História Meu destino próprio - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Hunter x Hunter
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 2.037
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Power, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 32 - Ova 2 - crianças...


Eu e o Hisoka, estamos saindo junto com o pessoal, pós, uma agência importante nos chamou, ele chamou todos os que derrotarem Dark, era obrigatório todos irem, ou...iriam nos trazer a força e eu não quero confusão agora, mas, o que me preocupava mesmo, era deixar nossos filhos sozinhos, Kira tinha 5 anos, Hiruka tinha 7 e Kai tinha 8, mas, é o jeito, eu respiro fundo e vamos para a agência...

(Visão Kira)

Eu saio de trás da porta e pego uma cadeira e levo até a janela, eu subo na cadeira e vejo a mamãe e o papai indo embora, logo, eles desaparecem da minha visão, eu pulo da cadeira e ávido prós meu irmãos, logo, eles se empolgam e pegam o telefone, claro, com o Hiruka montado no Kai, ele pega o telefone e começa a ligar para os nossos amigos, depois, esperamos um pouco, logo, ouvir uma batida na porta, eu corro até a porta e abro, com ajuda do Kai e do Hiruka, quando abrimos, Jane, filha de Gray e Juvia, vem correndo para dentro de casa, depois, Latsu e seu irmão mais novo, Katsu, entram com calma, depois, vem Flaya, filha de Pouf, depois, vem Ryuu e Ryotaro, filhos de Neferpitou, Shizuka, filha de Youpi e finalmente, Tarles, filho de Gorin e Trunks, o resto estava com os avós e tios, então...é

Logo, todos entram, trancamos a porta, porque minha mãe sempre diz pra tranca a porta quando ainda é criança e quando estivermos sozinhos, logo, nossos amigos começam a mexer nas coisas, depois, eu vou para a sala e chamo todos, todos vem e...

Kira: pessoal, do que vamos brincar? *eu sento no sofá*

Ryuu: que tal...*ele coloca a mão no queixo dele* verdade e desafio?

Ryotaro: não é uma má idéia *ela senta no chão* 

Shizuka: então *senta no chão* quem vai primeiro? 

Kira: pera, vou pegar uma garrafa e já volto *eu vou até a cozinha e pego uma garrafa e volto para a sala* pronto *coloco a garrafa no centro do círculo* eu giro! *eu giro a garrafa* 

Hiruka: quem vai ser o escolhido ou a escolhida? 

Flaya: eu não sei, vamos descobrir agora *ela ajeita seu cabelo loiro, e coloca pro lado* 

A garrafa para é aponta para Kai e Flaya, Kai cora ao ver Flaya, eu não entendo isso, acho que ele tem uma que tinha por ela, hehe~

Flaya: então, eu pergunto, vamos lá, verdade ou desafio? Kai?

Kai: *fica vermelho um pouco* v-verdade! 

Flaya: sabe que só pode verdade uma vez, não sabe? 

Kai: claro que s-sei! 

Flaya: tudo bem, é verdade que você...*ela o olha com seus olhos roxos brilhantes* que você olhou minhas calcinhas quando foi me visitar?

Kai: foi s-sem querer!! *ela fica vermelho*  

Todos: pervertido! 

Flaya: *ela suspira* tão novo e já é assim

Kai: kya! *ele se encolhe em um canto* p-porque...?

Kira: vamos logo, só foi um acidente

Kai: tá bom...*ele volta pro círculo* 

Flaya: *ele gira a garrafa* vamos lá...

A garrafa gira e para em mim e o Tarles, Tarles olha pra mim e...

Tarles: verdade ou desafio? 

Kira: desafio! 

Tarles: te desafio a comer sorvete com velocidade máxima! *ele sorri*

Kira: qual é...isso é golpe baixo!! *eu vou até a cozinha, pego uma cadeira e pego o sorvete no frise, eu volto para o sala e sento e começo a comer o sorvete até meu cérebro congela

Kira: aí...cérebro congelado! *eu caio no chão com as mãos na cabeça*

Tarles: hahahaha! *ele cai na gargalhada* olha sua cara, hahahaha! 

Kira: *eu me recupero* tá bom *eu giro a garrafa* 

A garrafa gira e para em Shizuka e Jane, Jane é que tinha de pergunta...

Jane: verdade ou desafio? 

Shizuka: desafio

Jane: te desafio a lamber seu cotovelo! 

Shizuka: beleza! *ela lambe seu cotovelo de boa* consegui! 

Hiruka: como fez isso? Pensei que era impossível! 

Shizuka: meu pai me ensinou! Hehe! *ela bate o peito e gira a garrafa*

A garrafa gira e para em Katsu e Latsu, Latsu pergunta...

Latsu: verdade ou desafio? 

Katsu: verdade...

Latsu: verdade que você tem medo de bonecas? 

Katsu: bem...sim...não...um pouco...tá, eu tenho medo de bonecas! 

Latsu: hahaha *ela gira a garrafa* 

A garrafa para em Ryuu e Ryotaro, Ryuu pergunta...

