada de volta levitando-a pelo ar até sua mão

Kaito: vamos acabar logo com isso 

mas rápido que um raio eu fico ao lado da criatura e o tento perfurar mas so impedido por seu machado enorme que é quebrado com o ataque, ele fica espantado e vai em direção a Matheus sendo sua última opção

Demônio: proto para morrer verme?

Matheus não o vê mas escuta sua voz e comessa a lacrimejar de medo 

Matheus: Kaito s-socorro 

Kaito: seu filho da puta nem pense em tocar nele 

Vou em sua direção e perfuro minha espada em suas costas que atravessa seu corpo mas atinge seu coração, sangue e jorrado para todo lado e  fico sujo. A criatura é transformada em um pó que é levado pelo vento 

Kaito: droga a pior parte é essa

 Quebro o escudo e o tiro de lá, vamos para sua correndo com receio de aparecer outro.

Kaito: vamos temos que ir, rápido

Chegamos em sua casa e ele fica espantado ele não sabia que eu era um arcanjo mas eu nem falo nada com em direção ao banheiro para me lavar e pergunto a Matheus como funciona as coisas

Matheus: olha aqui em cima você coloca água fria ou quente e é só abrir aqui em baixo

Kaito: obrigado

Matheus: agora vou indo vou esquentar a comida

Kaito: olha aqui

Eu tiro minhas roupas e pessoas para ele olhar para trás ele fica vermelho e fecha a porta 

Kaito: anh que banheira relaxante 

/Passar um tempo\

Matheus: Kaito sai daí você já tá a uma hora aí - fala batendo na porta

Matheus: Kaito?... estou entrando 

Quando ele entra eu estava tão relaxado que não o escutei me chamar

Kaito: ei porque está aqui

Matheus: eu te chamei você não respondeu

Kaito: rs desculpe 

Levanto da banheira e minha nudez aparece Matheus virá a cara de lado e me entrega a toalha 

Kaito: não fique assim somos amigos 

Eu dou um beijão nele, pego sua mão e faço descer pelo meu corpo

Matheus: não posso não devo - e sai do banheiro

Kaito: rsrs oque eu fiz ?

Saio do banheiro pedindo uma roupa para Matheus ele me empresta um roupão e fico sem nada por baixo

Pim pim pim

Matheus: opa tá pronto, se troca e desce para comermos 

Kaito: mas espera eu n vou... - ele nem me ouve terminar 

Bem decidi experimentar já que nunca comi isso na vida, ele vem com dois pratos e dois sucos. Dou a primeira mordida

Kaito: nossaa isso é muito bom - comendo rápido

Matheus: haha nossa cauma vai engasgar 

Kaito: pronto acabei

Matheus: m-mas j-ja

Kaito: vou colocar lá na pia tá 

Matheus: tá 

Kaito: ei eu quero mas suco vou pegar aqui

Matheus: não abre a geladeira

Ele estava escondendo o chocolate lá e fez esse escândalo pra eu não ver

Kaito: mas por que?

Matheus: decha que eu pego pra você - fica olhando pra mim com um sorriso falso

•Kaito: Ele pega o suco e alguma coisa que eu nao sei oque é

Kaito: ei oque é isso ?

Matheus: oque ?- fala tremendo

Kaito: deixa eu ver 

Pulo em sima dele é caímos e dessa vez eu estava por cima dele, ele fica vermelho e me entrega o que estava escondendo

Matheus: olha e-era i-isso

Kaito: aaaaaaaa chocolate 

Eu cento em seu colo e fico rebolando de alegria e de repente cinto alguma coisa em minha bunda 

Kaito: ei oque é isso 

Matheus: é meu p-penis - fala com um rosto de alegre 

Kaito: opa desculpa - falo saindo de cima dele

Kaito: vem vamos pra sala 

Matheus: sabe eu não queria que você descobrisse era surpresa

Kaito: tarde de mais agora eu quero comer hahaha

•Kaito: oh que fofucho ele ia fazer uma surpresa pra mim e eu estraguei tudo e também por eu sai de cima dele poderia ser essa minha única chance, levantamos e fomos para o sofá 

Matheus: ei não vai dividir não - fala olhando para Kaito prestes a comer 

Kaito: cla-claro 

Kaito: ei quer conhecer meus amigos ?

CONTINUA...















Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...