História Meu Delírio - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Homem-Aranha, Tom Holland
Personagens Personagens Originais, Tom Holland
Tags Drama, Homem Aranha, Romance, Tom Holland
Visualizações 126
Palavras 1.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey everyone!

Me desculpem pela demora, mas está um pouco difícil postar agora.
Farei meu possível para postar sempre que puder, mas a frequência não será mais a mesma! Desculpem!
Enfim, aqui está mais um capítulo.

Capítulo 21 - Capítulo Vinte e Um


Fanfic / Fanfiction Meu Delírio - Capítulo 21 - Capítulo Vinte e Um

Harrison’s P.O.V.

Gabriela’s Appartment – L.A.

Quando eu e Amanda finalmente chegamos ao apartamento das meninas, Gaby e Harry estavam dormindo juntos no sofá, de conchinha. O susto que nós levamos foi o suficiente para esquecermos o que tinha acontecido por alguns minutos.

- Gaby? – falou Amanda alto. Então num súbito Gaby acordou e seu leve pulo fez Harry acordar também. Os dois se entreolharam e levantaram. Eu e Amanda rimos.  – O que é isso? – perguntou Amanda risonha.

- Nada demais, ué, estávamos no sofá e acabamos dormindo. – falou Gaby. Eu encarei Harry e ele riu.

- Seeei. – falou Amanda rindo.

- Porque chegaram tão tarde? – perguntou Harry mudando de assunto. Eu respirei fundo, lembrando-me do ocorrido. Amanda me encarou e seu sorriso sumiu junto com o meu. – Aconteceu alguma coisa? – perguntou Harry novamente.

- Roubaram o carro do Tom. – no momento em que eu disse isso Harry arregalou os olhos surpreso. Gaby me encarava confusa.

- Como assim cara? Meu Deus você já ligou para o seguro? Já ligou para a polícia? Mano ele vai te matar, já avisou ele? Cara, como isso aconteceu? Vocês estão bem? – perguntou Harry.

- Relaxa, foi um furto. Estamos bem. Não liguei para o seguro porque é necessário ter os documentos do Tom e eu não tenho anotado nenhum. Também não ligamos para a polícia ainda, e nem para o Tom... Não vou conseguir dar a noticia á ele. Nem sei se ele achou Lizzie, imagina se eu chego com uma noticia dessas.... – falei me sentando na poltrona.

- Mas calma, não estou entendendo nada. Que carro é esse? Porque você estava andando com o carro do Tom? O que houve com o seu Audi? – perguntou Gaby.

- Aquele Audi é do Tom, Gaby. Eu não tenho carro aqui nos Estados Unidos. Tom me pediu para que eu andasse com ele para que Lizzie não achasse que ele é arrogante ou sei lá, por ter um carro caro daquele. – falei.

- Mas isso é ridículo. Lizzie é louca por carros, ela provavelmente amou aquele carro, mas não falou nada para não parecer que estava dando em cima de você. – falou Gaby.

- Foi exatamente o que eu falei. – disse Amanda sentando no braço da poltrona que eu estava.

- De qualquer maneira agora não importa mais. Haz, você precisa ligar para Tom. Quanto mais rápido você falar com ele, mais rápido o seguro pode encontrar o carro. Você tem que fazer isso antes que o ladrão desmonte o carro ou viaje para muito longe. – disse Harry. Respirei fundo e peguei meu celular, com as mãos trêmulas digitei o número e liguei para Tom.

- Deu fora de área. – falei.

- Isso significa que ele achou Lizzie. – disse Gaby. – Você terá que ligar na fazenda então. – falou.

- Qual é o número de lá? – perguntei.

- Não faço ideia, mas Lizzie tem uma agenda cheia de números de telefone em algum lugar. Eu e Gaby vamos procurar, enquanto isso avise a polícia Haz. – disse Amanda. Então as duas levantaram e subiram as escadas. Olhei pela janela e lá no horizonte o sol já nascia.

Tom’s P.O.V.

Morri’s Farm. – TN

Tínhamos voltado tarde para a fazenda. Todos já tinham ido dormir. Acordei naquela manhã me sentindo extremamente feliz, olhei para o lado e Beth estava deitada ainda dormindo. Ela era tão linda, mesmo descabelada. Estávamos em seu quarto. Era pequeno, mas o suficiente para nós dois. Tentei levantar devagar para ir ao banheiro, mas acabei acordando Beth que me encarou sorridente.