Ryuu: verdade ou desafio? 

Ryotaro: desafio! 

Ryuu: hihi, te desafio...a comer espinafre! 

Ryotaro: não tem espinafre aqui!

Ryuu: hoho, o si tem *ele mostra uma lata* come!!

Ryotaro: droga!! *ela abre o espinafre e come, ela engole com dificuldade* pronto! 

Kira: vamos assistir um filme? 

Todos: sim! Oh, falamos juntos, que legal! 

Kira: eu ligo a TV e sento no sofá, todos sentam, logo, eu pego o controle e começo a escolher os canais, tinha vários filmes legais, logo, encontramos um que se chamava "os três patetas" ficamos assistindo esse filme, mesmo sendo velho e engraçado, depois do filme, resolvemos assistir um filme de terror, Flaya pega o controle e escolhe um filme chamado "a morte do demônio" e logo em seguida do filme "dimensão fantasma" esperamos um pouco e o filme tinha começado, qual é, nem é tão assustador...

(20 minutos depois...)

Não entre aí, Meu Deus, acende a droga da luz, não, não, não, não anda aí, ele está aí!!!

Todos: AHHHH!!!

Cara isso é muito assustador, mas, eu não vou me render, vou assistir os dois filmes, o filme todo, todos tentaram não se borrarem nas calças, literalmente falando, o filme acaba e os créditos aparecem, logo em seguida, ia vim "dimensão fantasma" deve ser muito assustador...

(34 minutos depois...)

Eu tinha me borrado, não só eu, mas como todo mundo, após o filme, eu desligo a TV e vamos para o banheiro, nos trocamos e voltamos para a sala, logo, ficamos sem nada para fazer, o que faríamos, ainda são 12:00 da tarde, logo, vimos uma caixa escondida, todos vão até a caixa e abrem, quando olhamos, tinha uma porção de fotos de nossos pais, eu pego uma foto de casamento dos meus pais...

Kira: wow, o papai de terno? Que raro *eu começo a rir de leve* 

Flaya: o papai é tão elegante! *ela fica com um brilho nos olhos* 

Ryuu: a mamãe curti um peixe...

Ryotaro: nós somos somos que nem ela~

Ryuu: verdade...*eles mexem suas caldas de gato* 

Shizuka: minha era realmente apaixonada pelo meu pai

Katsu: Latsu, olha essa foto! 

Latsu: huh? *eles lá ver* nossa, o casamento dos nossos pais

Jane: hahaha, meu pai sempre será rival do Sr.Natsu

Hiruka: minha mãe não mudou nada

Kai: minha nossa, que foto é essa? *ele fica vermelho* 

Todos: huh? *ele olham a foto e ficam vermelhos* 

Kira: é a mamãe...

Hiuka: e o papai...

Kai: *dobra a foto e coloca na caixa* vamos esquecer isso...

Ryuu: olha, tem um livro aqui *ele pega* nunca tinha visto isso

Tarles: também não, abre ele

Ryuu: *ele tenta abrir* não consigo, está preso! 

Ryotaro: deixa eu tentar! *ela tenta abrir* também não consigo

Tarles: vamos todos juntos! 

Todos: aye! 

Todos começam a puxar, logo, o livro se abre e uma poeira se faz, espantamos a poeira e começamos a ver o livro, no livro, tinha uma a coisa escrita, não entendíamos, mas, Shizuka e Flaya sim, elas começam a ler...

Shizuka e Flaya: "O céu é azul que nem o mar azul, as flores se desabrocham e viram lindas e delicadas flores, o sol está perfeito e lindo, um clima perfeito para um pequeno piquenique, que flores lindas, agora, estou livre e sem regras para seguir, eu e minha esposa sempre felizes e humildes, não desistem de suas vidas..."

Kira: quem escreveu isso?

Flaya: não faço idéia...

Jane: deveria ser um cara qualquer que deixou o livro aqui

Tarles: gente, olha! 

O livro se fecha e volta para a caixa, logo, ficamos surpresos, com medo, fechamos a caixa e deixamos no lugar de antes, depois disso, decidimos que iríamos sair, eu destranco a porta e todos saem, começamos a andar por aí, logo, ouvimos um grito por trás da gente, do nada, uma carroça aparece e dentro da carroça, uma menina, desviamos e seguimos a carroça, Flaya e Shizuka voam em direção a carroça, eu e o pessoal pegamos a carroça e tentamos desacelerar, Shizuka e Flaya pegam a menina e colocam ela no chão, eu e os outros paramos a carroça, que quase ia bater em uma loja, logo, o pessoal vem na direção da menina, logo, o povo vem em nossa direção e...

Morador: olha, por salvar minha loja e minha filha, eu queria agradecer com uma coisa especial! 

Tarles: o que é? 

Moradora: que tal um dia nas fontes termais? 

Todos: sim!!

