História Meu diário imaginario - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Cotidiano, Escolar, Vida
Exibições 8
Palavras 998
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 20 - Fiz um texto


Hoje o dia começou normal, acordei 5 da manhã, fiz chapinha, arrumei uma roupa e fui pra escola, hoje estava chovendo, eu estou adorando esse tempo desses dias, sem brincadeira, estamos na primavera mas aqui esta chovendo muito e com isso eu posso usar blusas de manga comprida, eu amo esse tipo de roupa e odeio o calor.

Na escola as mensinas não param de falar do show de bangtan, no qual nenhuma de nós vai, bem eu tento me manter seria a maior parte do tempo e não fazer muitas brincadeiras durante a aula, mas convenhamos, as vezes isso é quase impossível.

Hoje tinham duas aulas de português uma no segundo período e outra no quinto, enfim, na primeira aula de português a professora explicou a matéria de textos conotativos, como eu sou super acostumada a ler livros entendi super fácil a matéria, só que depois ela mandou nós fazermos um texto conotativo com o tema "Semelhantes nas diferenças", eu sinceramente não estava botando fé que iria conseguia escrever alguma coisa que prestasse, 1- porque eu não estava com fones de ouvido, 2- porque aqueles capetas estavam praticamente gritando e 3- porque eu não estava com um pingo de inspiração. ok eu escrevi o texto e acabei na última aula, como a maioria estava sem idéia, quando eu levei o meu texto pra professora corrigir ela falou que ia ler ele na frente da sala pra o povinho entender o que era pra ser feito, ela gostou do meu texto, isso realmente é possível?  Eu fiz um texto que preste? porra, primeiro eu fiquei tipo "como assim vai ler o meu texto?", que vergonha e ela começou a me elogiar e as meninas começaram a me elogiar também  (já falei que não sou boa com emoções e eu também não sou boa com elogios, eu não sei como reagir), eu fingi que não liguei e comecei a ler o meu livro, agora eu vou colocar o meu texto aqui, porque? por que eu quero.

"Diferentes Especiais

Diferenças e semelhanças, isso todos tem, as pessoas são diferentes, aprende-se ainda quando criança, a mãe fala 'o diferente, também pode ser o especial', as diferenças são o que faz de uma pessoa ela mesma.

Mas no findo todos sabem, que à partir das diferenças todos podem se entender e conversar, porque assim como há diferenças também há semelhanças, mais do que se pode imaginar, são os emoções; senseções; as vezes até pensamentos, se isso não fosse verdade não existiria amizade; parceria; amor... Só um infinito de pessoas brigando e se criticando, são as diferenças que tornam as pessoas únicas, especiais e principalmente iguais."

Uma coisa que eu percebi vendo outra pessoa lendo o texto que eu escrevi foi que apesar de serem as mesmas palavras escritas em um pedaço de papel, não tem a mesma emoção, uma emoção que não pode ser explicada, seja lá como for, depois dessa experiência todas as vezes que eu pegar um livro ou um texto pra ler vou ter o seguinte pensamento "o que será que essa pessoa estava sentindo quando escreveu isso? " sempre pensarei assim, afinal, não podemos entender completamente a mente de outras pessoas, independente de quanto tempo você passe com alguém, acredito que não tem isso de "não existem segredos entre nós" pode ter certeza, existem sim, pois há certas coisas que o ser humano faz que nunca contaria pra alguém, eu posso simplesmente estar mentindo a respeito de não estar escondendo nada e você nunca vai saber porque ninguém pode ler pensamentos, acabei saindo um pouco do tema, mas eu é a vida, uma coisa que eu amo em escrever aqui é que eu posso dar a minha opinião, levantar questões que estão me atormentando, tudo isso sem ter que encarar as pessoas que sabem disso, sem ter que me preocupar em esconder as lágrimas, em o que vocês vão pensar de mim, porque eu sinceramente não me importo com isso, vocês nunca vão saber quem eu sou mesmo (desculpe se fui um pouco grossa,  isso é um dos meus defeitos).

Depois da aula eu, Luka, Yuki, Yuri e o Rafael fomos para rua de baixo como sempre, eu esqueci de falar, o Rafael é o meu amigo, ele é um otaku, não gosta muito de kpop, ouve um pouco sobre de big bang, mas não muito, ele é legal, as vezes consegue ser mais sério e tímido do que eu, kkkkk, mas ele é realmente LEGAL, ele vai dar pra gente uma blusa de bts, eu amo ele, ele vai dar uma blusala de bts pra gente (entusiasmada ^-^), na verda de a gente subornou ele, a Yuki pegou a touca dele e ele queria de volta, aí ele falou que fazia qualquer coisa se ela devolvesse, aí ela perguntou se ele dava uma camiseta de bts pra cada uma de nós e ele concordou, ela ainda custou soltar, juntou eu e a luka em suma dela pra fazer ela devolver a touca e assim vamos ganhar nossa camisa de bts, tenha sempre um Rafael como amigo, vai por mim compensa, kkkk, enfim continuando... Lá em baixo eu perguntei "o que é ser uma pessoa filosófica? " sério a professora tinha falado que eu era uma pessoa filosófica e eu não fazia idéia do que era aquilo, nos rimos muito ainda antes do meu pai chegar.

Chegando em casa eu troquei de roupa e como hoje eu estava sozinha eu fui tentar pegar a coreografia de I need u, boa notícia, eu finalmente consegui decorar o refrão, finalmente, mas ainda falta muito, hoje eu fiquei pouco tempo tentando, 1-porque o chão tava frio e eu tinha que deitar nele e não podia colocar blusa porque eu estava muivo suada, 2- porque me deu uma puta de uma dor de cabeça, enfim, estou terminando de ver a quinta temporada da "série" do filme como treinar o seu dragão, não me julguem, eu acho super legal, porque eu sou facinada por dragões e espada e coisas desse tipo.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...