- Bom dia. – falou se espreguiçando.

- Bom dia minha linda. – falei passando as costas da minha mão em seu rosto.

- Acho que eu nunca dormi tão bem em toda a minha vida. – falou, eu sorri.

- Eu acho que eu também não. Foi a melhor noite da minha vida. Superou qualquer outra. – falei, ela sorriu, me estiquei então e dei um beijo em sua testa.

- Hoje acho que... – antes que ela terminasse alguém bateu na porta.

- Lizzie querida, tem um menino no telefone que quer falar com seu namorado, acho que é Hasson, Harigson... Não entendi muito bem. – falou a avó de Lizzie atrás da porta. Nós rimos.

- Ele já vai vó, obrigada. – respondeu Beth.

- Ela disse namorado? – perguntei. – Sua avó é tão inteligente. Sabe de tudo. – falei e Beth riu. Levantei-me, fui ao banheiro  e coloquei uma roupa.

 - O único telefone da casa fica lá no final do corredor. Avise Haz que não vou deixar você voltar tão cedo. – falou Beth me abraçando por trás enquanto eu escovava meus dentes. Eu ri, quase engasgando com a pasta.

- Não queria ir embora mesmo. – falei limpando minha boca e dando um beijo em Beth. Soltei-me dela e sai do quarto indo em direção ao telefone. Ainda estava bem cedo, o sol parecia ter acabado de nascer, porém a casa já estava toda iluminada, tranquila. Do tipo que não se vê na cidade. Cheguei até o telefone e o atendi.

- Alô?

- Tom? E ai cara? Como você está? Achou Lizzie?

- Estou bem e vocês como estão? Achei-a sim, foi meio difícil, mas a encontrei. Não acho que vamos voltar tão cedo Haz, mas vou voltar antes de começarmos as filmagens.

- Eu acho que você vai precisar voltar mais cedo sim cara.

- Por quê? Aconteceu alguma coisa? Alguém se machucou?

- Estamos todos bem, inclusive é justo dizer que Gaby e Harry estão namorando.

- O QUE? HAHAHAHA, que emoção. Mas não é motivo para me tirar daqui Haz. Hahaha

- Na verdade amigo... Roubaram seu carro.

...

- Tom?

- HARRISON. COMO. ASSIM. ESTÁ ME ZOANDO?

- Mano me perdoa, foi culpa minha. Eu o usei para sair com Amanda e quando voltamos, ele não estava mais. Por favor, me perdoa irmão. Vou fazer de tudo para encontrá-lo eu prometo.

- Harrison eu não estou conseguindo acreditar que isso esta acontecendo. Pelo amor de Deus me diz que é mentira.

- Me desculpe cara, é verdade. Eu sinto muito. Você não tem noção do quanto eu estou me sentindo mal por isso. Me perdoa.

- Tudo bem... Tudo bem... O importante é que você e Amanda estão bem. Já ligou para o seguro e para a polícia?

- Já ligamos para a polícia, mas preciso dos seus documentos para avisar o seguro.

Depois que passei o número dos meus documentos para Haz desliguei a ligação. Fiquei ainda alguns segundos tentando absorver a informação. Meu carrinho...

- Está tudo bem? – ouvi uma voz atrás de mim, era Melissa, prima de Beth. Ela estava usando uma camisola quase transparente de seda, os pés descalços e seus cabelos cacheados caindo sobre os ombros. Tentei não olhar muito para ela.

- Roubaram meu carro. – falei olhando para o telefone.

- Que horror. – disse ela chegando mais perto e colocando a mão no meu ombro. – Sinto muito.

- Obrigado. Mas acredito que o seguro o encontre. – falei ainda olhando para baixo. – É melhor eu avisar Beth... – antes que eu me virasse ela segurou com um pouco mais de força meu ombro.

- Vão sim... – falou acariciando meu ombro. – Posso te fazer uma pergunta? – perguntou se aproximando ainda mais de mim, me obrigando a olhar para cima. Concentrei-me em seus olhos.  

- Claro. – falei.

- Você e Lizzie estão namorando ou são só amigos? – perguntou.

- Ele é meu namorado Melissa, arreda o pé. – falou Beth se aproximando de nós. Eu sorri.


Notas Finais


Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...