Ficamos um dia inteiro nos divertindo, depois do dia de laser, eu, Hiruka eo Kai fomos para casa e começamos a treinar, depois, assistir TV, logo, ouvimos a porta se aberta, era nossos pais!!

Kill: chegamos, como foi o dia? 

Hisoka: não fizeram nenhuma besteira, fizeram? 

Kira: não, claro que não! 

Hiruka: foi um dia divertido

Kai: como foi o negócio lá? 

Kill: chata

Hisoka: intediante

Kill: só um monte de palavras

Hisoka: nada de importante

Kira: hehe~

Kill: porque tem uma garrafa na sala?

Hiruka: eh...ficamos brincando

Kai: isso mesmo!!

Kill: tá, né? 

Após o jantar, dormimos, ficávamos no mesmo quarto, o papai e a mamãe ficavam outro, ffoi um dia e tanto! 

(Visão Ryuu)

Eu e minha irmã tínhamos chegado em casa, que era uma cabana não muito longe da cidade, quando entramos, damos de cara com mamãe e o papai, shiii, ferrou...

Pitou: onde estavam? *ela anda até a cozinha* 

Ryuu: estávamos na casa de uns amigos...

Ryotaro: vocês não estão furiosos, estão? 

Riko: não, sabemos que iam fazer isso (ele era um ghoul, metade humano, metade ghoul)

Pitou: tem Pizza pro jantar

Ryotaro e Ryuu: Eba!!!

Após comermos, treinamos mais um pouco, depois, dormimos...

(Visão Shizuka)

Eu entro em casa, ufa, meu pai não estava em casa ainda, eu vou até a geladeira e como um frango, quando eu comi, percebi que era do meu pai, quando eu fechei a porta da geladeira, meu pai estava de trás dela:

Shizuka: a pai...Como vai?

Youpi: você comeu, não comeu?

Shizuka: não...sim...

Youpi: eu comi sua carne

Shizuka: estamos quites! 

Eu e o papai começamos a fazer queda de braço, eu amo fazer isso!! Depois da queda de braço, que meu pai ganhou de mim, minha mãe (metade cobra) aparece, ele começa a se agarrar com meu pai, que nojo, flw! 

(Visão Flaya)

Estava voando para minha casa, estava voando sobre a água, logo, eu vi uma sobra em cima de mim, eu olho pra cima, era meu pai, eu fico sem palavras, nós dois voamos para cima...

Pouf: sabia que você iria fazer isso

Flaya: eu não resisti...estava sem nada para fazer em casa

Pouf: pelo menos não teve de ficar em uma sala ouvindo um monte de bla bla bla...

Flaya: então...

Pouf: *pega seu violino* que tal?

Flaya: yaya! *ela pega seu violino* no três! 

Pouf: 1...

Flaya: 2...

Pouf e Flaya: 3!

Começamos a tocar nossos violinos, tocamos a ter chegar em casa, quando chegamos, minha mãe (metade gavião fêmea) fica maravilhada com o doce som da nossa melodia, ela já tinha preparado o jantar, era nosso preferido! 

(Visão Tarles)

Eu estava na frente de casa, mas, minha mãe em pega sem eu perceber, meu pai estava logo atrás dela...

Gorin: não devia estar aqui, é perigoso, vamos, vamos comer e ir para a cama! 

Trunks: onde esteve, rapazinho?

Tarles: se divertindo!!!

Minha mãe preparou o jantar e comemos, logo, eu vou para cama e dormi...

(Visão Latsu)

Estávamos na sala, brincando com magia e tais, logo, nossos pais aparecem, nosso pai começou a falar sobre como era chata aquela coisa toda, Lucy, nossa mãe, não quis fazer o janta, então, ela nos trouxe Sashi! 

Latsu: obrigada! 

Katsu: devem estar cansados disso tudo

Natsu: você nem imagina

Lucy: o que fizerem enquanto não estávamos aqui? 

Katsu e Latsu: apenas...nos divertimos! 

Lucy: parece que alguém se divertiu

Latsu: a senhora nem imagina...

Após comer, fomos assistir TV, depois, fomos para a cama, dormimos na mesma cama, era casal, bem quente e macia...

(Visão Jane)

Eu fiquei no meu quarto, apenas...pegando em um sono, logo, minha mãe entra no quarto e tinha alguma coisa nas mais delas

Jane: *me levanto rapidamente* o que tem aí??

Juvia: isso!!! *ela mostra uma boneca de pano*

Jane: ela é linda!! *eu pego a boneca* obrigada!

Juvia: não a de que....

Jane: cadê o papai?

Juvia: brigando com Lyon

Jane: isso nunca muda *eu deito na ccama*

Juvia: boa noite meu anjo *beija sua testa e sai do quarto*

Após ela sai, eu me aconchego na cama e durmo...

(Visão Escritora)

Eles tem cerca de 5 e 7 anos, bom, apesar deles serem pequeno, são habilidosos e cuidadosos, espero que tenham gostado, até...

FIM DO OVA 2#


Notas Finais


Até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...